Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

20 de abr de 2007

Para năo esquecer!

Hoje faz exatos dez anos que o índio Pataxó Galdino Jesus dos Santos foi morto, queimado por jovens filhos de papai de Brasília, numa parada de ônibus.
Só para refrescar a memória, um dos pontos do desfecho do caso foi a decisăo da juíza do Tribunal do Júri de Brasília, Sandra de Santis Mello, que desclassificou o crime de homicídio doloso (intenção de matar) para lesăo corporal seguida de morte.
Na lista dos acusados - que passaram pelo local do crime, foram a um posto de combustível e depois voltaram para jogar gasolina e atear fogo no índio -, estão filhos de grã-finos e de um desembargador.
Os caras mataram Galdino quando este estava, na madrugada do dia 19 para 20 de abril, na parada de ônibus esperando transporte para deixar a cidade, depois de ter participado de manifestaçőes do Dia do Indio na capital federal.
Leia AQUI o artigo de Frei Beto: Brasil: Índio Galdino, dez anos depois

Nenhum comentário: