Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

31 de mar de 2009

Estudantes protestam pelo meio-passe - Manifestação suspendeu reunião da Câmara Municipal

Mais de 200 estudantes fizeram uma grande manifestação em frente aos prédios da Prefeitura e da Câmara Municipal, cobrando do Poder Público a implantação do meio-passe estudantil em Montes Claros. Por causa do tumulto, a sessão ordinária da Câmara desta terça-feira, 31, foi suspensa. A lei municipal número 4008/08 foi aprovada há mais de 6 meses pela Câmara Municipal e sancionada pelo ex-prefeito Athos Avelino, para ser aplicada a partir do dia 27 deste mês. Seis meses após sua promulgação. O atual prefeito Luiz Tadeu Leite, que em 2008 patrocinou manifestações para que a lei original – que limitava a abrangência do benefício, face à impossibilidade de o Município arcar com os custos -, fosse inviabilizada, não implantou o meio-passe alegando justamente restrições orçamentárias. A aprovação do meio-passe estudantil foi precedida por tensões provocadas pela oposição ao ex-prefeito. Depois de muita negociação com representantes dos estudantes, o Executivo elaborou o projeto de lei e o encaminhou ao Legislativo. O então vereador Lipa Xavier (PC doB), orientado por Tadeu, a quem se aliou, liderou movimento de manipulação dos estudantes, conseguindo pressionar os vereadores a alterarem a lei, estendendo o benefício a todos os estudantes, sem nenhum critério, inclusive de renda.
Antes, no meio do ano passado, esteve à frente de uma manifestação gigante, em frente à Prefeitura. Milhares de estudantes, liderados por milícias trazidas de várias partes do país, arriscaram as vidas em confronto com a Polícia Militar. O movimento foi estrategicamente marcado para um dia em que o então prefeito estava ausente do prédio da Prefeitura, acompanhando representantes do Governo de Minas em viagem pelo Norte de Minas. Apesar disso, a coordenação do movimento insistiu para que uma comissão de estudantes fosse recebida por Athos Avelino, recusando a alternativa de conversar com um grupo de 5 secretários que se propôs a receber a representação estudantil.
O impasse fez com que a manifestação se transformasse em atos de selvageria, com depredação do patrimônio público.
A PM apreendeu pedaços de ferro e bombas de fabricação caseira (coquetéis molotov), utilizados por líderes estudantis de São Paulo e Rio Grande do Sul, infiltrados no movimento.

A oposição inverteu os fatos e responsabilizou o então prefeito pelo tumulto, para tirar proveito eleitoral.
Na manifestação desta terça, os estudantes acusaram Luiz Tadeu Leite de omissão sobre a lei. Segundo eles, a economia anual de um estudante que usar os 70 vales a que ele teria direito mensalmente é de R$ 651. “Com esse dinheiro você poderia comprar mais de 130 entradas no cinema, ou ir ao teatro mais de 70 vezes, ou até mesmo comprar 30 bons livros”, protestou um dos manifestantes.
Proveito político

Tadeu conseguiu seu objetivo de tirar proveito político do fato, mas Lipa Xavier, que fora eleito sucessivamente empunhando a bandeira do meio-passe, naufragou nas urnas. Como a proposição de uma lei dessa natureza é do Executivo, a iniciativa do ex-prefeito em propor o meio-passe acabou descolando o benefício da imagem de Lipa. Sempre no último ano da legislatura, o ex-vereador entrava com o projeto na Câmara, que era derrotado justamente devido à restrição legal. Entretanto, durante muitos anos ele levou os estudantes a acreditarem que a matéria não era aprovada por questões meramente políticas. Com isso, conseguia sair de herói e ser reeleito.


PT questionado sobre adesão a Tadeu

O Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores de Montes Claros foi questionado oficialmente sobre a participação de petistas na administração do prefeito Luiz Tadeu Leite e em que condições essa decisão foi tomada.
Carta endereçada para a Executiva Municipal do partido ao presidente do diretório, José Hélber Sarmento, nesta terça-feira, 31, pede esclarecimentos, por exemplo, a respeito da adesão do engenheiro Marcos Maia.
Ele assumiu a presidência da Empresa Municipal de Serviços, Obras e Urbanização (Esurb), cargo que já ocupara na administração passada, período em que também foi secretário municipal de Obras.
Militantes do partido cobram uma posição oficial da legenda. Eles querem saber se Maia está na Prefeitura com base em acordo tácito entre as partes ou à revelia, por opção pessoal. Nessa última hipótese, o petista fica passível de punição, inclusive expulsão. A Esurb, aliás, foi, no passado, um dos pontos de discórdia entre o PT local e Tadeu.
O órgão foi criado em 1985, na primeira gestão do atual prefeito, para burlar a lei, se transformando em porta de entrada de seus apanigüados na administração.
O PT, que na época se esmerava em combater as imoralidades na gestão da coisa pública, considerava que a criação da empresa era uma forma de instalar o empreguismo em detrimento das questões maiores da população.
A partir de 2005, na gestão do ex-prefeito Athos Avelino, a Esurb foi moralizada – com a realização de concurso público - e deixou de ser cabide de emprego.
A carta, que fixa o prazo de 72 horas para o partido se manifestar, também questiona a postura do vereador Alfredo Ramos na CâmaraMunicipal.
O PT é inquirido sobre se autorizou Ramos a integrar a bancada de apoio ao prefeito.

30 de mar de 2009

Filho de político só em escola pública

O senador Cristovam Buarque, apresentou um projeto de lei propondo a obrigatoriedade de os agentes públicos eleitos matricularem seus filhos e demais dependentes em escolas públicas até 2014.
As conseqüências seriam as melhores possíveis.
Quando os políticos se virem obrigados a colocar seus filhos na escola pública, a qualidade do ensino no país irá melhorar. E todos sabem das implicações decorrentes do ensino público que temos no Brasil.
Segundo André Ribeiro, coordenador do movimento educacionista em Belo Horizonte - movimento idealizado pelo senador Cristovam Buarque, que tem como bandeira a educação, "uma corrente de e-mails na rede de computadores pede apoio ao projeto 480/2007, do senador Cristovam Buarque, na sua eterna (e sempre oportuna) cruzada pela educação". Informa Ribeiro.
Leia mais sobre o projeto aqui: AQUI

28 de mar de 2009

Comunista mais linda do mundo

Deputada gaúcha do PC do B concorre ao título de "política mais linda do mundo" em site espanhol

A deputada federal Manuela D'Ávila (PC do B-RS) figura entre as indicadas na competição para escolher a mais bela parlamentar do planeta. A lista encontra-se abrigada no site espanhol 20 Minutos.
Até o momento, a namorada do deputado José Eduardo Cardozo (PT-SP) soma 13.626 pontos e encontra-se na 17ª posição.
A congressista peruana Luciana Milagros León Romero lidera o prélio das beldades. A presidenta da República Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, e a Secretária de Estado dos Estados Unidos, Hillary Clinton, também estão na parada.
O concurso é meramente estético e não leva em consideração, por exemplo, as alianças políticas das belezocas.
Nas últimas eleições municipais em Porto Alegre, Manuela amarrou sua candidatura a nada menos que o PPS, carregando como vice em sua chapa o deputado Berfran Rosado, atual Secretário de Meio Ambiente do governo supostamente corrupto de Yeda Crusius.
Para conhecer as concorrentes e - quem sabe - dar seu voto, clique aqui

EM MINAS É ASSIM: SE VOCÊ FOR DO PT, É MACONHEIRO, MAS SE FOR DO PSDB, É POSTULANTE À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Ô Maradona, vai se fuder!!! O Aécio cheira mais do que você!!!
Essa foi uma carinhosa ovação feita por mais de 70.000 torcedores para o Governador Aécio Neves, durante o jogo Brasil e Argentina em Belo Horizonte.
CURIOSIDADE:
Suponho que não houvesse ninguém da imprensa mineira presente no Mineirão naquele jogo, pois no dia seguinte, nos jornais de Belo Horizonte, nenhuma linha saiu sobre este assunto.Mas sem nenhuma prova material de que o Prefeito de Raposos, Região Metropolitana de BH, João Carlos da Aparecida, do PT, tenha comprado drogas, ou esteve fazendo uso delas, todos os jornais de Belo Horizonte (ESTADO DE MINAS, HOJE EM DIA, SUPERNOTÍCIA E O TEMPO), com base, exclusivamente, num relato unilateral da PMMG, que fazia blitz na região, estamparam manchetes neste sábado sugerindo ser esta a única razão para o que o Prefeito Petista estivesse naquele local, embora ele alegasse, em nota divulgada à imprensa, que passava por ali para visitar um amigo.
Não estou aqui para defender o Prefeito João Carlos, pois não o conheço, não moro em Raposos e tampouco sou filiado a PT, mas é curioso como a mídia tucana de Belo Horizonte é rancorosa e, não perde a oportunidade de sapecar qualquer um, desde que seja petista, ou que um dia tenha ousado insinuar que governador gostosão fosse, supostamente, chegado ao consumo de substâncias furfuráceas, como bem as definiu meu amigo blogueiro Seu Cloaca.
PÓ PARÁ, MÍDIA VENDIDA !
Jornal O TEMPO e SUPERNOTÍCIA:
Lambido do blog do meu amigo xará que comanda o Língua de Trapo

CONEXÃO VIVO - PEDRO MORAIS, revelação da MPB, na Praça de Esportes

O cantor e compositor Pedro Morais, gerado no caldeirão musical de Minas Gerais, se apresenta em Montes Claros, de novo. Ele fará show neste sábado, dia 28 de março, às 22 horas, na Praça dos Esportes, dentro programação da Conexão Vivo. Espera agradar aos amantes da boa MPB, como aconteceu com o espetáculo das comemorações dos 150 anos de Montes Claros, com Chico César.
Expoente do atual cenário musical de Minas Gerais, Pedro Morais vem se consagrando como um cantor original, dono de uma voz privilegiada e como um exímio compositor. Sua música é sofisticada, sem hermetismos e suas letras exalam verdade e poesia.
É uma das grandes revelações da MPB, em Minas.
“Tudo o que está suspenso na terra em forma de cultura é absorvido imediatamente! Posteriormente, como qualquer organismo vivo, filtro e armazeno o que acrescenta, o resto, jogo fora! Alguns exemplos disso mais tocantes na minha existência são Caetano Veloso, Cássia Eller, Novos Bahianos, Pedro Almodóvar, Nação Zumbi, Chico Buarque, Elis, Djavan, Cordel do Fogo Encantado, Beatles, Jamiroquai, Los Hermanos, Vale do Jequitinhonha, Jonh Scofield, Adriana Calcanhoto, Cake, Pablo Picasso, Tarsila do Amaral, Funk Como Le Gusta...
O que sou é a mistura disso tudo! Pra uns, diferente, pra outros, bem parecido. E cada um segue com seu olhar alimentando o ciclo...”
Jequitinhonha
Dos bão, pra quem gosta de MPB e música mineira. Músico virtuoso, o filho de Álbano Machado dedica-se ao desenvolvimento do processo autoral e à busca de novas sonoridades. Com um repertório próprio formado por canções cativantes, irradia em seu show uma viva combinação entre formatos pop (samba, funk, canção popular mineira) e uma poesia elaborada, provocativa... é natural de Belo Horizonte, tem formação musical desde criança.
Dos 2 aos 15 anos, Pedro viveu em Minas Novas, Vale do Jequitinhonha, convivendo com a música de taquara e tambores dos negros, nas festas do Rosário. Aos sete anos, começou a executar seus primeiros acordes ao violão incentivado pelos pais. Aos oito, já familiarizado com um segundo instrumento, o bandolim, passou a freqüentar rodas de chorinho, samba-canção e grupos de serestas. Aos catorze, voltou a tocar violão.
Um ano depois, já de volta a BH, e determinado a ser músico, assumiu o violão como seu instrumento preferido e iniciou-se como vocalista. Na capital mineira, Pedro integrou uma banda de MPB e Rock, o que veio a contribuir para seu amadurecimento artístico-musical.
A descoberta de Cássia Eller deu uma turbinada na sua concepção musical, juntando-se à forte influência de Caetano Veloso.

Tal pai, tal filha... Filha de FHC é funcionária fantasma do Senado!

Luciana Cardoso, filha do pavão misterioso e czar honorário do PSDB (Partido Só De Bacana) Fernando Henrique Cardoso, é funcionária fantasma do senador Heráclito Fortes. Leiam a entrevista que ela deu à Folha de S.Serra e vejam até que ponto do ridículo pode chegar uma pessoa...
Tal pai, tal filha, não?
Clique aqui para ler a entrevista da dondoca no blog do Esquerdopata. E não deixem de ler os comentários divertidos que ele fez às respostas dela.
Agora, imaginem o escândalo que fariam se ela fosse filha do Lula, por exemplo!

27 de mar de 2009

Prefeito caloteiro deita e rola com a pior Câmara de Montes Claros

O agora prefeito Tadeu colocou em curso estratégia de contínuo desgaste psicológico de trabalhadores credores da Prefeitura. Consiste no seguinte: na segunda-feira reúne sua “turma do amém” da Câmara Municipal e ordena que na reunião do dia seguinte sejam reacendidas as esperanças de que, finalmente, os detentores de cargos de confiança da gestão passada receberão o que têm direito.
A cada semana um vereador da bancada se reveza na tribuna, para cumprir a determinação do chefe. Chegam a anunciar até data para o pagamento.
O compromisso, lógico, não é cumprido.
Aí, o prefeito mentiroso manda dizer que é porque a medida está aguardando auditoria nas folhas dos ex-funcionários.
Tudo balela!
É Tadeu se esmerando no que mais sabe fazer: mentir, perseguir, enganar, retaliar e destilar ódio.

26 de mar de 2009

Tem cheiro estranho no ar: Proacesso pode virar Castelo de Areia

A Operação Castelo de Areia da Polícia Federal, que desarticulou uma quadrilha especializada em crimes financeiros e lavagem de dinheiro, também menciona sete partidos políticos que podem ter recebido doações ilegais da empreiteira nas eleições de 2008, atingindo de cheio os partidos PSDB, PS, PPS, PSB, PDT, DEM, PP e o PMDB do Pará, que, de acordo com a investigação, teria recebido R$ 300 mil.
Os valores supostamente recebidos pelos demais partidos não foram mencionados. O PS ainda não tem registro no TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

AÉCIO NEVES

informações prestadas a Justiça Eleitoral pelo candidato AECIO NEVES DA CUNHA - PSDB - MG, confirma que ele recebeu R$ 300.000,00 de doação da Camargo Correa em 2006, na campanha para Governo do Estado

Veja abaixo as empreiteiras que contribuíram para o proacesso de Aécio Neves ao Palácio da Liberdade.

CONSTRUÇÕES E COMÉRCIO CAMARGO CORREIA S/A - 300.000,00
CONSTRUORA MELLO DE AZEVEDO S/A - 2.000,00
CONSTRUTOR PARCAN LTDA - 1.000,00
CONSTRUTORA JALK LTDA - 2.000,00
CONSTRUTORA LIDERANÇA LTDA - 2.500,00
CONSTRUTORA ASTECA LTDA - 500,00
CONSTRUTORA ASTECA LTDA - 1.000,00
CONSTRUTORA ASTECA LTDA - 50.000,00
CONSTRUTORA ATERPA LTDA - 1.000,00
CONSTRUTORA BARBOSA MELLO S/A - 1.000,00
CONSTRUTORA CASTOR LTDA - 2.000,00
CONSTRUTORA COWAN S/A - 12.600,00
CONSTRUTORA DINIZ CAMARGOS LTDA - 1.000,00
CONSTRUTORA E DRAGAGEM PARAOPEBA LTDA - 1.000,00
CONSTRUTORA EFERCO LTDA - 1.000,00
CONSTRUTORA EMCCAMP LTDA - 2.000,00
CONSTRUTORA EMCCAMP LTDA - 1.000,00
CONSTRUTORA ENAR LTDA - 1.000,00
CONSTRUTORA FERFRANCO LTDA - 50.000,00
CONSTRUTORA FERFRANCO LTDA - 50.000,00
CONSTRUTORA ITAMARACÁ LTDA - 1.000,00
CONSTRUTORA MODELO LTDA - 1.000,00
CONSTRUTORA NORBERTO ODEBRECHT S/A - 100.000,00
CONSTRUTORA PARCAN LTDA - 500,00
CONSTRUTORA PAVISAN LTDA - 1.000,00
CONSTRUTORA PAVISAN LTDA - 50.000,00
CONSTRUTORA QUEIROZ GALVÃO LTDA - 2.000,00
CONSTRUTORA ROCHA SOUZA LTDA - 50.000,00
CONSTRUTORA SAGENDRA S/A - 1.000,00
CONSTRUTORA SAGENDRA S/A - 50.000,00
CONSTRUTORA SAGENDRA S/A - 500,00
CONSTRUTORA SANENCO LTDA - 500,00
CONSTRUTORA SERCEL LTDA - 4.000,00
CONSTRUTORA TERRAYAMA LTDA - 1.000,00
CONSTRUTORA TERRAYAMA LTDA - 2.000,00
CONSULTORIA BELMATTOS LTDA - 1.000,00


25 de mar de 2009

OS SOFREDORES DA EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS

O blog Língua de Trapo convoca a blogosfera para denunciar a política neoliberal do governador Aécio Neves, apoiando a luta dos professores do Estado por melhores condições de trabalho e implementação do Piso Salarial Nacional, mostrando as contradições existentes entre a propaganda que faz o Governo do Estado de Minas Gerais e a realidade em que vivem o professorado mineiro.
O movimento utiliza uma estratégia interessante.
No 5o. dia útil de cada mês, que também é chamado por eles de o dia D, ou seja, o dia da DEPRESSÃO, pois é quando os servidores estaduais recebem o contra-cheque com o polpudo salário pago pelo Governador Aécio Neves, eles realizam uma parada simultânea em todo o estado, sendo que no último dia 06 de março, o movimento teve a adesão de 33 das 46 Superintendências Regionais de Ensino.
Aécio Neves, como vocês devem saber, é aquele sujeito que se diz Governador do Estado de Minas Gerais (mas todos sabem que ele faz do cargo trampolim para a Presidência da República) e, com uma matéria paga na revista Isto É, com o dinheiro do contribuinte mineiro, é claro, se auto intitulou como "uma nova alternativa para o país".
É mesmo um grande piadista este sujeito.
Enquanto isso, por todos os cantos do estado, os profissionais da educação continuam mobilizados para denunciar os baixos salários e a fraude publicitária do Governo de Minas, sendo que a próxima manifestação está marcada para o dia 07/04 e, espera-se uma adesão ainda maior.
Veja
AQUI todas as fotos divulgadas no blog Língua de Trapo

RESENHA DO RÊ

MATARAM GEGÊ
Gegê com Pedro Igor, de oito meses. Ele era pai ainda de João Paulo, 2 anos, e adotou Maria Eduarda, 9 anos, filha de sua esposa Mara Sandra.
BRUTALIDADE
A leitora Márcia de Oliveira Fernandes César não se conforma, até agora, com o brutal assassinato do jovem advogado Jean Carlo Meira Ruas, conhecido como Gegê, noticiada pela imprensa no início desta semana. O homicídio aconteceu domingo no Bairro Maracanã, por motivos banais.
Como é que pode?
A FOTO
Por deferência de Márcia, este filho de dona Laura e namorado de Laura está publicando a foto de Gegê em primeira mão, liberando-a para que seja copiada pelos demais blogs, sites e pela imprensa grande, nanica e alternativa.Estejam à vontade.
JUSTIÇA
Porque, nesta hora, o que se busca é a prática da justiça em mais um crime violento ocorrido nesta terra de Figueira. Só neste ano, até agora, 18 pessoas já foram assassinadas em Moc, desmoralizando o aparelho de segurança. A impressão é uma só.
Ninguém faz nada.
DESABAFO
Faço minha a mensagem enviada por Márcia a este Rê: O esclarecimento desta morte não pode cair no esquecimento, como mais uma morte que integra a estatística de crimes violentos em Montes Claros. Desta vez, por circunstâncias ainda não esclarecidas pela polícia foi tirada a vida de um jovem advogado e pai de família que tinha pela frente um futuro promissor. Suas qualidades profissionais e pessoais, apreciadas por todos que estiveram em seu velório, foram enaltecidas no discurso do ilustríssimo juiz do Trabalho, João Lúcio, que prestou-lhe as últimas homenagens. Os familiares, os amigos de faculdade e as demais pessoas que estiveram presentes nesta segunda feira, 23, no recinto da Santa Casa, não conseguiam entender a barbárie cometida contra ele. Em todos os grupos só se ouvia o clamor por uma resposta rápida dos órgãos responsáveis pela investigação. Jean Carlo Meira Ruas, carinhosamente chamado de Gegê, nós estaremos sempre com o pensamento voltado para você como exemplo de um jovem do bem. Deus vai cobrir de graças sua família para suportar este sofrimento.
Todos nós estaremos esperando por justiça.
Assim seja!
Retirado do blog A Província

As mentiras de Tadeu

As mentiras de Tadeu começaram a aparecer antes mesmo de completar três meses de seu (des)governo. Ontem, mais de 50 ambulantes percorreram ruas e avenidas do Centro de Montes Claros, manifestando-se contra a ação de fiscais da prefeitura, que os estaria ameaçando e agredindo fisicamente. Vem aí, professores, estudantes, demitidos e sem direitos, desempregados, favelados, diverticulosos, aleijados, osmarconheiros... E o partido da boquinha continua falando amém. Talvez seja para ninguém descobrir por onde anda a grana da folha do instituto ... Etc, etc, etc...

Lei de Imprensa e obrigatoriedade do diploma na pauta do STF

A pauta do 01/04 do Supremo Tribunal Federal (STF) tem dois assuntos que vão entrar para a história do jornalismo brasileiro: o julgamento da ação do PDT que pede a revogação da Lei de Imprensa e da ação do Ministério Público Federal, que pede a extinção da obrigatoriedade do diploma de jornalistas.
Relator do processo da Lei de Imprensa, o ministro Carlos Ayres Britto pediu em 18/02 prorrogação de 30 dias da liminar que suspende 22 dispositivos dos 77 da lei.
Os artigos da lei, datada de 1967, foram suspensos em fevereiro do ano passado.
Menos de uma semana depois, os dez ministros do STF votaram pela manutenção da liminar concedida por Ayres Britto.
Em 04/09, eles decidiram prorrogar por mais seis meses a suspenção de parte dos artigos. “Eu tinha seis meses para trazer o voto de mérito, não consegui. Estou pedindo prorrogação por igual período”, justificou o relator da matéria, ministro Carlos Ayres Britto, na época.
Desde o ano passado, juízes têm tomado decisões baseados nos códigos Penal e Cível, para o julgamento de casos que não podem ser decididos com base nos dispositivos suspensos.
"Não há Lei de Imprensa possível"
Miro Teixeira está confiante na revogação total da lei. “Minha expectativa é ganhar. Eu tenho muita esperança de fazer prevalecer o que está garantido na Constituição.
Não há Lei de Imprensa possível. As indenizações, por exemplo, não podem ter caráter punitivo na mesma linha, tampouco intimidatória. Elas servem para quem viola direitos da personalidade, como a vida privada. Entendemos que os fatos de interesse do povo tenham que ser noticidados. Às vezes são cometidos erros, que poderão ser corrigidos em qualquer momento.
Erros acontecem até em decisões judiciais”, disse o deputado do PDT, quem apresendou a ação no STF.
Presidente da Federação Nacional dos Jornalistas, Sérgio Murillo de Andrade acredita que o STF vai revogar alguns dispositivos dos artigos “abertamento inconstitucionais”, mas deve manter os demais até que o Congresso Nacional vote uma nova Lei de Imprensa, que, segundo ele, é uma dívida que deputados e senadores têm com a sociedade.
“Uma dívida de votar um texto democrático”, diz ele.
Para Murillo, os códigos Penal e Civil são insuficientes e não específicos para casos que envolvam imprensa. “É muito melhor que haja lei específica.
O direito de resposta no Código Civil é uma peça de ficção.
Obrigatoriedade do diploma
Os ministros do STF também julgam a questão do diploma, cujo relator é o presidente do Supremo, Gilmar Mendes. Desde novembro de 2006, profissionais que já atuam na área mas não têm diploma podem exercer o jornalismo.
“Sou a favor do diploma. As profissões evoluem. Antigamente a Advocacia não exigia diploma. As escolas de medicina surgiram a partir de um certo momento de desenvolvimento da humanidade.
A atividade jornalística, que tem repercussão pública, precisa conter exigências maiores. Mas também quero continuar a ver o dr. Dráuzio Varella comentando saúde na TV, ver o Oscar [Schmidit] comentando basquete. Tem que existir a compreensão de que o cidadão tem que ser atendido nesta relação que se estabelece no ambiente do direito”.
“Se o STF fizer um juglamento rigorosamente técnico, não tem como não acompanhar a decisão dos tribunais inferiores, que sempre foram a favor da manutenção do diploma. Se prevalecerem outras motivações e interesses, aí de fato se corre risco.
Não acredito que o STF faça isso”, finaliza Murillo.

24 de mar de 2009

Tião Viana desautoriza acordo para encerrar crise com PT

O senador Tião Viana (PT-AC) negou em Plenário, ontem(23), ter autorizado qualquer acordo com o objetivo de superar suposta crise entre o PT e o PMDB, que teria se instalado com a eleição para a Presidência do Senado.
A trégua, segundo Tião Viana, teria sido acertada por líderes políticos do Congresso Nacional sem a sua participação, em jantar ocorrido na semana passada, com a presença dos senadores Aloizio Mercadante (PT-SP), Ideli Salvatti (PT-SC), Romero Jucá (PMDB-RR), Gim Argello (PTB-DF) e Renan Calheiros (PMDB-AL), além do ministro das Relações Institucionais, José Múcio.- Quero deixar claro que aquela reunião não contou com a minha autorização, tudo o que se tratou não teve o meu envolvimento, portanto estou distante dela, do que se tratou nela e do que se decidiu nela - disse.Referindo-se a declaração do senador Renan Calheiros, publicada em matéria da revista Época, Tião Viana disse não acreditar que Renan tenha afirmado que ele, Tião Viana, não teria autoridade moral para discutir ética.
Por esse motivo, Tião Viana cobrou de Renan um esclarecimento sobre a declaração.
- Quero dizer que não acredito que tal afirmação tenha a autoria do senador Renan - disse Tião Viana, observando, no entanto, que ainda aguarda esclarecimentos de Renan.
Segundo Tião Viana, Mercadante negou ter ouvido tal afirmação da parte de Renan durante a reunião.

Dilma Presidente

UM "PAC" COM A DILMA
Cordel de Miguelzim de Princesa, direto do Cariri.

I
Quando vi Dilma Roussef
Sair na televisão
Com o rosto renovado
Após uma operação
Senti que o poder transforma:
Avestruz vira pavão.
II
De repente ela virou
Namorada do Brasil:
Os políticos, quando a vêem
Começam a soltar psiu
Pensando em 2010
E nos bilhões que ela "pariu".
III
A mulher que era
Anda agora sorridente
Acenando para o povo
Alegre mostrando o dente
E os baba-ovos gritando:
É Dilma pra presidente!
IV

Mas eu sei que o olho grande
Está mesmo é nos bilhões
Que Lula botou no PAC
Pensando nas eleições
E mandou Dilma gastar
Sobretudo nos grotões.
V

Senadores garanhões
Sedutores de donzelas
E deputados gulosos
Caçadores de gazelas
Enjoaram das modelos
Só querem casar com ela.
VI
Também quero uma lasquinha,
Um pedaço do poder,
Quero olhar nos olhos dela
E, ternamente, dizer
Que mais bonita que ela
Mulher nenhuma há de ser.
VII

Eu já vi um deputado
Dizendo no Cariri
que Dilma é linda e charmosa,
igual não existe aqui,
e é capaz de ser mais bela
que a Angelina Jolie,
VIII

Diz que pisa devagar,
que tem jeito angelical
nunca gritou com ninguém
nem fez assédio moral,
nem correu atrás de gente
com um pedaço de pau...
IX
Dilma superpoderosa:
8 bilhões pra gastar
Do jeito que ela quiser
Da forma que ela mandar!
(Sem contar com o milhão
Do cofre do Adhemar.)
X

Estou com ela e não abro:
Viro abridor de cancela
Topo matar jararaca
Sufocando-a na goela
Para no ano vindouro...
Fazer...um PAC com ela".
Acesse o blog Dilma Presidente
Veja também: Patrus Governador

23 de mar de 2009

Cavalo Paraguaio dispara na frente novamente

As pesquisas realizadas no último final de samana em Minas, mostraram que o ministro das Comunicações, Hélio Costa (PMDB), sai na corrida pelo Palácio da Liberdade pela terceira vez consecutiva, com vantagem em relação aos adversários, mas sempre empaca na reta final.
Em seguida aparecem os candidatos do governador Aécio Neves, Fernando Pimentel (PT/PSDB) e o vice-governador Antonio Anastasia (PSDB).

22 de mar de 2009

Aleluia! Funorte goleia o líder Ipatinga

Começou o returno do Módulo II do Campeonato Mineiro. E o destaque da rodada, foi a Funorte, que jogando no estádio José Maria Melo (Campo do Cassimiro de Abreu), em Montes Claros, acabou com a série de vitórias do Ipatinga, líder da competição. Mais que isso, deu um show de bola e aplicou impiedosos 4 a 0 no Tigre. (Foto Xu Medeiros)

Novos prefeitos em Ponto Chique e Francisco Sá

Eleitores de duas cidades do Norte de Minas em que ocorreram eleições extemporâneas neste domingo (22) escolheram seus novos prefeitos e vice-prefeitos.
Em Ponto Chique (Norte de Minas – pertencente à 50ª Zona Eleitoral de Brasília de Minas), a candidata Íris Pereira Ramos (PMDB), da Coligação “Ponto Chique Volta a Sorrir”, é a nova prefeita, eleita com 1.503 votos (50,85% dos votos válidos). O candidato Geraldo Magela Flávio Rabelo, da coligação “Ponto Chique em Boas Mãos”, teve 1.453 votos (49,15%).
Dos 3.459 eleitores aptos, 3.033 compareceram às urnas(87,68%); houve 15 votos em branco (0,49%) e 62 votos nulos (2,04%).
Em Francisco Sá (115ª Zona Eleitoral – Norte de Minas), quem vai administrar o município é José Mário Pena (PV), da coligação “Juntos pelo Brejo Venceremos de Novo”, que teve 7.300 votos (52,80% dos válidos). Denilson Rodrigues Silveira (PC do B), da Coligação “A Renovação Necessária” tive 6.525 votos (47,20%). Compareceram à votação 14.927 eleitores, 88,72% dos 16.825 aptos. Foram registrados 228 votos em branco(1,53%) e 874 votos nulos (5,86%).

Fonte: Portal Norte Minas.com

20 de mar de 2009

O Caloteiro...

O prefeito caloteiro continua praticando a política de calote, mesmo tendo recebido uma Prefeitura com os cofres entupidos de grana.
Hoje caiu R$ 211.006,49 do Fundo de Participação dos Municípios e no último dia 10 a Prefeitura de Montes Claros recebeu uma bagatela de R$ 993.956,43. Veja AQUI.

19 de mar de 2009

Tá Todo Mundo Louco! Oba!...

Cidade sem governo na saúde faz Prontomente fechar as portas para pacientes da saúde mental
Depois de várias tentativas para receber da nova administração o pagamento pelo internamento dos doentes mentais atendidos pelo SUS, a direção do Prontomente tomou uma decisão extrema: suspendeu o atendimento e colocou uma faixa com os seguintes dizeres: “ESTAMOS IMPOSSIBILITADOS DE INTERNAR PACIENTES, POR FALTA DE PAGAMENTO PELA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE ”.
A partir de hoje nenhum paciente será internado naquele hospital psiquiátrico e quando acabar os suprimentos na cozinha e na farmácia os doentes serão colocados no olho da rua.
É bom lembrar que o funcionamento do Prontomente é através de um convênio de co-gestão com a Prefeitura, onde a Secretaria Municipal de Saúde tem um administrador que acompanha mês a mês os gastos do hospital e repassa o dinheiro para o Prontomente. Pelo menos era assim que funcionava na administração de Athos Avelino. Agora, nesta administração Tadeu leite/Wilson Cunha, o Prontomente ainda não viu a cor de um mísero centavo da prefeitura e teve que recorrer a empréstimo para pagar salários dos trabalhadores mais necessitados.
Situação análoga vive o hospital Aroldo Tourinho e Santa Casa que também têm convênios de funcionamento dos prontos socorros. Por isso, a qualquer momento corremos o risco de encontrarmos seus prontos socorros de portas fechadas.
Corre o boato que o antipatizado secretário de saúde José Geraldo, não muito satisfeito com os últimos acontecimentos, viajou para a Rússia e o ainda prefeito ninguém sabe por onde anda. Enquanto isso a cidade pede socorro!

17 de mar de 2009

O INÍCIO DA LENTA AGONIA DE TANCREDO NEVES

Fotografia é história. O começo da agonia DOIS EM CENA
Há vinte 24 anos, o Brasil vivia um dos momentos mais tensos de sua história.
Na véspera de sua posse como presidente da República, Tancredo Neves teve de ser internado às pressas, acometido de uma infecção no divertículo, que acabou por tirar sua vida, em 21 de abril de 1985, depois de 38 dias de agonia.
Em seu lugar, tomou posse o vice José Sarney.
Falando nisso... Há 76 dias que o município de Montes Claros está em coma.

TRAMAS PARTIDÁRIAS E EMPRESARIAIS

*João Avelino Neto

As falcatruas dos Partidos Políticos se igualam aos maus empresários.
Quando estão prestes a falir, trocam de nome e permanecem na atividade.
Os empresários, grandes e pequenos, continuam no mesmo ramo: industrial, comercial, serviços e educacional, um novo e fértil campo de exploração.
Só para falar nos Partidos criados pela Ditadura e depois da sua abertura lenta e gradual, vamos pegar a Arena e as suas multifaces nestes quase 25 anos de Democracia. Neste ínterim, virou PDS, PFL e agora é “DEMOS”.
Mas não é só isso não, da Arena veio também o atual PP de Paulo Maluf, o PTB de Roberto Jefferson, o PMDB de Sarney, o PSDB dos Bonifácios e Aécios da Vida, o PSB de Ciro Gomes, o PPS de Humberto Souto, o PR de Marcos Nem e uma serie de outros pequenos partidos, criados e alimentados pelos Coronéis das grandes siglas, ou seja, partidos de aluguel.
Agora, vem o PMDB transformado no partido dos grotões e não quer disputar o Poder, mas ficar no Poder, sem importar quem quer que seja o seu detentor. É lamentável tudo isso. Mas, nada de novo para Orestes Quércia, Newton Cardoso, Michel Temer e Hélio Costa. Estes caras, ou marginais da política, “cristianizaram” Ulisses Guimarães, na disputa presidencial, e Ronan Tito no Governo de Minas.
E o PT? Ah! O PT não é subproduto da Arena. Tem uma história própria. Mas não está vacinado contra o vírus de estar e ficar no Governo, independentemente da cor do Governo. Não se pode generalizar as coisas. O PT foi o Governo Municipal passado. Não pode, de uma hora para outra, aderir a uma Administração que derrotou o Partido. Os verdadeiros Petistas nunca buscam o Poder com cargos e empregos para si, família e cabos eleitorais. Buscam a Transformação Social, onde todos tem o mesmo espaço e direitos.
Mas, voltando na questão das sucessões empresariais falsas, há uma dívida de 200 milhões de reais desses caras para com a Previdência Social.
De uma forma ou de outra, este é o Brasil inventado pelos portugueses, cujo patronato político não solta as tetas do Poder desde o Brasil colônia, desaguando no Império, na Velha e Nova Repúblicas e no Governo Lula.
* João Avelino é advogado e Petista Indignado

16 de mar de 2009

PETISTAS DO NORTE QUEREM PATRUS GOVERNADOR

O Ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, foi aclamado por centenas de militantes petistas e simpatizantes como o candidato a Governador do Partido dos Trabalhadores, em 2.010.
Patrus destacou que o partido precisa buscar a unidade política de forma clara, promovendo o debate fraterno das divergências em busca da convergência, sempre guiado por questões programáticas, avaliando os equívocos e não direcionado por personalidades políticas. Ele acredita que o PT tem plenas condições de eleger o próximo Governador de Minas com um projeto avançado e arrojado com propostas de mudanças profundas na sociedade mineira.
Após palestra, participaram do debate, o deputados federal do PT. Leonardo Monteiro, e os estaduais André Quintão, Carlos Gomes e Almir Paraca.
A coordenação do debates foi realizada pelo prefeito de Janaúba, José Benedito (PT). Vários militantes fizeram aparte no debate, afirmando ser um orgulho para o povo norte-mineiro ter um filho da região como Governador de Minas Gerais, especialmente com um perfil político de compromissos com o povo trabalhador.

Estanho no ninho

Todos concordam que o melhor da festa é esperar por ela, mesmo sabendo que em festa de galo (13) jacaré (15) não entra. Ainda que seja um peru de festa. Ligado ao grupo Pimentécio, Paulo Guedes, líder da boquinha em Montes Claros e uma das maiores traíras do Partido dos Trabalhadores, que trabalhou abertamente contra o PT em várias cidades do Norte de Minas, dentre elas, Varzelandia e Januária, apareceu de supetão depois de ficar escondido numa esquina aguardando o toque no celular, para chegar "coincidentemente" junto com o ministro. E já chegou falando besteira dizendo que foi o prefeito de Janaúba, Zé Benedito quem o convidou. Bené desmentiu. Depois de tantas asneiras ele saiu vaiado. O deputado André Quintão condenou sua aproximação com o governador Aécio Neves, enquanto Patrus Ananias alfinetou dizendo que o Palácio da Liberdade nunca abençoou nada em relação ao Partido dos Trabalhadores, numa alusão ao esdrúxulo acordo em BH, onde Fernando Pimentel, Virgílio Guimarães, Reginaldo Lopes, Paulo Guedes entre outros, entregaram de mão beijada o PT de Belo Horizonte para o governador Aécio Neves. Outro fato que chamou atenção no encontro foi à distribuição gratuita de jornais Super Notícias pelo deputado Weliton Prado, onde aparece numa matéria paga, reportagem destacando que a justiça proibiu a Copasa reajustar tarifas, baseado num requerimento do deputado Pimentécio.

Administração Geleia faz propaganda para analfabeto

O anúncio da prefeitura de Montes Claros que está sendo veiculado em emissora televisiva é no mínimo de extremo mau gosto, não empolga e com certeza não vai levar ninguém a pagar o IPTU. Acredito que até subestime quem assiste. Ridicularizaram o setor de comunicação e marketing da prefeitura da principal cidade do Norte de Minas, e umas das maiores do estado de Minas Gerais.
A falta de nexo no anúncio coloca em dúvida algumas questões. Se não existia verba para filmar algo que prestasse, se o “pensador” do anúncio é ruim mesmo ou se a questão é falta de instrução: analfabetismo jornalístico.
Aliás, agora pude entender o verdadeiro objetivo do novo prefeito que assumiu o cargo este ano em Montes Claros. Não só tentar, mas transformar a classe de jornalistas, numa classe medíocre. E isso o Tadeu está conseguindo. Ele começou extinguindo a Secretária de Comunicação, agora disse que não vai colocar um centavo que for na Casa da Imprensa e impede o trabalho de órgãos de imprensa, através de pressão de verba, conchavo com deputados, e pagamento de dívidas morais, como no caso daquele jornalista de uma sucursal em Montes Claros de um jornal em Belo Horizonte, capital do Estado de Minas, que ao ser mandado embora, recorreu ao Tadeu para que o governador na época do PMDB o devolvesse ao posto.
O esforço deu certo. Mas o preço é caro. Ele hoje é um serviçal da prefeitura. Quem conhece o caso vai saber quando ler, quem não sabe, vai continuar lendo marolas neste grande jornal dos mineiros.
Clique
Aqui e Continua lendo

13 de mar de 2009

Soebras perde novamente o título de filantropia

Por 13 votos a 6, o Conselho Municipal de Assistência Social de Montes Claros não aceitou o registro da Associação Educativa do Brasil - SOEBRAS, de propriedade do deputado estadual do DEM/MG- Ruy Muniz, que havia sido cancelado pelo próprio Conselho em 2007.
A Soebras, segundo o presidente do CMAS Fernando Andrade, após minuciosa análise institucional, através de visita in loco, ficou constatado que no momento não é passível inscrever no Conselho Municipal de Assistência Social, tendo em vista que as informações fornecidos por ela estão em divergências com as informações levantadas pelo CMAS.
Leia o relatório completo AQUI

12 de mar de 2009

De volta ao ano de 1996

Montes Claros entrou no túnel do tempo e voltou, ou melhor, regrediu ao ano de 1996, último ano da gestão Tadeu Leite.
Regrediu porque em tempos de globalização, século XXI, a cidade está sendo administrada de forma caótica, caolha e irresponsável.
Nada funciona.
Nem mesmo a nossa querida e alienável imprensa marrom.
Apesar de existirem trincheiras prontas para guerra, elas continuam vazias, à espera de “soldados” que teimam em esperar pelo agrado, pelo afago político antes de aderir ao combate.
Muitos estão às cegas, sem saber o que fazer. Bater na administração ou esperar a boquinha que teima em não chegar? Seria medo do novo Boss municipal? Seria medo da crise?
Já está ficando chato e cansativo.
Semana após semana mais podridão, politicagem, incompetência e balbúrdia vem à tona trazendo velhos ou novos fatos.
Leia a matéria completa AQUI no blog Política de Buteco

Prefeito de Montes Claros vai lançar Aécio candidato a presidente em reunião da Sudene

Deputados estaduais de Minas Gerais de vários partidos (DEM, PP, PDT e PTB) e o prefeito de Montes Claros, Luiz Tadeu Leite (PMDB), foram ontem ao Palácio da Liberdade, sede do governo mineiro, comunicar ao governador Aécio Neves (PSDB) que no próximo dia 6 de abril ele terá seu nome lançado como candidato a presidente da República.
Os políticos do norte de Minas vão aproveitar uma reunião dos governadores de Estados atendidos pela Sudene em Montes Claros para promover o nome de Aécio.
Além dos governadores do Nordeste, de Minas Gerais e do Espírito Santo (Estados também atendidos pela Sudene), deverão estar presentes o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e vários ministros, incluindo Dilma Rousseff (Casa Civil), potencial candidata à Presidência da República pelo PT.
Ao ser comunicado da intenção dos políticos, em audiência formal para tratar assuntos relacionados à Sudene, Aécio não se opôs, segundo disse o prefeito e o deputado Arlen Santiago (PTB).
De acordo com eles, Aécio apenas sorriu. "Com o apoio dele ou sem o apoio dele vamos fazer", disse Santiago.
O problema é como fazer isso sem causar constrangimentos a Lula e à ministra. "Temos quase um mês para pensar sobre isso", disse o prefeito. A ideia é que alguém aproveite um discurso. Além da reunião da Sudene, Lula deverá participar de outro evento na cidade.
Fonte:
Folha Online

Novos Tempos, Novos Rumos - Patrus Governador

Os encontros regionais que a Articulação, tendência interna do PT, vem realizando em todas as regiões do Estado para debater as diretrizes para as eleições internas do partido, em novembro, e os desafios políticos de 2010 em Minas Gerais, com a presença do ministro Patrus Ananias, prossegue no próximo sábado (dia 14) em Montes Claros.
O encontro acontecerá na Casa das Irmãs Mercedárias - Rua João Pinheiro, 26 - Centro, próximo ao Colégio Francisco Sá, com a seguinte programação:
8:00h - Recepção e credenciamento
9:00h - Palestra do Ministro Patrus

11:00h - O PT e os desafios para 2010

12:30h - Almoço

13:30h - Organização PED 2009 e 4º Congresso do PT

15:00h - Encaminhamentos

16:00h - Encerramento

O jeito velho de fazer política

Pode largar! Pau que nasce torno não endireita nem com reza brava.
Quem foi demitida do serviço público por justa causa, pelo bem da coisa pública e foi até para o xilindró noutra ocasião por causa de outras falcatruas não tma jeito e volta ao poder com a mesma astúcia de sempre.
Para atender as exigências legais, a Secretaria Municipal de Educação publica editais convocando professores para ocuparem determinadas vagas nas escolas municipais.
Mas é só para inglês ver.
Quando enche de pessoas nas portas das escolas no dia e horário marcado, a diretora (em conchavo com a chefa) trata logo de escorraçá-los.
Informa que o edital foi cancelado ou adiado e logo retira o dito cujo da parede, com muito cuidado para não rasgar.
Quando os “concorrentes” viram as costas, ele reaparece.
E adivinha o que acontece?
As vagas serão preenchidas apenas pelos apadrinhados.

11 de mar de 2009

FHC candidato ao Senado pelo Maranhão em 2010?

Não riam, porque é sério... pelo menos entre tucanos maranhenses:Uma conversa de políticos maranhenses, por volta da 2h da madrugada na Padaria Big Gago, na Cohama, em São Luís, foi testemunhada pelo jornalista Marcos Daniel.
Ao final, o deputado federal Roberto Rocha (PSDB) soltou que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC) poderia transferir seu título para o Maranhão e sair candidato a senador pelo estado em 2010.
O objetivo seria contrapor à força que José Sarney (PMDB), também ex-presidente da República e hoje presidente do Congresso, tem no cenário nacional.
Desta forma, a cotação de FHC cai para compor a chapa de José Serra, e a cotação de Gilmar Mendes sobe, como possível candidato à vice-presidente.

Marcos Valério foi espancado na penitenciária

No período em que esteve encarcerado na Penitenciária de Tremembé, em São Paulo, o empresário mineiro "amigo" de Virgílio Guimarães, Marcos Valério Fernandes de Souza, disse que foi espancado e que precisou recorrer ao Primeiro Comando da Capital (PCC) para sair da cadeia com vida.
Nos 98 dias em que esteve preso, Valério passou dez dias num regime especial de reclusão, numa cela que foi aberta quatro vezes por detentos que o agrediram em busca de informações sobre o paradeiro de um DVD, "supostamente contendo revelações capazes de derrubar a República".
Depoimentos
No processo do mensalão, a Justiça Federal em Belo Horizonte começou a ouvir esta semana testemunhas arroladas pelos réus que residem na cidade. Nos últimos dois dias foram ouvidas testemunhas de defesa da ex-diretora administrativa e financeira da SMPB Comunicação, Simone Vasconcellos. Está marcado para quinta-feira, 12, o depoimento do ex-ministro do Turismo, Walfrido dos Mares Guia, arrolado como testemunha por Valério e Emerson Palmieri, ex-tesoureiro informal do PTB. Mares Guia também foi arrolado como testemunha pelo deputado cassado Roberto Jefferson, cujo depoimento está marcado para o próximo dia 27. O advogado de Valério reclamou ontem terça-feira, 10, que os depoimentos estão ocorrendo sem que todos os réus e advogados dos acusados que não residem na capital mineira fossem intimados para acompanhamento das audiências. "Entendemos que houve uma falha processual, porque era indispensável intimar os defensores de todos", afirmou Leonardo.
Leia a matéria completa AQUI no Novo Jornal

EXCOMUNHÃO DA VÍTIMA - Miguezim de Princesa

Peço à musa do improviso
Que me dê inspiração,

Ciência e sabedoria,
Inteligência e razão,
Peço que Deus que me proteja
Para falar de uma igreja
Que comete aberração.

Pelas fogueiras que arderam
No tempo da
Inquisição,
Pelas mulheres queimadas
Sem apelo ou compaixão,
Pensava que o Vaticano
Tinha mudado de plano
Abolido a excomunhão.

Mas o bispo Dom José,
Um homem conservador,
Tratou com impiedade
A vítima de um estuprador,
Massacrada e abusada,
Sofrida e violentada,
Sem futuro e sem amor.

Depois que houve o estupro,
A menina engravidou.
Ela só tem nove anos,
A Justiça autorizou
Que a criança abortasse
Antes que a vida brotasse
Um fruto do desamor.

O aborto, já previsto
Na nossa legislação,
Teve o apoio declarado
Do ministro Temporão,
Que é médico bom e zeloso,
E mostrou ser corajoso
Ao enfrentar a questão.

Além de excomungar
O ministro Temporão,
Dom José excomungou
Da menina, sem razão,
A mãe, a vó e a tia
E se brincar puniria
Até a quarta geração
.

É esquisito que a igreja,
Que tanto prega o perdão,
Resolva excomungar médicos
Que cumpriram sua missão
E num beco sem saída
Livraram uma pobre vida
Do fel da desilusão.

Mas o mundo está virado
E cheio de desatinos:
Missa virou presepada,
Tem dança até do pepino,
Padre que usa bermuda,
Deixando mulher buchuda
E bolindo com os meninos.
Milhões morrendo de Aids:
É grande a devastação,
Mas a igreja acha bom
Furunfar sem proteção
E o padre prega na missa
Que camisinha na lingüiça
É uma coisa do Cão.
E esta quem me contou
Foi Lima do Camarão:
Dom José excomungou
A equipe de plantão,
A família da menina
E o ministro Temporão,
Mas para o estuprador,
Que por certo perdoou,
O arcebispo reservou
A vaga de sacristão.

10 de mar de 2009

A estrela e o santo

*Luis Nassif

Frei Betto montou seu marketing se anunciando amigo de Fidel; Patrus Ananias, trabalhando duro na periferia.
Betto leva apoio espiritual a políticos ilustres, jornalistas conhecidos, intelectuais afamados;
Patrus se dedica aos pobres.
Betto fez sua opção preferencial pelas celebridades;
Patrus, pelos anônimos.
Betto procura os holofotes;
Patrus a ação discreta.
Betto tem os pecados capitais da soberba e da inveja;
Patrus as virtudes da humildade e da sabedoria.
Betto coloca bandeiras a serviço da promoção pessoal;
Patrus iça as bandeiras, e se esconde, com pruridos para não se beneficiar da própria obra.
Betto participou de um programa caótico, o Fome Zero;
Patrus criou um programa modelo, o Bolsa Família. Até hoje Betto busca holofotes para celebrar seu fracasso; raramente se vê Patrus celebrando seu sucesso. O Fome Zero era um esforço de marketing; o Bolsa Família um trabalho que incorpora indicadores avançados, modelos de gerenciamento e parcerias com o setor privado para as chamadas portas de saída dos miseráveis. Betto critica o Bolsa Família por não ter porta de saída; o Fome Zero não tinha porta de entrada. Era um mero programa que distribuía alimentos, mas nem contribuições conseguia receber por desorganização ampla e geral.
Em suma, é isso o que explica as catilinárias permanentes de Frei Betto, o soberbo, contra a obra de Patrus Ananias, o humilde.
Um é candidato a estrela; outro, é candidato a santo.
No Estadão de hoje Betto volta à carga: “Bolsa-Família é política de governo e projeto de poder”. Nas suas memórias ele atribui o fracasso do Fome Zero à pouca vontade do governo em bancar campanhas promocionais.
O fracasso não decorreu da falta de holofotes, mas do excesso de preocupação com o brilho. Quando ambos morrerem, São Pedro os estará aguardando na porta do paraíso.
Betto empurrará Patrus, acelerará o passo para chegar na frente: “Eu sou Frei Betto, amigo do Fidel, do Chico Buarque, orientador espiritual da dona Marise, da dona Risoleta, da Milu Vilella, de psiquiatras, escritores e intelectuais famosos”.
Com paciência, São Pedro o afastará educadamente com um braço, enquanto com o outro indicará a Patrus a entrada.
Procissões de anjos celebrarão sua chegada.
Betto não receberá o castigo eterno. Apenas passará uma temporadinha no purgatório, para se livrar definitivamente dos pecados da soberba e da inveja.
Aliás, quando vejo Patrus, o irmão leigo, quase volto a acreditar. Aí vejo Betto, o religioso, e caio na real novamente.
*Luis Nassif é introdutor do jornalismo de serviços e do jornalismo eletrônico no país. Vencedor do Prêmio de Melhor Jornalista de Economia da Imprensa Escrita do site Comunique-se em 2003, 2005 e 2008, em eleição direta da categoria. Prêmio iBest de Melhor Blog de Política, em eleição popular e da Academia iBest.

Em cima da notícia

BLINDADO - Já está definido pelo competente sistema de assessoria de comunicação da prefeitura: nas coletivas do Tadeu só serão convidados três órgãos de imprensa. A idéia surgiu depois de alguns contatos com os repórteres que levaram questões judiciais na sala de reuniões do gabinete do prefeito, e instável, o Tadeu não quis responder nenhuma das questões, sempre se justificando com algo assim: “vocês são jornalistas, apurem”. Irado, o Tadeu mandou que seu chefe de comunicação e governo dessem um jeito nisso. O problema, é que não dá pra comprar tudo ou todo mundo. Já ia esquecendo: somente o jornal “Gazeta Paulo Mineira”, “Estado de Luiz Ribeiro Leite Minas” e “Rádio Tadeu Terra” serão convidados. É, começou bem.

MESMA MESA - Acabou a política de boa vizinhança no terceiro andar do paço. Pelo menos é a a informação que fonte revelou sobre encontro de Sérgio Amaral e o Meneghel Edmilson Guimarães no corredor. A discussão que estendeu até o elevador, terminou com palavras de baixo calão. Em questão o assunto, era não gastar dinheiro, não contratar ninguém, não fazer nada de comunicação, mas fazer a informação chegar ao povo. Milagre todo mundo quer e eu gosto. E não convidem os dois para mesma mesa, pode estragar sua noite.

FRASE DA SEMANA - Esta veio da cultura: “Rita Maluf entende tanto do Centro Cultural, como eu entendo sobre a tecnologia utilizada para explorar outros planetas”.

O QUE É O QUE É - A comunicação na prefeitura vai bem. Um vendedor de carros em uma diretoria, e o outro que reza para dois deputados. Cada um tem o que merece.

O RUY É BOM - O Ruy é mesmo uma graça e encontra saída para tudo. O Obama só não convidou ele para resolver o problema da crise, porque senão perderia o cargo de presidente. Mas é isso mesmo, ele resolve tudo. Na sexta-feira quando despachava em sua casa, escritório (o terreno de Padre Murta) Ruy Muniz recebeu a visita de cerca de seis pessoas pedindo emprego e bolsa de estudos. Bom, a bolsa de estudos ele disse que só será liberada após o segundo semestre, por causa de alguns problemas que estão acontecendo. Já para os que pediam emprego todos foram encaminhados ao gabinete do secretário de Esportes e Lazer Sebastião Pimenta. A documentação de uma delas já está no departamento pessoal desde segunda. Eta que Ruy é porreta de bom!

O RUY É BOM II - E quem manda na pasta de esporte é o DEM e o PDT. E ninguém tasca. É só reparar as pessoas que freqüentam o local, todos que estavam na campanha de de Ruy Muniz receberam uma boquinha para pagar as dívidas de campanha. Aí fica fácil e ninguém precisa trabalhar de verdade. Até parece o Tadeu, que finge que trabalha pra fingir que merece estar no poder. Mas esperto mesmo é o Ruy, que coloca todo mundo no chapéu.

O PARTIDO DA BOQUINHA - Os 62 nomes que estão sendo indicados para ocupar uma boquinha na administração de Tadeu, estão recebendo um recado não muito animador na hora de levar a documentação. O aviso é mais ou menos assim: nossa vida no governo é de um ano, na melhor nas hipóteses. Mas tememos que isso chegue a no máximo três meses. Então é o seguinte companheiro: não faça dívida, mão contraía empréstimo, não compre carro porque você não está na “Secretária de Wilson Serviços Cunha Urbano”. E dando uma de “mãe PT Diná”, já avisa logo; o bicho vai pegar.

E VAI MESMO - O partido rosa (PT enfraquecido) já sofre com as negações. Pediu três secretárias, só levou a esurb. Pediu 200 vagas, recebeu a promessa de 62, mas até agora só colocou duas: Marcos Maia e seu irmão Marcílio. E geléia geral do Tadeu vai mandar todo mundo pro pilão, ou seja, só vai nomear em junho, para começar a contar em agosto, para receber em setembro, e ser mandado embora em dezembro. Só o partido da boquinha mesmo para perceber que a enganação, dura até a vinda do Lula, e que para conseguir assinar os contratos do PAC vai engalobar o pessoal do PT até dezembro. Ainda dá tempo ser independente.

PERGUNTAR NÃO OFENDE - Porque o gabinete da vice-prefeita ta cheio de gente lotada pra não fazer nada, e a sua maioria é de seguranças?

DOBRADINHA - Virgílio Guimarães não ficou nada satisfeito com a dobradinha entre Paulo Guedes e Gil Pereira em Montes Claros. Gil que já está em campanha pra deputado federal, prometeu 20 mil votos a Guedes em Montes Claros, se ele topar subir no palanque com a militância petista. Virgílio não gostou e já avisou Paulo que vai mandar descontar o cheque do Alfredo. Neste boi tem linha.

É VERO - Depois de ajudar derrotar Athos com sua política rasteira, o importado Frnaklin Sardinha aparece de supetão nas reuniões proibindo criticar os vereadores do PPS. Alega que eles são inexperientes e é o PT que tem de fazer oposição. E proibiu as reuniões na sede do PPS. Parece que foi contagiado pela mesma doença. Um diverticuloso cheira o outro...

PRA TERMINAR - "Oposição? Que oposição. O PPS não existe, os partidos pequenos estão comigo, e o PT que poderia fazer barulho está debaixo nas asas da prefeitura" - Palavra de Tadeu

Serra e Aécio boicotam construção de 1 milhão de moradias populares

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, reuniu na última terça-feira (3) os governadores do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, do Paraná, Roberto Requião, de São Paulo, José Serra e de Minas Gerais, Aécio Neves, para uma reunião com o objetivo de apresentar a proposta do governo federal de construir um milhão de moradias até 2010.
Participaram da reunião, os ministros da Fazenda, Guido Mantega, do Planejamento, Paulo Bernardo, e das Cidades, Márcio Fortes.
O projeto prevê que estados e municípios disponibilizem terrenos e a Caixa Econômica Federal e demais bancos, com recursos da poupança, financiem os imóveis.
O governo sugeriu aos governos estaduais a promoverem medidas de incentivo para a compra de materiais de construção. Outra medida do projeto, além da redução de impostos, é acabar com o seguro cobrado de pessoas idosas. Este seguro torna as casas 37% mais caras para as pessoas com mais de 60 anos.
Segundo Dilma Rousseff, o programa prevê a concessão de subsídio integral (redução total de custos) no financiamento da casa própria - pela Caixa Econômica Federal -para a população com renda mensal de até três salários mínimos (R$ 1.395). Sérgio Cabral elogiou a iniciativa do governo e disse que o projeto é ousado, ressaltando que as prestações terão valor “simbólico”. O total do financiamento subsidiado poderá ficar em até 10 salários mínimos (R$ 4.650).
Para Roberto Requião, “a proposta é muito boa. Ficou claro que os recursos existem e podem ser liberados”. O governador dor lembrou que o custo das casas no Paraná é até três vezes menor do que em São Paulo. Por isso, ele defendeu que sejam criados vários modelos habitacionais dentro do programa.Os governadores José Serra e Aécio Neves criticaram o projeto e disseram que não pretendem implementar os incentivos fiscais em seus estados. Aécio listou vários obstáculos para construir casas em Minas até 2010 e chegou a pedir que os recursos fossem repassados para os governadores ao invés de serem enviados diretamente para os municípios. “Nada contra a paternidade do projeto”, disse.
Fonte: Hora do Povo

9 de mar de 2009

Acorda Prefeito: Estamos em 2009

Uma boa iniciativa da secretaria de cultura em reviver o projeto Papo em Dia em Montes Claros, para um município carente na área ao qual não se justifica o pseudônimo de “cidade da arte da cultura”.
Mas a pressa continua inimiga de um projeto bem montado.
Com a idéia de ser itinerante, o “Papo em Dia” será um papo mensal, só pra começar.
Como já sabemos, alguma pessoa deve avisar o Tadeu que ele está no ano de 2009. Isso para que ele possa repassar a informação ao seu secretariado, quando conseguir reunir todos em um único dia – é um tal de viajar pra lá e pra cá... que ninguém entende –.
Não estamos mais na década de 80. E como já foi comentado em toda a mídia, o staff do Tadeu é antigo, assim como sua cabeça, retrógrado, feito de amigos, gambiarras e todos outros adjetivos para mostrar como não montar uma administração.
Mas isso é bom, porque não vai dar certo, e vai dar a oportunidade à população em mudar seu voto na próxima eleição.
Voltando ao fato, o primeiro aspecto que merece destaque: o projeto colocado em um bar no centro da cidade, esteve bem ao estilo do Tadeu Paz e Amor. Sem gentalha.
Uma elite montesclarense, entre as classes culturais, jornalistas pagos, médicos artistas, e meia dúzia de verdadeiros nomes ligados à arte, convidados a fim de se sentirem homenageados por nada.
Ou seja, em sua segunda aparição pública, Tadeu não empolga, está apagado, fugindo das pessoas a quem achavam que teriam um emprego em sua administração e o principal, mostra como governar os próximos 3 anos e meio: livre de aporriação do povo.
O segundo, terceiro e por aí vai, vão ser descritos de forma direta.
Internet
Será que o prefeito sabe desta invenção?
Porque não foi feito um site do projeto para se ler poesias do povo, colocar rostos no telão, frases de apoio a arte e a cultura correndo através de letreiros no recinto com os respectivos nomes e bairros como acontece nos programas de TV, abrir inscrições para eleger através do site o artista revelação do mês, entre outros...
Gente, a Internet existe para isso, para interagir as pessoas.
Montar uma banquinha cultural em que os artistas pudessem colocar lá seus livros.
Bem que a secretaria de cultura podia sortear alguns destes livros na noite – logicamente depois de comprá-los nas mãos dos artistas – e aproveitar a presença deles já para autografar.
Alguns quadros poderiam estar espalhados em cavaletes, independentes de estarem presos na parede.
Um banner (a ascom sabe o que é isso?) de algumas referências da história artista e cultural de Montes Claros.
Esqueceram Godô, Hermes, Ciro, Darcy...
Entre um músico e outro, porque não colocam um artista para fazer humor, contar piadas, interagir (a ascom sabe o significado desta palavra?) com o público... no outro intervalo um poeta... e o mais importante: não discriminar ninguém pelo partido ou bandeira que carrega ou carregou. (Arte é arte, não é política né Braúna?!)
É, e assim caminha Montes Claros. Sem comando, abandonada, sem vergonha na cara, sem ideologia, sozinha como estrela solitária.
Uma estrela solitária...
(PT saudações! Sem boquinha...)