Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

7 de mar de 2009

Arcebispo manda Lula procurar teólogo

Presidente criticou a postura da Igreja no caso de gravidez de menina de 9 anos. Médicos e mãe foram excomungados
O arcebispo de Olinda e Recife, Dom José Cardoso Sobrinho, disse, neste sábado (7), que os envolvidos na interrupção da gravidez de gêmeos de uma menina de 9 anos podem ser perdoados, se mostrarem arrependimento.
A declaração foi dada durante missa da Campanha da Fraternidade na Basílica do Carmo.O aborto ocorreu na quarta-feira (4). Em seguida, o arcebispo anunciou que a mãe da garota e os médicos que participaram do aborto foram excomungados.
Durante a missa, o arcebispo também rebateu as críticas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Ao comentar o caso, o presidente disse, na sexta-feira (6), que a "medicina está mais correta que a Igreja".
Para Sobrinho, Lula deve buscar a assessoria de algum teólogo para falar com mais propriedade sobre o tema.A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou nota, na sexta, em que destaca o mandamento "não matarás" e reforça as críticas feitas ao aborto.
A imprensa italiana informou que o Vaticano apoia a decisão do arcebispo.Violência A gravidez da criança foi descoberta logo após o carnaval.
Ela reclamou de dores e foi levada a uma unidade de saúde. Os médicos classificaram a gestação de 15 semanas como de alto risco, pela idade e por ser de gêmeos. Segundo os médicos, a mãe pediu para que o aborto fosse realizado.
O padrasto da menina foi preso, suspeito de ter abusado da garota e ser pai dos bebês que ela esperava. De acordo com a polícia, a menina sofria violência sexual desde os 6 anos.
A menina teve alta nesta sexta-feira e passa bem, segundo o diretor do hospital em que ela estava internada, Sérgio Cabral.
Ela e a mãe devem ser encaminhadas para um abrigo no Recife, por determinação do Ministério Público. Elas não devem voltar imediatamente para Alagoinha (PE), onde moravam.

Um comentário:

Anônimo disse...

TEM QUE MANDAR ESSE BISPO IR LAMBER SABÃO!!
PORQUE NÃO ESCOMUNGARAM O PAI ESTRUPADOR?
NESSE PONTO ESSES TEOLOGOS ATRAZADOS DA IGREJA CATÓLICA SÃO UM PÉ NO SACO!
DEPOIS DAS CRUZADAS, TRIBUNAL DA INQUISIÇÃO, ALINÇA COM HITLER, FAZER CAMPANHA NA AFRICA CONTRA O USO DA CAMISINHA E DEIXAR MILHÕES INFECTAREM COM AIDS E MORREREM AOS MONTES COMO ANIMAIS. ESTES CARAS AINDAM FALAM EM PROTEÇÃO A VIDA?
TOMEM VERGONHA CAMBADA!!