Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

30 de nov de 2008

A difícil tarefa de um blogueiro

Blog exige mais de mim que as grandes mídias, diz Juca Kfouri

"Eu sinto que meu blog exige mais de mim que qualquer outro veículo, mais que as grandes mídias". É assim que o jornalista Juca Kfouri compara as mídias ao abordar um dos temas que estarão em pauta no seminário de Jornalismo Esportivo, dia 12/12, em São Paulo. Com mais de 40 milhões de acessos, o blog do jornalista Juca Kfouri, é um dos blogs esportivos, mais lidos do Brasil. Em mais de 35 anos de carreira, Juca acredita que, dependendo da audiência, o blog exige mais dedicação do jornalista, porque os leitores acompanham o trabalho intensamente.

"Se eu deixo de atualizar por um dia, porque tenho de fazer muitas coisas, as pessoas cobram, me perguntam se aconteceu alguma coisa, se estou doente". Experiência com diferentes meios de comunicação não falta na vida de Juca, que atua na ESPN, rádio CBN e em seu blog. Sem contar as passagens marcantes pelas revistas Playboy e Placar. O conteúdo jornalístico é o mesmo, o que muda é o meio. "Eu apuro, entrevisto, opino em todos os meios. Se eu colocar uma entrevista no blog, não muda em nada, o que muda é o meio, mas é o mesmo jornalismo, o mesmo conteúdo", detalha.

No caso do blog, a credibilidade não é do meio, mas do jornalista. "Existem blogs que têm credibilidade e muitos outros que não têm. Isso depende do jornalista. Não é porque um jornalista escreve que o blog tem credibilidade". Juca se identifica mais com o jornal impresso, pela profundidade, mas o rádio tem um significado especial em sua vida. "O rádio me dá mais prazer. Me arrependo de não ter começado no rádio antes", diz. Juca Kfouri será um dos palestrantes do Seminário de Jornalismo Esportivo, dia 12/12, em São Paulo. O evento contará com outros jornalistas renomados, como Cleber Machado, Silvio Luiz e Paulo Vinícius Coelho.

Obs: O coro sem veto da torcida no mineirão foi para Aécio Never:

Ô Maradona, vá se foder, o Aécio cheira mais do que você...

Corrigindo os erros. PT de Minas derrota pimentécio

O Diretório Estadual do PT de Minas voltou atrás e proibiu as filiações em massa feita pelo grupo pimentécio (mistura de Pimentel com Aécio), e aplicou o artigo 6º do estatuto do PT, que veta filiações em massa. Com isso, o projeto de Aécio ficou enfraquecido, enquanto que o de Patrus saiu fortalecido. Só para lembrar, as filiações em massa serviram para garantir maioria a Pimentel para entregar o PT de BH ao governador Aécio, que bastou ganhar em BH, e ganhar porque fez uma aliança de apoio ao PT, para sair pelo país atirando em Lula e na legenda petista, como nos velhos tempos, segundo Zé Dirceu, em seu blog.
O diretório estadual do PT aprovou, por 31 votos a 20, recursos que pedem a investigação de filiação em massa na legenda, a punição do deputado federal Miguel Corrêa Júnior (ligado a Pimentel), por suposto apoio a candidatos a vereador de fora da coligação da eleição municipal, e ainda a apuração sobre a interferência do PT Nacional no de BH, por ter recebido apoio informal do governador Aécio Neves (PSDB) durante as eleições deste ano. Mas esqueceu de fazer a mesma coisa com os infiéis que derrotaram o PT nos quatro cantos do estado, principalmente no Norte de Minas, onde os coronéis petistas saíram de cidade em cidade derrotando o partido, principalmente em Montes Claros e Januária.

29 de nov de 2008

Governador de Minas não quer Ministério Público atuante. Optou por um MP de colunas sociais, de baladas, de coquetéis milionários...

O deputado estadual Durval Ângelo (PT/MG) fez duras críticas à indicação para procurador-geral do Ministério Público Estadual (MP) de Minas Gerais, Alceu José Torres Marques, segundo colocado na lista tríplice encaminhada ao governador de Minas Gerais (PSDB), que é quem faz a indicação.
Segundo o parlamentar, não houve espírito democrático, já que o mais votado, o promotor Nedens Ulisses Freire, que já ocupou a presidência da entidade por duas vezes, não foi o escolhido.
“Optou-se por um Ministério Público de colunas sociais, de baladas, de coquetéis milionários”, declarou Durval, ressaltando que o dia da indicação de Alceu, 26 de novembro, “será marcado como o dia das traições”.
“Dia 26 de novembro: dia em que o dito não foi feito, em que o prometido não foi realizado, em que a democracia não se cumpriu. Então é o dia das traições”, afirmou.
Durval lembrou a “seriedade e eficiência” da gestão do ex-procurador-geral do MP, Nedens Ulisses.
“Como primeira medida, Nedens acabou com o nepotismo. O MP foi o primeiro órgão público que baniu o nepotismo cruzado e direto. Houve um corre-corre de ex-procurador-geral nesta Assembléia procurando emprego para amantes, para esposa, para genro, nora, filhos. Todos assistimos a isso. Foi uma medida tomada pelo Nedens. Ele tinha que dar o exemplo dentro da categoria”, destacou o parlamentar petista.
Durval observou ainda que nos dois mandatos de Nedens Ulisses não houve crise de relacionamento entre o MP e o Legislativo mineiro.
“Diga-se de passagem que ele denunciou criminalmente oito deputados estaduais e, nesses dois mandatos anteriores, nenhum foi denunciado. O Nedens fazia isso dentro dos princípios legais, sem humilhar ninguém. Ele nunca anunciou nada para a imprensa, nunca foi para a coluna social mostrar que estava usando o seu terno importado italiano”, afirmou o parlamentar, acrescentando que “venceu a tese daqueles que querem um MP só com discurso retórico radical”.
Sem citar nomes, Durval questionou a atuação da atual direção do MP. “Só ficam batendo boca com o poder na imprensa, a fim de fazer espetáculo, como temos assistido há dois anos. Queremos o Ministério Público da Constituição Federal ou queremos o Ministério Público da coluna social? Parece que a opção foi pelo Ministério Público da coluna social. É lamentável”, protestou.
Durval disse que da “forma que queriam, o lugar não era para Nedens”. “Estar no lugar de seus vencedores, da forma que o sistema quer, não é lugar para gente com dignidade, seriedade, consciência de cidadão e de dever que o Ministério Público tem e que Nedens simboliza em Minas Gerais. Pela dignidade e autonomia do Ministério Público, foi bom que Nedens Ulisses não fosse nomeado procurador-geral de Justiça. Acho que até na derrota, ele cumpre o seu papel”, declarou Durval.
O deputado enfatizou também que o MP, “mais do que nunca, precisa de um líder austero, considerando-se todo o uso da máquina na instituição, como pagamento de vantagens, diárias pagas a procuradores e outras mordomias”.
Novo Jornal

AIDS: ESSA PORRA MATA! Te cuida. Use camisinha!

1º de Dezembro – Dia Internacional de Luta contra a Aids
Com o slogan “Sexo não tem idade. Proteção também não”, o Ministério da Saúde lançou, na última quinta-feira, 25/11, em Brasília, a campanha para o Dia Mundial de Luta contra a Aids deste ano.
O foco da campanha são homens heterossexuais acima de 50 anos.
O Dia Mundial de Luta contra a Aids é 1º de dezembro e em todos os municípios do país estão programadas ações que irão ampliar o debate sobre assuntos ligados à relação sexual, como o uso do preservativo, além de oferecer dicas para melhorar o sexo depois dos 50.
A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, através da Gerência Regional de Saúde de Montes Claros, disponibilizou aos municípios do Norte de Minas preservativos e material informativo sobre a prevenção, que serão utilizados na campanha.
Para atender ao Grupo de Apoio e Prevenção à Aids (GRAPPA), ao Movimento Gay das Gerais, com sede em Montes Claros, e para os profissionais do sexo da microrregional de Bocaiúva foram disponibilizadas 280 caixas de preservativos.
Os municípios da jurisdição da GRS-MOC estão preparando eventos como palestras, panfletagem e stands em locais públicos para distribuição de preservativos.

A Campanha
De acordo com o Ministério da Saúde, a escolha do público-alvo da campanha desse ano se deu, principalmente, porque a incidência de aids praticamente dobrou nessa população nos últimos dez anos (de 7,5% em 96 para 15,7% em 2006). Ao contrário do que muitos pensam as pessoas acima de 50 anos de idade têm uma vida sexualmente ativa, 73,1% fez sexo no último ano e apenas 22,3% usaram preservativo na última relação, diferentemente da população de 15 a 24 anos, onde 57,3% usaram na última relação.
Segundo o MS, esse público nunca foi alvo de campanhas e os números mostram o quanto é importante conscientizar essa faixa etária sobre o uso da camisinha.
No carnaval, a campanha terá as mulheres acima de 50 anos como público-alvo.

Dia Mundial
O dia 1º de dezembro foi transformado no Dia Mundial de Luta Contra a Aids pela Assembléia Mundial de Saúde, em outubro de 1987, com apoio da Organização das Nações Unidas (ONU). No Brasil, passou a ser adotado, a partir de 1988, por uma portaria assinada pelo Ministro da Saúde. A data serve para reforçar a solidariedade, a tolerância, a compaixão e a compreensão com as pessoas infectadas pelo HIV/aids.
O laço vermelho, símbolo da campanha, foi criado em 1991 pela Visual Aids, grupo de profissionais de arte, de Nova York, que queria homenagear amigos e colegas mortos em decorrência da aids. O adereço foi escolhido pela sua associação ao sangue e à idéia de paixão e foi inspirado no laço amarelo que honrava os soldados americanos da Guerra do Golfo.
O laço se tornou símbolo popular entre as celebridades nas cerimônias de entrega de prêmios e virou moda.
Jerusia Arruda / Assessoria de Comunicação Social da Gerência Regional de Saúde de Montes Claros - (38) 3221-5055 / 9904-3014

28 de nov de 2008

O SOM QUE VEM DO NORTE. Pedro Boi: Três décadas de dedicação à música

Músico amadurecido na barriga da mãe, nasceu num 29 de junho, dia de festa, forró e seu santo de devoção, São Pedro. É tanta a influência deste dia em sua vida que a parteira Zuza, responsável pelo nascimento de todas as crianças de Ibiracatu ainda hoje se lembra: "Ele só faltou dançar, pois seu primeiro choro já era uma canção”.
De Ibiracatu para Montes Claros, foi um pulo. Na maior cidade da região teria mais oportunidade. Começou tocando sanfona nos grêmios infantis ou onde houvesse uma festinha: fossem os quintais ou as salas da Vila Brasília. Dali veio a inspiração e o contato com seu primeiro parceiro, Ildeu Braúna.
Começou fazendo músicas para "tentar conquistar as menininhas".
E como as conquistas apareceram: foram muitas as namoradas. As canções, às vezes, eram as mesmas. Mudava-se apenas os nomes das garotas.
A partir deste início, a parceria foi crescendo e novos interesses pairavam sobre sua cabeça: os problemas sociais, os conflitos, a ditadura vivida na pele. Tudo se refletia nas músicas que já apareciam, aqui e acolá, em festivais. Alguns modestos, como os da Escola Normal. Outros, mais arrojados, como o Festival Universitário (Fucap) e Festival Rímula.
Matéria de Samuel Fagundes, do Jornal O Norte

Movimentos Sociais querem um novo modelo de desenvolvimento

Os Movimentos Sociais entregaram uma Carta ao Presidente Lula propondo um novo modelo de desenvolvimento, aproveitando a crise como uma oportunidae e não uma tragédia na vida dos brasileiros. O documento defende que o país deve aproveitar a crise para mudar a política macroeconômica de natureza neoliberal e construir um novo modelo de desenvolvimento nacional, baseado na distribuição de renda, na geração de emprego e no fortalecimento do mercado interno. Aqui, no norte de Minas, é fundamental que entidades como CUT, CPT, CAA, Pastoriais Populares, MST, Movimento Negro, Cerradania, MGG, JPT, UJS, Unegro e outras proponham e articulem uma Assembléia Popular para debater o conteúdo da Carta e fazer sua divulgação.
Veja + no site da
Adital
Colaboração: Álbano Machado

REDE GLOBO E A DESTRUIÇÃO DE REPUTAÇÕES

No Jogo entre Cruzeiro e Flamengo no último domingo, apitado pelo árbitro Carlos Eugenio Simon , novamente a Rede Globo, com sua tão propalada "tecnologia, não foi capaz de mostrar a verdade num lance polêmico, aos 46 min do segundo tempo.
Para a Globo, do alto de sua pretensão de ser a formadora de opinião em todos os setores do cotidiano Brasileiro, começando na edição do fatídico debate entre Collor X LULA em 89, passando pelo futebol, onde repousa interesses comerciais da vênus platinada, destruir reputações de profissionais como o Árbitro Simon, POUCO IMPORTA.
O que é mais importante é assegurar milhões de reais em patrocínio e audiência de uma REDE que há muito deixou de ser referência na credibilidade dos eventos da qual detêm os direitos quase exclusivos. O futebol é apenas mais um deles.
Simon foi severamente acusado pelos "comentaristas" da Globo, de não apitar o "suposto" penalti em "Tardelli", atacante do Flamengo. Mas, uma Câmera de trás do lance, instalada por uma TV A CABO, mostra claramente que o zagueiro do Cruzeiro, Léo Fortunato, não toca no atacante do Flamengo, Diego Tardelli. Comentários de Antero Greco e Paulo Soares no Sportscenter do dia 25/11/2008 são unânimes em afirmar que NÃO FOI PENALTI.
As imagens foram feitas pelo cinegrafista José Vanucci.
A Globo não mostrou a imagem desta câmera.

Do PT seria caixa dois; do DEM, "doações ocultas"

Tá lá na Agência Estado: o prefeito reeleito de São Paulo, queridinho da mídia Gilberto Kassab (foto), do ex-PFL (DEM), que arrecadou R$ 29,8 milhões na campanha deste ano, "justificou" simplesmente 95% (reforço: noventa e cinco por cento) do dinheiro como oriundos de "doações ocultas", segundo prestação de contas à Justiça Eleitoral. Gente, isso não é sério. É muito sério, pô! No total, R$ 28,5 milhões entraram na conta da campanha via partido político ou comitê partidário, operação que até é permitida pela legislação, mas dificulta a crucial identificação de quem financiou o candidato.
E a mídia, pra variar, trata o assunto com total discrição.Entenderam o golpe? Quando empresas e pessoas físicas fazem doações diretas aos candidatos, sua identidade é revelada na prestação de contas. Mas, quando a doação vai para o caixa do partido, é impossível saber quem a recebe efetivamente, pois o dinheiro pode ser repassado para mais de um candidato. E, enquanto as prestações de contas das campanhas são feitas até 30 dias após as eleições, os partidos só divulgam a lista de seus doadores no meio de 2009.
Lembrete: Kassab teve a campanha mais cara entre os concorrentes e quase atingiu o teto previsto antes do início das eleições, de R$ 30 milhões. Repito o meu jargão: ah, se fosse o PT...
Fonte: Futepoca / Sugestão: Ramon Fonseca

27 de nov de 2008

Deputados de Minas condecoram prefeito que é acusado de ser o mandante da Chacina de Unaí

Antério Mânica, prefeito reeleito de Unaí, foi um dos condecorados com a Medalha da Ordem do Mérito Legislativo, em cerimônia promovida pela Assembléia Legislativa de Minas Gerais, realizada no Palácio das Artes e “aplaudida por mais de mil convidados”, segundo o site da Assembléia.
Para ver a lista completa dos agraciados, clique aqui
A condecoração deixou entidades da sociedade civil bastante surpresas, uma vez que o prefeito é acusado de ser o mandante da Chacina de Unaí.
O presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Durval Ângelo (PT), se reuniu ontem (terça-feira - 25) com o presidente da Casa, Alberto Pinto Coelho (PP), para solicitar que seja revista a condecoração do prefeito reeleito de Unaí, Antério Mânica (PSDB), com a Medalha do Mérito Legislativo.
O ex-delegado da Delegacia Regional do Trabalho, Carlos Calazans, acompanhou o deputado e se dispôs a devolver a própria Medalha do Mérito Legislativo, com a qual foi condecorado em 2005. “Não posso manter em minha casa e em minha história a mesma condecoração que o acusado do assassinato dos servidores que tão fielmente serviram ao estado de Minas Gerais ostenta no peito”, afirmou em nota de repúdio.
Em 28 de janeiro de 2004, quatro funcionários do Ministério do Trabalho e Emprego foram assassinados em uma emboscada enquanto realizavam uma fiscalização rural de rotina na região de Unaí, Noroeste de Minas Gerais. O caso ganhou repercussão na mídia nacional e internacional, o que levou o governo federal a uma verdadeira caçada aos executores e mandantes do crime. Foram apontados como mandantes dos assassinatos os fazendeiros Norberto e Antério Mânica, que figuravam entre os maiores produtores de feijão do mundo. Ambos chegaram a ser presos, mas hoje respondem ao processo em liberdade. Os executores estão presos aguardando julgamento. Após isso, Antério foi eleito prefeito de Unaí pelo PSDB, ganhando fórum privilegiado.
O inquérito entregue à Justiça afirmou que a motivação do crime foi o incômodo provocado pelas insistentes multas impostas pelos auditores. Nelson José da Silva seria o alvo principal. Ele já havia aplicado cerca de R$ 2 milhões em infrações aos Mânica por descumprimento de leis trabalhistas.

Jornal sem-vergonha

A mais que centenária imprensa montes-clarense está manchada por um jornalismo calcado na mentira e em interesses inconfessáveis.
Agora mesmo, um " jornal da cidade", exemplo maior de como não deve ser um jornal, está fazendo uma campanha torpe contra o prefeito Athos Avelino.
Dirigido por um dublê de empresário apelidado de "Baratograna", figura completamente estranha à área jornalística, o jornal é a imagem do seu dono.
Serve única e exclusivamente para defender a seus interesses. Nem que para isso tenha que jogar a verdade, a ética e os bons princípios do jornalismo na lata do lixo.
O órgão, que deveria ser de defesa da informação e dos interesses da cidade, é descaradamente utilizado por alguém cujo único objetivo é garantir as benesses do poder. Ele, que passou anos tentando chantagear a Prefeitura com matérias mentirosas, mantém a postura, buscando ainda "mamar" no final da administração.
De forma torpe, se aliou ao prefeito eleito ficha-suja na escalada de críticas descabidas à gestão de Athos Avelino. Com isso, quer arrancar dinheiro da administração atual e se garantir com o próximo prefeito. Para o serviço sujo escalou um pseudo-jornalista, um tal de Crédulo, analfabeto por vocação e opção, cujos escritos primam tanto pelo português deplorável como pela completa incorreção nas informações, algo que, diga-se de passagem, é proposital e que só tomba pela direita.
Ao servir aos interesses de políticos do estilo de Jadeu Leite, o jornal envergonha a cidade.

Quilombolas de Brejos dos Crioulos continuam ameaçados por milícias armadas

"Quilombo, Quilombo não vive cansado!
É melhor morrer lutando do que ser escravizado!"
O grito de desabafo foi puxado por um remanescente quilombola na tarde da última quarta-feira, 26, na Câmara Municipal de Montes Claros, durante audiência pública realizada pela Relatoria Nacional para os Direitos Humanos à Alimentação Adequada e Terra Rural.
Despejos ilegais e esvaziamento de acampamentos por milícias armadas, lentidão do Incra e ação truculenta da Política Militar do Estado de Minas Gerais foram alguns dos problemas relatados pelos quilombolas. Além disso, existem dificuldades para trabalhar na pequena área "deixada" pelos latifundiários para os descendentes de escravos, burocracia estatal que parece não ter fim e ameaças de morte feitas por jagunços contratados.
No Brejo dos Crioulos, situado nos municípios norte-mineiros de São João da Ponte, Verdelândia e Varzelândia, ocorrem freqüentemente disparos pequenos de armas de fogo contra essas populações tradicionais, mas também há disparos de quase 100 tiros de fazendas da região em direção a essas pessoas.
Veja AQUI a matéria completa da Arquidiocese de Montes Claros.

"PT envelheceu internamente e precisa se revigorar"

O impulso inicial que deu vida ao PT e desembocou no governo Lula, se esgotou.
O dinamismo, a referência hoje está no governo e não no PT. Este precisa revigorar-se social e ideologicamente, para voltar a desempenhar um papel importante no campo político e ideológico do país, que tem na conjuntura já aberta da sucessão presidencial a maior das suas batalhas contemporâneas.
A análise é de Emir Sader.
Leia mais no
CARTA MAIOR

Show musical de Pedro Morais‏

Para a galera de BH e para quem estiver na capital mineira, neste final de semana, não deixe de assistir ao show do Pedro Morais, dia 29 de novembro, às 22 horas, no Studio B Music Bar - Av do Contorno, 3.849 – São Lucas .
Fones: (31) 3283-2393 e 3225-1277
Dos bão, pra quem gosta de MPB e música mineira. Músico virtuoso, Pedro Morais dedica-se ao desenvolvimento do processo autoral e à busca de novas sonoridades. Com um repertório próprio formado por canções cativantes, irradia em seu show uma viva combinação entre formatos pop (samba, funk, canção popular mineira) e uma poesia elaborada, provocativa...
Veja amostra
AQUI

Venda de discos e shows na produtora: Cria! Cultura. Tels: (31) 3284-0709 ou (31) 9784-8477 Falar com Karina Souza (produtora) kaka@criacultura.com.br / Manager: Kuru Lima (31) 9965-2737 kuru@criacultura.com.brcontato@pmorais.com.br

26 de nov de 2008

Mais um corrupto de Januária perdeu o mandato. Desta vez foi Sílvio Aguiar, do PMDB

A cidade de Januária já teve nos últimos cinco anos nada menos que sete prefeitos - quatro deles cassados. Com 65 mil habitantes e localizada no norte de Minas Gerais, Januária pode parecer mais corrupta do que a maioria. Ou revelar mudanças políticas importantes que vêm acontecendo no País, como o surgimento de uma sociedade civil mais vigilante, um Ministério Público e uma Justiça Eleitoral mais enérgicos. Lá, prefeitos vêm sendo extraordinariamente cassados e punidos por delitos que costumam passar em branco em outros municípios Brasil afora, graças ao trabalho da Asajan - Associação dos Amigos de Januária, organização não governamental de combate à corrupção de Januária, presidida pelo combativo jornalista Fábio Oliva.
Matéria divulgada pela IstoÉ, em 2004 o então prefeito Josefino Lopes Viana (PP) foi cassado por propaganda eleitoral irregular durante sua campanha à reeleição, em 2000. Também acusado de desviar R$ 447 mil de recursos do governo federal, Josefino chegou a ser preso durante seis dias. Depois dele, assumiram quatro prefeitos em menos de um ano. O primeiro, João Ferreira Lima (PMDB), foi nomeado pela Justiça Eleitoral para substituir Josefino Lopes Viana. Durou pouco: o então presidente da Câmara Municipal, Manoel Ferreira Neto (PL), entrou na Justiça e conseguiu assumir o posto em seu lugar. Mas a prefeitura também não ficou nas mãos dele muito tempo. Envolvido em denúncias de fraude numa licitação em um hospital, Ferreira Neto foi cassado poucos meses depois pela Câmara de Vereadores. Entrou o então presidente da Câmara, Waldir Pimenta (PSDB), que conseguiu finalmente terminar o mandato. Seria cômico se a tragédia não continuasse. O mesmo João Ferreira Lima que havia ocupado a prefeitura por poucos dias em 2004 venceu as eleições no final daquele ano. Exerceu o cargo até abril de 2007, quando foi afastado por pressionar testemunhas em uma investigação sobre a Máfia dos Sanguessugas na qual constava como acusado.
Dando continuidade à triste saga, Sílvio Joaquim de Aguiar (PMDB), acabou de ser cassado pela justiça de Januária, que já notificou o vereador Antônio Carneiro da Cunha (PSB), para suceder Sílvio Aguiar.
Veja AQUI no Blog do Fábio Oliva, a matéria completa.

Lula sanciona lei que pune com mais rigor pedofilia na internet

A assinatura da lei aconteceu durante a abertura do 3º Congresso Mundial para o Enfrentamento da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, no Rio de Janeiro. No discurso o presidente classificou de “animalescos” os atos sexuais de adultos contra crianças e disse que o tema deve ser tratado sem hipocrisia. “É preciso acabar também com a hipocrisia religiosa, que não permite que esse tema seja tratado à luz do dia.
Isso serve para todas as religiões”, disse o presidente. Lula também chamou a atenção para o papel da família e afirmou que a educação sexual deve ser ensinada em casa. “Os pais devem saber que a educação sexual em casa é tão importante quanto a comida”. O ministro Paulo Vannuchi, da Secretaria Especial dos Direitos Humanos (SEDH), que abriu a solenidade, também ressaltou a importância da participação de toda a sociedade no enfrentamento à exploração sexual de jovens e crianças. "Enquanto tolerarmos, em nossos países, essa violência contra nossas crianças, estaremos longe de concretizar o Artigo 1º da Declaração Universal dos Direitos Humanos", afirmou Vannuchi. Cerca de 3 mil pessoas, inclusive jovens e adolescentes, de mais de 130 países participam do congresso que será realizado até sexta-feira (28).

Aula Pública pelo cumprimento do piso nacional da educação

Em Minas, os professores da rede pública de ensino continua em estado de greve. Amanhã, 27 de novembro (quinta-feira) terá uma Aula Pública, às 13h, na Praça Sete, em BH, visando manter o diálogo com a sociedade e denunciar o descumprimento do compromisso público assumido pelo governo durante a greve. As atividades não serão suspensas nas escolas, mas haverá panfletagem realizada por diretores e militantes.
O governador Aécio Neves não recebe e nem negocia com os educadores.

24 de nov de 2008

MPE solicita que Justiça Eleitoral negue diploma a prefeito eleito de Montes Claros

O Ministério Público Eleitoral requereu à Justiça Eleitoral que negue ou casse o diploma do candidato eleito a prefeito de Montes Claros, Luiz Tadeu Leite, e da vice, Tereza Christina Pereira Antunes. Segundo o MPE, recursos da campanha eleitoral do candidato foram usados para falsificação e distribuição de pelo menos 50 mil panfletos que anunciavam apoio do Conselho dos Leigos da Arquidiocese de Montes Claros a Tadeu Leite, quando, na verdade, a entidade já havia declarado apoio formal ao outro candidato no segundo turno das eleições municipais, Athos Avelino. Investigação do MPE apurou que a esposa de um dos coordenadores políticos da campanha de Tadeu Leite encomendou os panfletos falsos a uma gráfica, retirando e pagando o material com recursos da campanha.
Também foi apurado que os panfletos falsos foram distribuídos por pessoas pagas pela campanha do candidato eleito, a poucos dias do segundo turno e em diferentes partes da cidade de Montes Claros. Caso sejam comprovados gastos ilícitos de recursos, para fins eleitorais, a Lei 9504/97 autoriza que seja negado o diploma ao candidato, ou cassado, se já houver sido outorgado.
O MPE espera que a ação seja julgada em primeira instância antes da data marcada para a posse. Caso a ação seja acatada, o requerido poderá recorrer, mas sem efeito suspensivo, o que impediria o prefeito eleito de tomar posse.
A ação é assinada pelos promotores de Justiça Felipe Gustavo Gonçalves Caires, Flávio Márcio Lopes Pinheiro, Paulo Vinícius de Magalhães Cabreira e Ana Maria Camilo da Hora e Rocha.
Fonte:
Ministério Público Estadual

22 de nov de 2008

Papai Noel dos Correios

Todo natal é a mesma coisa: os Correios recebem milhares de cartas de crianças pedindo presentes ao papai noel. Enquanto algumas pedem videogames e bicicletas, outras pedem um cobertor, qualquer brinquedo e até comida. Quem quiser virar papai-noel e mostrar o lado mais bacana do natal pode “adotar” uma carta e fazer uma criança feliz. Esse é um projeto real dos correios e qualquer pessoa pode participar.

Quem tiver interesse em ser um dos padrinhos voluntários, pode procurar uma das agências dos Correios e escolher uma carta.

21 de nov de 2008

Justiça racista

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) não reconheceu o feriado em Montes Claros e em outras cidades de Minas, no Dia Municipal de Consciência Negra, que foi comemorado ontem, dia 20 de novembro.
O feriado em Montes Claros foi respaldado pela Lei municipal Nº 3.897 de 27 de Dezembro de 2007, aprovado pela Câmara Municipal de Montes Claros e sancionada pelo prefeito Athos Avelino.
Se a justiça é a primeira a não respeitar as leis, como esperar dos condenados outra atitude.

ATHOS COM O PÉ NO PT

Segundo o colunista João Jorge, do Jornal O Norte, o prefeito Athos Avelino poderá trocar o PPS - que faz hoje forte oposição ao governo do presidente Lula em nível nacional - pelo PT.
A filiação de Athos no Partido dos Trabalhadores terá a anuência do PT de Montes Claros e a chancela do Ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, o norte-mineiro Patrus Ananias.
O prefeito foi o coordenador da campanha de Lula no Norte de Minas.
Leia a coluna completa AQUI

O PT FOI O MAIOR DERROTADO EM BH

O Partido dos Trabalhadores da capital mineira, além de entregar de bandeja a Prefeitura de BH para o PSDB, segundo declarou o deputado estadual Adelmo Carneiro Leão, ainda diminuiu mais de 60 mil sua votação para a Câmara de Vereadores. Em 2004, o PT teve 206.709 votos, sendo 71.307 só na legenda. Em 2008, caiu para 145.413 votos, com apenas 20.213 na legenda PT. Diminuiu a bancada de 9 para 6 vereadores. O desastre eleitoral não parou por aí. O PT perdeu em quantidade e qualidade. Somente os eleitos Arnaldo Godoy e Neusinha Santos têm identidade e militância petista. O jogo pesado do pimentécio tirou a reeleição dos históricos vereadores Carlão Pereira, Ana Paschoal e Neila Batista. Os novatos fazem parte do esquema pimentécio.

20 de nov de 2008

REDE GLOBO - MANIPULAÇÃO DA INFORMAÇÃO

Certamente o leitor sabe que a Globo manipula informação e fabrica "verdades" nacionais de acordo com os seus interesses. Ora é apoiando a ditadura posicionando-se contra as "Diretas Já", mostrando o gigantesco movimento como sendo a festa de aniversário da cidade de São Paulo.
Ora é interferindo na vida nacional editando o debate Lula e Collor, prejudicando Lula e beneficiando (elegendo) Collor.
Ora é falseando a notícia do movimento pelas carteirinhas de estudantes, transformados em "Caras Pintadas" e criando o "Fora Collor", levando o país à comoção nacional e posteriormente seguido por toda a chamada "grande imprensa", pelo fato de Collor tentar (como presidente) destruir o império de Roberto Marinho, cortando toda a propaganda oficial da Rede Globo.
(...) Será que o leitor sabe mesmo identificar o que é notícia e o que não é?
No futebol, por exemplo. Você acha o Romário o maior jogador do Brasil depois de Pelé?
Parreira é o melhor técnico do Brasil, por isso é o técnico da seleção?
Zagallo é um vitorioso absoluto como jogador e como técnico? Se você respondeu sim às três perguntas, é melhor avaliar melhor seus conceitos. Porque você está vendo demais a Rede Globo (...).
Romário, por exemplo, foi a maior, mais longa e mais desgastante campanha feita e bancada pela Rede Globo em torno de um jogador. Foi tanto o exagero dos interesses espúrios para fazer Romário jogar a copa do mundo que o assunto virou comoção nacional e quase que o técnico Felipão foi destituído do cargo por desobedecer a Rede Globo e não convocar Romário. (...)
Parreira é o técnico que nos cabe. Só isso, nada mais do que isso. Não podemos ter Telê, que está doente. Não podemos ter Felipão, que não quer mais a seleção da Globo. Não podemos ter o Wanderley Luxemburgo, porque a Globo não deixa (senão ela - Globo - faz campanha novamente, como fez, para tirar Wanderley da seleção).
E aí... Sem poder contar com um técnico bom, temos que nos contentar com o que nos resta ou o que nos cabe, um Parreira qualquer, o técnico que chegou na seleção sem jamais ter ganho um campeonato brasileiro, sem jamais ter ganho uma Libertadores, sem jamais ter ganho um mundial interclubes. (...)
Abra o olho leitor, raciocine, você anda vendo demais a Rede Globo, e raciocinando de menos, porque não há segmento de notícia, nem mesmo esportiva, que a Globo não manipule como se fosse informação.
Leia o artigo completo do escritor Roméro da Costa Machado
AQUI

Fernando Pimentel vai para o PSB

Um importante quadro do governo Aécio garantiu ao blogueiro Rudá Ricci que o prefeito Fernando Pimentel (PT-BH) vai se filiar ao PSB para ser candidato à governador em 2010, tendo como vice Danilo de Castro (secretário de governo de Aécio) ou o deputado tucano Nárcio Rodrigues.
Os dois, aliás (Nárcio e Danilo) estão se enfrentando politicamente nos bastidores. Com isto, o cenário mineiro para as eleições em 2010 começa a se definir: Patrus Ananias (PT), Hélio Costa (PMDB) e Fernando Pimentel (PSB/PSDB).
Mais: enquanto os companheiros da Articulação, grupo interno do PT, faziam debates sobre as eleições e perspectivas para 2.010, neste final de semana, em Contagem, o prefeito Pimentel viajava com Aécio Neves para Paris, participando de reuniões e negociações de investimentos franceses em Minas Gerais.
Parece que o Pimentécio (aliança de Pimentel com Aécio) insiste e não desiste.

Lula descarta Saraiva e mantém Temporão

O presidente Lula descartou qualquer reforma ministerial em seu governo e enviou um recado ao PMDB sobre o ministro da Saúde: "O Temporão é meu ministro, ele fica".
Na semana passada, Temporão reclamou da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) pela má qualidade dos serviços públicos prestados e constante foco de corrupção (coisa que não é novidade, conforme atesta o MPF em diversas ações).
A direção da Funasa é indicação da bancada do PMDB na Câmara, o que gerou mal-estar no partido. Deputados cogitaram a troca de Temporão (que também é filiado ao PMDB) por outro nome do partido, o mais cotado é ex-ministro da Saúde, Saraiva Felipe.
Não seria mais sensato os "nobres" deputados peemedebistas trocarem a cúpula da Funasa?
Não é o que pensa o líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), que apadrinha Danilo Forte, presidente da Fundação.
Segundo Alves, a Funasa será enquadrada, mas Danilo Forte fica.
Apesar de Temporão ter cedido por hora em manter o comando da FUNASA, na prática esvaziou o órgão, retirando poderes, ao criar a Secretaria de Atenção Básica e Proteção à Saúde, que vai administrar a saúde indígena, entre outras coisas.
O PMDB, embalado pelos bons resultados nas eleições municipais, vinha pressionando para assumir mais ministérios, como se o bom desempenho do partido já não fosse, em parte, pelo fato de estar na base governista.
Um dos alvos preferidos do PMDB (também já rechaçado pelo presidente) era a pasta da Justiça, por insatisfação com a independência da Polícia Federal, cujas investigações atingiram diversos políticos corruptos do partido.
Apenas uma perguntinha: Saraiva é Kassab?

19 de nov de 2008

Senador chama Aécio Neves de cruel e indecente e pede seu impeachment

O senador Geraldo Mesquita Júnior (PMDB-AC) pediu o impeachment (impedimento) do governador de Minas, Aécio Neves e de todos os governadores que assinaram ou apoiaram a ação no Supremo contra os professores, classificada por ele de "cruel e indecente".
O senador Augusto Botelho (PT-RR) também condenou a ação, enquanto Cristovam Buarque (PDT-DF) estranhou que os governadores tenham se manifestado contrários ao piso somente após as últimas eleições municipais.
“Em nenhum momento os governadores questionaram o piso salarial que”, observou, “foi aprovado por unanimidade pelo Congresso Nacional depois de exaustivos debates”. Isso demonstra, conforme avaliou, que os governadores “não tiveram a coragem de mostrar as suas faces durante as discussões”.

FERIADO DA CONSCIÊNCIA NEGRA - Sindicato pelego apóia desobediência patronal

É inaceitável o conluio feito entre os sindicatos de empregados e patrões do comércio varejista de Montes Claros.
Ao invés de agir na prática como representante dos trabalhadores, o Sindicato dos Empregados no Comércio faz eco aos interesses dos empresários e se coloca contra o feriado do dia 20 de novembro (quinta-feira), instituído como o Dia Municipal da Consciência Negra.
Ao apoiar a desobediência e o desrespeito à lei por parte dos comerciantes, que decidiram abrir as lojas no dia, o sindicato joga contra àqueles que deveria defender.
Cabe a pergunta: qual será a posição da entidade caso os patrões resolvam punir os empregados que não comparecerem para trabalhar?
Sim, porque como a data é um feriado oficial, o empregado não é obrigado a trabalhar.
Causa mais estranheza ainda o fato de o representante dos comerciários, Osanan Santos, ser um afro-descendente.
Não custa lembrar que a instituição da data é uma forma de fazer com que as pessoas reflitam sobre a importância de se garantir a igualdade racial. E, ao contrário do que dizem empresários e seus porta-vozes da imprensa, que só pensam no próprio umbigo, não causaria nenhum efeito colocar o Dia Municipal da Consciência Negra num domingo.
A medida apenas preservaria os interesses, muitas vezes escusos, de uma gente que pensa exclusivamente no lucro, não estando nem um pouco interessada na promoção da cidadania.
Essa classe, egoísta e representante do mais selvagem capitalismo, ganha, agora, o apoio de dirigentes sindicais pelegos. Lamentável!

Lula continua em dívida com as rádios comunitárias

O presidente Lula foi o defensor número um das rádios comunitárias, conforme áudio AQUI, mas depois que assumiu o governo a perseguição por parte da Anatel e o Ministério das Comunicações continua pior do que antes. Até de derrubar aviões elas são culpadas, por quem não quer a legalidade das emissoras. Segundo o movimento das rádios comunitárias formado pelo FNDC, Abraço, Amarc, Sbccom, Farc, SJPDF e MNDH, o Ministério das Comunicações é o primeiro a margilaliazá-las e não têm nenhum interesse em legalizá-las, para continuar fazendo farra nas "conceções".

Em Montes Claros como no resto do país, as rádios "legalizada" estão nas mãos de poucos, que usam e abusam.

O prefeito eleito Tadeu Leite, por exemplo, conta mentiras e mais mentiras diariamente em sua emissora, a Rádio Terra. Da mesma forma faz seu "amigo" Hélio Costa na sua rádio Sucesso FM, a principal de Barbacena, que foi "transferida para seu assessor.
O locutor Antônio Marcos Pinto, 44, comanda um programa diário ao vivo, que mistura às notícias policiais e gerais referências ao ministro da Comunicações, Hélio Costa (PMDB).
Seu nome aparece em média três vezes a cada 15 minutos. "Faço para o ministro a divulgação de suas ações parlamentares em Barbacena e região, como uma assessoria de imprensa paralela. Passo a ele as reivindicações da população. É basicamente um trabalho de apoio parlamentar", justificou Pinto .

PRÓPOLIS é um método natural contra à dengue

Segundo um pesquisador Gilvan Barbosa Gama, biólogo de Florianópolis, basta tomar algumas gotas diárias de PRÓPOLIS para que o mosquito nem se aproxime! Ninguém divulga por que não há interesse, a própolis é barata e não enriquece ninguém.
As indústrias farmacêuticas ganham fortunas com remédios para amenizar os sintomas da dengue, a Johnson ganha fortunas vendendo o Off, que é repelente de insetos... O biólogo Gilvan Barbosa Gama, de Florianópolis, explica como usar aprópolis contra a dengue. Segundo ele, a própolis exala na sudorese dois dos seus princípios ativos (flavona e vitamina B) que repelem os insetos.
Composição da Própolis
A própolis é uma cera produzida pelas abelhas a partir cascas, resinase botões de flores.
Sua composição: além das vitaminas do complexo B, C, H e O, a própolistambém possui em sua composição a Flavonóides, galangia, resinas combálsamo, cera e pólen.
Uso Preventivo
A tintura de Própolis na prevenção aos mosquitos da dengue, deve seringerida da seguinte forma: Adultos: de 30 a 40 gotas diluídas em água (ausente de cloro). Um copo a cada 6hs. Crianças: crianças de 0 a 10 anos deverão tomar a metade do peso corporal em gotas diluídas em água sem cloro (quantidade a critério).
Uso com a Dengue Instalada
(TRATAMENTO RADICAL) Adultos: tomar 7,5ml do extrato de própolis diluído em água (semcloro). 1/2 copo na crise febril, ou seja, quando a febre se mostrarmais elevada. A partir daí, repetir esta mesma dosagem mais 3 vezes a cada 2 hs. Crianças:- crianças de 0 a 3 anos: 1,5 ml do extrato de própolis diluído em água sem cloro (quantidade da água a critério) quando a febre semostrar mais severa. A partir daí repetir esta mesma dosagem mais 3 vezes a cada 2hs. - crianças de 3 a 6 anos: 3,0 ml do extrato de própolis diluído emágua sem cloro (quantidade de água a critério) quando a febre semostrar mais severa. A partir daí repetir esta mesma dosagem mais 3vezes a cada 2hs.- crianças de 6 a 10 anos: 5,0ml do extrato de própolis diluído emágua sem cloro (quantidade de água a critério) quando a febre semostrar mais severa. A partir daí repetir esta mesma dosagem mais 3vezes a cada 2hs. OBSERVAÇÕES IMPORTANTÍSSIMAS
Alerta, para não esquecer de fazer o teste ALÉRGICO para ver se quem vai tomar a própolis não é alérgico a ela. É muito rara esta sensibilidade mas pode ocorrer.

COTAS PARA NEGROS NAS EMPRESAS PRIVADAS

A Câmara analisa o Projeto de Lei 2697/07, do deputado Evandro Milhomen (PCdoB-AP), que institui cotas para trabalhadores afrodescendentes em empresas privadas. Pela proposta, as empresas com quadro superior a 20 empregados serão obrigadas a reservar 20% das vagas a pessoas que se autodeclaram negras e pardas, segundo os critérios raciais estabelecidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
O objetivo do projeto é ampliar o acesso dos negros ao mercado de trabalho. O texto estabelece ainda que a demissão de empregados afrodescendentes será permitida apenas se houver contratação de substituto em condições semelhantes.
Avanços e dificuldades
Segundo o deputado, apesar dos avanços no combate à discriminação racial no Brasil, os negros ainda enfrentam dificuldades para ingressar no mercado de trabalho e sofrem com salários inferiores em relação aos brancos. "Embora constituam quase a metade dos trabalhadores brasileiros, os negros têm as maiores taxas de desemprego. Além disso, na maioria das capitais, a duração do desemprego é bem maior do que o tempo que os brancos ficam desempregados", afirma o parlamentar.
De acordo com o "mapa da população negra no mercado de trabalho no Brasil", um estudo publicado pelo Instituto Sindical Interamericano pela Igualdade Racial (INSPIR), a população negra constitui em média 41,7% da população economicamente ativa. O estudo foi realizado em seis regiões metropolitanas do País (São Paulo, Belo Horizonte, Salvador, Porto Alegre, Recife e Distrito Federal). Evandro Milhomen afirma que, apesar de já existir uma conscientização das empresas em favor da diversidade racial, poucas organizações têm políticas claras de promoção de diversidade étnica.
Punições
Segundo o projeto, as empresas infratoras estarão sujeitas a multa administrativa de dez vezes o valor do maior salário pago pelo empregador por vaga não preenchida, elevada em 50% em caso de reincidência. As empresas que não seguirem as cotas também poderão ser proibidas de obter empréstimo ou financiamento em bancos públicos.
O projeto atribui ao Ministério do Trabalho a competência para fiscalização, avaliação e controle das empresas em relação ao cumprimento da lei.
Tramitação
A proposta será analisada pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

País tem 11.846 telefones grampeados

Números revelados pelo Conselho Nacional de Justiça são inferiores aos informados, pelas telefônicas, à CPI dos Grampos
Pelos dados oficiais, há 11.846 telefones monitorados com autorização judicial, de acordo com informações das Justiças Federal e Estaduais - remetidas ontem (terça-feira - 18), ao CNJ (Conselho Nacional de Justiça).
O corregedor-geral do CNJ, ministro Gilson Dipp, ressaltou hoje que esses dados se referem exclusivamente às escutas legais. No geral, segundo ele, referem-se a investigações relativas a tráfico de drogas. Os números apresentados pelo CNJ são inferiores aos informados, pelas telefônicas, à CPI das Escutas Telefônicas.
375.633 escutas telefônicas foram realizadas com autorização judicial em 2007.
Dipp não quis polemizar em torno dos números. Porém, o ministro disse que os tribunais de São Paulo, Alagoas, Mato Grosso, Tocantins e Paraíba não repassaram as informações ao CNJ.
Para ele, a inexistência de dados dessas regiões não modificará expressivamente o dado final do balanço realizado. Segundo Dipp, o número de escutas tem reduzido a cada ano, análise que não é acompanhada pelos integrantes da CPI. "Só posso falar das interceptações legais e autorizadas pela Justiça", disse. Dipp disse que os dados foram repassados, por ofício, por 27 tribunais de Justiça e cinco TRFs (Tribunais Regionais Federais).
Pelos dados dos tribunais estaduais, 5.977 telefones foram grampeados, enquanto os tribunais regionais informaram que havia 5.869 aparelhos monitorados. De acordo com o ministro, os dados correspondem às expectativas dele em relação aos números. Mas admitiu que é necessário modificar a lei existente, que trata do assunto, em decorrência dos últimos acontecimentos. Polêmicas Com base em dados oficiais das operadoras de telefonia enviados à CPI dos Grampos, foram feitas pelo menos 375.633 escutas telefônicas com autorização judicial em 2007 - em média, mais de mil interceptações por dia. A análise dos dados revelou irregularidades explícitas, como grampos determinados por varas de família - a lei diz que a escuta só pode ser usada em investigação criminal.
Para Dipp, os casos de escutas ilegais devem ser investigados pela polícia e Ministério Público, não sendo objeto de análise do Judiciário.

18 de nov de 2008

Meio-cidadão, o jovem garante seus direitos

No fundo, no fundo, o jovem ainda não é um cidadão brasileiro.
Cidadania integral, de direito.
Até a criança, o adolescente, estes “de menor” já têm seus direitos garantidos pela Constituição Federal, há mais de 20 anos. Os idosos também já garantiram seu Estatuto.
As expressões “jovem” e “juventude” foram excluídas da nossa Carta Magna, da CF de 88.
E olhe que a Constituinte não era só de velhinhos como Ulisses Guimarães, que a presidiu.
Tinha lá um bando de rebeldes da geração de 68, da geração porra-louca, tipo Zé Dirceu, José Serra, Virgílio Guimarães, a jovem e bela Rita Camata.
Operários como Lula, Paulo Paim e Olívio Dutra.
Professores como Paulo Delgado e Florestan Fernandes.
Mas estes nossos famosos representantes não se lembraram dos jovens.
Os direitos sociais foram chancelados, o racismo virou crime, a sociedade passou a ser de todos, os serviços de saúde foram garantidos como universais, os juros limitados a 12% ao ano (sic), a propriedade com finalidade social (sic também)...
Mas, cadê os direitos dos jovens?
Leia o artigo completo AQUI

Antes de assumir a prefeitura, Tadeu Leite já começa desrespeitando a lei

O prefeito eleito de Montes Claros, Luiz Tadeu Leite, indicou vereadores para a comissão de transição, contrariando a Costituição e a Lei Orgânica Municipal, que proíbe a presença de detentores de mandato legislativo na comissão de transição.
Para o prefeito Athos Avelino, a formação da Comissão levará em conta legalidade e razoabilidade.
Athos informou oficialmente ao deputado estadual Luiz Tadeu Leite que tem todo o interesse em formar e apoiar os trabalhos da comissão de transição para a próxima gestão, "firme no modelo transparente de gestão pública que implantamos nos últimos anos".
Entretanto, o prefeito considera o número de componentes indicados pelo prefeito eleito, 17, excessivo. Athos Avelino lembra que a lista de indicados supera, inclusive, a quantidade de secretarias municipais e ultrapassa o que outros municípios do porte de Montes Claros praticam.
Continua lendo AQUI

17 de nov de 2008

Bases do PT lançam Patrus Governador

“Ô, ô, Ô, ô, Ô, 2.010 é Patrus Governador” gritavam os militantes da Juventude Petista, acompanhados por seus companheiros. Este foi um dos brados de entusiasmados petistas de toda Minas Gerais.
O Encontro Estadual da Articulação, principal tendência do PT, realizado em Belo Horizonte nos dias 14, 15 e 16/11, contou com a presença de 526 militantes, entre eles o presidente nacional do PT, Ricardo Berzoini, os ministros Patrus Ananias e Luiz Dulci, deputados federais e estaduais, prefeitos, vereadores e militantes da base partidária. Já o grupo “persona non grata” da Articulação, ligado ao prefeito de Belo Horizonte, foi excluído do encontro. Fazem parte desta turma o próprio Pimentel, a vereadora de BH Neusinha Santos, o deputado federal e presidente do PT-MG, Reginaldo Lopes, o deputado estadual Roberto Carvalho e lideranças do interior do estado.
Foi um encontro com representantes de mais de 130 municípios, de militantes históricos, emocionados com a possibilidade de retomada histórica dos princípios petistas, de suas lutas e defesa de suas principais bandeiras. O presidente nacional do partido, deputado federal Ricardo Berzoini, disse que se Pimentel quiser sair como candidato ao governo do Estado pelo PT, em 2010, terá primeiro que abandonar de forma definitiva sua proximidade com o PSDB, onde Pimentel costurou uma aliança com Aécio para eleger Marcio Lacerda prefeito de Belo Horizonte.
Berzoini defendeu um “debate com profundidade” sobre a indicação de Dilma dentro do PT e com 14 partidos que integram a base aliada do governo. O Ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, foi o mais aplaudido e reverenciado pela militância. Sua chegada ao auditório foi apoteótica. Gritos, cantos e palmas animavam sua fala e presença carismática, afetiva e generosa. Ele disse que Minas precisa de um projeto vinculado com o projeto nacional. Para isso, é preciso o fortalecimento do PT em todos os 853 municípios mineiros, combatendo com ética, força e vitalidade o uso e abuso do poder econômico e da mentira, dialogando com os movimentos sociais, com os sindicatos, com as CEBs, com os movimentos fé e política, pastorais, universidades e o mundo da cultura. “Pena que este projeto foi quebrado em Belo Horizonte, inclusive a unidade do PT. Agora temos que recuperar o projeto de BH e derrotar as forças da direita e do neo-liberalismo”, pontuou. Patrus admitiu claramente, pela primeira vez, a possibilidade de sair candidato ao Palácio da Liberdade. "Sempre defendi a política como um espaço coletivo. Ninguém faz nada na vida sozinho, muito menos na política. Portanto, estou me colocando, sim, na perspectiva de nós construirmos um projeto alternativo de desenvolvimento econômico, mas também vinculado ao desenvolvimento social, ambiental, cultural. Um projeto democrático popular para Minas", disse. Foi aplaudido e ovacionado de pé. Já o ministro chefe da Secretaria Geral da Presidência, Luiz Dulci, disse sentir entusiasmo com a possível candidatura de Patrus para governador de Minas. “A militância petista deverá apostar todas as fichas para empurrar o PT mineiro na direção de uma candidatura própria ao Palácio da Liberdade em 2010, encabeçada pelo ministro do Desenvolvimento Social, Patrus Ananias”, defendeu.
Dulci reiterou a necessidade de a legenda retomar a estratégia de alianças nacionais, mesmo em eleições locais. Conforme o ministro, o PT de Minas Gerais não pode ter a pretensão de fazer aliança diferente daquela que for feita em nível nacional em 2010, sob risco de comprometer a posição do partido na corrida presidencial. "Que a partir de 2010 Minas tenha um governo progressista, um governo que tenha o social como prioridade efetiva, o que não aconteceu nos últimos seis anos. Que não seja neoliberal, que seja um governo de centro-esquerda", sugeriu.
Os ministros Patrus e Dulci sinalizaram que vão entrar de corpo e alma na disputa interna do PT - coisa que não fizeram na sucessão municipal, para tentar barrar a aproximação entre o PT e PSDB costurada por Pimentel e Aécio em BH, para não ser transferida para o plano estadual. Os dois foram unânimes em afirmar que se BH foi um fracasso para o PT, no resto do estado o partido cresceu, passando de 87 para 108 prefeituras. Recuperou símbolos como Ipatinga, Betim, João Monlevade e Governador Valadares. Manteve Contagem, Teófilo Otoni, Varginha e muitas outras no interior do estado. E teve campanhas históricas em Juiz de Fora e Uberlândia. Já o Secretário de Comunicação do PT, Gleber Naime, membro da Executiva Nacional, foi mais enfático. Ele defendeu punição mais severa para os “traíras” do PT, principalmente os da Articulação. “Nós perdemos foi para nós mesmos, com votos de companheiros, naquele dia 15 de maio, traindo o projeto do partido”, disse, referindo-se a decisão do Diretório Estadual em apoiar a chapa “pimentécio” em BH. Alfredo Ramos, vereador eleito em Montes Claros, foi um dos delegados que traíram a articulação. Graças ao seu voto, ele foi compensado em sua candidatura com o apoio do deputado federal Virgílio Guimarães, um dos mentores do acordo com o governador Aécio Neves.

Balaio de ratos e gatos – Tadeu dá guarida a quem vive da rapina

Os coronéis e os corruptos estão de volta à Prefeitura de Montes Claros
Ao anunciar sua equipe de transição, o prefeito eleito de Montes Claros, Tadeu Leite, começou pior do que imaginávamos, agregando inimigos históricos, entre eles o pefelê (como ele costumava dizer, referindo-se ao PFL, hoje Demo) e o PSDB, além de ter dado guarida a vários corruptos. Para completar, Tadeu diz ao que veio ao excluir o PC do B, justamente o partido que poderia dar um tom de centro-esquerda ao seu governo.
Além disso, ele já declara que não vai cumprir as promessas de campanha.
O passe estudantil, por exemplo, aprovado graças ao prefeito Athos Avelino e explorado politicamente por Leite na campanha eleitoral, parece que não vai sair do papel da forma como foi sancionado por Athos.
É bom lembrar que Tadeu usou o PC do B na questão do passe estudantil.
Agora é esperar a mesma luta de Lipa, do seu partido, do DCE, da UJS..., para exigir o cumprimento das promesas de campanha, do prefeito eleito, que já foi apelidado antes mesmo de tomar posse, de prefeito meia boca...

13 de nov de 2008

Professores de Minas ocuparam a Secretaria de Educação exigindo o "acordo de greve"

Professores da rede estadual de Minas, realizaram nesta quinta-feira, 13, na praça Sete, em Belo Horizonte, de uma manifestação contra o governo do Estado, cobrando o cumprimento do acordo de greve, no qual ficou estabelecido que após a suspensão da greve seria marcado um cronograma de negociações junto com a direção do Sind-Ute para a implementação do piso. Os manifestantes ocuparam a Secretaria de Educação, após o ato - aula pública - .
Segundo o Sind-Ute, os professores estão acampado em vigília e só sairão quando a secretária do Estado de Educação Vanessa Guimarães Pinto, receberem.
BOLO
Amanhã, l4, os militantes irão comemorar ironicamente com um bolo, um mês que foi protocolado o pedido de audiência para o solucionar o cumprimento do acordo de greve.
PISO
Conforme o coordenador regional do Sind-UTE no Norte de Minas, José Gomes Filho, o governador Aécio Neves insiste em descumprir a lei do Piso que foi aprovado pelo Congresso Nacional e sancionado pelo presidente Lula, estabelecendo o valor mínimo de R$ 950,00 para jornada de até 40 horas semanais.
Zé Gomes lembrou que uma frente em defesa do piso salarial dos professores será lançada dia 19, no plenário da Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados.

Os pobres não podem pagar a conta, diz Patrus Ananias

Em artigo, o ministro de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias faz reflexões sobre a crise econômica mundial.
O texto foi publicado no Valor Econômico da última quarta-feira, 12. “A gravidade da situação impõe ao mundo a necessidade de refletir sobre o momento que estamos vivendo, para buscar alternativas mais sustentáveis de desenvolvimento, na qual os países devem ser respeitados em sua soberania”, diz o texto.
Leia AQUI o artigo completo

12 de nov de 2008

BETO GUEDES PARTICIPA DE SHOW EM MONTES CLAROS

O montes-clarense Beto Guedes participa amanhã, quinta-feira, dia 13/11, às 20:30h, na Praça da Matriz em Montes Claros/MG, de mais um show em homenagem ao Centenário de Godofredo Guedes, relembrando o melhor das músicas de Godofredo.
O show em homenagem aos 100 anos de nascimento do compositor e instrumentista Godofredo Guedes, contará com a participação especial do cantor Beto Guedes, filho do compositor; e de Gabriel Guedes, neto de Godofredo.
QUEM FOI GODOFREDO – Compositor, instrumentista e artista plástico, Godofredo Guedes nasceu na cidade baiana de Riacho de Santana. Passou a maior parte de sua vida em Montes Claros, onde morreu em 1986. “Godô”, como era chamado, é autor de quase 100 músicas. O seu talento musical foi herdado por seu filho, Beto Guedes, e pelo seu neto, Gabriel Guedes. Este último gravou em 2005 o seu primeiro CD, intitulado “Choros de Godofredo”.

Encontro da Articulação do PT de Minas pode lançar Patrus Presidente


A tendência majoritária do PT em Minas, a Articulação, reúne neste final de semana para discutir os reflexos das eleições e os caminhos para a construção de um projeto democrático e popular para o Governo de Minas em 2010, além de outros temas, com a participação de Ricardo Berzoini, Patrus Ananias, Luiz Dulci, dentre outros.
O nome do ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, que foi lançado candidato ao Governo do Estado, pelo movimento «Coerência Petista» , deve ser lançado também para Presidente da República. Veja a programação abaixo:
PROGRAMAÇÃO
Dia: 14/11/2008
16:00 - Início do credenciamento
18:00 - Mesa de Abertura
19:00 - “O Brasil pós eleições 2008: implicações e desafios para o PT”. Expositor: Ricardo Berzoini - Presidente do PT / DN. Debatedores: Otávio Dulci - Sociólogo e Cientista Político e Odair Cunha - Deputado Federal. Coordenadora: Lene Teixeira -Vice/Prefeita Eleita de Ipatinga.
Dia: 15/11/2008
09:00 - “Os reflexos das eleições 2008 e os caminhos para a construção de um projeto democrático e popular para o Governo de Minas em 2010”. - Expositor: Patrus Ananias - Ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Debatedores: Margarida Salomão - Ex-Reitoras / UFJF e Carlos Ranulfo - Prof. - DCP/UFMG. - Coordenador - LeonardoMonteiro - Deputado Federal.
12:00 - Almôço
13:30 - “A natureza da crise econômica e os impactos na América do Sul e no Brasil”. - Expositor: Antônio Prado - Chefe doDepartamento de Relações com o Governo - BNDES. Debatedores: Adelmo Carneiro Leão - Deputado Estadual e MauroBorges - Prof. CEDEPLAR/UFMG. Coordenadora: Maria Tereza Lara - Deputada Estadual.
17:00 - “O Projeto democrático popular na gestão das cidades: As inivações no modo petista de governar”. - Expositora: Selma Rocha - Fundação Perseu Abrano. - Debatedores: Maria do Carmo - Prefeita Eleita de Betim e Mauro Teixeira - Prefeito de Varginha. Coordenador: Carlos Gomes - Deputado Estadual.
20:00 - Confraternização - FESTA TROPICAL.
DIA 16/11/2008
09:00 - “O PT de Minas: Trajetória e desafios de um partido de esquerda e transformador”. - Expositor: Luiz Soares Dulci -Ministro Chefe da Secretaria Geral da Presidência da República. - Debatedores: Gleber Naime - Executiva Nacional do PT e André Quintão - Deputado Estadual. - Coordenadora - Gleide Andrade - Secretária de Finanças e Planejamento PT/MG.
12:00 - Almoço
14:00 - Plenária Final - Encaminhamentos
16:00 - Encerramento

Agiotagem na Câmara de Montes Claros

Contrariando a legislação vigente, que proíbe a prática da usura, ou seja, empresta dinheiro a outra no mercado informal, sem a devida autorização legal para isso, o vereador Marcos Nem, do PR, declarou, na sua prestação de contas junto ao TSE, que fez um empréstimo ao seu assessor João, no valor de R$ 35.000,00.
MARCOS NEM juntamente com os vereadores ADEMAR BICALHO, AURINDO RIBEIRO, DR ROSEMBERG, FÁTIMA PEREIRA, ATHOS MAMELUQUE, JÚNIOR DE SAMAMBAIA, LIPA XAVIER e RAIMUNDO DO INSS, foram presos pela Polícia Federal, na "Operação Pombo Correio", que descobriu que eles usavam notas fiscais falsas para receber verba de gabinete no valor de R$ 5 mil por mês.
Eles respondem Ações Penais - Crime contra a Fazenda Pública -, proposta pelo Ministério Público.
Leia + AQUI

Pimentel assume de vez sua porção tucana

Prefeito de Belo Horizonte poderá ocupar a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico ao final de seu mandato
Em meio à especulação de que o prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel (PT), poderá ocupar a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico ao final de seu mandato, o governador de Minas Gerais (PSDB) disse nesta terça-feira que haverá sempre "um grande espaço" no seu governo para o aliado petista.
A declaração do tucano repercutiu mal entre líderes do PT mineiro, que durante o processo eleitoral tiveram sérios desentendimentos com o prefeito.
Pimentel articulou junto com o chefe do Executivo do PSDB a candidatura do socialista Marcio Lacerda à Prefeitura de BH, sem ouvir o Diretório Nacional do PT nem as lideranças históricas do partido em Minas, que não concordaram com a imposição do nome de Lacerda e exigiram, à época, lançamento de candidatura própria em Belo Horizonte.
Afagos
Aécio e Pimentel voltaram a trocar afagos durante a inauguração da segunda etapa da duplicação da Avenida Antônio Carlos, em Belo Horizonte.
Em seu pronunciamento, o governador tucano disse que o prefeito é "uma figura que sobrepõe, que ultrapassa os limites" do PT e será "reverenciado" pela população após cumprir seu mandato.
Pimentel se emocionou com as palavras do governador.
Uma das hipóteses é a de o atual prefeito assumir a secretaria, que era ocupada pelo prefeito eleito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB).
Nesse caso, Pimentel teria de se licenciar ou mesmo deixar o PT, cujo 3º Congresso Estadual aprovou resolução em que reafirma conduta de oposição ao governo Aécio e proíbe os filiados de qualquer participação na administração estadual.
Pimentel já enfrenta um desgaste nas esferas estadual e nacional do PT pela aliança com o governador na eleição em Belo Horizonte.
O prefeito mira a disputa pelo Palácio da Liberdade em 2010, se possível com apoio de Aécio - hipótese considerada pouco provável caso ele permaneça no PT.
"Seria um privilégio ter um quadro com Fernando Pimentel em qualquer governo, mas acho que talvez o presidente Lula tenha a preferência", afirmou Aécio, acrescentando: "Quanto ao futuro, eu acho que ele saberá definir isso, mas certamente haverá para ele, para um homem da sua qualidade, sempre no meu governo um grande espaço".
Questionado sobre o futuro, Pimentel desconversou. "Está cedo para falar disso. Agora eu quero terminar bem o mandato". Em seu discurso, Pimentel afirmou que irá "embora" da prefeitura, mas continuará cidadão de Belo Horizonte. "E com toda certeza vou assistir a muitas outras inaugurações como essa nos próximos anos", disse.