Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

19 de nov de 2008

Senador chama Aécio Neves de cruel e indecente e pede seu impeachment

O senador Geraldo Mesquita Júnior (PMDB-AC) pediu o impeachment (impedimento) do governador de Minas, Aécio Neves e de todos os governadores que assinaram ou apoiaram a ação no Supremo contra os professores, classificada por ele de "cruel e indecente".
O senador Augusto Botelho (PT-RR) também condenou a ação, enquanto Cristovam Buarque (PDT-DF) estranhou que os governadores tenham se manifestado contrários ao piso somente após as últimas eleições municipais.
“Em nenhum momento os governadores questionaram o piso salarial que”, observou, “foi aprovado por unanimidade pelo Congresso Nacional depois de exaustivos debates”. Isso demonstra, conforme avaliou, que os governadores “não tiveram a coragem de mostrar as suas faces durante as discussões”.

Nenhum comentário: