Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

13 de nov de 2008

Professores de Minas ocuparam a Secretaria de Educação exigindo o "acordo de greve"

Professores da rede estadual de Minas, realizaram nesta quinta-feira, 13, na praça Sete, em Belo Horizonte, de uma manifestação contra o governo do Estado, cobrando o cumprimento do acordo de greve, no qual ficou estabelecido que após a suspensão da greve seria marcado um cronograma de negociações junto com a direção do Sind-Ute para a implementação do piso. Os manifestantes ocuparam a Secretaria de Educação, após o ato - aula pública - .
Segundo o Sind-Ute, os professores estão acampado em vigília e só sairão quando a secretária do Estado de Educação Vanessa Guimarães Pinto, receberem.
BOLO
Amanhã, l4, os militantes irão comemorar ironicamente com um bolo, um mês que foi protocolado o pedido de audiência para o solucionar o cumprimento do acordo de greve.
PISO
Conforme o coordenador regional do Sind-UTE no Norte de Minas, José Gomes Filho, o governador Aécio Neves insiste em descumprir a lei do Piso que foi aprovado pelo Congresso Nacional e sancionado pelo presidente Lula, estabelecendo o valor mínimo de R$ 950,00 para jornada de até 40 horas semanais.
Zé Gomes lembrou que uma frente em defesa do piso salarial dos professores será lançada dia 19, no plenário da Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados.

Um comentário:

Ban disse...

O que você vê na televisão não vê na educação.
Aécio Neves é o maior enganador da história da política mineira.
Eta ferro.