Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

30 de abr de 2010

CIMED/MALWEE FAZ SUA QUINTA FINAL CONSECUTIVA EM CINCO ANOS DE HISTÓRIA

Equipe de Florianópolis decide amanhã o título com o forasteiro e milionário time de vôlei de Montes Claros em São Paulo

Pelo quinto ano consecutivo o CIMED vai disputar as finais da Superliga Masculina. Desta vez, a decisão será contra o time de Montes Claros, pago com dinheiro público, já que o caloteiro prefeito de Montes Claros, na ânsia de eleger o filho deputado, utiliza recursos públicos para fazer seu time ser campeão, a qualquer custo. Leia mais na Página Brasil
Com isso, ele já conseguiu que Montes Claros seja campeã na infestação da dengue, no preço do lotação, na merenda escolar cara e de má qualidade, no nepotismo, no esconderijo de fantasmas, nas multas de transito, na corrupção. Enquanto isso, a cidade vive à sombra de um time forasteiro e milionário, pago com dinheiro da população. Foi a forma encontrada pelo prefeito do Cesu para esconder os problemas do povo.

Quem é o prefeito de Montes Claros?
O prefeito Luíz Tadeu Leite, do PMDB, é investigado pela Justiça e responde a vários processos. O principal entre eles é o sumiço do dinheiro que deveria ter sido empregado na construção de uma escola, bem ao lado da atual sede da prefeitura, o CESU – Centro de Ensino Supletivo -, mas que hoje se resume a meia dúzia de colunas de ferro.

INÚMEROS PROCESSOS

Esse processo tramita no Tribunal de Justiça de Minas Gerais sob o número 1.0433.01.038756-4/0001, e que bloqueou os bens de Luíz Tadeu Leite, para garantir o pagamento dos milhões de reais em prejuízos causados aos cofres públicos entre 1993 e 1998.

INVASÃO DE TERRENO E FAVELIZAÇÃO

São inúmeros os processos na justiça contra o candidato Luíz Tadeu Leite, todos eles envolvendo prejuízos para a população de Montes Claros. Em mais um desses processos, o de número 0433.95.004139-5, os danos chegam a 27 milhões de reais, como consta no parecer do procurador de justiça, Márcio Heli de Andrade.
De acordo com o procurador, o então prefeito Luíz Tadeu Leite, “(...) comprovadamente, não somente insuflou a invasão, (do antigo Feijão Semeado), como permitiu a sua urbanização...”. Para o relator do processo junto ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Desembarcador Bady Curi, “(...) a área remanescente, equivalente a 106.711,25 m2 foi invadida e ocupada por terceiros, constatando-se, através de Inquérito Policial instaurado por determinação do Secretário de Estado de Segurança Pública, que a ocupação se dera por incentivo do candidato a prefeito, Luís Tadeu Leite, que não só incitou a invasão dos terrenos, como atuou diretamente (...)”.

PERSEGUIÇÃO A FUNCIONÁRIOS

Em um outro desses processos, o de número 1.000.00.321171-1/000, os danos já ultrapassam os 300 mil reais. Trata-se da demissão, por justa causa, de um funcionário que encontrava-se em férias, mas que era seu desafeto político. “A atitude intempestiva e vingativa” gerou processo na Justiça, que comprovou a irregularidade do ato do então prefeito, dando ganho de causa ao servidor demitido ilegalmente.

FUNCIONÁRIOS FANTASMAS

São várias as ações judiciais contra o prefeito Tadeu Leite, do PMDB. Além dos citados, o de número 0433.98,994235-5, por exemplo, e em trâmite na Justiça. Trata-se da utilização de dinheiro da prefeitura para pagar funcionários fantasmas, que na verdade prestavam serviços em seu jornal e em sua rádio, “sem jamais pisarem na prefeitura, salvo no dia de pagamento.”, conforme consta nos autos.
Fonte: O Norte

A Justiça de Montes Claros é influenciada pela churrasco

Numa entrevista para a Revista Tempo, o prefeito foi no mínimo desrespeitoso com a Justiça de Montes Claros, mesmo assim seus processos dormem em berço esplêndido. “A Justiça local, às vezes, é impregnada pela questão política (...). O Tribunal julga o fato com frieza, não com a emoção e com o compadrio que permeiam as relações entre juízes, promotores e donos de jornais em Montes Claros. Churrasco, sei lá o quê, que acabam criando a possibilidade dessa influência existir”. Disse Tadeu Leite

28 de abr de 2010

Patrus Ananias: "Saí do Ministério para cumprir o destino, governar Minas"

O ex-ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, esteve em Montes Claros nessa terça-feira, 27, participando da plenária das prévias do PT que acontecerá no próximo domingo, dia 2, entre ele e o ex-prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel.
Patrus lembrou que as prévias no PT são pedagógicas e nasceu com um claro compromisso com a democracia e com a sociedade, principalmente para fortalecer a democracia interna com os filiados e militantes do Partido dos Trabalhadores, que á o maior patrimônio do PT. E é por isso que há meses ele vem discutindo sua realização, de acordo com o estatuto do PT – no seu entender uma espécie de Constituição interna – que precisa ser respeitado porque está acima dos dirigentes. Patrus fez questão de dizer que Minas não vai aceitar a imposição de parte da direção nacional que quer desrespeitar esse processo democrático decidido pelos filiados com decisões de cima para baixo, sendo que até o próprio presidente Lula, a maior liderança do PT, teve que se submeter às prévias, disputadas em 2002 com Eduardo Suplicy, para ser o candidato do partido à Presidência da República.
Segundo Patrus, em 2005 o PT viveu a pior crise da sua história, onde alguns companheiros cometeram erros e a partir daí os adversários tentaram tirar proveito do fato de todas as formas. “Teve um, inclusive, que disse que iria acabar com a nossa raça, a raça dos petistas. Mas, em 2006, o PED (Processo de Eleição Direta) recolocou de pé o Partido dos Trabalhadores e reafirmou o PT histórico, com mais de 330 mil filiados se manifestando, o que a todos surpreendeu”.
Patrus descartou a possibilidade de disputar uma cadeira no Senado ou na Câmara Federal, dizendo que descompatibilizara do Ministrério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome para disputar o governo de Minas, para governar para todos os mineiros, principalmente para os mais pobres, como fizera na Prefeitura de Belo Horizonte e no Ministério. Que a Prefeitura de Belo Horizonte foi um divisor de águas, mudando os rumos da história da capital mineira, e de onde saiu com 83% de aprovação popular e que o MDS nunca teve contra si uma denúncia do ponto de vista ético. E que até os adversários reconhecem que o Brasil vem acabando com a fome e a injustiça, graças ao trabalho de uma equipe séria e competente de apenas 1.400 servidores para atender a mais de 60 milhões de pessoas pobres em todos os municípios. “Mesmo assim, optei por deixar o ministério para disputar o governo de Minas, motivado por um projeto e um sonho que é o de governar Minas”.
Tenho consciência da importância do trabalho de equipe, porque ninguem faz nada sozinho e precisamos construir boas equipes para mudar os rumos de Minas.
Finalizando o seu pronunciamento, o ex-ministro alfinetou o atual governo estadual pelo propalado choque de gestão, que, na sua avaliação, não passou da esfera administrativa, se tanto, e deixando de lado, relegado a um segundo plano, esse sim, o choque de gestão social, haja vista que todos os indicadores sociais, da educação à saúde, decaíram na atual administração.
Leia mais na Página Norte de Minas

27 de abr de 2010

Vitória da população: preço do lotação cai de R$ 1,90 para R$ 1,55

A imprensa mensaleira da cidade deu o maior destaque na superação do levantador Rodriguinho - do time forasteiro e milionário de vôlei de Montes Claros, que estava de dengue no dia do jogo contra o Cruzeiro, e mesmo assim destacou-se na partida. Ele ficou sem treinar por três dias e até isolado na cama teve que ficar. Mas ninguém soltou uma linha sobre a Dengue, que é de fato em Montes Claros, a campeã no estado.
Mesmo a imprensa marrom não divulgando as verdades sobre a corrupção, os calotes e as mentiras, o Ministério Público vem cumprindo o seu papel. A redução da tarifa de ônibus é um exemplo. E aguarde para as próximas horas a verdade de cima para baixo.

___________________________________________________________________________
Capitania hereditária - Todo dia aparece um candidato filho de um político. A maioria ninguém sabe nem o nome. O mais interessante é que ninguém questiona nada. A juventude, por exemplo, anda tão dispersa que qualquer um chega de uma hora para outra dizendo ser seu representante. Até o Cesuzinho.
- Agentes da PF paralisam atividades por dois dias em Minas. Hoje e amanhã (28). Leia mais na Página  Minas
- Comparação entre Lula e FHC é inevitável. De maneira pretensiosa, a oposição decidiu que vai fugir às comparações entre os governos Lula e FHC, como se as eleições deste ano fossem realizadas em outro planeta. Leia + na página Brasil
- Vice-presidente, José Alencar, sofre golpe do falso seqüestro. Página Brasil /
- Itacarambi: Câmara acompanha Tribunal e reprova contas do ex-prefeito Zé de Paula.  Página Norte de Minas  
Setor pesqueiro do Norte de Minas se fortalece com ações do MMA no São Francisco . Matéria completa na Página Norte de Minas

23 de abr de 2010

Farra com o dinheiro público em Montes Claros

Apesar da carência de investimentos nas áreas prioritárias de segurança pública, transporte, educação e saúde, a Prefeitura de Montes Claros vem abusando do uso de recursos públicos para benefícios privados, como ocorre com a fundação de seu filho para projetar seu time de vôlei. Agora, escancaradamente, ela estará promovendo um desfile de moda, através da Secretaria Municipal de Cultura, em benéfico da estilista Ley Lopes, dona de lojas na cidade. O lançamento da Coleção Outuno-Inverno da estilista acontecerá hoje (23) às 21 horas no Centro Cultural Hermes de Paula, onde uma passarela será montada em frente ao Centro Cultural, apresentando etiquetas exclusivas, sob coordenação da estilista Ley Lopes.
Segundo Ley Lpoes, será um “momento fantástico com as nossas modelos desfilando com as grifes mais famosas”, entre elas, as alinhadas mineiras Patachou e Alphorria, “voltadas para a mulher madura”, e ainda Maria Bonita, Victor Dzenk, Divina Pele e Blue Banana.

19 de abr de 2010

Empresas de transporte coletivo e Prefeitura de Montes Claros ignoram decisão judicial

A nova tarifa de R$ 1,20 durante um ano, do transporte coletivo urbano em Montes Claros, devido ao desconto de R$ 0,35 que teria sido pago a mais, não vem sendo cumprida pelas empresas concessionárias do serviço. A redução foi determinada pela juíza Rosana Siqueira Paixão, da 1ª Vara da Fazenda Pública, que acatou ação civil coletiva impetrada pelo Ministério Público, por intermédio da Curadoria do Consumidor. A liminar, concedida na quarta-feira (7) de abril, foi publicada na terça-feira (13).
O preço da passagem foi reajustado em abril de 2009, pelo prefeito Luiz Tadeu Leite, de R$ 1,55 para R$ 1,90

18 de abr de 2010

Deputados de Minas abusam de notas frias para justificar gastos

Deputados estaduais mineiros estão despejando todos os meses na contabilidade da Assembleia Legislativa de Minas Gerais um grande volume de notas fiscais frias para justificar os seus gastos. Desde 2001, depois que tiveram de cortar seus supersalários (até RS 90 mil), os parlamentares têm direito mensalmente a uma verba indenizatória de R$ 20 mil para custear o mandato, mas só recebem o dinheiro se apresentarem o comprovante da despesa. E é aí que ocorrem a farra e o descontrole com os recursos públicos: para mostrar que tiveram realmente os gastos e embolsar a verba, eles recorrem a notas frias, superfaturadas ou fornecidas por empresas de fachada.

Apenas a Máxima Comercial Ltda., empresa que funciona em uma pequena sala na entrada de uma garagem em um bairro residencial de Contagem, recebeu R$ 685,7 mil entre julho de 2009 e janeiro deste ano para produzir boletins informativos de 13 deputados. Sem ter uma máquina de impressão sequer, ela embolsou 82% deste valor (R$ 561,6 mil). Isso porque pagou apenas R$ 124 mil a uma gráfica terceirizada para produzir o material.

Os deputados que transferiram recursos à Máxima: Adalclever Lopes (PMDB), Hely Tarquínio (PV), Chico Uejo (PSB), Antônio Júlio (PMDB), Gilberto Abramo (PMDB), Sávio Souza Cruz (PMDB), José Henrique (PMDB), Delvito Alves (PTB), Juninho Araújo (PTB), Doutor Rinaldo (PSL), Mauri Torres (PSDB), Eros Biondini (PTB) e Fábio Avelar (PSC).


Entre as 2,1 mil empresas que emitiram 11.039 notas para deputados mineiros nos sete meses analisados pelo Estado de Minas, a Máxima foi a que recebeu, de longe, o maior volume de recursos. Eles equivalem a 8% dos R$ 8,7 milhões pagos de verba indenizatória neste período. Mas não foi a única usada pelos deputados. Há episódios com fortes indícios de uso indevido de recursos públicos – como a indenização por notas que apresentam numeração seriada – e também com fraude confessa.

“Ele (o deputado) vai querer fazer jornal ou vai querer só nota? Porque o jornal a gente podia fazer uns cinco mil jornalzinho (sic) e tira a nota de R$ 50 mil”, disse Washington Marques de Almeida, ligado a duas firmas que receberam, sozinhas, R$ 167,4 mil de um grupo de seis deputados: Célio Moreira (PSDB), Juarez Távola (PV), Carlos Gomes (PT), Dimas Fabiano (PP), Carlos Pimenta (PDT). Washington admitiu, também, tirar notas frias para Alencar da Silveira Jr. (PDT).


Documentos

A série de reportagens que começa a ser publicada neste domingo conta estas e outras histórias de abusos cometidos por pelo menos 51 dos 77 deputados mineiros. Tem como base as 11.039 notas apresentadas à ALMG entre julho de 2009 e janeiro deste ano. Os documentos despertaram suspeitas sobre quase duas centenas de empresas, seja pelos valores pagos, seja pela relação entre os deputados e os proprietários das firmas, entre outros aspectos. As informações principais das notas (como o nome do deputado, data, empresa emitente, CNPJ e valor) são divulgadas desde o segundo semestre de 2009 no site da Assembleia e integram um banco de dados elaborado pela reportagem nos últimos quatro meses.

Uma resolução da Mesa Diretora da ALMG limita os gastos com combustível, consultoria e aluguel de veículos em até 25% da verba, cada, mas não faz qualquer restrição ao uso para divulgação da atividade parlamentar. Não à toa, 95 das 98 notas com valores maiores que R$ 10 mil foram apresentadas para justificar supostas despesas com divulgação. As gráficas receberam R$ 3,58 milhões nos sete meses analisados, o que corresponde a 41,4% do total. Em seguida vêm os postos de combustível, R$ 1,68 milhão (19,5%), e supostas empresas de consultoria e assessoria parlamentar, R$ 1,32 milhão (15,3%).

De 57 deputados que receberam mais de R$ 100 mil, cada, nos sete meses de análise, a título de verba indenizatória, pelo menos 41 apresentam algum indício de abuso na prestação de contas. Procurados, os deputados disseram desconhecer qualquer irregularidade. Para revelar esse descaso com o dinheiro público, repórteres do Estado de Minas se passaram, em alguns momentos, por assessores parlamentares, para conhecer as manobras usadas pelos deputados para justificar despesas indevidas ou que não ocorreram. Todas as abordagens foram gravadas.

15 de abr de 2010

Choque de gestão para pagar cabos eleitorais

O caloteiro prefeito de Montes Claros anunciou um choque de gestão para economizar cerca de R$ 20 milhões, porque aumentou cerca de cinco mil servidores, segundo artigo do jornalista Jorge Silveira, publicado no Jornal de Notícias, no último final de semana, passando de 8 para 13 mil servidores. Média de um funcionário público para cada grupo de 33 moradores. Silveira lembrou que Montes Claros contava com cerca de 1,5 mil servidores quando o atual prefeito assumiu o cargo pela primeira vez em 1982.


Luto - Morreu  na madrugada desta quinta-feira (15) Danilo Dávila, do PSOL. Ele sempre participou dos movimentos políticos de Montes Claros.

Droga - A maior rede de farmácia do Brasil chega a Montes Claros. Trata-se da rede farmácias Pague Menos que foi eleita a maior rede de farmácias do Brasil pela 4ª vez consecutiva segundo o ranking do IMS Health Incorporated. Em 2009 a Pague Menos alcançou o objetivo de estar presente em todas as unidades da federação. Agora é que aquele todo poderoso enfarta de vez quando perder seu monopólio.

Leia outras notícias na páginas
Mundo - Brasil - Minas - Norte de Minas e Montes Claros

14 de abr de 2010

Felipe Caíres ganha o 2º rounds de Tadeu

A novela Entre o Ministério Público e o setor de Transporte Coletivo Urbano de Montes Claros tem mais um capítulo. Em nota oficial distribuída ontem à tarde, terça-feira, à população, o promotor de justiça Felipe Caíres comunica em detalhes a sentença datada do dia 07 de abril de 2010, de autoria da juíza Rosana Silqueira Paixão, que determinou em 23 laudas o imediato retorno da tarifa de transporte coletivo ao valor de R$ 1,55, permanecendo neste patamar até que as concessionárias comprovem a substituição de todos os ônibus com mais de 08 (oito) anos de fabricação e que deverão estar efetivamente sendo utilizados pelo sistema de transporte coletivo. Clique Aqui e continue lendo ...
____________________________________________________________________________
LEIA TAMBÉM:
Taiobeiras: polêmica sem concurso da Prefeitura
Polêmica: Concurso Público da Prefeitura de Taiobeiras beneficiá funcionarios contratados com até 30 pontos. Clique AQUI e continue lendo ...

Padre João é Federal
Padre João (PT / MG) anunciou que deixará de disputar sua reeleição para disputar uma cadeira na Câmara Federal. Clique Aqui e continue lendo ...


Coadjuvante atropela PT

O PMDB revolveu sucumbir o PT Mineiro impondo-lhe a candidatura do senador Hélio Costa e deixando o cargo de coadjuvante ao partido do Presidente da República. Clique AQUI e continue lendo ...
Sensus desmente Datafolha AQUI





13 de abr de 2010

Turma de Aécio agora quer prévia

A Executiva do PT de Minas decidiu manter a data de 2 de maio para a realização das prévias. Os Diretórios em dívida precisam pagar até dia 30 de Abril. Se não pagar, o município não participa.
Todos os filiados há mais de um ano poderão votar, sem pagar anualidade, nem mensalidade. Haverá apenas um jornal feito pelo Partido e a postagem na internet de entrevista com os dois pré-candidatos - Patrus e Pimentécio.
Demais questões ficam a cargo de uma Comissão Eleitoral, que levarão para a Executiva propostas de regulamentação.
Quanto ao Senado, qualquer decisão ficará a cargo do Encontro Estadual.
Esta decisão do PT é burra e beneficia apenas os candidatos do governador e do PMDB. Todo mundo sabe que este é o jogo da banda podre do PT, que nunca aceitou prévia e agora quer a todo custo, liderado pelo Pimentécio que lamentavelmente, tem a anuência do PT Nacional e da dona Dilma, mesmo sendo um mensaleiro e ter entregado o PT de BH para Aécio.
Se Patrus não bater a mão na mesa e exigir respeito com o PT de Minas, juntamente com Luiz Dulce, Nilmário, Carlão, Rogério, Padre João, André Quintão e tantos outros petistas sérios e honestos, daqui a pouco o PT de Minas vai ficar igual o PT do Rio. Nas mãos do PMDB. Alias, pior, nas mãos do PMDB, PSDB, DEM...

10 de abr de 2010

Brasil Vôlei derrotou o forasteiro Montes Claros sem sucesso


O Sem sucesso Montes Claros aFundadem perdeu por 3 sets a 2 para o Brasil Vôlei, no ginásio Adib Moyses Dib, em São Bernardo do Campo. O jogo foi transmitido pela Band.
O time do filho do caloteiro prefeito de Montes Claros, venceu o primeiro confronto, em casa, por 3 a 0. A terceira partida acontecerá na próxima terça-feira, em Montes Claros.

"(...) Montes Claros vive um estado de incrível abandono, revelado nos caos do transporte público, da saúde (epidemia de dengue e casos de calazar, doença que se imaginava erradicada, e de gripe suína), da educação (escândalo do superfaturamento da merenda escolar), da assistência social, da falta de obras e de projetos, das omissões que estão impedindo o envio de recursos federais para o município etc.
O time de vôlei Montes Claros é financiado com dinheiro público, via Funadem, fundação criada, de acordo com seu estatuto, para desenvolver ações de cidadania e direitos humanos; atendimento a crianças, idosos, adolescentes e portadores de deficiência; para promover a cultura e a defesa do meio ambiente e do patrimônio histórico. E que, por isso mesmo, não poderia destinar o volume de recursos que destinou para pavimentar o caminho político do filho do prefeito, Luiz Tadeu Martins Leite. Compreensivelmente, o pai não poderia esperar o tempo que essas iniciativas precisam para frutificar. Por isso, optou por algo grande, visto que a eleição bate à porta.
O time, que agora se chama “Montes Claros/Bonsucesso” tem como diretor o dito filho, o que a lei veda. A lei também veda que, nessa situação, a equipe receba dinheiro público e que os agentes públicos se utilizem de verba para custear publicidade em que estes façam autopromoção, se utilizando do time de vôlei, como ocorreu, e de forma abusiva.
Essas e outras irregularidades configuram improbidade administrativa e também ferem o princípio da impessoalidade no trato da coisa pública, razões pelas quais estão sendo investigadas pelo Ministério Público.
Nada contra Lorena e os demais, e nem é tão importante o fato de os jogadores não serem de Montes Claros. Eles são profissionais e estão fazendo o trabalho deles, para o qual estão sendo muito bem remunerados, diga-se de passagem. 
(...) Para os homens de boa vontade, peço que esperem. Que dêem tempo ao tempo. O jogo, realmente, está apenas começando". Waldo Ferreira

Datafolha x Vox no sul: alguém manipulou

Por Artur
O mais interessante é o contraste dos números da Região Sul desta pesquisa com os valores do Datafolha:

Vox Populi: Dilma 33 x 33 Serra
Datafolha: Dilma 20 x 48 Serra

Não há variação estatística que explique 28% de diferença entre as duas pesquisas realizadas com menos de uma semana de diferença. Alguém errou feio ou manipulou grosseiramente os resultados. Eu aposto na “insuspeitíssma” Datafolha.

Fonte: Blog do Luís Nassif

9 de abr de 2010

Zé Alencar: diga ao povo que fico...

O vice-presidente da República José Alencar (PRB-MG) anunciou nesta sexta-feira que permanecerá no cargo até o final do mandado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e que não vai se candidatar a nenhum cargo nas eleições de outubro:
"Eu me considero curado, estou muito bem, mas continuo fazendo quimioterapia. Estou bem, estou me sentindo bem, acho que poderia fazer a campanha sem nenhum problema, mas não seria honesto me lançar candidato fazendo quimioterapia".
Alencar disse que teve uma reunião com o presidente Lula na noite de quinta-feira para comunicar a decisão: "Ele achou admirável, achou que era absolutamente correto", afirmou.
Alencar disse que sua disposição inicial era se candidatar se estivesse absolutamente curado. "Eu não falei em nenhum momento que era candidato, mas sim que admitia uma candidatura, se estivesse absolutamente curado. Eu me sinto curado, mas, cientificamente, ainda não", disse.
O vice-presidente informou que, com a decisão, não precisará mais viajar para o Uruguai, como inicialmente planejado, durante o período em que Lula estará fora do país, na próxima semana. A viagem do vice-presidente seria necessária para que ele não assumisse a presidência, o que o impediria de se candidatar, pela lei da desincompatibilização.
Questionado sobre qual será seu papel na disputa em Minas Gerais, Alencar defendeu a conciliação. "Eu continuo sendo um soldado do meu País, do meu Estado e do meu partido. Temos que ter uma conciliação de forma que haja um palanque enxuto, um palanque que as pessoas olham e entendem, com partidos que as pessoas aceitam que devem ser convidados", afirmou. (do Portal Terra)

PSDB troca Regina Duarte por Ana Hickmann

A modelo e apresentadora de TV Ana Hickmann foi escolhida como mestre de cerimônias da festa que o PSDB promove amanhã - sábado, em Brasília, para o lançamento da pré-candidatura de José Serra à Presidência da República.
O comando do partido definiu a ordem dos oradores no evento.
O primeiro a discursar será o presidente do PPS, Roberto Freire, seguido pelo presidente do DEM, deputado Rodrigo Maia (RJ), e pelo presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE).
O ex-governador de Minas Aécio Neves discursará na sequência dos presidentes, falando em nome dos governadores. Depois, será a vez do presidente de honra do PSDB, Fernando Henrique Cardoso.
Após os discursos será apresentado um vídeo com a trajetória pessoal e política de Serra. Por volta do meio-dia, Serra será esperado para discursar. O evento está marcado para começar às 9h e será realizado no Espaço Brasil XXI.

8 de abr de 2010

Montes Claros entregue às traças

Além dos danos causados pelos buracos, o lixo não recolhido nas ruas é um problema que vem dificultando a vida do povo de Montes Claros. Nos bairros mais afastados, é comum encontrar amontoados de sacos de lixos jogados em terreno baldio, causando incômodo e pondo em risco a saúde dos moradores.
Clique AQUI e continue lendo...

Leia Também:
Bocaiúva está de luto
Um acidente na última terça-feira matou duas pessoas na rodovia BR-135, na Zona Rural de Bocaiúva, no Norte de Minas. Entre as vítimas fatais estava o vereador Braz Lopes, o mais votado nas eleições de 2008 na cidade.
Câmara adia para maio votação do projeto "ficha limpa"

 Deputados afirmam que ainda precisam discutir melhor a matéria antes de colocá-la em votação. A Câmara dos Deputados decidiu nesta quarta-feira (7) adiar para maio a votação do projeto que estabelece a ficha limpa para os candidatos às eleições - o que na prática pode impedir que a nova regra possa valer nas eleições de outubro. Como apenas a oposição apoia a votação imediata do texto, o projeto voltará para análise da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que terá até o dia 29 de abril para discutir a matéria.
O projeto, de iniciativa popular, foi apresentado à Casa em setembro do ano passado. Os deputados, porém, afirmam que ainda precisam discutir melhor a matéria antes de colocá-la em votação. Clique AQUI e continue lendo...

Pimentel: O que realmente você quer?
Segundo grupo do PT nacional, Pimentel quer apenas dividir o partido, retribuindo ao PSDB o apoio dado a Márcio Lacerda
Dividir para governar. Esta é a prática utilizada por políticos que, não tendo a maioria, procuram fracionar a aglutinação de seus opositores. Clique aqui e continue lendo...

Blog Galera da Dilma reforça pré-campanha petista
O novo veículo da pré-campanha petista chega à web um dia depois que Dilma, em encontro com a juventude do PT, em Belo Horizonte, conclamou aproximadamente dois mil jovens a dar continuidade ao projeto do presidente Lula.

5 de abr de 2010

Campanha Ficha Limpa de olho nos deputados


O Movimento Nacional de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), por Composta Rede 44 Organizações da Sociedade lançou, civil A chamada Campanha Ficha Limpa, com o Objetivo de LeVar AO Congresso o Projeto de Lei de Iniciativa Popular Sobre a Vida pregressa dos candidatos. À época, o UM Iniciou MCCE Trabalho intenso de coleta de Assinaturas, tendão Chegado a 1, 6 milhões de brasileiros Que subscreveram o Projeto. O Estado de Minas Gerais, segundo Maior Colégio Eleitoral do Brasil, Foi o recordista, coletado 317.386 (trezentos e oitenta mil e trezentos e dezessete e seis) assinaturas. No Norte de Minas, Foi coletado de 57.110 (Cinqüenta e sete mil e Cento e dez) assinaturas. O Comitê 9840 de Combate à Corrupção Eleitoral, coordenou Que um Mobilização de Coleta de Assinaturas, vai monitorar o Posicionamento dos Vinte Deputados Mais votados Na região.
Panelinha AQUIContinuar lendo e ...


Suspeita de corrupção no Prevmoc: MP no calço de Alfredo
O Vereador Alfredo Ramos, do PT Foi denunciado Pelo Ministério Público de USAR R $ 1 Milhão dos cofres do PrevMoc, n suposto Financiamento de Campanha Eleitoral SUA.

Leia mais nd Página Cidade  
 
Durante Feriado 27 morrem NAS Rodovias federais em Minas
Foram 502 acidentes com 302 Pessoas feridas. Numero de óbitos E mais Que o dobro do ano Passado.
Leia mais nd Página Minas 

Patrus PoDE Ser indicado Para o Supremo

Negociações Não PT Para o Governo mineiro ganham novo contorno. Em Vez de Candidato, Ministro Patrus séria indicado Parágrafo STF.
Leia mais nd Página Brasil  


"Estou convencido Que Será Próxima UM Dilma presidente"


Presidente Afirmou Que o Seu sucessor tera Direito ao segundo Mandato, POIs Já cumpriu Ele cumpriu "o Deverià que" Leia mais nd Página Brasil