Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

31 de jul de 2008

Sem educação, Minas não tem saída!

Trabalhadores do Norte organizam Greve por tempo indeterminado e realizam Assembléia Regional em Montes Claros , no próximo sábado, dia 2
Para o diretor da subsede Montes Claros do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG), professor José Gomes Filho, a greve por tempo indeterminado é uma resposta da categoria ao descaso do governo Aécio Neves. "O Sind-UTE/MG tenta, há muito, a negociação com o governo. Desde 2007, nossa pauta de reivindicações está protocolada, mas não obtivemos uma resposta efetiva do Executivo. O que a categoria exige com a Greve é a negociação com o governo e respostas efetivas às nossas demandas", disse.
Gomes disse ainda, que os trabalhadores em educação marcam posição contra às políticas neoliberais do Governo Aécio Neves para a Educação e reivindicam salários dignos, melhores condições de trabalho, garantia de atendimento à saúde e a discussão de todos os pontos da pauta com o governo. Entre as reivindicações, o Sind-UTE/MG defende vencimento básico de R$ 950,00 para nível médio; com jornada de 24 horas.

Universal pega carona com Protógenes e ataca jornalista

“A Folha Universal, jornal oficial da Igreja Universal do Reino de Deus, resolveu embarcar nos relatórios parciais do delegado da Polícia Federal, Protógenes Queiroz, que comandou a Operação Satiagraha. Em sua última edição, nas ruas desde o fim de semana, a Universal aproveita para atacar a jornalista Elvira Lobato, do jornal Folha de S. Paulo, que venceu sucessivas batalhas jurídicas nas ações movidas por fiéis da igreja.
O jornal reproduz trechos do relatório de Protógenes em que Elvira Lobato é mencionada, juntamente com outros jornalistas, por manter contatos telefônicos com o investidor Naji Nahas. E ainda: abre uma página com o título “jornalistas sob investigação e subtítulo “Elvira Lobato, a mesma repórter que atacou a Igreja Universal, é agora alvo da Polícia Federal”.
Claudio Julio Tognolli, Consultor Jurídico
Matéria Completa, ::Aqui::

Inaugurado em Montes Claros a rede Makro. O maior atacadista da América Latina

Foi inaugurado nesta quarta-feira, 31, em Montes Claros, a rede holandesa Makro, maior atacadista (em faturamento) do Brasil. A chegada da loja costuma reduzir entre 10 a 15% os preços praticados na área de atendimento.
A loja local atenderá 100 municípios vizinhos, inclusive os do Sul da Bahia, daí sua localização na principal entrada de M. Claros, atualmente em duplicação entre o Parque de Exposições e o Max Min Clube. - O horário inicial de atendimento será de segunda a sábado, entre 7 e 22 horas. Domingos e feriados entre 8 e 16 horas.- No Brasil, a rede tem 1,8 milhão de clientes. Pessoas físicas e jurídicas serão atendidas apenas com o cartão-passaporte. Cartão de crédito apenas da própria empresa, com prazo de pagamento de até 40 dias, tanto para pessoas físicas como jurídicas.

O foco é fortalecer o pequeno comerciante, carente de abastecimento na medida de sua necessidade e de acordo com o seu capital de giro. Atualmente, são 5 as cidades mineiras que tem lojas Makro: Montes Claros, Belo Horizonte, Contagem, Juiz de Fora e Uberlândia.

Para o Prefeito Athos Avelino, o ciclo vicioso de fechamento de indústria em Montes Claros, que foi apelidado de cemitério das indústrias, acabou. O ciclo agora é virtuoso, com o crescimento da indústria e do comércio, através da instalação de novas empresas na cidade. A era da cidade acanhada e atrasada já passou. A prefeitura hoje, tem procurado atrair novas empresas, dando incentivos fiscais e estimulando novos empregos, graças aos investimentos públicos e privados, através das parcerias, e é por isso que estamos colhendo os resultados. A maior prova foi o troféu que o Jornal Gazeta Mercantil, o maior jornal de economia da América Latina, conferiu para Montes Claros, como o município mais dinâmico do estado de Minas Gerais e que mais cresceu sua capacidade de consumo nos diversos itens pesquisados. Disse.

“Pimentel acabou com o PT em BH”


Ministro Patrus Ananias acusa prefeito Fernando Pimentel de dividir o PT em Belo Horizonte e ameaça abrir dissidência
O ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, voltou a condenar o processo que levou à participação do PSDB na campanha da chapa do candidato à Prefeitura de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), na qual o PT tem como vice-prefeito o deputado estadual Roberto Carvalho.
A irritação do ministro ficou ainda mais evidente quando tomou conhecimento das peças de campanha de Lacerda que não contemplam o PT com o seu devido valor.
No material, o candidato socialista aparece ao lado do governador de Minas e do prefeito Fernando Pimentel (PT), sem qualquer referência à sigla petista. De acordo com Patrus, o prefeito conseguiu acabar com o PT na capital mineira. “Pimentel conseguiu uma façanha que o mais duro adversário do PT não ousaria pensar: desapareceu com o Partido dos Trabalhadores em Belo Horizonte”, protestou.
O ministro, que já foi prefeito de Belo Horizonte entre 1993 e 1996, disse que Pimentel provocou a discórdia dentro do partido. “Apesar de estar governando a cidade há 16 anos e ter a maior bancada de vereadores na Câmara, o PT desaparece no processo sucessório de BH e ainda vive um processo de disputa interna. O prefeito levou a cizânia para o interior do partido”, acusou Patrus.
Ele adiantou que não vai pedir votos para Lacerda, pelo fato de não conhecê-lo. "Foi imposto um candidato que eu não conheço. Fiquei conhecendo há poucos dias. As pesquisas de opinião mostram que a cidade não o conhece", disse Patrus, que divide a liderança do PT mineiro com Pimentel, mas que foi sobrepujado pelo prefeito no diretório municipal. Patrus ressaltou que se o PT de BH não acatar as determinações do diretório nacional, que proibiu a coligação formal com os tucanos, ele vai liderar um processo de dissidência no partido. “Reservo-me ao direito de, se em Belo Horizonte não for cumprida a determinação do diretório nacional, reavaliar minha posição”, frisou.
Desde o começo do ano, o ministro já demonstrava o seu descontentamento com as articulações visando a indicação de Lacerda para a cabeça-de-chapa e o apoio do governador mineiro.
Segundo Patrus, "houve filiações em massa, uma apropriação do partido por algumas forças”. O ministro não se conforma com a ausência do PT do processo eleitoral.“Esta é uma situação singular, porque depois de governar Belo Horizonte por 16 anos, a estrela do PT está ausente nesta campanha", afirmou. Pesquisa do Datafolha divulgada na semana passada mostra a deputada federal Jô Moraes (PCdoB) na liderança, com 20% das intenções de voto, seguida pelo deputado federal Leonardo Quintão (PMDB), com 9%, e Lacerda com 6%.

A ilegalidade praticada na máquina pública mineira é tamanha, que autarquia contrata pessoal por avaliação de currículo

A cortina de fumaça criada com a compra de quase a totalidade da imprensa, somada a ausência de oposição em Minas Gerais, vem permitindo a prática de determinados métodos administrativos inimagináveis para órgãos do governo.
A fraude em concursos públicos, anteriormente tratada com toda “reserva” pelos gestores, agora foi instituída pela Fundação João Pinheiro com edital e regra pública.
É isto mesmo, não é piada. A Fundação João Pinheiro, autarquia pública pertencente ao governo de Minas Gerais, lançou um edital comunicando que contrataria 30 funcionários com salários de R$ 7 mil por um período de quatro anos sem qualquer concurso. Veja
AQUI.
No Edital, constava inclusive o processo a ser adotado para escolha dos “ganhadores” do cargo. A única exigência é a apresentação de currículo, que será avaliado pela direção da Fundação, a qual caberia decidir quem seria o contratado ou não, e o pior, depois da escolha por “membros” da Fundação João Pinheiro, caberá ao presidente decidir da conveniência ou não da contratação.
Ou seja, se houver disputa entre os integrantes do grupo de avaliadores, o desempate será feito pelo presidente. (sic) O despudor destes administradores é tamanho, que nos permite afirmar que aos mesmos falta vergonha. Enganam-se os leitores se pensarem que estes administradores se importam com esta afirmativa. Consideram-se acima de tudo e todos, pois alegam receber ordens do Palácio da Liberdade. Necessário esclarecer que o poderoso e pouco “ortodoxo” vice-governador, tem sua origem e “base” na fundação. Manda quem pode, obedece quem tem juízo.
A oposição, até então exercida pelo PT, se desqualifica ao se colocar em aliança com o PSDB nas eleições municipais de BH, deste ano.
Então, a quem recorrer para combater esta ilegalidade, se o Ministério Público mineiro está asfixiado por um procurador-geral, sabidamente cúmplice deste governo?A ninguém. Esta é a resposta.
A ilegalidade foi institucionalizada no Governo de Minas Gerais. É isto mesmo. Em Minas Gerais nasce uma nova categoria: a “corruptocracia”.

Bens de Muniz serão investigados

O juiz Danilo Campos, da 184ª zona eleitoral de Montes Claros (Norte), encaminhou, ontem à tarde, representação à Procuradoria Regional Eleitoral de Minas Gerais contra o deputado Ruy Muniz (Democratas), candidato a prefeito desta cidade, para ser feita investigação de possíveis irregularidades em sua declaração de bens, com base em auditoria realizada pelo INSS nas empresas do Grupo Soebrás, de sua propriedade.
Na representação encaminhada ao procurador regional, José Jairo Gomes, o juiz alega que, ao determinar a averiguação da declaração dos bens dos candidatos em Montes Claros, quando o Ministério Público apresentou documentos oficiais, como uma auditoria do INSS e relatório do Conselho Municipal de Assistência Social, que dão conta do ‘vultoso patrimônio sonegado‘ pelo candidato Ruy Muniz na declaração de bens na candidatura a prefeito. A mesma representação foi encaminhada também ao juiz Antônio Adilson Salgado, da 315ª zona eleitoral, que tem de apreciar o registro das candidaturas.

30 de jul de 2008

Biocombustível - Fábrica da biodiesel em Montes claros será inaugurada em breve

A Petrobras inaugurou ontem (29/7) em Candeias (BA), a primeira das três fábricas de biodiesel com as quais a empresa pretende, até 2012, produzir 40% da demanda nacional do combustível alternativo — a meta são 940 milhões de litros por ano, frente a uma necessidade de 2,4 bilhões de litros quando a mistura for de 5%. As próximas usinas, previstas para inauguração em agosto, serão em Montes Claros (MG) e Quixadá (CE). Todas serão controladas por uma nova subsidiária da estatal, a Petrobras Biocombustível, que vai reunir ainda os negócios de etanol voltados à exportação.
A inauguração em Candeias e a nomeação dos diretores da Petrobras Biocombustível se deram em clima defensivo, com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ministros e dirigentes da Petrobras rebatendo as críticas dos que acusam os biocombustíveis de provocar inflação nos preços dos alimentos. “Enquanto eu for Presidente, se alguém provar que o aumento dos biocombustíveis tem impacto nos preços dos alimentos, eu não seria louco de deixar de encher o tanque de um brasileiro para encher o tanque de um automóvel, até porque o meu tanque precisa estar cheio para apertar o pé do acelerador”, discursou Lula. O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, emendou: “No momento em que internacionalmente sofremos ataques equivocados , querem atribuir ao programa do biodiesel brasileiro responsabilidades que não são dele.”
Montes Claros

A usina de biodiesel de Montes Claros ocupa uma área de 103 mil metros quadrados no Distrito Industrial de Montes Claros e teve a pedra fundamental lançada em 22 de dezembro de 2005 (com a presença de Lula). Ela é considerada estratégica por ser a única entre as três unidades produtoras do chamado combustível verde situada na Região Sudeste. O empreendimento recebeu investimentos de R$ 73,4 milhões e terá capacidade para produzir 57 milhões de biocombustível por ano, a partir do aproveitamento de oleaginosas como mamona, algodão, amendoim e outras. A sua capacidade de produção será a mesma das outras duas usinas. Assim, com as três unidades em funcionamento, a Petrobras vai produzir 171 milhões de litros de biodiesel por ano.

29 de jul de 2008

Agora sim. Resolvido o problema

O site do PT acaba de solucionar o problema. Já trocou a foto de Paulo Ribeiro pela foto do prefeito Athos Avelino.
Veja AQUI

Educação - Primeiro vestibular do E-Tec Brasil

Está aberto o período de inscrições para o primeiro vestibular do Programa Escola Técnica Aberta do Brasil (E-Tec Brasil). Realizado pelo Colégio Técnico Universitário (CTU) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), são ao todo 900 vagas em oito cidades mineiras: Alfenas, Almenara, Boa Esperança, Cataguases, Juiz de Fora, Porteirinha, Três Pontas e Timóteo.
Estudantes que estão cursando o ensino médio podem concorrer a um total de 600 vagas nos cursos de gestão pública e de segurança do trabalho. Aqueles que já tiverem concluído o ensino médio podem se inscrever para o curso de enfermagem, que tem 300 vagas. Os três cursos têm duração de dois anos. As inscrições serão encerradas no dia 17 de agosto, com data limite de pagamento até 18 de agosto, e podem ser feitas na página eletrônica do colégio ou nos locais e horários especificados pelas secretarias de educação de cada município-pólo. A taxa é de R$ 20, sendo isento o candidato cuja família seja beneficiária de algum programa social do governo federal, mediante comprovação.
A prova será realizada no dia 23 de agosto e os candidatos selecionados terão os nomes publicados em listas afixadas nas dependências do pólo de apoio presencial da cidade e no sítio do CTU até 1º de setembro.
E-Tec Brasil – O programa visa democratizar a oferta do ensino técnico público e de qualidade, levando cursos às regiões distantes e para a periferia das grandes cidades. Os objetivos são incentivar os jovens a concluir o ensino médio e criar uma rede nacional de escolas profissionalizantes, na modalidade a distância. A meta é que até o final deste ano sejam inaugurados 250 pólos para a capacitação de cerca de 50 mil profissionais.
Assessoria de Imprensa da Seed

Gafe

O site do PT trocou a foto do Prefeito Athos Avelino, pela foto do seu ex-secretário Municipal de Comunicação, Paulo Ribeiro.
MONTES CLAROS MG
Candidato(a) a Prefeito(a): ATHOS AVELINO Partido: PPS
Candidato(a) a Vice-prefeito(a): SUED Partido: PT
Coligação: PT / PPS / PTB / PSB / PTN / PSL / PHS / PMN / PRP

COMITÊ DE CAMPANHA
Endereço:
E-mail:
Telefone:
Veja AQUI

OAB quer bandido protegido

O Congresso aprovou, mas o presidente Lula deve vetar o projeto que impede investigações criminais em escritórios de advocacia, segundo avaliação dos ministros que integram a coordenação política, após reunião com o presidente.No sábado (25), durante viagem a Lisboa, Lula afirmou que “a lei no Brasil vale para todos”, ao ser indagado se iria sancionar o projeto de lei. De acordo com o presidente, se a lei vale para o presidente da República, vale para algum jornalista, tem que valer para a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

A lei que torna os escritórios de advogados invioláveis é de autoria do deputado Michel Temer (PMDB-SP) .

A proposta foi aprovada pelo Senado e já está na mesa do presidente à espera de sanção. Pelo texto, os escritórios de advocacia não poderão ser alvo de mandados de busca e apreensão expedidos por juízes durante investigações criminais, salvo quando o próprio advogado for o investigado pela prática do crime. Nesse caso, os mandados terão que ser específicos e cumpridos na presença de representantes da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). Todo o material de trabalho como, computadores e documentos, seriam invioláveis. Entidades como Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil), AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros) e o Conamp (Associação Nacional dos Membros do Ministério Público), alegam que, se transformado em lei, o crime ficará substancialmente mais fácil, pois os criminosos poderão fazer uso de escritórios de advocacia para esconder provas dos seus crimes, tornando-os imunes à ação da polícia, do Ministério Público e do Poder Judiciário. Não poderia ser decretada, por exemplo, busca e apreensão em escritório de advocacia mesmo se surgissem indícios veementes de que o local estaria sendo usado para ocultar arma utilizada para a prática de um homicídio. O presidente da Ajufe, Fernando Mattos, alega que a lei é inconstitucional, pois a inviolabilidade dos escritórios de advogados supera o resguardo previsto pela Constituição para a moradia do cidadão. "O projeto vai na contramão do que diz a Constituição. Se pode haver mandado para qualquer lugar, por que para o escritório de advocacia não pode? O texto terá um efeito para os maus advogados, não para os bons", disse.

28 de jul de 2008

Você sabia que está pagando o imposto de renda da Rede Globo?

Quando a Rede Globo diz que a campanha Criança Esperança não gera lucro, é mentira. Porque, no mês de abril do ano seguinte, aTV Globo entrega a declaração do imposto de renda da empresa com o seguinte desconto: Doação feita à Unesco no valor de (aqui vem o valor arrecadado no Criança Esperança). Ou seja, a Rede Globo desconta pelo menos 20 e tantos milhões do imposto de renda graças aos ingênuos que fazem as doações ao Criança Esperança.Atenção: você não pode colocar no seu imposto de renda que doou 7, 15, 30 ou mais reais para o Criança Esperança. Sabe por que você não pode? Porque Criança Esperança é uma "marca" somente e não é uma entidade beneficente.
Entretanto, a doação feita com o seu dinheiro diretamente para o Unesco é aceita pela Receita, porque a Unesco é uma organização internacional beneficente.
Não houve crime nenhum aí. Você doou à Rede Globo um dinheiro que realmente foi entregue à Unesco, porém ele é descontado na Receita Federal como doação da Rede Globo e não sua.
A UNICEF TEM BONS PRÓPOSITOS E REALIZAÇÕES INTERESSANTES NO BRASIL E NO EXTERIOR. VISITE O SITE http://www.unicef.org.br/ CONHEÇA E FAÇA A SUA DOAÇÃO DIRETAMENTE, SEM INTERMEDIÁRIO E SEM PAGAR LIGAÇÃO
R$ 15 mensais ajudam a prover material e treinar um agente comunitário de saúde para acompanhar a saúde e o desenvolvimento de 16 crianças.
R$ 22 mensais ajudam a combater a desnutrição de 5 crianças nas regiões mais pobres do Brasil. R$ 30 mensais ajudam a levar atividades de reforço escolar e leitura para dez crianças que têm dificuldade de acompanhar as aulas.
Doe diretamente á UNICEF que não cobra por sua ligação... ligue para 0800 601 8407
Além do mais, você deixa de pôr azeitona na empada de uma mídia que, em vez de produzir informação de quarlidade, direito de todos, existe para deformar o cidadão.

25 de jul de 2008

Fazenda de Daniel Dantas foi ocupada pelo MST

Cerca de mil agricultores ligados ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocuparam esta manhã em Eldorado dos Carajás, no Pará, a fazenda Maria Bonita, que pertence à Agropecuária Santa Bárbara, do Grupo Opportunity, de Daniel Dantas.
Segundo o coordenador estadual do MST, Charles Trocate, a invasão foi um "protesto contra a corrupção do grupo desse banqueiro na região".
A Polícia Militar foi chamada por um gerente da fazenda, mas informou que só por intermédio de ação de reintegração de posse poderá retirar os invasores.
Dantas foi preso duas vezes há quinze dias pela Polícia Federal na Operação Satiagraha - que investiga desvio de verbas públicas, evasão de divisas e lavagem de capital -, e solto por habeas-corpus concedido pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes.
A fazenda foi vendida ao grupo pelo pecuarista paraense Benedito Mutran Filho, que vendeu a Dantas também as fazendas Cedro e Espírito Santo. Juntas, as três fazendas possuem mais de 100 mil cabeças de gado.
Nesta semana, por ordem da governadora Ana Júlia Carepa (PT), o Instituto de Terras do Pará (Iterpa) iniciou um levantamento para identificar o real montante de terras adquiridas no Estado pelo grupo Opportunity.
O objetivo é verificar a suspeita de que as terras seriam públicas.

24 de jul de 2008

Parangolé em Montes Claros

Atual sensação do axé, a banda Parangolé promete fazer um showinesquecível amanhã (sexta-feira, 25), em Montes Claros. A apresentação será no campo da Praça de Esportes, a partir das 21 horas.
Um dos maiores destaques do Carnamontes 2008, Parangolé foi eleita a banda revelação do último carnaval de Salvador.
O sucesso chamou a atenção da musa do axé, Ivete Sangalo, que gravou três músicas da banda, entre elas "Problemática", um do seus maiores sucessos. Outros hits, como "Chupa que é de uva" e "Ela é toda boa", prometem balançar a rapaziada na "Sexta do Axé", como já foi batizada a apresentação do Parangolé.
O grupo chega a Montes Claros por voltadas 10 horas de sexta.
Os ingressos estão à venda nas ojas San Jorge ePapelaria Santa Maria.
Melhores informações podem ser obtidas pelos telefones (38) 3223-3863 e 8801-2086

22 de jul de 2008

Tribunal de Minas é a favor da morte

O TJMG dirige na contra mão dos fatos, exatamente quando os representantes do setor de saúde das principais capitais brasileiras comemoram a redução de até 60% no número de ocorrências originadas em acidentes no trânsito, dentre eles, o Hospital de Pronto Socorro João XXIII (HPS), em Belo Horizonte, principal porta de recepção para as vítimas de acidentes graves de trânsito em Belo Horizonte e no interior, ao conceder liminar impedindo a polícia de levar o embriagado para a delegacia e de não soprar o bafômetro ou de fazer qualquer tipo de exame que possa comprovar a embriaguez ao volante.

Cacciola parou de rir

Preso em Bangu 8, o ex-banqueiro já teve os cabelos cortados na cadeia
Para preservar a família, o ex-banqueiro Salvatore Cacciola decidiu não ir à missa de Sétimo Dia da mãe, realizada na tarde de sexta-feira. No seu segundo dia no Presídio Petrolino Werling de Oliveira, conhecido como Bangu 8, em Bangu, ele parece integrado ao sistema: teve os cabelos cortados e, assim como o restante dos detentos, já foi fotografado com o uniforme penitenciário, blusa branca e calça jeans.
“Ele está ótimo. A decisão de não ir à missa partiu dele. Amanhã, à tarde, vamos divulgar novidades sobre o caso”, afirmou o advogado do ex-banqueiro Alan Bousso. Na sexta-feira, Cacciola, teve um problema estomacal em seu segundo dia no Brasil e não almoçou a comida do presídio. Segundo o advogado, Carlos Eluf, o ex-banqueiro conseguiu comer apenas uma maçã.”
O Dia / Foto: Divulgação - Matéria Completa, ::Aqui::

21 de jul de 2008

“PERDOA-ME POR ME TRAÍRES” ?

*Valmore Alves de Souza

- Pois Eu, em nome próprio, e no exercício de, pelo menos, minhas faculdades de discernimento, então de forma lúcida, decido me denunciar por alta traição aos interesses da Obra coletiva. Me acuso de omissão diante das ambições individuais, de poder pelo poder, por parte dos líderes eleitos na construção do Castelo.
- Pois vi esses líderes – antes nossos companheiros, soldados fiéis nas votações do Conselho e na escuderia do destino do Castelo- começarem a burlar a segurança sob o manto da noite, quando a guarda cochilava, para usar a nossa confiança na satisfação de seus caprichos em comércio clandestino.
- Pois esperei até ver, derrotado um a um, os milicianos veteranos abandonando o Castelo, quando tornou-se tão comum o amanhecer com mercenários disfarçados entre a Milícia, as assembléias do Conselho aprovarem as infidelidades dos líderes, e este órgão não mais cumprir a sua função.
- Pois, contudo ainda compactuo com os ajudantes de ordens, que continuam reunindo o Conselho, mas agora num rito, para manter a ilusão daqueles milicianos que não bateram em retirada.
- Pois, enquanto o inimigo, ombreado por àqueles companheiros, à luz do dia, porque já não precisam se esconder, marcham ostensivamente, hasteando bandeiras estilizadas com as marcas promíscuas, para a tomada do Castelo, ainda estamos vivos. Indignamente vivos!
- Pois então peço que me julgue antes da batalha final. Se eu for condenado, os milicianos retornarão, para salvar o Castelo.
*Valmore é sociólogo e sindicalista

Tudo em cima

A garota aí da foto é a Bia Antony.
Para quem não está ligando o nome à pessoa ou para quem não lê nenhuma das revistas de futilidades, a Bia é a senhora Ronaldo Fenômeno (pelo menos, a senhora Ronaldo Fenômeno do momento).
E pensar que ele a trocou por três travecos trubufus

20 de jul de 2008

Brasil perde Célio de Castro

Morreu hoje em Belo Horizonte, vítima de uma parada cardíaca, o ex-prefeito de Belo Horizonte, Célio de Castro, que foi eleito prefeito da capital mineira duas vezes, em 1997 e em 2001.
Célio foi internado na sexta-feira (18), em decorrência de uma arritmia. Uma infecção urinária, seguida de uma infecção generalizada, agravaram o quadro clínico do ex-prefeito.
Biografia
Célio de Castro foi eleito prefeito de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, por duas vezes, em 1997 e em 2001. Formado médico pela Universidade Federal de Minas Gerais em 1958, natural de Carmópolis de Minas, foi deputado federal por dois mandatos (1986-1990) e (1990 -1994), líder da bancada do Partido Socialista Brasileiro na Câmara Federal e Presidente do PSB em Minas Gerais. Em 1992, foi eleito Vice-Prefeito na chapa de Patrus Ananias de Sousa respondendo, no primeiro ano, também, pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. Era filiado ao PT.
Teve participação intensa nas luta pelo fim da ditadura militar, a favor da anistia e pelas eleições diretas.
Eleito Deputado Federal Constituinte, em 1986, atuou nas áreas dos Direitos Individuais, Direitos Sociais, dos Trabalhadores, da Saúde, Educação, Direitos dos Povos Indígenas, incluídas no texto da atual Constituição Federal.
Elegeu-se prefeito de Belo Horizonte pela primeira vez em 1997 com 809.992 votos – 76,5% do total dos votos válidos, segundo dados da prefeitura. Coordenou a Frente Nacional de Prefeitos, até 2000. Reeleito prefeito de Belo Horizonte – mandato 2001 a 2004, entrou para o Partido dos Trabalhadores em setembro de 2001. Desde novembro de 2001, estava licenciado para tratamento de saúde.

Candidato do Pimentécio está em 3º

A pesquisa Ibope revela que o candidato Márcio Lacerda, apoiado pelo governador de Minas Aécio Neves do PMDB, disfarçado de PSDB e pelo Prefeito de Belo Horizonte, do PSDB, disfarçado de PSDB, aparece em terceiro lugar.
À frente da pesquisa estimulada aparece a candidata Moraes (PC do B), com 17%, seguida por Leonardo Quintão (PMDB), com 14%.
O candidato do governador e do prefeito surgiu em terceiro, com apenas 8%, em empate técnico com Vanessa Portugal, candidata do PSTU (4%). Na espontânea, conquistou 11%, Quintão ficou com 7% e Lacerda veio novamente em terceiro, com 5%. Num possível segundo turno, Lacerda perderia nos confrontos com (27% a 16%) e com Quintão (24% a 16%). superaria Quintão no confronto direto por 26% a 21%.
Pela primeira vez, Moraes recebeu reforço petista ontem nas ruas. Ela fez campanha acompanhada de petistas. A comunista esteve em uma caminhada na região Norte de BH. Munida de adesivos que fazem alusão ao PT, acompanhada por bandeiras do PT e de duas bonecas de isopor da Josinha, uma caricatura, pediu votos aos eleitores.
Participação: Ibope e Hoje em Dia

19 de jul de 2008

PT lança site com material para candidato se associar a Lula

O PT está oferecendo material de campanha aos seus cerca de 35 mil candidatos a prefeito e a vereador, com o objetivo de associá-los à imagem do presidente Lula. O partido promete ainda abastecer o postulante com dados do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) que beneficiaram seu município. Desde anteontem, o site oferece possibilidade de cópia de modelos para cartazes e santinhos com a imagem do candidato ao lado da foto de Lula. O slogan é: "Minha cidade mudando com o Brasil". Entre os 13 novos jingles, há "o PT é Lula". A estratégia de se associar ao presidente já vem sendo usada por Marta Suplicy em São Paulo. Em março, a popularidade de Lula atingiu seu maior índice, 55%. No site do PT, há ainda um link com o nome "governo Lula nos municípios", com "indicadores, programas, transferências e PAC no seu município". O partido promete oferecer em breve esses dados. "As medidas econômicas, as mudanças institucionais e o conjunto de obras logísticas, transporte e energia do PAC já impactaram a vida nos municípios."
Veja AQUI o material de campanha

17 de jul de 2008

O Modismo das Desculpas

*Lucreciano Rocha

O hábito de desculpar e pedir desculpas nos acompanha desde a infância. O pai sempre exige que os irmãos se desculpem após uma briga, o mesmo acontece com a professora quando um colega de aula ofende o outro.
Na idade adulta, pedimos e recebemos desculpas por vários motivos: um encontrão, uma pisada naquela unha encravada, ou mesmo uma ofensa mais séria como uma piada de mau gosto ou um comportamento inadequado. O ato de pedir desculpas já faz parte do nosso dia a dia. Só que ultimamente pedir desculpas virou moda.
O papa Bento XVI no inicio do seu papado, pediu desculpas à comunidade Judaica em nome da igreja e do povo alemão, pelos atos de barbárie cometidos contra os judeus durante o holocausto.
O árbitro de futebol Carlos Eugênio Simon pediu desculpas ao time do Atlético por uma arbitragem desastrosa. Porém desastrosa é o adjetivo dado, às ações praticadas recentemente por autoridades militares, e todas seguidas de um patético pedido de desculpas.
Apenas o secretario de justiça do Rio de Janeiro, homem de valor inquestionável, em menos de duas semanas por duas vezes veio a público pedir desculpas: a primeira por uma ação trapalhada praticada, pasmem! Pelo o Exército Brasileiro, ao entregar de “presente” três rapazes do morro da Providencia aos inimigos de um morro vizinho. A segunda foi por uma perseguição ao carro errado que culminou com a morte do menino João Roberto.
Recentemente a justiça do Paraná pediu desculpas por outra perseguição policial infeliz, só que a vítima dessa vez não foi um garoto de 3 anos filho de taxista, mais uma jovem acompanhada do amigo. A viúva de Chico Mendes negou o pedido de desculpas do pistoleiro que assassinou o seu marido. O Ziza Valadares não desculpou o árbitro Simon. Quem também não aceitou desculpas, foi a mãe do jovem covardemente assassinado,pelo policial que fazia a segurança do filho da promotora, no Rio de Janeiro.
A questão posta diante das negações de desculpas é; qual o efeito prático disso sobretudo quando a dor da ofensa é bem maior que a dor de um calo ou unha encravada debaixo do sapato de um pisador descuidado?
O pedido de desculpas deve ser acompanhado de uma reparação ou pelo menos de uma sinalização de que o erro não será repetido.
A onda de “acidentes” praticada por policiais, tem que ser tratada como crime, e punida nos rigores da lei. A arma portada pelo policial foi comprada com dinheiro do contribuinte. De forma indireta todo cidadão ta virando criminoso mesmo sem apertar o gatilho. Nesses casos pedidos de desculpas soam como deboche.
Há um ditado que diz: “Depois que inventaram desculpas ninguém mais apanha”, desculpar e pedir desculpas, são atitudes de grande valor que devem ser cultuadas, mas não justifica o erro, nem redimir o culpado da reparação.
O povo está negando desculpas para não virar cúmplice do erro de quem abusa do direito de errar e pedir desculpas para errar de novo.

*Lucreciano Rocha é filósofo e militante político

16 de jul de 2008

Para Lula, Protógenes tem quem ficar no caso Daniel Dantas

Segundo a Agência Brasil:O presidente Lula defendeu hoje que o delegado da Polícia Federal Protógenes Queiroz permaneça à frente da Operação Satiagraha, para que não haja insinuação de que ele deixou o comando da operação por ter sido pressionado: "Moralmente, esse cidadão [o delegado] tem que ficar no cargo até terminar o relatório. A não ser que ele não queira. O que não pode é passar insinuações", disse o presidente.
O delegado Protógenes Queiroz afastou-se da Operação Satiagraha, ontem (15), segundo a assessoria da Polícia Federal, para fazer um curso, a pedido do próprio delegado. No entanto, a imprensa divulgou informações de que o delegado deixou as investigações por pressão da cúpula da PF.
Segundo Lula, a reunião na PF em que Protógenes teria pedido o afastamento, na segunda-feira à noite, em São Paulo, foi gravada por consenso de todos, e o delegado teria dito que precisava sair e que só poderia continuar o trabalho se fosse nos finais de semana. O presidente afirmou que a PF divulgará ainda hoje nota esclarecendo como foi a reunião. "Esse é um processo sério, que envolveu gente e as pessoas foram para a televisão. Então, é preciso que essas pessoas tenham um relatório definido para que se peça ou não o seu indiciamento", disse.

A revolta contra Lula

O prejuízo político que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sofreu com o afastamento do delegado Queiroz das investigações num processo nebuloso em que não se sabe com certeza se ele saiu ou foi “saído”, supera por larga margem qualquer prejuízo político que o presidente possa ter tido durante todos os escândalos forjados pelo PIG.
Como acontece sempre com quem tem muito poder, o presidente da República acabou se convertendo no pior inimigo de si mesmo ao deixar correr as coisas sob suas barbas. Não é de hoje que se faz uma crítica a ele que, ao menos essa, tem lá, sim, sua validade.
Dizem que Lula é “leniente” com a, digamos, independência de seus subordinados. Quando acontece um ato político estúpido como o de o presidente se reunir com o símbolo do abafamento da investigação Dantas, com Gilmar Mendes, e logo depois ser anunciado o afastamento do delegado Queiroz, deve-se aceder à suposição sobre o chefe do Executivo ser “leniente”.
E notem que o que pesa contra Lula pode ser até mais grave. Pouca gente se deu conta de que andam dizendo que o ex-diretor-geral da Polícia Federal Paulo Lacerda era quem, de fora do comando da PF, apoiou as investigações aceleradas sobre Dantas, enquanto que o atual diretor, Luiz Fernando Corrêa, teria se convertido num obstáculo às investigações. Ora, se o governo Lula trocou Lacerda por Corrêa, trocou quem queria investigar Dantas por quem não queria.
Antes de acontecer tudo isso, porém, podia-se supor que, com ou sem o delegado Corrêa, a investigação sobre Dantas estava avançando. Com os afastamentos do delegado Queiroz e do delegado Corrêa o que fica agora é que há que esperarmos pelo desenrolar dos fatos, pois, se o governo puser no comando da investigação gente que dará continuidade a ela e, como bem lembrou Luis Nassif em seu blog, alguém que não terá pesando contra si as desqualificações que o PIG estava usando contra Queiroz, isso poderia fazer fluir a investigação.
Mas, como tudo na vida, essa teoria tem um porém. O delegado Queiroz mexeu com o PIG. Na verdade, desde a semana passada o delegado vinha sofrendo ataques virulentos porque havia acusado a Veja, a Folha e a IstoÉ de terem agido a serviço de Dantas. Na Folha, na segunda-feira, o colunista Fernando de Barros e Silva fez ataques pessoais a Queiroz, tachando-o de “Uma mistura de Eliot Ness com Sassá Mutema”. No day after do afastamento do mesmo Queiroz, o colunista da Folha Igor Gielow explica porque o delegado era tão ruim (para a Folha e o resto do PIG):
Queiroz cometeu diversos erros e exageros. A leitura de seu caudaloso relatório transparece o trabalho de uma mente enevoada por um voluntarismo messiânico que fez lembrar os "bons tempos" do procurador Luiz Francisco de Souza -aquele cruzado contra os excessos tucanos que, curiosamente, amansou sob o governo Lula.
Não importa que ele não saiba escrever em português compreensível; assusta que ele acredite representar "o bem" em uma batalha. Isso é inaceitável na condução de uma função de Estado. As decorrências legais são as conhecidas: abusos e ilações paranóicas.
Conclusão: Lula fez o que o PIG queria. Que se investigue Dantas – vão se os anéis, ficam os dedos... Mas que não se incomode o PIG. Deu certo.
Continua lendo AQUI

Relatório da escuta da PF vaza na internet

Está disponíveis na íntegra, no site do Consultor Jurídico, as 210 páginas de transcrição de telefonemas grampeados pela Polícia Federal no âmbito das investigações do grupo Opportunity que levaram à prisão, na semana passada, do investidor Daniel Dantas, dentre várias outras pessoas.Sob o selo de sigiloso, o texto colocado ao alcance de todos os internautas descreve diálogos de pessoas envolvidas e não envolvidas no universo das investigações e traz a lista de todos os investidores no Opportunity Fund, constituído nas ilhas Cayman para investidores estrangeiros. Os nomes elencados no disco rígido apreendido no Opportunity, porém, são de empresas e pessoas físicas brasileiras, o que, diz o relatório, se constituiria crime de evasão de divisas. As 84 contas de cotistas do fundo offshore teriam movimentado US$ 1,97 bilhão entre 10 de dezembro de 1992 e 23 de junho de 2004, conforme descrito nos texto sobre as investigações. Conforme laudo 1773/2008, isso "conseguiu demonstrar que alguns cotistas brasileiros do Opportunity Fund que foram indicados na tabela (...) permaneceram com valores investidos no ano de 2003 e, com base em informações fornecidas pela Receita Federal e Bacen, comprovou que os valores não foram declarados e que foram remetidos ilegalmente para o exterior, havendo suspeitas de utilização de doleiros", diz o texto. Conforme legislação vigente até 2006, o fundo não poderia ter recebido subscrição de cotas por brasileiros. As investigações concluem ainda que os administradores do fundo tinham total conhecimento dessa restrição e que os seus clientes eram brasileiros.

Há, no documento disponibilizado na internet, o relato do que se supõe que sejam os crimes e uma análise síntese que, por descuido, leva a erros e confusões. Exemplo disso é a transcrição de um diálogo entre Arthur Carvalho e Guilherme Martins, ambos do Opportunity, a respeito de um debate, no Senado, envolvendo o senador Heráclito Fortes (DEM). "Disse que o Heráclito se dirigiu a Ideli (senadora Ideli Salvatti, do PT) quatro vezes dizendo que ela estava a serviço do Daniel Dantas...", diz Carvalho. Heráclito é um político identificado como próximo a Dantas e, portanto, não caberia estar argumentando contra um projeto aparentemente de interesse do banqueiro. "Rapaz, eu não sei... mas ele.... a briga dele com a Ideli suplanta qualquer coisa, é política", responde Martins. Prosseguindo na conversa, Guilherme Martins diz que a Kátia (possivelmente a senadora Kátia Abreu, do DEM-TO) estaria, nessa votação, arregimentando votos, ao que Carvalho acrescenta: "Eu sei, eu disse isso a ele, eu recebi a informação de que ela estava recebendo R$ 2 milhões da OAS, pronto...".

Ao final da conversa, na análise da PF, consta o seguinte entendimento que diverge do material da escuta: "Arthur (Carvalho) afirma que lhe chegou a informação de que a senadora Ideli teria recebido R$ 2 milhões da OAS".

O texto descreve várias conversas de jornalistas com Dantas ou de funcionários do grupo Opportunity entre si, mencionando nomes de jornalistas. Há um capítulo relativo à "Manipulação da Mídia" onde os policiais concluem que "em certas oportunidades é travada uma verdadeira batalha psicológica por meio dos órgãos de imprensa, os quais deveriam apresentar uma opinião isenta, mas, na verdade, encontram-se totalmente corrompidos, utilizados como instrumentos servindo aos interesses dos criminosos". Numa troca de e-mails entre funcionários do banco, também capturado pelos investigadores da polícia, há inclusive pedido de "orçamento das notícias abaixo" para três órgãos de mídia, o que confirmaria, segundo os investigadores, que "os meios de comunicação tem servido aos interesses daqueles que os controlam e financiam, o que fere a ética e a moral do bom jornalismo".
O relatório em PDF é publicado em cinco partes)

Clique aqui para ler da página 1 à 42

Clique aqui para ler da página 43 à 84

Clique aqui para ler da página 85 à 126

Clique aqui para ler da página 127 à 172

Clique aqui para ler da página 173 à 210
Leia o texto do Consultor Jurídico aqui

13 de jul de 2008

PF acusa o queridinho da burguesia Diogo Mainardi e a revista Veja

O relatório do delegado Protógenes Queiroz, encaminhado ao Juiz Fausto Martin de Sanctis - que serviu de base para o pedido de prisão de Daniel Dantas e outros réus – acusa diretamente as revistas IstoÉ Dinheiro e Veja e os jornalistas Leonardo Attuch, Lauro Jardim e Diogo Mainardi de colaborarem com uma organização criminosa. Mainardi é explicitamente apontado como “jornalista colaborador da organização criminosa”.
O nome do documento é “Relatório Encaminhado ao Juiz Federal Fausto Martin de Sanctis". É o Inquérito Policial 12-0233/2008. Nele consta Procedimento Criminal Diverso no. 2007.61.81.010.20817.
Foi preparado pela Delegacia de Repressão aos Crimes Financeiros do Departamento da Polícia Federal
O capítulo 13 tem por título “Do papel da mídia no processo investigatório”.
Leia a matéria completa AQUI no blog do Luis Nassif

COMITÊ DE COMBATE A CORRUPÇÃO ELEITORAL ENTRA COM AÇÃO DE IMPUGNAÇÃO DE REGISTRO DE CANDIDATURA

Comitê de Combate a Corrupção Eleitoral, pediu impugnação de registro de candidatura de 2 vereadores bombo-correios. E os outros 7?
Os vereadores Lipa Xavier, Rosenberg Medeiros, Ademar Bicalho, Athos Mameluque, Fátima Pereira, Júnior Samambaia, Aurindo Ribeiro e Raimundo do INSS foram presos pela Polícia Federal, na operação Pombo-Correio.
O site Pombo-Correio só "esqueceu" de incluir a foto do vereador Marcos Nem.

O Comitê de Combate a Corrupção Eleitoral e Administrativa de Montes Claros, integrante do Movimento Nacional de Combate a Corrupção Eleitoral - MCCE - protocolizou na última sexta-feira (11), na Promotoria Pública Eleitoral de Montes Claros duas ações de impugnação de registros de candidaturas. Uma contra o vereador Ademar Bicalho, do PTB, alegando que os fatos da vida pregressa do edil apontam para a incompatibilidade com os princípios da moralidade e da probidade, tornando-o inapto para a candidatura. Isto porque atos de improbidade administrativa são a marca registrada dos mandatos eletivos exercidos pelo vereador. "Sua vida pregressa eivada de danos ao erário e de afronta ao princípio da moralidade está retratada nos autos de 5 (cinco) Ações Civis Públicas, propostas pelo Ministério Público, sem contar possíveis ações penais a cujos autos os Representantes não tiveram acesso".

Outra contra a vereadora Fátima Pereira, do PSDB, alegando que os fatos da vida pregressa da vereadora apontam para a incompatibilidade com os princípios da moralidade e da probidade, tornando-a inapta para a candidatura. Segundo o Comitê, sua vida pregressa eivada de danos ao erário e de afronta ao princípio da moralidade está materializada nos autos de duas ações civis públicas, uma ação penal (Crime contra o Patrimônio) e um processo administrativo disciplinar em que a mesma foi condenada à pena de demissão a bem do serviço público.

Leia AQUI a íntegra das petições contra o vereador Ademar Bicalho, do PTB e da vereadora Fátima Pereira, do PSDB.

12 de jul de 2008

Mais um capítulo da novela Gilmar Mendes: Advogado de Daniel Dantas comprou o ministro

Citado num dos grampos da Operação Satiagraha como "amigo" do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes, o advogado Luiz Carlos Madeira confirmou ontem que procurou o gabinete do ministro. Na terça-feira, ele e outros três advogados foram ao STF pedir prioridade na análise do habeas corpus que garantiu a liberdade de Daniel Dantas no dia seguinte.
Ele está sendo acusado pelo PF de, ter recebido ou feito chegar às mãos do ministro Gilmar Mendes qualquer documento enviado pela irmã do banqueiro, Verônica Dantas, que o citara.Madeira disse à Folha que conversou sobre o habeas corpus com um juiz auxiliar do ministro, Carlos Alberto Loverra. "Depois nós encontramos o Gilmar Mendes na posse de um novo membro do Conselho Nacional de Justiça. Só fiz referência a ele que tinha estado com o juiz auxiliar", disse Madeira, advogado do Opportunity desde 2005.
O ministro e o advogado participaram da posse do juiz Álvaro Ciarlini que assumiu a secretaria-geral do CNJ.Ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) por sete anos, Madeira trabalhou com Gilmar Mendes na corte eleitoral. O advogado afirma que mantém "boas relações" com o ministro-presidente do Supremo.
Em conversas reservadas, Gilmar Mendes diz que de fato conhece o advogado Madeira, mas que isso não tem nenhuma relevância, pois se relaciona com centenas de pessoas.
Leia também:
STF arquiva duas ações de improbidade administrativa contra Gilmar Mendes
Um dia depois de eleger o ministro Gilmar Mendes como presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), o plenário da Suprema Corte arquivou dois processos contra ele. Ambos as ações são por improbidade administrativa referente ao período em que Mendes exerceu o cargo de advogado-geral da União, entre 2000 e 2002.
Leia + AQUI

11 de jul de 2008

Tá explicado a insistência de soltar Dantas toda vez que ele é preso

Gilmar Mendes foi citado em gravação
Em gravações telefônicas, Verônica Dantas (irmã de Daniel Dantas e ex-sócia da filha de José Serra), falou no dia 14 de maio com um certo Arthur: "Precisa passar os detalhes sobre a legislação para o Madeira que é amigo do Gilmar (ministro-presidente do Supremo Tribunal Federal) e isso pode parar na mão dele (ministro)."
Resta saber quem é esse Madeira, e se houve tráfico de influência junto a Gilmar Mendes.
Fonte: Estadão

CRÍTICA AO STF

Supremo virou UTI para colarinho branco, diz desembargador
Para Walter Maierovitch, o ministro Gilmar Mendes foi precipitado na libertação do banqueiro Daniel Dantas. “A mesma precipitação do ministro Marco Aurélio de Mello quando libertou o banqueiro Salvatore Cacciola. Foi um tratamento privilegiado.
O ministro Gilmar Mendes transformou o STF em UTI para colarinho branco”, disse o desembargador.
Leia a matéria completa AQUI na Carta Maior

10 de jul de 2008

Gilmar Mendes manda soltar Naji Nahas, Celso Pitta e mais oito

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes, concedeu agora à noite, habeas-corpus ao ex-prefeito de São Paulo Celso Pitta e ao investidor Naji Nahas, presos na Operação Satiagraha. Os advogados dois dois haviam pedido uma extensão da decisão que soltou o banqueiro Daniel Dantas e a irmã dele, Verônica Dantas, presos na mesma ação da PF.
Daniel Dantas
O jornalista Bob Fernandes do site Terra Magazine, fez algumas perguntas para o ex-ministro da Justiça, José Paulo Cavalcanti.
Veja - Doutor José Paulo. O senhor acredita que Daniel Dantas será solto novamente nas próximas 24 horas?Resposta: - Não é realístico. Não é provável. A preventiva é muito mais fundamentada. Agora vai ao Tribunal Regional e o juiz não tem prazo para a decisão, mesmo sendo urgente um assunto.- E quando vai para o Supremo?Resposta: - Só depois de o tribunal local apreciar e, se for o caso, ter negado o habeas corpus. - E lá no Supremo é o Gilmar de novo?Resposta: - Não, é sorteado para um relator. - Gracias. Xeque-mate. Todos ao tabuleiro para o próximo lance.

Tarso defende Polícia Federal

O ministro da Justiça, Tarso Genro, voltou a defender a atuação da Polícia Federal nesta quinta-feira. Genro disse que “a PF não prende sem necessidade”.
Os elogios do ministro da Justiça à PF foram feitos em um evento na Academia Nacional de Polícia, em Brasília, onde Genro discursou para autoridades policiais de outros países e mandou um recado sutil aos críticos da instituição dizendo que um regime democrático não sobrevive sem uma polícia comprometida com o Estado de Direito e com o combate à corrupção.
“Tenho orgulho da Polícia Federal por sua retidão, postura republicana e respeito aos direitos humanos, aos direitos civis e individuais”, afirmou o ministro perante as autoridades estrangeiras.
Depois do evento, Genro classificou o discurso como um “prestigiamento” à ação da PF e não um desagravo. “Estamos em um momento importante do País em que não há mais intocáveis. Antes, alguns privilegiados estavam acima da cidadania, eram considerados intocáveis”, comentou.

PF prende Daniel Dantas novamente

Prisão ocorreu na tarde desta quinta-feira, em São Paulo. Na noite de quarta-feira, STF havia concedido habeas corpus

O banqueiro Daniel Dantas voltou a ser preso na tarde desta quinta-feira (10), em São Paulo pela Polícia Federal. Ele deixou a carceragem da Polícia Federal (PF) às 5h35 desta quinta-feira (10). Ele e a irmã, Verônica, saíram sem dar entrevistas.
Dantas, a irmã e outros nove funcionários do banco Opportunity foram beneficiados por um habeas corpus concedido pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, no final da noite desta quarta-feira (9). Todos tinham prisão decretada e foram procurados durante a Operação Satiagraha da PF, que investiga desvio de verbas públicas e crimes financeiros.
Dois deles não chegaram a ser detidos. Os demais deixaram a carceragem da PF nesta madrugada.
Para o ministro Gilmar Mendes, não há “fundamentos suficientes” para justificar a prisão temporária.
Depois de receber as informações da Justiça Federal de São Paulo, o presidente do STF sustentou que a coleta de provas já foi cumprida e que não há hipótese legal para a manutenção da prisão para interrogatório. “Não há fundamentos suficientes que justifiquem o decreto de prisão temporária dos pacientes, seja por ser desnecessário o encarceramento para imediato interrogatório, seja por nada justificar a providência para fins de confronto com provas colhidas”, destacou Gilmar Mendes.
Gilmar Mendes concedeu um pedido de habeas corpus solicitado pela defesa. Ele tomou a decisão após analisar informações encaminhadas pela 6ª Vara Criminal Federal de São Paulo sobre a prisão temporária do banqueiro e da irmã e sobre as medidas de busca e apreensão feitas pela PF.
Liminar
A decisão de Mendes veio horas depois de o ministro ter concedido apenas em parte uma liminar (decisão provisória), permitindo que a defesa tivesse acesso ao inquérito policial que investiga o caso. Na ocasião, Gilmar Mendes não analisou o pedido de liberdade, também pleiteado no habeas corpus. O presidente do STF pediu informações à Justiça para, somente então, decidir sobre a liberdade. No dia 11 de junho, os advogados do banqueiro já tinham entrado com um pedido de habeas corpus preventivo no Supremo. Diante da prisão de Dantas e da irmã, protocolaram, na terça-feira (8), uma petição solicitando que o pedido fosse julgado de imediato. Eles estão entre as 17 pessoas presas na Operação Satiagraha. Também estão entre os presos o ex-prefeito de São Paulo Celso Pitta e o empresário Naji Nahas.

Inscrições para a PM/MG terminam hoje, dia 10

Foto: PM online
Termina hoje, quinta-feira (10) o prazo de inscrição no concurso para soldado da Polícia Militar de Minas Gerais. O concurso oferece 1.600 vagas para candidatos que cursaram o nível médio. Dessas, 1.440 são para candidatos do sexo masculino e 160 para o feminino. A remuneração inicial é de R$ 1.255,34.
Para participar do concurso é necessário fazer o pagamento de taxa no valor de R$ 29,34. A seleção terá provas objetivas, exames de saúde e exames complementares de saúde, teste físico e avaliação psicológica.
As provas de conhecimento devem ocorrer em 14 de setembro, em diversos municípios mineiros, inclusive Montes Claros.

8 de jul de 2008

Revista Tempo nas bancas

Caros leitores,Impressiona a facilidade com a qual acontecem crimes pela rede mundial decomputadores: a internet. Talvez a falta de leis sobre o assunto promova oaumento das imagens divulgadas por pedófilos, que trocam e enviam as fotosde crianças sendo sexualmente abusadas, as exibem como se fossem “troféus” nas salas de bate-papo. E o crime acontece livremente, como ficou comprovadona reportagem produzida pela TEMPO.
Após a série de entrevistas publicadas com exclusividade pela TEMPO, onde oscandidatos tiveram a oportunidade de abordar sobre os mais distintos temas,chegou a hora do eleitor fazer a escolha sobre quem será o próximo prefeitode Montes Claros, que pode novamente ter o segundo turno.
E por falar em eleições, o leitor terá a acesso a entrevista concedida pelojuiz eleitoral Danilo Campos.
TEMPO que assume o firme propósito de levar a informação até o leitor, comum jornalismo sério e ético, reafirme o compromisso de estar à serviço dapopulação norte-mineira.
revistatempo@viamoc.com.br
Telefone (38) 32210310

Daniel Dantas comprou metade do Brasil

O jornalista Paulo Henrique Amorim, do blog Conversa Afiada, afirma que Daniel Dantas e suas várias quadrilhas foram presos graças ao trabalho exemplar do delegado federal Protógenes Queiróz. Ele investiga Daniel Dantas há pelo menos quatro anos, desde a Operação Chacal, desfechada em 2004. Desde então botou Maluf na prisão, que o STF soltou; depois desmontou a máfia russa do Corinthians; e também devassou a teia do maior contrabandista brasileiro, Law Kim Chong, que também continua solto graças à Justiça. Paulo Henrique Amorim afirma que Daniel Dantas comprou, corrompeu, metade do Brasil, entretanto os delegados Paulo Lacerda e Protógenes Queiróz ficaram na outra metade que não foi comprada.

7 de jul de 2008

O medo dos blogs.TSE restringe uso de internet na campanha

A restrição imposta pelo Tribunal Superior Eleitoral ao uso da internet como instrumento de propaganda fechou as portas do mundo virtual para a divulgação de informação jornalística e de manifestações individuais sobre candidatos.
A limitação está prevista na Resolução nº 22.718, uma espécie de guia para as eleições municipais deste ano. O ponto mais polêmico é o fato de o TSE ter equiparado legalmente a internet ao rádio e à televisão, que são concessões públicas.
A legislação eleitoral proíbe a mídia eletrônica de difundir opinião favorável ou contrária a candidato e ainda de dar tratamento diferenciado aos postulantes. Já os jornais e revistas, que são empresas privadas, não sofrem restrições.
Na prática, a equiparação significa que as inúmeras ferramentas da internet -como blog, e-mail, web TV, web rádio e páginas de notícias, de bate-papo, de vídeos ou comunidades virtuais - não poderão ser usadas para divulgar imagens ou opiniões que configurem apoio ou crítica a candidatos.

5 de jul de 2008

Pomba é condenada por improbidade administrativa e estelionato

A vereadora do PSDB e ex-superintendente de ensino Maria de Fátima Pereira Macedo foi condenada pela 1ª Vara da Fazenda Pública de Montes Claros por ato de improbidade administrativa.
A ação de improbidade foi proposta pelo Ministério Público Estadual (MPE).
Em 1998, como diretora da 22ª Superintendência Regional de Ensino (SRE), Maria de Fátima designou três pessoas para o exercício de funções públicas. Os três funcionários, apesar de receber remuneração paga pelo Estado, nunca trabalharam para a SRE. A superintendente, que se licenciou do cargo para ser candidata a deputada estadual, usou essa mão-de-obra para trabalhar, exclusivamente, em seu comitê eleitoral. Para isso, incluiu indevidamente os nomes das três pessoas designadas no sistema informatizado de pessoal e falsificou listas de freqüência de funcionários da SRE.
O prejuízo sofrido pelos cofres estaduais é de cerca de R$ 10 mil. Maria de Fátima foi condenada às sanções de ressarcimento do dano ao erário, suspensão dos direitos políticos por oito anos, perda da função pública de vereadora e multa civil de três vezes o valor do dano. Ela já havia sido condenada pela 2ª Vara Criminal, pelos mesmos fatos, que caracterizam estelionato, à pena de dois anos e nove meses de reclusão. As três pessoas designadas pela vereadora e outras duas que auxiliaram a praticar a fraude também foram condenadas por improbidade administrativa.

Reeleição da reeleição, da reeleição, da reeleição, da reeleição...

Apesar de a legislação eleitoral impedir que prefeitos, governadores e presidentes se elejam, de forma consecutiva, para mais de dois mandatos, Warmillon Braga (DEM) e Ronaldo Mota Dias (PR) , prefeitos de Pirapora e Coração de Jesus, respectivamente, encontraram uma forma de “burlar” a legislação ao mudar o domicílio eleitoral.
Warmillon Braga foi prefeito em Lagoa dos Patos por dois mandatos e agora está em Pirapora (MG), onde tentará sua reeleição. Já Ronaldo Mota Dias foi reeleito prefeito em São João da Lagoa e agora também tentará a reeleição na vizinha Coração de Jesus (MG). Eles registraram suas candidaturas ontem, 4/7/2008.
De acordo com a boca miúda, se as eleições fossem hoje ambos estariam reeeeeeeleitos.
Se isso acontecer, só falta Warmillon Braga mudar novamente seu domicílio eleitoral para Buritizeiro e Ronaldo Mota para Claro dos Poções, para continuarem prefeitos, daqui a quatro anos.

Globo perde um terço do ibope em junho

Dados consolidados do Ibope apontam que a Record se aproximou ainda mais da Globo no mês de junho.
A Globo registrou média de 17,1 pontos de audiência na Grande São Paulo no mês passado. Em 2006 havia registrado 25,7 pontos. A queda é de 33,5%, ou 1 em cada três telespectadores (quase o ibope de um SBT mais uma TV Cultura somados). Já a Record marcou 9,6 pontos no mês passado contra 6,2 em 2006 (crescimento de 55%). A distância entre a líder e a vice-líder caiu no mês passado para 7,5 pontos (ou 7, com o arredondamento).
A expectativa da Record é tirar 3,5 pontos da Globo no máximo até 2010. Caso isso ocorra, empatará na liderança com 13 pontos - algo impensável na TV brasileira cerca de dois anos atrás.Embora tecnicamente estagnado, o SBT também registra oscilação negativa desde 2006: de 7,7 pontos em 2006 para 6,7 pontos em 2008.

4 de jul de 2008

PF devassa indústria de sentenças em MG

Reação do presidente do Supremo e de outros magistrados contra a atuação da PF procura intimidar investigações

Agora chegou a vez do Poder Judiciário. Como em todos os escândalos ocorridos nos últimos anos, nas diversas esferas de Poder no País, tiveram sua origem em Minas Gerais.
Ao investigar o sistema de corrupção montado pelo grupo SIM, a Polícia Federal (PF) adentrou uma das últimas áreas mineiras que ainda mantinha-se distante dos holofotes da opinião pública.
É público e notório que, há mais de uma década, o TRE-MG, embora seja um tribunal, desta forma deveria ser uma Casa Jurídica, contaminou-se, transformando em uma Casa Política. Principalmente através da famosa indicação de um membro da corte pela OAB.
Leia + AQUI
"É chegada a hora de o Brasil reinstitucionalizar essas relações. Já falei isso com presidente da República. É necessário que nós promulguemos uma nova lei de abuso de autoridade. A lei é de 1965, do governo Castelo Branco, e está totalmente defasada, para que nós possamos abranger esses maus tipos penais que se verificam a toda hora", defendeu o presidente do STF, Gilmar Mendes. "É preciso encerrar com esse quadro de intimidações. É abusivo o que se vem realizando. Nós repudiamos com toda a veemência". Concluiu o magistrado

Tarso diz que alvo da PF é a corrupção
Ministro da Justiça, Tarso Genro, reagiu ao presidente do STF, Gilmar Mendes, que acusa a Polícia Federal de abuso.
O temor de um "Estado policial", autoritário, versus a apologia do combate à corrupção em larga escala colocou o Executivo e o Judiciário em rota de colisão. O ministro da Justiça, Tarso Genro, rebateu ontem críticas do presidente do STF, Gilmar Mendes, à Polícia Federal. E desafiou o chefe da instância máxima do Judiciário a apontar um único caso recente de abuso. No dia anterior, Mendes havia sugerido ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva o envio de um projeto para punir autoridades por vazamento de dados em investigações sigilosas.
Mendes vem endurecendo o discurso desde o final do ano passado. Ele próprio foi citado no desenrolar da Operação Navalha - uma lista de beneficiários da Construtora Gautama, pivô de fraudes em obras, incluía um homônimo seu. Mendes assumiu o comando do STF e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidido a combater prisões desnecessárias e vazamentos de conversas. Irritado, comparou abusos policiais a modelos adotados na Alemanha nazista e na ex-União Soviética.
A provocação de Tarso esquenta a troca de farpas. As operações são vistas como uma vitrine da gestão Lula, tanto que o titular da Justiça reforçou ontem: as reações à atuação da PF vão continuar, já que a elite e autoridades estão sendo atingidas. No dia anterior, o ministro já respondera a outro comentário de Mendes, dizendo que vazamentos eram sim "coisa de gângster", mas frisando: "Quanto à Polícia Federal, ele pode ficar absolutamente tranqüilo. Lá não tem vazamento."
Leia + AQUI

UMA MADALENA DO DEMO

Vereadora do Democratas foge com ata de convenção para impedir lançamento de candidato.

Iremar Antunes só conseguiu protocolar sua candidatura na última terça-feira, após entrar com recurso TRE.

A vereadora de Olhos D’Água, no norte de Minas, Maria Madalena de Jesus fugiu da convenção do Democratas levando o livro ata da reunião. Segundo o partido, a ação da vereadora foi uma tentativa de impedir o lançamento de um candidato à prefeitura nas eleições municipais.

O candidato Iremar Antunes só conseguiu protocolar sua candidatura nesta terça-feira, após entrar com recurso no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG). A vereadora continua foragida.

3 de jul de 2008

Adeus Patão!

No aniversário de 151 de Montes Claros, a cidade perde o artista plástico e animador cultural Hélio de Castro Guedes, o Patão, filho de Godofredo e irmão de Beto Guedes.
Morreu na madrugada desta quinta-feira, 3 de Julho, aniversário de Montes Claros, um dos nomes mais conhecidos de Montes Claros - o artista plástico e animador cultural Hélio de Castro Guedes, o "Patão", filho do pintor e compositor Godofredo Guedes, irmão do cantor Beto Guedes.
Tinha 60 anos e convalescia de um câncer nos últimos 3 anos. Morreu em casa, quando demonstrava uma incomum esperança de se restabelecer plenamente.
Patão enfrentou a doença com otimismo, apesar das freqüentes internações hospitalares, e as notícias que enviava aos amigos anunciavam que estaria plenamente recuperado em pouco tempo, otimismo que se acentuou nestes últimos dias.
A morte de Patão veio no dia em que Montes Claros completa 151 anos do título formal de cidade.
Patão marcou época na vida de Montes Claros, que dele se despede neste dia de aniversário.