Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

25 de jul de 2008

Fazenda de Daniel Dantas foi ocupada pelo MST

Cerca de mil agricultores ligados ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocuparam esta manhã em Eldorado dos Carajás, no Pará, a fazenda Maria Bonita, que pertence à Agropecuária Santa Bárbara, do Grupo Opportunity, de Daniel Dantas.
Segundo o coordenador estadual do MST, Charles Trocate, a invasão foi um "protesto contra a corrupção do grupo desse banqueiro na região".
A Polícia Militar foi chamada por um gerente da fazenda, mas informou que só por intermédio de ação de reintegração de posse poderá retirar os invasores.
Dantas foi preso duas vezes há quinze dias pela Polícia Federal na Operação Satiagraha - que investiga desvio de verbas públicas, evasão de divisas e lavagem de capital -, e solto por habeas-corpus concedido pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes.
A fazenda foi vendida ao grupo pelo pecuarista paraense Benedito Mutran Filho, que vendeu a Dantas também as fazendas Cedro e Espírito Santo. Juntas, as três fazendas possuem mais de 100 mil cabeças de gado.
Nesta semana, por ordem da governadora Ana Júlia Carepa (PT), o Instituto de Terras do Pará (Iterpa) iniciou um levantamento para identificar o real montante de terras adquiridas no Estado pelo grupo Opportunity.
O objetivo é verificar a suspeita de que as terras seriam públicas.

Nenhum comentário: