Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

30 de dez de 2008

O povo de Montes Claros inaugura USINA DE BIODIESEL, ETE e AVENIDA MAGAHÃES PINTO

ATHOS E O POVO FIZERAM
USINA DE BIODIESEL
Além da doação de terreno de mais de R$ 1 milhão para a Petrobras construir a Usina de Biodiesel em Montes Claros, a Prefeitura trabalhou na obtenção de licenças ambientais. A vinda da usina só foi possível porque teve o empenho pessoal do prefeito Athos avelino.

ETE
A Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) é a maior obra de infra-estrutura já realizada em Montes Claros. A obra vai garantir a despoluição completa do Rio Verde Grande, um dos mais importantes afluentes do Rio São Francisco, beneficiando todas as cidades inseridas na Bacia Hidrográfica do Verde Grande. Com isso, promoverá a sustentabilidade e o equilíbrio ambiental no Norte de Minas. Todo oprojeto foi executado pela Gestão Athos Avelino.

AVENIDA MAGAHÃES PINTO
A Gestão Athos não só elaborou o projeto básico como também executou as obras complementares e pagou mais de R$ 1 milhão e 500 mil de indenização aos proprietários de imóveis localizados ao longo da via.

Januária poderá ter o 8º prefeito em menos de cinco anos

A cidade de Januária, com 65 mil habitantes e localizada no norte de Minas Gerais, já teve nos últimos cinco anos nada menos que sete prefeitos - quatro deles cassados, além do afastamento recentemente da metade dos vereadores, envolvidos em corrupção. (leia aqui)
Agora, surge fortes comentários de que o prefeito eleito de Januária, Maurílio Arruda (PTC), planeja renunciar ao cargo logo após a posse no cargo para assumir um cargo na magistratura para o qual acaba de ser aprovado em concurso público.
Mas Arruda nega que vá renunciar ao mandato, segundo o blog de Luís Cláudio.
"Prefeito eleito de Januária, Maurílio Arruda (foto), diz que é boato a notícia de que vai passar cargo para o vice para assumir cargo de juiz
Não passa de boato a notícia que o prefeito eleito de Januária, Maurílio Arruda (PTC), planeja renunciar ao cargo logo após a posse no cargo para assumir um cargo na magistratura para o qual acaba de ser aprovado em concurso público. Pelo menos foi essa a versão que Arruda acabou de enviar ao Blog, via e-mail.
Arruda não confirmou se passou mesmo no concurso para juiz de Direito, mas disse que “com fé em Deus, primeiro, devo assumir o comando que o povo de Januária serenamente e eticamente me elegeu. Depois, quem sabe, volto para a carreira jurídica”. Ainda de acordo com Arruda, essa história teria sido “inventada” pelo jornalista Fábio Oliva, do Folha do Norte – que efetivamente alertou o Blog para o assunto, que já trata como “maior estelionato eleitoral da história de Januária”.
Januária ferve com a informação, porque o vice do prefeito eleito Maurílio Arruda é Afonso José dos Santos, o Afonso do Sindicato (PTC). Na hipótese de Afonso do Sindicato assumir o mandato, Januária fica em situação bastante semelheante com a que o município vivencia hoje ao conviver com o vice que virou titular com sinais evidentes de que não era preparado para a empreitada. A conferir".

27 de dez de 2008

Jadeu Leite nomeia sua panelinha

Este blog aguarda a nomeação do secretariado do Jadeu Leite, já que ele anunciou que iria montar um secretariado técnico, competente e coisa e tal, mas até agora só anunciou a panelinha de dentro de sua casa, com cunhado & cia.
A saúde ele entregou para a rede privada, já que o futuro gestor odeia a coisa pública. Foi provedor de todos os hospitais particulares de Montes Claros e jamais passou na porta do hospital Universitário. Paradoxalmente, brigou com unhas e dentes e puxou os cabelos para não fossem implantadas faculdades particulares de medicina na cidade... Vá entender!
O raspadinha da Fafil dispensa comentários. Mas vai ser o cara para captar recursos. Só não sabemos pra quem.
Na educação, parece paixão recuída. Só falta convidar Padoani e Airton para merendar.
Na cultura, a distribuição de renda deverá ser o tema permanente. Só esqueceu de convidar Pedro Boi para colocar a culpa.
No meio ambiente ele cercou com Aramis para soltar os pombos-correios.
Na fazenda... deixa pra lá, vamos aguardar a quitação dos cheques de campanha, dos panfletos mentirosos e os caixas 2, 3, 4, 5.... nas mãos do Ministério Público.

25 de dez de 2008

Presidente Lula está na lista dos 50 mais poderosos e influentes da revista Newsweek

"Economistas chiaram quando o barbudo ex-sindicalista assumiu o poder em 2003, mas logo eles estavam suspirando. Brasil, antes à beira da ruína, agora tem US$ 207 bilhões em reservas e a menor inflação entre os países em desenvolvimento. Graças à política fiscal inteligente da equipe econômica de Lula, o País está entre as mais saudáveis economias dos países emergentes".
Com essas palavras a revista norte-americana Newsweek definiu o presidente Luiz Inácio Lula da Silva como o 18º na lista dos 50 mais poderosos e influentes do mundo atual. Lula figura entre líderes mundiais de destaque, como Hu Jintao, presidente da China e segundo colocado, e Nicolas Sarkozy, presidente da França, que vem logo atrás do chinês na lista.
Lula ficou à frente do Dalai Lama, líder espiritual do Tibet, do Papa Bento 16, do magnata da mídia Rupert Murdoch e do chefão do FMI, Dominique Strauss-Kahn, entre outras celebridades. No topo, Barack Obama, o primeiro presidente negro eleito nos Estados Unidos.
Publicada no último sábado, dia 20 de dezembro, a lista teve pouco destaque na mídia brasileira. Por que será? No editorial da edição 17 da Brasileiros, o diretor de redação Hélio Campos Mello lembra que Lula foi o mais bem avaliado entre os líderes latino-americanos, em pesquisa da ONG chilena Latinobarómetro. Nenhum destaque no Brasil. Por que será?
Confira a lista completa da Newsweek AQUI

23 de dez de 2008

VIÚVO AGORA POOOODE!!!

A jornalista Mirian Dutra, da Rede Globo, retornou do exterior há 20 dias.
Ainda não se sabe se ela vai contar o porquê do recato e do silêncio de mais nos doze anos do seu exílio - a maior parte do tempo na Espanha. Revendo meus arquivos, encontrei:
Há alguns anos foi realizado no Fórum da Cidade do Rio de Janeiro o seminário 'DEMOCRACIA, IMPRENSA E JUDICIÁRIO' promovido pela Escola de Magistratura do Rio de Janeiro.
Eis um registro: 'O assunto que rendeu mais controvérsia no Seminário foi a forma como a imprensa brasileira era condescendente com o Presidente da República...
A questão entrou em pauta quando um jurista citou como exemplo de Conivência jornalística o romance do presidente Fernando Henrique Cardoso com a jornalista da TV Globo Miriam Dutra.
Era no escritório-garçoniére que o então candidato à presidência da república mantinha encontros com uma de suas amantes, a correspondente da TV Globo em Brasília Miriam Dutra. Quando FHC cresceu nas pesquisas para presidente, a ambiciosa jornalista, pensando no seu futuro pessoal e profissional aplicou aquele velho golpe que louras oxigenadas costumam dar em pagodeiros e jogadores de futebol.
Deu uma 'chave ' em FHC e engravidou. A ardilosa jornalista passou a carregar um furo de reportagem em seu próprio ventre. Um filho daquele que seria o próximo presidente da Repúblicado Brasil.
Ao saber que a amante estava grávida, Fernando Henrique entrou em pânico.
Afinal, como diria outro Fernando, aquilo era nitroglicerina pura. FHC tentou convencer a amante a fazer um aborto mas ela riu na cara dele. A mulher não ia jogar fora o seu pé de meia, sua caderneta de poupança.
Foi aí que entrou em ação a operação abafa.
Leia + na Bodega Cultural

Montes Claros - Sai a transparência e a ética e entra a demagogia e os interesses inconfessáveis

O prefeito Athos Avelino deixará a Prefeitura saneada e organizada administrativamente, situação bem diferente do que fez Jadeu Leite quando adminstrou a cidade.
Enquanto Athos Avelino revitalizou e construiu diversas praças de primeira qualidade, dentre elas a da Matriz Jadeu Leite deixou as praças num verdadeiro caos, como a Dr. Carlos, invadida por camelôs
Fonte: Claros Montes

Menino do rio curtindo verão em Jurerê Internacional

Jurerê Internacional, o caminho que separa o pó da lama
Tem cheiro estranho no ar...
"Daí mineiros. Enquanto o Estado de vocês, lamentavelmente, sofre também com as chuvas, seu governador está aqui em Floripa.
Na foto ele e a namorada Letícia aproveitam o primeiro dia do verão em Jurerê Internacional".
Via:
Esquerda Festiva

22 de dez de 2008

Decisão do STF sobre vereadores fica para 2009

O Supremo Tribunal Federal (STF) informou que o mérito do mandado de segurança será decidido depois do recesso do Judiciário, que termina em 31 de janeiro.
O ministro do Supremo Celso de Mello pediu informações à Câmara e não atendeu ao pedido de liminar feito por Garibaldi, para imediata promulgação da emenda, com o argumento de que esgotaria a questão antes das alegações de Chinaglia. Na quinta-feira passada, a Mesa Diretora da Câmara decidiu não promulgar a emenda constitucional, por considerar que ela foi modificada no Senado e deixou de limitar os gastos das câmaras municipais, apesar do aumento de vereadores. A promulgação da emenda deveria ser conjunta, da Câmara e do Senado. Na sexta, Garibaldi impetrou um mandado de segurança no Supremo.

20 de dez de 2008

Justiça de Francisco Sá funciona e cassa prefeito

Depois que o juiz de Montes Claros Dr. Adilson Salgado - o mesmo que absolveu o Jadeu Leite numa decisão contraditória -, devolveu o processo para o juiz Ademar Batista da Paixão, da 115ª Zona Eleitoral de Francisco Sá, o prefeito Reinaldo Landulfo Teixeira (PTB), teve seu registro cassado.
O prefeito contratou irregularmente 160 (cento e sessenta) servidores públicos no período eleitoral. Na defesa o prefeito informou que o objetivo das contratações era o combate à Dengue e Leishimaniose e que essas contratações foram realizadas no período de 26 e 27 de Junho de 2008, período em que não há proibição de contratação de pessoal por agentes públicos.
César Emílio, do PT assume a prefeitura apatir do dia 1º de Janeiro.

PT desautoriza trairas negociarem com Jadeu Leite

Depois de muitas conversinhas de cargos e até secretarias no futuro desgoverno ficha suja Jadeu Leite, o Partido dos Trabalhadores de Montes Claros encaminhou nota a imprensa esclarecendo a decisão e os encaminhamentos ocorridos na reunião do Diretório do Partido, ampliada para os seus militantes, ocorrida no último dia 15 de novembro, onde o PT decidiu não discutir qualquer especulação ou eventual participação no próximo governo. Portanto, turma do Pimentécio, o PT de Montes Claros não vai aceitar a mesma coisa que vocês fizeram em BH. Ou seja, entregou o partido para o governador.

19 de dez de 2008

Lula condena aumento de vereadores

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva condenou nesta sexta-feira a decisão do Congresso Nacional de aprovar a criação de mais 7.343 vagas de vereadores.
Durante café da manhã com jornalistas, o presidente observou que, apesar de não dever se intrometer nas decisões tomadas pela Câmara ou pelo Senado, a determinação de se ampliarem as cadeiras nas assembléias legislativas não resolve os atuais problemas enfrentados pelas cidades.
"Não vejo necessidade de mais sete mil vereadores. Não tenho o direito de interferir nas decisões da Casa legislativa, mas não vejo necessidade. Não serão mais sete mil vereadores que irão resolver os problemas das cidades", comentou.
Ontem, a mesa diretora da Câmara dos Deputados barrou a tentativa do Senado de confirmar esta vergonha nacional de aumentar em 14,1% o número de vereadores do país sem previsão de corte de gastos.

Política de Buteco corrige barrigada deste blog

Segundo o blog Política de Buteco os “pseudo-jornalistas” de Montes Claros erraram feio.
Caso o Senado consiga garantir a promulgação da PEC dos vereadores através do Supremo Tribunal Federal (STF) - leia Aqui, os vereadores Guila, que teve mais de 2000 votos e Aldair do PT, que teve quase 2.500 votos, ficarão chupando os dedos com a nova lei. Rosemberg Medeiros e Maria Helena Lopes serão os felizardos.
Neste caso, a composição da Câmara ficaria da seguinte forma: Alfredo Ramos, Marcos Nem, Pastor Elair, Athos Mameluque, Frank Cabelereiro, Idelfonso, Raimundo do INSS, Rita Vieira, Rosemberg Medeiros, Pastor Altemar, Ildeu Maia, Edwan do Detran, Júnior de Samambaia, Tone Câmara, João de Deus, Dr Silveira, Claudim, Aurindo Ribeiro, Damazio, Valcir da Ademoc, Luciana Caribé, Maria Helena Lopes e Jenival (Jê).
E se o vereador Ildeu Maia for mesmo cassado e não assumir, assume o suplente Cabo Novaes, que teve 1216 votos.
Ademar Bicalho, Lipa Xavier e Fátima Pereira seriam os únicos Pombos-Correios que ficariam de fora, caso seja aprovada a PEC dos vereadores.
Isto é, se o blogueiro Quem é que sabe estiver com razão. Como estou com preguiça de pesquisar, prefiro levar outra barrigada.

18 de dez de 2008

Câmara de Montes Claros ganha mais 8 vereadores

O Senado Federal aprovou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC20/08) que altera a proporcionalidade de vereadores em relação ao número de habitantes nos municípios. Com isso, o Brasil terá 7.343 novos vereadores.
As cidades com até 15 mil pessoas terão nove vereadores e aquelas com mais de 8 milhões de moradores terão 55 vereadores.
Os limites de gastos das Câmaras municipais não foram modificados e um artigo prevê que a mudança valerá para os vereadores que tomarão posse no próximo mês.
Com isso, Montes Claros passará de 15 para 23 vereadores.
Dos oito vereadores beneficiados (Aldair Fagundes (PT), Aurindo Ribeiro (PPS), Guila Ramos (PR), Irmão Carlinhos (PSC), Jenival (PHS), Júnior de Samambaia (PV), Luciana Caribé (PTB) e Idelfonso (PMDB), dois, Aurindo Ribeiro (PPS) e Júnior de Samambaia (PV), foram envolvidos em compras de notas fiscais falsas, os chamados pombos-correios (
AQUI). Eles irão se juntar aos outros pombinhos Athos Mameluque (PMDB), Raimundo do INSS (PDT) e Marcos Nem (PR), que conseguiram suas reeleições, graças à morosa justiça de Montes Claros, que até agora não julgou o caso.
Veja
AQUI os vereadores que foram "beneficiados" com PEC, aprovada pelo Senado.

CÂMARA BARRA AUMENTO DO NÚMERO DE VEREADORES

A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados decidiu barrar o aumento do número de vereadores dos atuais 51.748 para 59.791, decidindo, por unanimidade, não assinar a promulgação da PEC dos Vereadores, aprovada na madrugada desta quinta-feira pelo Senado. As mudanças constitucionais aprovadas pela Câmara e pelo Senado devem ser promulgadas pelas mesas das duas casas antes de entrar em vigor.

A PEC já havia sido aprovada pela Câmara em maio deste ano e aumenta o número de vereadores dos atuais 51.748 para 59.791. Os senadores, no entanto, modificaram os percentuais das receitas municipais que poderão ser destinadas às câmaras de vereadores.O segundo vice-presidente da Câmara, deputado Inocêncio Oliveira (PR-PE), explicou que a Mesa avaliou que a proposta foi alterada substancialmente no Senado e que, portanto, deve retornar à Câmara para nova análise. Na opinião de Inocêncio, a PEC deve tramitar no próximo ano e as alterações propostas só devem valer para o próximo mandato (2013-2017).

Acerte uma sapatada na cara do Bush

Faça o que o repórter iriquiano Muntazer al Zaidi teve o azar de não conseguir.
Já tá na net o Game Bush Shoe Throw.
Clique AQUI e acerte uma sapatada na cara do Bush ou quantas você conseguir em 50 segundos. Capriche na mira porque o joguinho tem até “Hall da Fama“.
O jornalista Muntazer al Zaidi não acertou.
Mas, agora, VOCÊ TEM A CHANCE DE FAZÊ-LO QUANTAS VEZES QUISER!!!
http://bushbash.flashgressive.de/

17 de dez de 2008

Crise atinge empresa do vice-presidente Zé Alencar

Segundo o blog A Província, as empresas do vice-presidente da República, José Alencar, Coteminas e Cotenor, em Montes Claros deu férias coletivas para mais de 1.200 trabalhadores, deixando preocupado o sindicato da categoria, que teme demissões em masa.
A entidade já busca apoio do Ministério Público e do Ministério do Trabalho para impedir medida do gênero, que colocaria milhares de pais de família no desemprego.

MP no encalço de Jadeu

O Ministério Público de Montes Claros se reuniu nesta quarta-feira e decidiu requerer da Justiça que a diplomação do prefeito eleito ficha suja, marcada para amanhã (quinta-feira, 18), fique sub-judice.
Isso quer dizer que os efeitos da diplomação ficarão condicionados ao julgamento final da ação que pretende impedir a diplomação.
O juiz Antônio Adílson Salgado indeferiu a ação com argumento contraditório: reconheceu o crime, mas ignorou a autoria.
Por dever de gratidão, grupo ligado a Jadeu Leite planeja organizar churrasco em frente ao Fórum Gonçalves Chaves.
Os promotores já adiantaram que irão até a última instância para impedir que Jadeu Leite, que falsificou panfletos na campanha eleitoral, além de cometer outros crimes, seja o prefeito a partir de 2009.

A MALDIÇÃO DE JANUÁRIA

Justiça determina retorno de Sílvio Aguiar ao cargo de prefeito
JANUÁRIA (MG) - Ele não desiste. Flagrado em esquema de pagamento de propina a vereadores, o prefeito afastado de Januária, Sílvio Joaquim de Aguiar (PMDB), conseguiu nesta terça-feira, 16/12, medida liminar no Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) e deve voltar ao cargo na manhã desta quarta-feira. Ele foi afastado no final do mês de novembro pelo Juiz Cássio Azevedo Fontenelle, da 1ª Vara Cível da Comarca local.
A liminar, que foi concedida pelo desembargador Sérgio Resende, provoca a oitava troca de titulares no cargo de prefeito de Januária desde o final de 2004. Com o retorno de Sílvio, o vereador Antônio Carneiro da Cunha, o Tonheira (PSB), que ocupava o cargo de prefeito, reassume a cadeira de presidente da Câmara Municipal de Januária.
O processo de afastamento do prefeito teve início a partir de uma denúncia formulada ao Ministério Público pela Asajan (Associação dos Amigos de Januária), organização não governamental de combate à corrupção. No início deste ano, a entidade descobriu que a Prefeitura de Januária comprava combustíveis sem licitação do Posto Central. As investigações concluíram que o esquema funcionou até abril, mês em que a proprietária do posto, Sônia Stadter Pimenta, foi presa em flagrante tentando burlar processo licitatório para fornecimento de combustíveis ao município mediante combinação de preços com outros donos de postos de gasolina.
Paralelamente à ação civil pública proposta pelo MP contra o prefeito e o Posto Central, a Asajan denunciou o caso à Câmara de Vereadores, quando foi pedida a abertura de processo de cassação contra Sílvio Aguiar. No curso do processo de impeachment, os vereadores Mário Silvério Viana (PV), o Nego Viana, e João Gomes Teixeira (PSC), presidente e vice-presidente da Comissão Processante, pediram o arquivamento da denúncia. Os dois são acusados de receber propina de Aguiar para enterrar a denúncia.
O parecer pelo arquivamento foi rejeitado em plenário e os trabalhos prosseguiram. Confiante no arquivamento, o prefeito não apresentou defesa nem constituiu advogado.
Durante o andamento dos trabalhos da comissão, gravações ambientais autorizadas pela Justiça revelaram que o prefeito teria instalado um sistema de câmeras em sua residência para supostamente registrar em vídeo o pagamento de propina a vários vereadores. Em seguida, teria passado a chantagear os vereadores com os fitas em que eles apareceriam recebendo propina. Semana passada, com autorização judicial, oficiais de Justiça e policiais militares invadiram as casas e os gabinetes do prefeito e de seu braço direito, o
advogado Vandeth Mendes Júnior, conseguindo apreender vários DVDs, inclusive os que contêm os vídeos de vereadores recebendo propina.
Postagem filada do blog do Fábio Oliva que filou do blog do Luís Cláudio Guedes

PCdoB entra no páreo para presidir novamente a Câmara dos Deputados

Na manhã desta quarta-feira (17), o chamado bloco de esquerda da Câmara, o PP e o PR vão lançar, na liderança do PSB, as candidaturas dos deputados Aldo Rebelo (PCdoB-SP), Ciro Nogueira (PP-PI) e Milton Monti (PR-SP) à Presidência da Câmara para disputar o cargo com o Michel Temer (PMDB/SP).
Ontem (16), o deputado Aldo Rebelo já tinha entrado no páreo, lançando oficialmente sua candidatura à Presidência da Câmara. Ele já presidiu a Casa de 28 de setembro de 2005 a 31 de janeiro de 2007.
Na última eleição para a Presidência da Câmara, Aldo Rebelo disputou e perdeu o cargo para o atual presidente Arlindo Chinaglia (PT-SP).
Em nota, o líder do PSB afirma que o objetivo da articulação desses partidos em lançar os três candidatos é levar a disputa pela Presidência da Casa ao segundo turno. França informou que os partidos apoiarão os três candidatos “e quem chegar ao segundo turno terá o apoio dos demais contra Temer”.
O bloco de esquerda é formado pelo PSB, PCdoB, PDT, PMN e PRB e soma 76 deputados. O PP tem 41 e o PR 43 deputados. O bloco de esquerda, o PP e o PR somam 160 deputados.”

16 de dez de 2008

Diplomados os prefeitos eleitos de Montalvânia e Juvenília

O juiz da Comarca de Montalvânia, Flávio Branquinho da Costa Dias, diplomou na manhã desta terça-feira (16) os prefeitos de Montalvânia, José Aparecido Correa Lisboa, o padre Zé (PTB) e Antônio Marinho de Matos (PFL) prefeito reeleito de Juvenília, município vizinho a Montalvânia, que conseguiu sua diplomação através de uma liminar, depois que teve sua diplomação indeferida pelo juiz da Comarca de Montalvânia, sobre a alegação de "captação ilícita de sufrágio".

Fernando Abreu - Jornalista

15 de dez de 2008

A justiça é cega, mas a injustiça podemos ver

A justiça de Montes Claros, que o prefeito eleito ficha suja, Jadeu Leite, disse que é influenciada pelo churrasco, acaba de absolvê-lo da ação (leia postagem abaixo) proposta pelo MPE.
Você acredita na Justiça?
Você concorda que a Justiça de Montes Claros é influenciada pelo churrasco?
Vote na enquete acima.

14 de dez de 2008

Ministério Público acredita que ficha suja não será diplomado

O Ministério Público Eleitoral (MPE), através dos promotores Felipe Gustavo Gonçalves Caíres, Flávio Márcio Lopes Pinheiro, Ana Maria Camilo da Hora e Rocha e Paulo Vinícius de Magalhães Cabreira, reafirmou, na Justiça, a pretensão de impedir que o prefeito eleito pelo PMDB, Luiz Tadeu Leite, e sua vice-prefeita, Christina Pereira, sejam diplomados, sob a acusação de gastos ilícitos na campanha. Os promotores reafirmaram as denúncias nas alegações finais apresentadas nessa quinta-feira (11) na Ação de investigação judicial eleitoral que impetraram na Justiça Eleitoral mês passado.
A ação foi proposta pelo MPE denunciando Luiz Tadeu Leite e Tereza Christina Pereira Antunes, quando candidatos a prefeito e a vice-prefeito, de terem despendido gastos ilícitos tanto para confecção como para distribuição de pelo menos 50.000 panfletos falsos e mentirosos a respeito de pretenso e inexistente apoio dos Leigos da Arquidiciocese de Montes Claros a Luiz Tadeu Leite. (Fonte: Jornal de Notícias)
Colocando mais carvão na churrasqueira, este blogueiro não acredita numa decisão desfavorável ao deputado Jadeu Leite, mesmo depois que ele afirmou para a Revista Tempo que a justiça de Montes Claros é influenciada pelo churrasco.
“A Justiça local, às vezes, é impregnada pela questão política (...). O Tribunal julga o fato com frieza, não com a emoção e com o compadrio que permeiam as relações entre juízes, promotores e donos de jornais em Montes Claros. Churrasco, sei lá o quê, que acabam criando a possibilidade dessa influência existir”.
Até hoje a morosa justiça de Montes Claros, não julgou os vereadores envolvidos em compras de notas fiscais falsas, os chamados bombos-correios, e muito menos se manifestou sobre o processo do prédio fantasma construído pelo prefeito “eleito”. E você, acredita na diplomação do prefeito eleito? Comente.

12 de dez de 2008

REVISTA TEMPO NAS BANCAS

Adquira a sua pelos e-mails:
www.revistatempo@connect.com.br - www.revistatempo@viamoc.com.br
ou pelo Telefone: (38) 3221 0310

Futuro governador de Minas leva mais benefícios para sua terra natal

O ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, estará amanhã, sábado (13), em Bocaiúva, sua terra natal, participando da inauguração do campus da Universidade Estadual de Montes Claros(Unimontes).
O novo campus, cuja viabilização só foi possível com a participação direta do ministro, oferecerá os cursos de Licenciatura Plena em Química (já no primeiro semestre de 2009) e Física, com previsão de início para o segundo semestre.
Patrus Ananias foi também o responsável pela duplicação da BR-135 em Bocaiúva, mas sequer seu nome foi citado na inauguração da obra pelo ainda prefeito Alberto Caldeira, que é sempre manchete na grande imprensa por cometer algum tipo de corrupção.
Só para registrar, uma vez que muita gente e a própria mídia faz questão de ficar de bico calado, a UNIMONTES já arrebanhou mais de R$ 15 milhões somente no Governo Lula, mas quem leva sempre a fama é o Governo tucano Aécio Neves.
PATRUS GOVERNADOR
Depois que foi recebido com faixas e gritos de "governador" pela militância petista, em recente encontro da "Articulação" do PT de Minas (tendência que no PT nacional integra o Campo Majoritário), em Contagem (MG), Patrus colocou seu nome à disposição do partido para concorrer ao governo de Minas Gerais, em 2010.

Polícia Federal falha e tarda

Depois de fazer um estardalhaço na Prefeitura de Montes Claros, procurando irregularidades na operação denominada "João de Barro", a Polícia Federal caiu a cara. Não encontrou nenhuma irregularidade e teve que devolver toda documentação apreendida.
Mas, infelizmente, por causa dessa desastrosa ação, Montes Claros trocou a transparência pela corrupção. O ficha limpa pelo ficha suja.
Agora, depois que ajudou Athos a perder as eleições para quem constrói prédios fantasmas e persegue seus adversários, vem a Polícia Federal entregar atestado de idoneidade e dizendo que das 119 prefeituras averiguadas, apenas em duas não encontraram nada, entre elas Montes Claros.
Tá na cara que teve dedo desse PMDBosta.
Se eu fosse Athos mandava a Polícia Federal tacar esse atestadozinho no meio daquele lugar.

Cassado vereador campeão de votos de Montes Claros

O Juiz Richardson Xavier Brant, da 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Montes Claros, cassou o mandato do ex-presidente da Câmara de Vereadores de Montes Claros, Ildeu Maia, do PP, por improbidade administrativa, quando exerceu o mandato de Presidente da Câmara Municipal de Montes Claros, no período de 2005/2006.
A sentença também suspende os direitos políticos do vereador por 3 anos. Ildeu Maia foi reeleito nas eleições deste ano, sendo o recordista de votos, mas não será empossado.
Em seu lugar, assume o vereador Júnior de Samambaia.

11 de dez de 2008

PMDB tira Agência Metropolitana das mãos de Pimentel

O PMDB exigiu a inclusão de um artigo determinando que o comando da Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte não seja assumida por quem tenha ocupado cargo público nos últimos 12 meses, para impedir que o prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel (PT/PSDB), seja indicado na lista tríplice de onde sairá o nome do diretor da autarquia.
O temor do PMDB era de que a criação da agência seria uma jogada política para que o prefeito de Belo Horizonte assumisse um cargo de "subgovernador" ou "superprefeito" vinculado ao governo, a fim de garantir visibilidade para se candidatar ao governo em 2010.

10 de dez de 2008

Ministra norte-mineira vota pela demarcação contínua de Raposa Serra do Sol

A ministra Cármen Lúcia, do STF (Supremo Tribunal Federal), votou pela manutenção da demarcação de forma contínua da reserva indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima. Ela seguiu em parte o entendimento do ministro Menezes Direito.
Cármen Lúcia discordou de três das 18 condições colocadas pelo ministro a serem seguidas nas áreas usufruídas pelos indígenas. As condições de números 10, 17 e 18 foram negadas pela magistrada. Elas definem que o trânsito de visitantes e pesquisadores não-índios deve ser admitido em horários e condições estipulados pela administração e vedam a ampliação da terra indígena já demarcada.
Além disso, a condição de número 18 afirma que "os direitos dos índios relacionados as suas terras são imprescritíveis e estas são inalienáveis e indisponíveis", o que a ministra considerou que já está expressamente colocado na Constituição Federal.
Leia
aqui a íntegra de todas as condições apresentadas por Menezes Direito.
Cármen Lúcia foi a primeira a votar após a decisão dos ministros de continuarem a julgar a ação sobre a demarcação da reserva em Roraima. O ministro Marco Aurélio antecipou que irá pedir vista do processo, mas os demais ministros irão proclamar seus votos. Mesmo com a retomada, a decisão ainda dependerá da posição de Marco Aurélio, que só será dada em 2009.
“A portaria e o decreto questionados não descumpriram qualquer uma das exigências legais”, afirmou a ministra em seu voto. Cármen Lúcia disse que a ocupação da área da Raposa Serra do Sol de forma fracionada seria uma usurpação dos direitos dos índios. “Admitir a demarcação segmentada é o mesmo que praticar um ato inconstitucional e nulo”, afirmou.

Justiça vai absolver ficha suja

A morosa justiça de Montes Claros, que até hoje não julgou os vereadores envolvidos em compras de notas fiscais falsas, os chamados bombos-correios, e muito menos se manifestou sobre o processo do prédio fantasma construído pelo prefeito “eleito”, Jadeu Leite, há mais de duas décadas -, deve se pronunciar amanhã, 11, a favor do dito cujo, no caso da representação do Ministério Público.
O MP o acusa de ter se utilizado de recursos financeiros, de modo ilícito, para confundir o eleitorado, distribuindo 50 mil panfletos com a falsa informação de apoio do Conselho de Leigos da Arquidiocese de Montes Claros, que na verdade manifestou apoio foi para o seu adversário, Athos Avelino.

9 de dez de 2008

SUBORNO - Empresas brasileiras estão entre as líderes do ranking

As empresas das potências emergentes são as que mais subornam ao fazer negócios no exterior, segundo um relatório publicado hoje, 9 de dezembro - Dia Internacional contra a Corrupção - , em Londres pela organização Transparência Internacional (TI), que situa as companhias brasileiras no quinto lugar entre as mais corruptas.
O estudo, intitulado Bribe Payers Index (“Índice de Pagadores de Suborno”, em tradução livre), foi elaborado a partir de entrevistas com 2.742 empresários de 26 países e analisou a propensão ao pagamento de suborno de empresas dos 22 maiores países exportadores.
As cinco últimas posições do levantamento são ocupadas por países em desenvolvimento. Entre as 22 nações analisadas, a Rússia obteve a pior nota (5,9), juntamente com China (6,5), México (6,6), Índia (6,8) e Brasil (7,4).
— O indicador dá evidência de que companhias de países exportadores importantes ainda usam a corrupção para conseguir negócios no exterior, apesar de saberem do impacto prejudicial sobre a reputação corporativa — diz Huguette Labelle, presidente da Transparência Internacional.

O urubu agourento da FIESP

Não deve ser tarefa fácil para o presidente Lula ter que lidar com as freqüentes críticas deste urubu narigudo da FIESP.
Imaginem, então, ter que aturá-lo ao seu lado como aconteceu neste evento de abertura do Seminário Empresarial Brasil-Peru. Haja sal de frutas!
Durante este seis anos do Governo Lula, digam-se de passagem, anos muito prósperos para todos os empresários brasileiros, eu não me recordo de ter visto esta criatura mostrar um pouquinho sequer de humildade para agradecer as inúmeras concessões, incentivos e benefícios que este governo ofereceu para garantir e expandir os lucros destes chorões. E não tem sido diferente agora diante desta crise que vem assolando a economia mundial.
O governo federal tem sido reconhecido até por seus maiores detratores pela tempestividade de suas ações para proteger a economia nacional. Êta rapaz mal agradecido.
Continua lendo AQUI no blog Língua de Trapo

Hoje é o dia mundial de combate a corrupção

Nesta data, 09/12, dia mundial de combate a corrupção, nós do Comitê de Combate a Corrupção Eleitoral e Administrativa de Montes Claros reafirmamos o nosso compromisso de atuação no combate a toda forma de corrupção.
Aproveitamos a oportunidade para conclamar aos cidadãos e cidadãs de bem da nossa cidade a engrossar fileira conosco nesta grande luta.
Antônio Atayde
P/ Coordenação do Comitê
CONHEÇA O COMITÊ DE COMBATE A CORRUPÇÃO ELEITORAL E ADMINISTRATIVA - FALE CONOSCO. TEL (38) 32212982

PONTE CAI E DEIXA CIDADE DE BERILO ISOLADA

Uma ponte sobre o ribeirão Gangorras caiu na última sexta-feira, dia 05 de dezembro, e deixou a cidade de Berilo, no Vale do Jequitinhonha, totalmente isolada. A ponte de madeira ficava no km 348 da BR 367.
Chuvas permanentes caem nas cabeceiras dos córregos há mais de um mês, criando cheias caudalosas, derrubando barreiras nas estradas e tornando difícil o trânsito de veículos, pessoas e animais.
A BR 367 que cobre o município entre os municípios de Virgem da Lapa e Chapada do Norte está intransitável. As únicas saídas são as estradas municipais Berilo-Francisco Badaró e Berilo-Lelivéldia não estão preparadas para trânsito pesado de caminhões com cargas pesadas.
Nesta rodovia, o trânsito já era ruim devido à queda de uma ponte de concreto no km 340, em fevereiro de 2003, e até hoje não foi reconstruída, reclama os moradores. Há caminhões de abastecimento de alimentos parados na cidade há 5 dias esperando a estiagem das águas.
O prefeito Lázaro Pereira Neves diz que somente a Prefeitura Municipal já deu socorro a 60 caminhões, caminhonetes, ônibus e veículos que ficam atolados, utilizando tratores e pás carregadeiras, além do uso da mão-de-obra de servidores municipais com pás, enxadas e picaretas.
A linha de ônibus Araçuaí--Berilo-Minas Novas, da Viação Rio Doce, está paralisada desde 20 de novembro. As pessoas que têm necessidades de atendimento de saúde fora do município, audiência judicial e outras urgências são transportadas por veículos da Prefeitura, acompanhados de trator para servir a qualquer emergência.
Reportagem: Álbano Machado

8 de dez de 2008

"diarréia brava" e "sifu"

"Imagine se um de vocês fosse médico e atendesse um paciente doente. O que você falaria para ele?
Olha companheiro, você tem um problema, mas a medicina já avançou demais, a ciência já avançou demais, nós vamos dar tal remédio, você vai se recuperar? Ou você diria: Sifu?
Vocês diriam isso para um paciente de vocês?
Vocês não falariam", disse o Presidente ao discursar no lançamento do Fundo Setorial do Audiovisual.
Ah sim, a oposição não gostou
Segundo nota divulgada no site do PSDB, os tucanos consideraram de "baixo calão" o discurso de Lula. José Aníbal (PSDB- SP), disse que, a oposição registra um comportamento inadequado do Presidente...Meu Deus quanta choradeira. Os oprimidos rogam pragas e cruzes, e o Lula continua numa boa. A oposição perdida e desamparada, não sabe se desqualifica a pesquisa ou pede ajuda para a sádica imprensa brasileira para criar mais uma crise...
A "oposição" de tanto tentar fabricar crises, apoiada pela mídia, vê Lula caminhando para a mais espetacular consagração. Que aprendam a lição.
Não se brinca com a inteligência alheia
Helena

De Sanctis tem a gravação das ligações para espião de Gilmar

“- O Juiz Fausto de Sanctis tem o áudio das nove gravações dos telefonemas de Chicaroni para Cirillo, o espião contratado por Gilmar Mendes, o Supremo Presidente do Supremo.
- Chicaroni foi condenado com Dantas – ele fazia parte da missão para subornar um policial federal.
- Foi tudo filmado, gravado, e, mesmo assim, o Presidente Supremo Gilmar Mendes não acreditou – deu o segundo HC a Dantas (o primeiro, o primeiro, foi 48 horas antes).
- O Coronel Cirillo trabalhava na ABIN que o Supremo Presidente Gilmar Mendes montou no Supremo – era para ser à imagem e semelhança da ABIN que José Serrágio (*) (de pedágio, os maiores do Brasil) montou, com o deputado Marcelo Itagiba, no Ministério da Saúde…
- (Uma ABIN própria, individual, que, no caso de Serrágio, servia para fabricar dossiês contra adversários, como Paulo Renato de Souza e Tasso Jereissati - ambos do partido de Serrágio. Por falar nisso, cadê o dossiê contra Aécio?)
- Tudo isso está devidamente explicado por Leandro Fortes, nesta edição da Carta Capital, onde se aprende que o Supremo Presidente é quem vaza para a Veja ………
- Em resumo: Chicaroni trabalha para Dantas e Cirillo trabalhava para Gilmar.
- E Chicaroni e Cirillo trabalham juntos num Instituto Sagres.
- Uma espécie de Escola de Sagres, que, porém, não trata de Navegações, mas de “projetos na área de política, estratégia, relações internacionais, defesa, preservação, conservação do meio ambiente, desenvolvimento sustentável, segurança, inteligência estratégica, promoção da ética, da paz, da cidadania, dos direitos humanos, da democracia e dos valores universais.”
- Ou seja, é uma organização “faz-tudo”, como diz Leandro Fortes.
- O Juiz Fausto De Sanctis mencionou em seu relatório que Dantas é de tal forma audaz que deposita nos mais altos escalões da República alguém de sua confiança.”

Advogado Geral da União do Governo FHC em Montes Claros

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes estará em Montes Claros nesta segunda-feira, 8, lançando dois projetos-piloto do programa “Casas de Justiça e Cidadania”.
Os projetos pretendem promover a integração de instituições públicas e privadas em espaços com múltiplas funções.
Gilmar Mendes, de acordo com a sentença do juiz Fausto de Sanctis, nomeou o funcionário de confiança do STF, Sérgio de Souza Cirillo, que foi flagrado pelas escutas legais da PF em intensa troca de telefonemas com Hugo Chicaroni, entre os dias 4 de junho e 7 de julho, véspera da deflagração da Satiagraha.
Curiosamente, a função de Cirillo, lotado na Secretaria de Segurança do STF, era justamente evitar escutas nos telefones usados pelo presidente do STF. E foi uma suposta e misteriosa escuta telefônica no gabinete de Mendes que quase inviabilizou as investigações da PF contra a quadrilha de Dantas. Pego de calça curta, Gilmar Mendes tentou disfarçar e enviou uma representação à Procuradoria-Geral da República solicitando que sejam apuradas as ligações de seu ex-funcionário, exonerado no último dia 6 de outubro, com o grupo de Dantas.
Bem... depois de tudo isso, Gilmar Mendes saiu com a conversa fiada, de que o juiz De Sanctis estaria colocando o STF sob suspeita.
Quem põe o STF sob suspeita é o senhor Gilmar Mendes. Com sua obsessiva defesa da quadrilha de Dantas. Parece que esse senhor continua a ser o Advogado Geral da União do Governo FHC.
O que está nitidamente parecendo é que Gilmar Mendes esta ficando acuado, acho que se forem a fundo nestas investigações, se é que a abin já não tem tudo registrado, vão descobrir a ligação de Gilmar com Daniel Dantas.
Helena

5 de dez de 2008

Estabilidade para marido de grávida

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou ontem, em caráter conclusivo, projeto que proíbe a dispensa arbitrária ou sem justa causa do trabalhador cuja mulher ou companheira estiver grávida, por um período de 12 meses.
Pelo projeto, de autoria do presidente da Casa, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), o prazo a ser contado é a partir da concepção presumida, comprovada por laudo de médico vinculado ao Sistema Único de Saúde (SUS).
A proposta ainda precisa ser votada no Senado e passou pela Câmara em um momento de crise econômica e ameaça de demissões no País.

Montes Claros é uma droga

Mesmo sendo o principal centro urbano do Norte de Minas, apresentando características de capital regional, com um raio de influência abrangendo todo o norte de Minas e parte do sul da Bahia, Montes Claros não deixa de ser também uma cidadezinha atrasada, mesquinha e provinciana.
Mesmo possuindo o segundo entroncamento rodoviário nacional, com mais 360 mil habitantes, tendo um destacado pólo de desenvolvimento da região Norte de Minas Gerais, onde vivem quase dois milhões de habitantes, a cidade é mandada por um grupinho metido a besta, que faz de tudo para controlar o poder.
Mesmo sendo um pólo universitário, com duas universidades públicas e diversas faculdades privadas oferecendo cursos nas diversas áreas do conhecimento, em níveis técnico, de graduação, pós-graduação Lato Sensu e Stricto Sensu, Montes Claros continua besta.
Mesmo sendo uma cidade de gente famosa como o seresteiro Gonçalves Chaves, o antropólogo Darcy Ribeiro, o escritor Cyro dos Anjos, o músico Beto Guedes, o historiador Hermes de Paula, a ministra do STF, Cármem Lúcia, o sertanejo Tião Carreiro e tantos outros, continua sendo a cidade da dona Maria, do seu João e de tantos idiotas que continuam acreditando em demagogos e safados.
Na comunicação, mesmo tendo dezenas de rádios comerciais, comunitárias e clandestinas, vários jornais diários, emissoras e retransmissoras de Televisão e uma faculdade de jornalismo, ainda é uma cidade onde a imprensa que o povo escuta é a rádio peão.
Só por aí já se vê que essa cidade é uma droga. Mas Montes Claros, mesmo tendo Polícia Federal, Policia Civil e Militar, ainda é a cidade que esconde marginas, como fez com Fernandinho Beira Mar, que acoberta quadrilhas que roubam cargas de medicamentos, que mantém lavanderias com fachadas de concessionárias e outros impérios. E ai daquele que denunciar. No outro dia o corpo é encontrado cheio de formiga na boca, e ninguém viu, ninguém sabe...
Mas, a maior droga da cidade é a droga da política. Aqui, prefeitos que constróem prédios fantasmas, exemplo do Cesu, são recompensados, por causa da adormecida justiça. Vereadores que compram notas mentirosas para encherem os bolsos continuam livres e deputados envolvidos com o narco recebem como recompensa, caminhões de votos.

A partir do dia 1º de janeiro, uma droga reassume o poder político da cidade. Para comemorar, marginais avisam diariamente a chegada dessa droga, soltando foguetes em frente à Prefeitura.

4 de dez de 2008

Justiça condena debate

O Jornal "O Debate" de Bocaiúva e seu proprietário Pedro Rodrigues Silva, conhecido por Pedro Baiano, foram condenados pela Justiça de Bocaiúva a pagar indenização por danos morais no valor de R$ 12 mil aos advogados Frederico Azevedo e Rômulo Brant.
O dito jornal é parcial. Não publica nada que contraria os interesses do ainda prefeito Alberto Caldeira, mesmo o prefeito sendo sempre manchete na grande imprensa, denunciado principalmente pelo Ministério Público e pela Procuradoria Especializada em Crimes de Agentes Municipais, por cometer algum tipo de corrupção.
Recentemente, a terra de Patrus Ananinas, Henfil, Bentinho, José Maria Alkimin e tantos outros filhos ilustres, foi manchada de corrupção pelo prefeito Alberto Eustáquio Caldeira de Melo, do PMDB. Ele fez licitações com cartas marcadas na área da saúde, segundo o jornal Estado de Minas.
O Debate é um crítico apenas aos opositores do prefeito, usando inclusive o pseudônimo “A carta do primo” para difamar todos que ousarem fazer críticas a Caldeira de Melo.
A justiça deu ganho de causa entendendo que os advogados Frederico Azevedo e Rômulo Brant foram alvos de suas publicações maldosas e tendenciosas.

3 de dez de 2008

PPS decide criar bloco oposicionista para 2010

A Executiva Nacional do PPS divulgou nota na qual informa que o objetivo fundamental do partido para as eleições de 2010 é formar um bloco de oposição.
A divulgação da nota acontece após a legenda já ter anunciado a decisão de apoiar o candidato do PSDB à Presidência. O documento critica a política econômica do governo Lula e o fato de ele ter paralisado as reformas do Estado. “O mais grave, no entanto, é que o governo e o partido que o hegemoniza abandonaram as reformas estruturais que o Brasil tanto necessita, capazes de permitir ao País efetivamente alcançar seu desenvolvimento e ser menos desigual”, diz trecho da nota.
Segundo o PPS, somente esse bloco de oposição é capaz de organizar um movimento nacional para dar início a um novo ciclo de transformações na economia e na sociedade. “Agora que a crise econômica ‘atravessou o Atlântico’, resta à sociedade e ao próximo governo construir uma outra perspectiva de desenvolvimento, fazer uma gestão transparente e com responsabilidade na condução da política econômica, resistindo ao economicismo que é prisioneiro do mero crescimento econômico, e tenha reflexos concretos nas políticas sociais.”

9 de Dezembro - Dia Internacional contra a Corrupção

O Dia Internacional contra a Corrupção, comemorado no dia 9 de dezembro, é uma referência à assinatura da Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção, que ocorreu na cidade mexicana de Mérida. Em 9 dezembro de 2003, mais de 110 países assinaram a Convenção, que entrou em vigor, internacionalmente, no dia 14 de dezembro de 2005. No Brasil, O Congresso Nacional aprovou o texto em maio de 2005 e no dia 31 de janeiro de 2006 a Convenção foi promulgada, passando a vigorar no país com força de lei.
A Convenção da ONU contra a Corrupção é o mais completo e abrangente instrumento internacional juridicamente vinculante (que obriga cumprimento). Prevê a cooperação para recuperar somas de dinheiro desviadas dos países (rastrear, bloquear e devolver bens) e prevê a criminalização do suborno, lavagem de dinheiro e outros atos criminosos, ligados à corrupção. Os governos são responsáveis por realizar ações eficientes contra corrupção, e cabe aos países signatários implementar a Convenção: transformar a teoria em prática.
A sociedade civil e o setor privado desempenham um papel importante ao apoiar os governos na implementação da Convenção, exigindo que a administração pública seja mais transparente e aberta a mecanismos de fiscalização e controle.
O UNODC coopera com países membros da ONU com consultoria jurídica para a implementação da Convenção e com projetos em ações preventivas, técnicas de auditoria de contas públicas, entre outros.

2 de dez de 2008

FIM DA AIDS – Uma luta de todas as classes, para uma cidadania plena

* Anny Muriel
Ontem, 1º de dezembro, completou-se 30 anos de descoberta da Aids (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida), uma das maiores epidemias dos últimos 100 anos. No início da década de 80, a doença era relacionada aos chamados grupos de risco, principalmente homessexuais.
Chegou-se a dizer que a Aids era o "cancer gay", conotação que mereceu repúdio de grupos organizados da sociedade, criados para defender a cidadania e os direitos humanos.
Do preconceito também eram alvos os usuários de drogas injetáveis e os hemofílicos.
Atualmente, fala-se em comportamento de risco e não mais em grupo de risco, pois o vírus passou a se espalhar de forma geral, não mais se concentrando apenas nesses grupos específicos.
A AIDS é cada vez mais, um problema das classes pobres e desfavorecidas, das mulheres, negros, índios, homossexuais, adolescentes, crianças e outros grupos com baixo poder de barganha na estrutura sócio-política.
Apesar de que a Aids é uma doença que não escolhe classe social, nível de escolaridade ou cor da pele e a prevenção ainda é a maior defesa que temos contra esse mal. Por isso é que a AIDS é um tema que diz respeito diretamente à escola, já que tem relação com o acesso a informação.
A escola é o ambiente ideal para se tratar um tema de tanta importância, aonde se deve travar uma discussão que transcenda o formalismo do "como se pega" e "como não se pega".
A atuação política também é imprescindível. Desempenha papel importante no que diz respeito aos direitos sociais e civis. Como a Aids pode suscitar discriminações, é necessário ficar atento para as garantias individuais. O processo de desenvolvimento da pesquisa médica se impõe como um importante avanço no cenário atual em torno da doença.
O esforço coletivo na busca da cura da Aids motiva as pessoas soropositivas e as que já desenvolveram a Aids, os médicos, as ONGs/Aids e os representantes das esferas governamentais.
Foi graças à mobilização do terceiro setor que as autoridades médicas e o governo fizeram investimentos que fizeram do Brasil referência mundial no tratamento da Aids.
Felizmente, tudo isso contribui para que acabe o estigma em torno do assunto.
* Anny Muriel é acadêmica de jornalismo da FUNORTE

Tadeu ironiza Ministério Público

O Ministério Público de Montes Claros, como de outras vezes em que se insurgiu contra procedimentos ilegais do deputado estadual Luiz Tadeu Leite, voltou a ser achincalhado por este.
Desta vez por conta de ação por crime eleitoral, assinada pelos promotores Felipe Gustavo Gonçalves Caires, Flávio Márcio Lopes Pinheiro, Paulo Vinícius de Magalhães Cabreira e Ana Maria Camilo da Hora e Rocha.
Na campanha eleitoral, Leite e sua coligação distribuíram 50 mil panfletos falsos, atribuidos ao Conselho de Leigos da Arquidiocese de Montes Claros, em apoio ao candidato do PMDB.
Ocorre que o Conselho já havia manifestado apoio oficial ao candidato Athos Avelino. Semana passada, Tadeu Leite convocou a imprensa para zombar dos promotores. "Isso é ridículo. Não sei de que mente extraordinária, genial, saiu esse disparate", disparou para os jornalistas.
E fez mais. Acusou o MP de utilizar (pasmem!) documentos falsos para embasar a ação.
O Ministério Público, como se sabe, é um órgão de defesa da cidadania. E como tal, entendeu que o cidadão que votou no peemedebista pode tê-lo feito levado por uma informação falsa.
O eleitor, então, teria sido vítima de uma artimanha perpetrada com o objetivo de confundi-lo. Portanto, a ação visa garantir o direito do eleitor no exercício do voto livre.

Dia da Consciência Negra será feriado nacional

Contrariando o conluio feito entre os sindicatos de empregados e patrões do comércio varejista de Montes Claros, que desrespeitaram o feriado municipal do dia 20 de novembro, instituído em Montes Claros como o Dia Municipal da Consciência Negra, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou a transformação do dia 20 de novembro em feriado nacional, data da morte do líder negro Zumbi dos Palmares -, que marca o Dia Nacional da Consciência Negra.
O projeto de lei é de autoria da senadora Serys Slhessarenko (PT-MT), que estabelece no calendário oficial o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra, a ser comemorado anualmente com feriado em todo o território brasileiro.

1 de dez de 2008

O crime compensa

Segundo o conceituado jornalista Jânio de Freitas, em artigo publicado na Folha de S. Paulo de ontem (domingo – 31/11), intitulado “O prêmio ao crime”, sobre o governador cassado da Paraíba Cássio Cunha Lima (PSDB), diante da ineficiência da Justiça o crime eleitoral é garantia de exercício de mandato, por bom tempo, com uso e abuso de todos os poderes.
Podemos ler o artigo e sentir a mesma revolta, pensando em Tadeu Leite, Jairo Ataide, Ruy Muniz, os vereadores pombos-correios... e tantos e tantos processos que não conseguem avançar na Justiça Eleitoral.
Leia
AQUI o artigo de Jânio de Freitas