Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

15 de jun de 2007

MÃE DE SIDNEY CHEGOU A PERGUNTAR PELO FILHO AO ASSASSINO

Graças a ajuda da população que ofereceu denúncias anônimas através do telefone 197, a Polícia Civil conseguiu, em três dias, chegar ao assassino do garoto Sidney Junio Andrade Souza. De comportamento frio e anormal, Francisco dos Reis foi apresentado à imprensa nesta quinta-feira, à tarde e falou com naturalidade sobre o brutal assassinato. Aos jornalistas, contou como cometeu o crime, desde o momento em que conduziu o garoto para o matagal. Após o abuso sexual, ele matou o garoto com um golpe de tijolo. Segundo Francisco dos Reis, ele matou o menino temendo que os pais dele ficassem sabendo do abuso sexual.
“Dé” relatou ainda que a mãe de Sidney o procurou na sexta-feira perguntando se eu tinha visto o menino, pois morava ali perto. "Eu disse que não tinha visto”. Durante a coletiva, Dé revelou ainda que esse não era o primeiro crime. Ele teria matado uma mulher, há alguns anos. “Eu matei e estuprei, porque queria tomar o dinheiro dela e ela não quis me dar”, disse. O assassino ri durante coletiva. Fonte: www.jornaldenoticias.com




“NÃO FAÇA ISTO COMIGO. O MEU PAI ESTÁ CHEGANDO. ELE VEM ME BUSCAR” - Palavras do anjo Sidney Junior antes de ser brutalmente assassinado.

. . . . . . . . . . . . . . . . .

CHICÃO É O NOME DA FERA!

Montes Claros já sabe quem é a Fera, ou então o primeiro a ser preso pelo bárbaro crime contra o menino Sidney Júnior, de 10 anos de idade, que foi encontrado morto e mutilado Trata-se do desempregado Francisco dos Reis Almeida Simões, que reside na Vila Exposição, próximo ao local do crime. (foto: Wilson Medeiros)
Ele confessou o crime e ainda afirma que existe outro membro do ritual assassino. O que mais impressiona é a naturalidade com a qual assumiu a participação, afirmando que é usuário de drogas. Ele dá sinais de debilidade mental e pode ter tirado a vida de uma mulher. Com um pacotinho de balas, atraiu o inocente Sidney para o mato, quando consumou os vários crimes. A cidade, ainda chocada, elogia a ação policial. Fonte: www.onorte.net

Nenhum comentário: