Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

28 de fev de 2007

Contas de água da Copasa ficam mais altas a partir desta quinta-feira; reajuste médio será de 7%

As contas de água em Minas Gerais vão ficar mais caras a partir desta quinta-feira (1º), em todos os municípios onde o serviço é prestado pela Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa). O reajuste médio será de quase 7%. O aumento varia de acordo com o consumo: quem gasta até 6 mil litros de água por mês não tem reajuste. À Rede Globo a Copasa informou que 26% dos clientes estão nesta faixa de consumo mínimo.
Para o consumo entre 6 mil e 10 mil litros, o aumento será de 3,77%. Para mais de 10 mil litros de água por mês, a conta ficará 6,72% mais cara. Índice acima do IGPMO índice ficou acima do o Índice Geral de Preços de Mercado (IGPM), que no ano passado, foi de 3,85%. Ainda segundo a emissora, a Copasa informou que o reajuste acima da inflação foi necessário por causa da variação de preço dos produtos usados no tratamento da água. O maior índice de reajuste será de 8,05% para quem consome 40 mil litros de água por mês.

Jim O’Neill avalia como "um bom resultado".

"O Brasil não precisa crescer tanto quanto os outros, à diferença do que muita gente estranhamente crê", afirma o economista-chefe.
"O Brasil se encontra em um estágio mais avançado".
Se mantiver o crescimento a uma média de 3,5% ao ano, o país ainda se manteria entre os BRIC no horizonte dos próximos 30 anos.
Juntas, as economias dos BRIC superariam as dos sete países mais ricos do mundo em 2050. O Brasil estaria na 5ª ou 6ª posição, de acordo com as pesquisas do Goldman Sachs.
Jim O'Neill, do Goldman Sachs, acredita que a crítica a Lula é "injusta". Ele lembrou que, nos quatro anos do governo Lula, o país teve um desempenho melhor que a dinâmica Coréia do Sul.
"As pessoas subestimam um dado muito importante: Lula presidiu por quatro anos um país que não viveu nenhuma crise. É notável.
"Mas as pessoas dão muito pouco crédito a isso."
Jim O'Neill - Economista-chefe do Goldman Sachs

Idade da Pedra?

Esperava-se por 2,8 por cento de crescimento do PIB em 2006, deu 2,9. Ora viva, que beleza. Por este caminho chegaremos a realizar, algum dia, o vaticínio do general Westmoreland em relação ao Vietnã: “De bombardeio em bombardeio, vamos devolvê-los à Idade da Pedra”. Westmoreland errou, os EUA perderam aquela guerra assim como perdem a do Iraque. Existem, porém, largas chances de que o presidente do BC, Henrique Meirelles, cumpra no Brasil a promessa do general. E por falar em pedra, é do conhecimento até do mundo mineral que o Brasil precisa crescer de 5 a 5,5 por cento para ficar exatamente na mesma. Meirelles, contudo, no terremoto chinês encontra a prova do acerto da política econômica do governo Lula.

Compra das rádios e TV Guaíba pela Record gera preocupação



Foi confirmada a venda para a Rede Record de três veículos do grupo gaúcho de comunicação Sistema Guaíba/Correio do Povo (a TV e as Rádios Guaíba AM e FM) preocupa os profissionais de imprensa. Em nota oficial, o Sindicato dos Jornalistas do Rio Grande do Sul condenou a transação e está solicitando uma reunião com a direção da Record para esclarecer como se dará o processo de implantação da Rede no Estado.
Segundo informações que circularam na imprensa gaúcha e nacional, a negociação não envolve o jornal Correio do Povo e os veículos on-line do sistema Guaíba. Algumas das preocupações quanto ao controle da TV e das duas emissoras de rádio passarem para o grupo do bispo Edir Macedo - um dos dirigentes da Igreja Universal do Reino de Deus - referem-se à possibilidade de redução da programação local e a possíveis demissões, uma vez que outra TV gaúcha, a Pampa, é atualmente a retransmissora da Rede Record, com os contratos vencendo em 2008 para a região de Porto Alegre e em 2009 para outras regiões do Rio Grande do Sul.
R$ 100 milhões
Avaliada em R$ 100 milhões, a negociação foi questionada pelo Sindicato dos Jornalistas do RS. "Todos sabem que a operação de emissoras de rádio e TV depende de concessão pública definida e delimitada em lei federal. Se, por qualquer razão, o permissionário não está mais interessado em operar, deve devolver sua licença ao Ministério das Comunicações e negociar apenas o patrimônio físico - prédios e equipamentos", registra a nota emitida pelo Sindicato.
Cumplicidade
A entidade declarou ainda que "neste caso, como em todos os "negócios" que ocorrem no Brasil, os donos da mídia privada vendem as concessões públicas com toda a liberdade e cumplicidade do Governo Federal".
Sigilo
Diante da falta de informações públicas sobre a negociação e seus desdobramentos, o Sindicato dos Jornalistas do RS lançou vários questionamentos sobre possíveis impactos nos postos de trabalho dos jornalistas e radialistas que atuam nas emissoras envolvidas no negócio e quer uma reunião com a direção da Rede Record.
Fonte: Sindicato dos Jornalistas do RS

PIADA SEM GRAÇA: “O cais de Itacarambi caiu porque foi feito com cal”


Segundo o vereador de Itacarambi, Tiãozinho do PT , "a enchente do Rio São Francisco tem deixado muitos desabrigados e causado estragos, principalmente as partes mais baixas das cidades ribeirinhas".

Em Itacarambi não tem sido diferente, trazendo como conseqüências o desabamento do cais da cidade. Considerado um ponto turístico o cais era muito visitado pelos turistas e moradores. A sorte é que no acidente, talvez horário, por volta de 14 horas, com sol forte, não houve vitimas. Esse fato foi noticiado por vários jornais, o curioso é que todos atribuem a culpa à cheia do velho Chico. É certo que a enchente tem sua culpa, por outro lado, o cais foi construído sem a estrutura necessária e nos últimos tempos estava cedendo e apresentava trinca, sem nenhuma providencia das autoridades.

Observa-se ainda que em Itacarambi ao contrario de cidades como Januária, Manga, há dezenas de anos os cais ali existentes resistiram intactos várias cheias. Em Carinhanha, na Bahia, o cais chega a ser centenário e continua de pé mesmo depois de varias enchentes. E aqui não agüentou a primeira.
Diante do acidente, que por pouco não se transformou numa tragédia.
Os Vereadores Tiãozinho do PT e Dezinho Nascimento, estão requerendo junto ao executivo municipal explicações sobre as condições técnica da construção, o valor do recurso gasto na obra, origem do recurso, empresa responsável pela obra e explicações sobre o desabamento, para apurar eventuais responsabilidades.
PIADA:
O engenheiro responsável pela obra tem o apelido de Cal. Por isso, que a população faz o seguinte comentário:
“O cais caiu porque foi feito com cal”


Mídia Tucana Engole Mais Uma Mentira Contra o PT


Dossiê: Não há indícios contra Mercadante, conclui Procuradoria-GeralO procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, pediu ao STF (Supremo Tribunal Federal) o fim das investigações contra o senador Aloizio Mercadante (PT-SP) no caso da suposta tentativa de compra de um dossiê com informações que ligavam o ex-ministro José Serra (PSDB) à máfia das ambulâncias.Souza pediu ao STF não abra inquérito contra o senador, após concluir que não há indícios de sua participação no caso. No último dia 23, ele enviou parecer ao ministro Sepúlveda Pertence.
Mercadante foi indiciado pela Polícia Federal (PF), mas cabia ao procurador-geral da República decidir se pederia ao Supremo a abertura de inquérito.
A partir do parecer da Procuradoria, o STF deve arquivar os documentos que citam o nome do senador e enviar o resto da investigação para primeira instância da Justiça. Isto porque não há nenhum outro indiciado com direito a foro privilegiado no Supremo.

ACM Critica Despesas Sociais do Governo Lula




Vejam só!
Esta é manchete que está na página do Senado Federal, onde o 'velho Malvadeza' critica as 'despesas sociais' do governo Lula, entre elas o Bolsa-Família.

O 'ex. poderoso coronel da Bahia', comenta na tribuna matéria da Folha de SP (só podia ser a Folha!), e faz afirmações distorcidas e ridículas sobre os programas sociais do presidente Lula.
O interessante nisso não é as bravatas do 'velho Malvadeza', pois é só o que lhe resta neste fim de carreira.
O mais interessante é observar que ele acha que investimentos sociais significa despesas sociais.
Pra ele investir em políticas onde a população mais pobre é beneficiado se trata de despesa!
Este é o 'velho Malvadeza', um legítimo representante das elites baianas, que mesmo derrotado e fracassado ainda luta como um guerreiro contra os interesse do povão.
Este é o 'velho Malvadeza'...

27 de fev de 2007

Projeto de Lei nº 5476 - CANCELAMENTO DA TAXA TELEFÔNICA DE R$ 40,37 (residencial) e R$ 56,08 (comercial)

Quando se trata do interesse da população, nada é divulgado.
Ligue 0800 619 619 (ligação gratuita), não digite nada, espere para falar com uma atendente. Diga que é para votar a favor do cancelamento da taxa de telefone fixo. O Projeto de Lei é o de nº 5476, e eles não sabem até quando vai a votação. Esse tipo de assunto NÃO é veiculado na TV ou no rádio, pelo simples fato de haver interesses outros por trás e nossos políticos não tem interesse e não estão preocupados com isso, então, nós é que temos que fazer alguma coisa, afinal, somos nós que pagamos. O telefone a ser discado (0800 619 619, das 08:00 h as 20:00 h) é da Câmara dos Deputados. Ligue para mudar esta situação. Passe adiante esta mensagem, para o maior número possível de pessoas. Não pague mais assinatura no telefone fixo. Será uma economia muito grande no final do ano. Ligue... vamos divulgar. LIGUE: 0800 619 619. Entrando em vigor esta lei, você só pagará pelas ligações efetuadas, acabando com esse roubo que é a assinatura mensal. Este projeto está tramitando na "COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR" na Câmara. Quantos mais ligarem, maior a chance. O BRASIL AGRADECE! Não adianta a gente ficar só reclamando, quando podemos, devemos tomar uma atitude.
(Rede de mensagens enviadas por e-mail. )

FIM DA LINHA

Jornalista Fábio Oliva (fhcoliva@terra.com.br)
Justiça pára “trem da alegria” e põe fim a contratações ilegais na Câmara Municipal de Januária

A Câmara Municipal de Januária terá que realizar concurso público para a contratação de seus servidores. Esta será a principal conseqüência de mais uma ação popular movida por membro da organização não-governamental de combate à corrupção Asajan – Associação dos Amigos de Januária. A ação colocou fim a anos de irregularidade na contratação de servidores sem concurso público para trabalhar na Câmara Municipal. O expediente é conhecido como “trem da alegria”, geralmente utilizado para o pagamento de promessas de campanha, e foi reeditado na atual legislatura pelo vereador Joãozinho Lima (PSDB). Desde que assumiu a presidência da Câmara o vereador vinha contratando funcionários ao seu alvedrio, burlando a exigência constitucional de realização de concurso público. A ação foi proposta em nome do comerciante José Carvalho Oliva, membro fundador da Asajan, através do advogado Rodrigo Silva Fróes, especialista em direito administrativo.

O juiz Cássio de Azevedo Fontenelle salientou na sentença que além ser uma exigência constitucional, a realização de concurso permite contratar às expensas dos dinheiro público servidores melhores e mais preparados do que aqueles escolhidos por critério político, sem respeito a um dos mais importantes princípios que devem reger a administração pública, o da isonomia. Fontenelle determinou à Câmara e ao vereador Joãozinho Lima que demitam todos os servidores contratados sem concurso, sob pena do pagamento de multa diária no valor de R$ 1mil, limitada a R$ 60 mil.

A decisão do juiz declarou nulos os contratos firmados pela Câmara Municipal de Januária com os servidores Aglair Neves Sobreira Soares, Luiz Carlos Rodrigues de Jesus, Janine Francine Xavier e Carlos Roberto Corrêa de Souza. A sentença saiu no último dia da gestão de Joãozinho Lima (15/02) e a ordem judicial foi cumprida imediatamente.

Para o juiz, “a omissão da Câmara (em realizar concurso) fere o princípio da igualdade, ao impossibilitar a todos os cidadãos o acesso aos cargos públicos, os quais são preenchidos ao seu único talante”. Na decisão, ele criticou o apadrinhamento que ainda ocorre no país e frisou a responsabilidade do vereador Joãozinho Lima, pela contratação ilegal de servidores, em descumprimento a determinação expressa do regimento interno da Câmara, bem como a falta de qualquer providência em dois anos visando à realização de concurso.

Além de parar o “trem da alegria” de Joãozinho Lima, a decisão do juiz Cássio Azevedo Fontenelle condenou a Câmara Municipal, o vereador e os funcionários admitidos irregularmente a pagarem R$ 1 mil de honorários ao advogado Rodrigo Silva Fróes.

2º FESTIVAL DE MÚSICA - 17ª FESTA NACIONAL DO PEQUI

183 músicas foram inscritas para o Festival de Música da 17ª Festa Nacional do Pequi. 30 delas foram selecionadas e estarão fazendo parte da programação de comemoração continuada dos 150 anos de Montes Claros-MG.

A programação acontecerá de 2 a 4 de março, no Centro Cultural Hermes de Paula e no Mercado Central.

Resultado das 30 músicas selecionadas para as eliminatórias

DIA 02/03/07 (SEXTA-FEIRA)

Paredes (Marcílio Henrique Alves Maia - Montes Claros/MG);
Pelo Vento (Carol Cardoso - Montes Claros/MG);
A Rosa e a Lua (Jesão do Vale - Salinas/MG);
Canção para uma Princesa (George Gomes Oliveira - Montes Claros/MG);
Menino de Beira de Linha (Warley Ferreira Lopes - Montes Claros/MG);
O Que Penso (Marcelo Fernandes de Paula - Montes Claros/MG);
Chegadas e Partidas (Ivania Catarina - São Paulo/SP);
Minha Primeira Carta (Cícero Alves Pereira - Janaúba/MG);
Festa Amarela (Rogério Botelho dos Santos - Montes Claros/MG);
A Blusa da Menina (Elcio Lucas de Oliveira - Montes Claros/MG);
Desencanto (Maria da Conceição Oliveira - Sete Lagoas/MG);
No Morro Alto (Jukita Queiroz - Montes Claros/MG);
Marco Mineiro (Marcílio Diniz Soares - Bocaiúva/MG);
Liberte (Antônio Luiz de Brito - Montes Claros/MG);
Novo Dia (Helder Cunha - Montes Claros/MG).

DIA 03/03/07 (SÁBADO)

O Mensageiro Andaluz (Zanoni Campos Magalhães - Montes Claros/MG);
Xote das Águas (Carlos André Rodrigues Costa - Januária/MG);
Vida Bela (Jukita Queiroz - Montes Claros/MG);
Senddha (Jefferson José Neto Júnior - Itabirito/MG);
A Peleja da Viola Afiada com o Mal Assombrado (Diorgem Ferreira Ramos Júnior – Governador Valadares/MG);
Arraial das Formigas (José Carlos Soyer - Montes Claros/MG);
Pobre Coração (Diana Horta Popoff - Rio de Janeiro/RJ);
Teus Olhos (Beto Durães - Salinas/MG);
Zumbido (Leonam Rocha de Almeida - Belo Horizonte/MG);
Aperriado (Argentino Barbosa Ferreira - Janaúba/MG);
Princesa do Norte (Coriolano Gonzaga Neto - Montes Claros/MG);
Pensamento (Charles Leonardo de Souza - Montes Claros/MG);
Rockatopear (César Henrique Eduardo Souza - Montes Claros/MG);
Roda Gigante (Renata Figueiredo de Souza - Montes Claros/MG);
Galanga Rei (Carlos Gomes - São Paulo/MG).

As apresentações ocorreram a partir das 20h no Mercado Municipal seguindo a ordem do sorteio conforme acima.
A final ocorrerá no dia 04/03/2007 a partir das 20h no mesmo local.

Veja os deputados de Minas que votaram contra o combate ao trabalho escravo no Brasil

Repórter Brasil ::.
A Repórter Brasil divulgou o posicionamento dos deputados federais na votação da emenda ao projeto da "Super Receita" que impede a fiscalização do trabalho de reconhecer vínculos empregatícios
Na votação realizada na tarde do último dia 13/02, a Câmara dos Deputados aprovou por 304 a 106 a emenda ao projeto de lei (PL) da "Super Receita" que impede auditores fiscais do trabalho de apontarem vínculos empregatícios entre patrões e funcionários, quando forem constatadas irregularidades.
De acordo com o texto, apenas a Justiça do Trabalho terá competência para determinar se uma pessoa é ou não empregada de outra. Quando uma equipe de funcionários públicos encontrar pessoas sem carteira assinada dentro de uma fazenda, o empregador pode simplesmente dizer que as pessoas dali não têm vínculo com ele. E só caberia à Justiça do Trabalho, se algum empregado entrar com uma ação judicial, definir quem tem razão, o empregador ou a equipe de fiscalização.
Os auditores estariam impossibilitados de aplicar autos de infração, que hoje são um dos instrumentos mais importantes no combate à escravidão.
Abaixo o posicionamento nominal da votação dos deputados de Minas Gereis. Quem votou "sim", optou pela aprovação da emenda:

Ademir Camilo PDT - Sim
Aelton Freitas PR - Sim
Alexandre Silveira PPS - Não
Antônio Andrade PMDB - Sim
Antônio Roberto PV - Sim
Aracely de Paula PR - Sim
Bilac Pinto PR - Sim
Carlos Melles PFL - Sim
Carlos Willian PTC - Sim
Ciro Pedrosa PV - Sim
Edmar Moreira PFL - Sim
Eduardo Barbosa PSDB - Sim
Elismar Prado PT - Não
Fábio Ramalho PV - Sim
Fernando Diniz PMDB- Sim
George Hilton PP- Sim
Gilmar Machado PT - Não
Humberto Souto PPS - Sim
Jaime Martins PR - Sim
Jairo Ataide PFL - Sim
Jô Moraes PCdoB - Não
João Bittar PFL - Sim
João Magalhães PMDB - Sim
José Fernando Aparecido de Oliv PV - Sim
José Santana de Vasconcellos PR - Sim
Juvenil Alves - Sem partido - Não
Leonardo Monteiro PT - Não
Leonardo Quintão PMDB - Sim
Lincoln Portela PR- Sim
Luiz Fernando Faria PP - Sim
Márcio Reinaldo Moreira PP- Sim
Marcos Montes PFL - Sim
Maria do Carmo Lara PT- Não
Maria Lúcia Cardoso PMDB - Não
Mário de Oliveira PSC - Sim
Mário Heringer PDT - Sim
Mauro Lopes PMDB - Sim
Miguel Corrêa Jr. PT - Não
Narcio Rodrigues PSDB - Sim
Odair Cunha PT - Não
Paulo Abi-Ackel PSDB - Sim
Paulo Piau PPS - Sim
Rafael Guerra PSDB - Sim
Reginaldo Lopes PT - Não
Rodrigo de Castro PSDB - Sim
Saraiva Felipe PMDB - Sim
Virgílio Guimarães PT - Não
Vitor Penido PFL - Sim

Dez anos da morte do montes-clarense Darcy Ribeiro


Hoje, o Senado Federal realiza sessão especial pela passagem dos dez anos do falecimento do educador, antropólogo, sociólogo e senador Darcy Ribeiro.
O requerimento para realização da homenagem, de autoria do senador Cristovam Buarque (PDT-DF), foi aprovado pelo Plenário no último dia 13.
Relator no Senado da matéria que deu origem à Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, a LDB (Lei 9.394/1996), Darcy coordenou a discussão no Congresso Nacional e deu forma à lei. Sancionada em dezembro de 1996, ficou conhecida como Lei Darcy Ribeiro.
Darcy Ribeiro deu atenção à qualificação do Magistério. Uma contribuição essencial foi a criação dos Institutos Superiores de Educação (ISEs), dedicados à formação de professores. Segundo a LDB, cabe aos ISEs oferecer o curso normal superior para formar professores de educação infantil e dos anos iniciais do ensino fundamental. Semelhantes ao antigo normal do nível médio, eles propiciam um estudo mais amplo e aprofundado, como num curso universitário. Esse investimento era, segundo ele, essencial à melhoria da educação.
"Um professor bem preparado, estimulado e provido de um mínimo de material didático foi sempre uma peça-chave nas escolas que alfabetizaram o mundo", dizia o educador.

Deu o que falar

Recebi diversos e-mails e telefonemas sobre a ausência da coluna no Jornal de Notícias de ontem. O jornalista do JN, Cristiano Jilvan, que estava de plantão, alegou que não recebeu a coluna. Então fica o dito pelo não dito. Mas achei legal a celeuma. O numerador do blog disparou.
Um amigo de uma cidade ribeirinha (vou evitar citar seu nome), mandou o seguinte comentário:
“Na próxima, vc elogia a Unimontes, onde os alunos estão adorando o sucateamento causado pela ida de professores para as faculdades privadas (e bota privadas nisso...), elogia a Câmara Municipal que não dá bola para os buracos (também, né, pombos correio não andam, voam...), elogia a Polícia (que em respeito aos direitos humanos, deve ser, não incomoda os coitadinhos dos meninos que brincam de gueral, ou guerau, sei lá, nas ruas de moc city) e alogia o Exército, que em Montes Claros é modelo para os outros quartéis (não faz nada mesmo...). Colunista, menino, é para elogiar. Igualzim cê faz com o sem-dedo, viu?... Abraços”.

26 de fev de 2007

Grupo de Andréa enfrenta grupo de Aécio

(www.novojornal.com.br)

Licitação de obra do Centro Administrativo mineiro de R$ 1,5 bi confronta o governador Aécio com sua irmã Andréa


Embora mantido a sete chaves, a discordância em função da luta pela predominância de interesses de grupos financeiros nas decisões do governo já atinge a primeira linha de comando do governo mineiro e o inevitável está ocorrendo. A divisão de poder sempre foi muito complicada e delicada em qualquer governo e, principalmente, quando entram em questões financeiras.
Embora este fato seja pouco percebido pela maioria das pessoas ele é comum. Porém, em Minas Gerais, a questão extrapolou o razoável e já ganha aspecto de crise institucional, uma vez que os dois grupos centrais de poder resolveram se enfrentar na escolha das regras para licitação da considerada maior obra do segundo mandato do governador Aécio Cunha: o Centro Administrativo a ser construído em Venda Nova. Tal obra está orçada inicialmente em R$ 1,5 bi, mas para especialistas não ficará por menos de R$ 3 bi, o equivalente a construção de três rodovias em pista dupla como a Fernão Dias, com 2 mil quilômetros. O valor também é o dobro do atual déficit publico mineiro, calculado em R$ 2,2 bi. De fato, é uma montanha de dinheiro.
De um lado está o Diretor-geral do Departamento de Obras Públicas de Minas Gerais (DEOP-MG), Reinaldo Alves Costa Neto, que, segundo alguns, além de dividir segredos, sempre representou os interesses do governador Aécio Cunha junto aos empreiteiros. Do outro lado, representando Andréa Neves da Cunha, irmã do governador, está ninguém menos que Oswaldo Borges da Costa, presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), conhecido empresário mineiro, casada com a filha do banqueiro Gilberto Faria, atual marido da mãe de Aécio e Andréia. A ele é atribuída a “intermediação” dos grandes negócios de interesse do governo.
É evidente que em qualquer governo quem estivesse do lado do governador sairia ganhando. Porém, a realidade do governo de Minas é outra: a irmã de Aécio tem hoje sobre seu controle toda a máquina administrativa, fiscal e financeira do Estado em todos os escalões, além da área de imprensa, comunicação e grande parte da máquina política, pois, oficialmente, ela estaria nas mãos do secretário de governo Danilo de Castro. Nas mãos de Aécio está apenas a parte cerimonial do governo que, a muito custo, ele cumpre, ou seja, para ele diariamente “continência”.
Em Minas atualmente ocorre como na Inglaterra: o rei reina, mas não governa.
Até agora, o pouco apetite pelo trabalho do governador era favorável, pois independente de sua participação ou presença, os “representantes” dos dois grupos se entendiam. Porém, agora o governador vai ter que mediar a disputa, pois a briga já chegou quase à cotoveladas; a importância disputada é considerada grande.
Vejam a que ponto Minas chegou: seus governantes patrocinam a divergência entre dois “representantes”. A divergência está centrada exclusivamente na escolha do modelo que será adotado na licitação da obra do Centro Administrativo.
Políticos e administradores mais experientes indagam assustados: como poderia a alta direção do Estado estar envolvida nisto?
O Diretor-geral do DEOP-MG, Reinaldo Alves Costa Neto, umbilicalmente ligado as pequenas e médias empreiteiras mineiras desde o período de sua presença na Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), defende que a obra seja dividida e licitada em nove lotes. Desta forma, atendendo um número maior de empreiteiras, o segundo “representante” Oswaldo Borges da Costa, ligados as grandes empreiteiras, pretende que a obra seja licitada através de um só lote, eliminando assim 99% dos participantes do certame devido às maiores exigências de capital e certificados de execuções de obras para participação.
A queda do governo Collor começou com a briga entre os irmãos Pedro e Fernando Collor pela hegemonia e controle das licitações públicas. Em Minas, a atual situação é realmente muito delicada, pois a participação de Aécio na mediação e arbitragem deste impasse poderá representar o final do atual modelo de governo adotado, ficando o governo acéfalo. Porém, sua omissão representará reconhecer de público a subordinação total de seu governo à sua irmã Andréa, por que não terá como esconder este fato, pois os diversos atores envolvidos neste litígio - grandes empresários, banqueiros nacionais e internacionais, os maiores empreiteiros, enfim, a nata da economia que representam a elite formadora de opinião em nível nacional e internacional - a tudo presenciaram. Profetizam alguns: este é o preço que se paga quando os políticos resolvem abandonar os companheiros para governar defendendo interesses de grupos econômicos.
O vice-governador, braço auxiliar de Andréa, com quem fala pelo menos duas vezes ao dia, teria convencido-a que a presença de secretários políticos no governo estaria atrapalhando a “gestão da máquina”. Nesta versão, Andréa é acusada de patrocinar o desmonte do atual secretariado com veiculação de notícias desfavoráveis aos mesmos. Neste caso a versão ganha credibilidade, pois, com certeza absoluta, nada sai no jornal Estado de Minas sem antes Andréa tomar conhecimento e autorizar. Muito menos o Procurador-geral de Justiça pronuncia-se.
A imagem do governador Aécio Cunha já não era boa, agora é esperar para ver como ficará.A Assembléia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) reabre seus trabalhos nesta segunda-feira (26) sem rumo, pois o atual líder do governo, Mauri Torres (PSDB), é sabidamente apenas portador da opinião do secretário de governo Danilo de Castro e, com o abandono de Aécio ao Legislativo e a seus membros, fato reclamado até por deputados da base de governo, e diante desta “disputa pelo poder”, ninguém sabe quem representa a vontade do governador, se é que ele a tem.
Fonte AQUI

Presidente se diz 'constrangido' com 'nomes e mais nomes'


O Presidente Lula comentou hoje (26), durante seu programa semanal de rádio Café com o Presidente, que se sente "um pouco constrangido" com as citações da imprensa sobre possíveis nomes da reforma ministerial para compor o governo de coalizão.


"A única coisa que, às vezes, me deixa assim um pouco constrangido é que eu vejo pela imprensa nomes e mais nomes, pessoas e mais pessoas. Todo dia sai um, todo dia entra um", disse.


Lula afirmou que, até o momento, todos os ministros que fizeram parte do primeiro mandato continuam no governo e que mudanças só serão anunciadas no "momento certo". Ele não confirmou a saída ou a permanência de qualquer nome e lembrou que sequer teria conversado com quem já demonstrou vontade de sair do governo.


"Até agora, todos continuam. Se você me pergunta isso daqui a dez dias, eu não sei se todos continuam, mas até agora todos continuam. O Gilberto Gil continua, o Waldir Pires continua, o Márcio Thomaz Bastos continua, o Furlan continua. Eu também ainda não conversei com esses companheiros que, muitas vezes, vejo pela imprensa que têm vontade de sair."


O Presidente anunciou que não haverá muitas mudanças na composição da nova equipe ministerial. Lula disse que, a maioria dos partidos políticos já está contemplada dentro do governo.


"Você pode trocar alguns nomes. Mas a maioria dos partidos já está totalmente contemplada", afirmou.


Lula reconheceu que falta a participação do PDT dentro da composição do governo, além de "terminar uma articulação com o PMDB". "Eu tenho trabalhado com muita insistência para uma unificação do PMDB como um todo na bancada federal no Senado. Todo mundo sabe da importância do PMDB para consolidar a nossa base de aliança."

25 de fev de 2007

Bispo (tucano) quer melar novamente a Transposição do Rio São Francisco


O bispo de Barra (BA), dom Luiz Flávio Cappio, que fez greve de fome para protestar contra as obras de transposição do Rio São Francisco, entregou ao governo federal na quinta-feira (22) um projeto alternativo para viabilizar a convivência da população do semi-árido nordestino com a seca. Segundo ele, o próprio presidente Lula havia lhe pedido, em audiência no Palácio do Planalto em dezembro de 2005, uma alternativa.
“Agora, a gente está apresentando uma proposta com menor custo ambiental e mais favorável à população pobre do semi-árido”, avaliou em entrevista na sede da Cúria Metropolitana de Brasília.

Saúde a importância de um bom cochilo

Até nossos avós já sabiam disso; agora, finalmente, a Ciência tem provas de que dormir uma sesta é bom para a saúde. Que o diga seu chefe ou toda pessoa que não trabalhe fora e consiga tirar um cochilo depois das refeições. As pessoas que dormem, pelo menos, tres sestas durante a semana que durem 30 minutos ou mais, reduzem em até 37 por cento o risco de ataque cardíaco, segundo um estudo de investigadores médicos norte-americanos e gregos.
Leia a informação original no blog Doctor Peru

Coluna Em Cima da Notícia 25/02/2007

O CASO DO TATU - Durante quase nove anos, num processo de 215 folhas, foram expedidos 13 mandados, 12 correspondências e uma carta precatória. O Diário da Justiça foi utilizado duas vezes; foram proferidos dez despachos e cinco decisões. Foram ainda designadas quatro audiências e mais de 160 atos foram praticados pelos servidores do Poder Judiciário. Além do autor, foram acionadas uma autarquia federal e o Poder Judiciário Federal a decidirem recurso sobre a competência para julgar o caso de Ruidelvan Gomes Souza alegando, que ele foi preso no posto da PRF de Gurupi – TO, transportando um tatu, que segundo o acusado, fora atropelado. Depois de quase uma década o Juiz Federal Substituto, Ademar Aires Pimenta da Silva, sentenciou: “o pedido não merece ser acolhido. Lamento pelo dispêndio inútil de tempo e recursos públicos no curso do presente processo”.

IMPUNIDADE – O mandato parlamentar é garantia quase certa de uma vida sem complicações penais com a Justiça. É o que indicam os julgamentos dos últimos dez anos de processos criminais envolvendo políticos no Supremo Tribunal Federal – STF, instância máxima do judiciário brasileiro que tem a competência de julgar ações penais contra presidentes da República, senadores, deputados e ministros. Neste período, ninguém foi condenado. Precisa falar mais alguma coisa?

PT – Ruy Muniz pretende disputar a prefeitura em 2008, pelo partido do presidente Lula. Um substituto a altura do deputado Juvenil, que pediu desfiliação do PT para não ser expulso. Só para lembrar, Ruy foi expulso do PT por infidelidade partidária, no início dos anos 80 e corre o risco de ser expulso novamente, caso concretize esta sua intenção. Agora por outros motivos, porque o PT não expulsa ninguém mais por infidelidade partidária. Basta lembrar dos prefeitos “petistas” do norte de Minas que viraram as costas para o candidato ao governo de Minas Nilmário Miranda, na eleição passada.

FALANDO NISSO... O PT vai encaminha fefedo para comissão de ética, quando mesmo Cláudia?

HISTÓRIA - A Vallee é uma exceção na cidade. Volta e meia ela contribui para a nossa cultura. Agora mesmo, ela acaba de publicar 30 livros de 29 autores consagrados desta terra, para doar para as bibliotecas, no aniversário do sesquicentenário de Montes Claros. Os bancos, Correios, Ville Fort, Casas Bahia, Eletrosema, Ricardo Eletro, Eletrosom, Ponto Frio... e tantos outros, também poderiam seguir o exemplo e fazer alguma coisa. Mas só pensam no lucro fácil para mandar para suas matrizes.

PEIDO – Para quem ainda não sabe, o PFL, antigo PDS, antiga Arena, Antiga UDN... vai mudar de nome: PD – Partido Democrata. Quando uma pessoa adere ao PT diz oPTei. Quando adere ao PD, diz o quê?

GHOST – A fantasminha camarada apareceu. Mas sua chefe continua sumida há meses à custa do erário. Dizem que ela tá aguardando uma promoção. Alguém arrisca pedir ressarcimento? Eu só não faço porque tenho medo de ser excomungado pelos seus tios. Padre nosso... Amém!

PTB - Com a independência que os atuais dirigentes do PTB querem impor ao partido, principalmente junto ao governo federal, e com a entrada do ex-presidente e hoje senador Fernando Collor de Melo (PTB-AL), pouco espaço restou para os políticos que usavam a legenda apenas para permanecer no cenário político, ocupando cargos e sem qualquer linha programática. Não será apenas o governo federal que terá que enfrentar a independência do PTB. Em diversos Estados, assim como em Minas Gerais, a atual direção promete surpresa. O ministro do Turismo dos Walfrido Mares Guia afirmou que deseja sair do PTB e manter seu apoio ao governo do presidente Lula. Mares Guia disse que sua vontade de sair da legenda é motivada pela "crise interna vivida" pelo PTB. “O partido não apóia o governo, não explicita o apoio ao presidente”. É o "to be or not to be".

MORDAÇA - Na sombra de uma Lei Delegada, o governador Aécio Neves projeta-se nacionalmente de forma negativa como o primeiro governante a restabelecer o Serviço de Informação do Estado. Ressalte-se que a Lei Delegada utilizada por ele com esta finalidade é semelhante aos Decretos Lei, editados no período da Ditadura pelos golpistas de 1964. Até hoje, os arquivos das “investigações” da época são motivos de polêmica e temor.

ASSESSORIA - O jornalista Pedro Ricardo deve assumir nos próximos dias a assessoria jornalística do deputado peemedebista da cidade, Luiz Tadeu Leite. Pedro, como diz Peré, é daqueles jornalistas que agente pede um texto sobre qualquer coisa e, ele pergunta: “É pra criticar ou elogiar?”. Com a mesma competência.

BANCOS - O PROCON de Montes Claros informou ao Promotor de Justiça de Defesa do Consumidor, Dr. Felipe Gustavo Gonçalves Caíres, das inúmeras reclamações registradas naquele órgão, em desfavor de várias instituições financeiras, em especial o Banco Itaú, que possui uma quantidade superior aos demais. Segundo o Procon, do total das reclamações registradas, 90% referem-se à retenção indevida e dolosa do salário recebido pelo consumidor em sua conta salário, promovida pelo banco.
QUEDA – Por causa da subserviência do PT a cada dia ele escorrega mais da garupa da gangorra. Quando ele tentar aprumar já vai ser tarde.

24 de fev de 2007

O MOTEL


Mirtes não se agüentou e contou para a Lurdes:
- Viram teu marido entrando num motel.
A Lurdes abriu a boca e arregalou os olhos. Ficou assim, uma estátua deespanto, durante um minuto, um minuto e meio. Depois pediu detalhes.
- Quando? Onde? Com quem?- Ontem. No Discretíssimus.
- Com quem? Com quem?
- Isso eu não sei.
- Mas como? Era alta? Magra? Loira? Puxava de uma perna?
- Não sei, Lu.
- Carlos Alberto me paga. Ah, me paga. Quando o Carlos Alberto chegou em casa a Lurdes anunciou que iria deixá-loe contou por quê.
- Mas que história é essa, Lurdes? Você sabe quem era a mulher que estavacomigo no motel.
-Era você!
- Pois é. Maldita hora em que eu aceitei ir. Discretíssima, imagine... toda a cidade ficou sabendo. Ainda bem que não me identificaram.
- Pois então?
- Pois então que eu tenho que deixar você. Não vê? É o que todas as minhasamigas esperam que eu faça. Não sou mulher de ser enganada pelo marido e não reagir.
- Mas você não foi enganada. Quem estava comigo era você!
- Mas elas não sabem disso!
- Eu não acredito, Lurdes! Você vai desmanchar nosso casamento por isso?
Por uma convenção?
- Vou!Mais tarde, quando a Lurdes estava saindo de casa, com as malas, o Carlos Alberto a interceptou. Estava sombrio:
- Acabo de receber um telefonema - disse...
- Era o Dico.- O que ele queria?
- Fez mil rodeios, mas acabou me contando. Disse que, como meu amigo, inhaque contar.
- O quê?- Você foi vista saindo do motel Discretíssimo ontem, com um homem.
- O homem era você!- Eu sei, mas eu não fui identificado.
- Você não disse que era você?- O que? Para que os meus amigos pensem que vou a motel com minha própria mulher?
- E então?
- Desculpe, Lurdes, mas... não tem jeito...
- O quê???
- Vou ter que te dar uma surra...
CONCLUSÃO:DEVEMOS CUIDAR APENAS DA NOSSA SAÚDE QUE O SUS NÃO DÁ CONTA DE CUIDAR, POIS DA NOSSA VIDA, TODO MUNDO CUIDA...

Atribuido a Luis Fernando Verissímo

TV no seu computador


Meus amigos, acabou a época em que você tinha que ficar sentado no sofá assistindo televisão. Agora você pode fazer isso sentado na cadeira do seu computador (ou deitado na cama com seu laptop). Isso sim é evolução!
Para você que não curte muito sair da frente do PC, agora pode assistir alguns canais ao vivo, direto do seu WindowsMedia Player (cuidado, alguns canais são indicados para maiores de 18 anos).
Update: Indicaram esse programa para assistir os vídeos, ele já vem com os canais relacionados (inclusive a Globo, Rede TV, etc.).


Faça download do SopCast.
Clique em VEJA MAIS para ver a relação das TVs!

Copie e cole o endereço no seu Windows Media Player, em Arquivo - Abrir URL e pronto! - Ah, algumas não funcionam mesmo! Nem me mandem e-mails reclamando. Quando isso acontecer... larga pra lá.


Rede TV! - mms://media.brturbo.com/scc.wmv

Sexy Reality Show - mms://200.221.3.65/realvitaty

BandSports - mms://200.218.192.66/bandsports

Band News - mms://media01.brturbo.com.br/bandnews_secure.wmv?url=17632616183115Canal 21 - mms://201.14.17.131:8080

Tv Japonesa - mms://211.39.135.74/imbcTVTv Japonesa - mms://Vod.sxtvs.com/sxtvs-7-1

Tv São José - mms://200.215.114.165:8080Show Tv - mms://213.74.22.21/

TV-ShowTvTVN - mms://Vod.sxtvs.com/live2/live2.asf


Mania TV - mms://stream.maniatv.com/maniatv

TV Bandeirantes - mms://200.181.52.166:8080Bloomberg - http://www.bloomberg.com/streams/video/Live


_NASATV_Windows.asxAl-Jazira - http://www.benomar.free.fr/tv/aljazeera.asx

SBT - http://wwitv.com/b_tv/8259.asxCanal do Boi - http://wwitv.com/b_tv/7170.asx CoolESPN mms://Vod.sxtvs.com/live2/live2.asf

BAND SPORTS- mms://200.218.192.66/bandsports

BAND NEWS- mms://media01.brturbo.com.br/bandnews_secure.wmv?url=17632616183115

REDE TV()- mms://media.brturbo.com/scc.wmvTV ROCK(clipes)- mms://galileo.netpoint.com.br/tvrock1

SBT()- mms://200.205.146.137/sbt_300kTV WEB: http://wwitv.com/i_tv/b1672.asx

REDE: http://www.redeopiniaodetv.com.br/aovivo/aovivo.asxTV CAPITAL: http://wwitv.com/i_tv/8392.asx





TV: http://wwitv.com/i_tv/8088.asxAll music: http://wwitv.com/i_tv/8304.asx

Telemadrid Sat: http://wwitv.com/i_tv/8304.asxTV BRASILIA: http://wwitv.com/i_tv/b1638.asx

TV LITORAL: http://wwitv.com/i_tv/8313.asxMUSIC TV: http://www.kulakswoodshed.com/high.asx



Telemadrid Sat: http://wwitv.com/i_tv/8304.asx

Aécio usa Itamar para federalizar o BDMG



Depois de sucessivos prejuízos, Aécio Cunha, através de Itamar Franco, prepara ambiente para federalização do BDMG

Aécio indicou Itamar para o BDMG Só agora se verifica que o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) teve, além da significativa queda em seu lucro líquido, um enorme prejuízo real. A queda de R$ 38,4 mi no lucro, conforme divulgado antes do carnaval pelo governo mineiro, serviu apenas de cortina de fumaça.Segundo analistas de mercado, o balanço do banco foi maldosamente “maquiado” e o prejuízo sofrido foi de quase R$ 12 mi que, acrescido à queda do lucro do exercício de 2005, chega a R$ 70 mi. O artifício utilizado na “maquiagem” foi o dispositivo da Resolução do Banco Central (BC) nº 3.355/2006, que permite deduzir do prejuízo como “ativos” possíveis créditos tributários com “expectativa“ de realização em até dez anos - anteriormente o prazo era de cinco anos. Esta prática ocultou a real situação financeira do banco. Diante da delicada situação do BDMG e com a possibilidade inclusive de sua liquidação, o governo federal, como maior credor do banco, já iniciou, através do BC, gestões junto ao governo mineiro para que o banco seja federalizado. A “estratégia” contábil adotada pelo governo mineiro só é percebida após minuciosa análise de mais de 400 páginas. Nas "Notas explicativas", constante do balanço de 2006, a administração do BDMG fez constar: “Essa alteração [Resolução BC nº 3.355/2006] proporcionou a contabilização em junho de 2006 do valor de R$ 21.223 relativo a créditos tributários adicionais com realização prevista para os exercícios de 2012 a 2016, justificado pela ocorrência de resultados fiscais positivos presentes na projeção de resultados elaborada pela Instituição. O quadro a seguir apresenta a expectativa de realização do valor de R$ 72.153, registrado em 30 de junho de 2006, dos créditos tributários decorrentes de adições temporárias e bases negativas da contribuição social sobre o lucro líquido. Ressalte-se que a realização desses créditos está relacionada, principalmente, à possibilidade de reconhecimento, como perda efetiva, das despesas com provisões para créditos de liquidação duvidosa, à sua reversão, ou à recuperação dos créditos que lhes deram origem que, pelo perfil da grande maioria das operações da Instituição, dar-se-á no prazo máximo de dois anos. A constituição desses ativos considera a sua provável realização a partir de projeções de resultados futuros, elaboradas com bases em premissas internas e em cenários econômicos futuros, que podem, portanto, sofrer alterações”. Como demonstrado, os administradores do BDMG quiseram se defender de posteriores acusações e processos, assim como ocorreu no caso do Banco Nacional. Fontes do BC afirmam que foi necessária muita firmeza na fiscalização diante da tentativa de utilização de outros artifícios pelo BDMG.Ressalte-se que a situação financeira do banco em 2002 - último ano do governo Itamar Franco - e 2003 - primeiro ano do governo Aécio Cunha - era muito boa.Diante da inevitável federalização do BDMG e da catastrófica repercussão na imagem de eficiente administrador propagandeada por Aécio, estrategicamente o governador colocou Itamar Franco na presidência do BDMG para que, desta forma, possa desviar a atenção dos mineiros - alegando que a possível federalização do banco é uma retaliação de Lula contra a indicação de Itamar – e deixando para o ex-governador e ex-presidente a briga com o governo federal.Porém, a bancada mineira do PT na Assembléia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) já se articula e pretende ir a fundo na investigação dos motivos que levaram a última instituição financeira mineira ao enorme prejuízo, e buscando formas de evitar que seja concretizado o confronto planejado por Aécio.
Por estes e outros motivos o presidente Lula tem evitado falar com o governador mineiro.
Fonte Aqui

CARTA AOS PETISTAS E CIDADÃOS DE MONTES CLAROS

O Partido dos Trabalhadores de Montes Claros, através da sua Executiva Municipal, vem esclarecer aos petistas, às petistas e ao povo de Montes Claros, alguns fatos divulgados nas últimas semanas pela mídia local:
1. O PT é um partido que encampou lutas históricas pela democracia, pelos direitos sociais, pela construção da cidadania, pela ética na política, por um modo de governar republicano, de um governo para todos, tendo como prioridade o povo pobre e sofrido do nosso país. Sofreu uma crise política profunda, nos anos 2005 e 2006, e vive um momento de avaliação interna e reafirmação dos seus compromissos históricos com o povo brasileiro.
2. Recentemente, o PT de Minas Gerais abriu processo de expulsão do deputado federal Juvenil Alves, devido às acusações de abuso do poder econômico nas eleições de 2006 e crimes cometidos na área fiscal. Juvenil não é mais filiado ao PT. Este é um dos fatos que ilustra a disposição de zelo por um comportamento ético dos seus militantes como condição para se manter filiado à nossa agremiação política.
3. A mídia local vem veiculando a possibilidade de candidatura a Prefeito de Montes Claros do deputado estadual Ruy Muniz, pelo Partido dos Trabalhadores. Cabe esclarecer que o referido deputado não tem perfil de cidadão que será aceito como militante petista. É réu confesso, por ter cometido crime de estelionato contra o Banco do Brasil, em 1986. Como empresário do ensino, tem uma prática de empreendedor condenável, com dezenas de processos, seja de alunos, professores, funcionários das suas empresas, fornecedores, sócios e cidadãos. Neste setor, o seu lema "Educação é tudo" aparece aos nossos olhos como "O poder do dinheiro é tudo". Como político, do PFL, tem estado, nos últimos 20 anos, no nosso campo oposto, como adversário ferrenho do Governo Lula, das bandeiras petistas, do Governo Athos/Sued (PPS/PT). Além disso, é acusado de abuso do poder econômico e compra de votos nas eleições de 2004, como candidato a vereador, teve o mandato cassado e só tomou posse através do artifício jurídico de mandato de segurança. É acusado da prática do mesmo crime nas eleições passadas com a distribuição de gasolina para convencer eleitores a apoiá-lo. Sempre esteve do grupo dos políticos de Montes Claros identificados como conservadores, patrimonialistas, defensores históricos do atraso político, econômico e social do nosso povo, como forma de dominação e resistência a mudanças pelas quais sempre lutamos.
4. Enfim, reafirmamos que a filiação do deputado Ruy Muniz ao PT não se dará de forma alguma. Esta é uma decisão unânime da Executiva Municipal que será apreciada na próxima reunião do Diretório Municipal e encaminhada à Executiva Estadual.

Montes Claros, 23 de Fevereiro de 2007.

EXECUTIVA MUNICIPAL DO PARTIDO DOS TRABALHADORES DE MONTES CLAROS

Helicóptero da polícia localiza assaltantes de banco escondidos em mata no Norte de Minas

(Elaine Resende/Portal Uai) / (Luiz Ribeiro/Estado de Minas)

Houve troca de tiros entre os quatro criminosos e os policiais


Caçada aos assaltantes mobiliza força-tarefa em Minas Gerais

A maior caçada a assaltantes de banco já feita em Minas pode estar perto do fim. Um helicóptero da força-tarefa montada para localizar os quatro bandidos escondidos na Serra do Boqueirão, no município de Dom Bosco, região Noroeste do estado, encontrou os criminosos no fim da tarde desta sexta-feira. Segundo informações da polícia, os assaltantes, que estão fortemente armados de acordo com relatos dos reféns libertados no último sábado, atiraram contra a aeronave. Houve troca de tiros e a situação ficou ainda mais tensa. Conforme as primeiras informações do 28º Batalhão da Polícia Militar de Unaí, não houve feridos. O grupo conseguiu fugir pela mata fehcada mas a polícia acredita que, com a limitação da área das buscas, os criminosos sejam capturados em pouco tempo. Durante a fuga, a quadrilha abandonou três fuzis - um deles um AK-47 (que pode fazer até 600 disparos por minuto) -, roupas camufladas e parte do dinheiro levado do Banco do Brasil em São Romão, no Norte de Minas.
Leia mais aqui

23 de fev de 2007

O que é que custa quase R$ 6.000,00/ litro e não é nem para beber ???

Resposta: TINTA DE IMPRESSORA !!!
Veja o que estão fazendo no Brasil com tinta de impressoras! !!
É mais uma forma de roubo que não nos demos conta ainda!
Apenas reclamamos do preço mas não fazemos contas. Ainda bem que alguém fez e denunciou.
Já nos acostumamos aos roubos e furtos e ninguém reclama mais.

Repassem e fiquem indignados, pois os parlamentares alegam que o povo não reclama de nada, que perdeu a capacidade de se indignar!
VOCÊS JÁ TINHAM FEITO O CÁLCULO?

Há não muito tempo atrás, as impressoras eram caras e barulhentas.
A primeira impressora doméstica barata, a Elgin Lady 80, era bonita, minúscula e lenta, mas mesmo assim acessível. Com o advento das impressoras a jatos de tinta, o mercado matricial doméstico morreu mais rápido que os dinossauros, pois todos foram seduzidos pela qualidade, velocidade e facilidade de uso da Cânon BJ600, da HP Deskjet 420C, entre outras.

Aí veio a grande sacada dos fabricantes: oferecer impressoras cada vez mais e mais baratas, e cartuchos cada vez mais e mais caros.
Nos casos dos modelos mais baratos, o conjunto de cartuchos pode custar mais do que a própria impressora.. .
Olha só o cúmulo: pode acontecer de compensar mais trocar a impressora do que fazer a reposição de cartuchos.
VEJA ESSE EXEMPLO:
Uma HP DJ3845 é vendida nas principais lojas por R$170,00.
A reposição dos dois cartuchos (10ml o preto e 08ml o colorido), fica Em torno de R$130,00.
Daí você vende a sua impressora semi-nova sem os cartuchos por uns R$90,00 (pra vender rápido), junta mais R$80,00 e compra uma nova impressora e com cartuchos originais de fábrica e ainda economizará R$50,00 !
Os fabricantes fingem que nem é com eles, dizem que é caro por ser tecnologia de ponta, transformam o simples ato de fabricar tinta em algo mais complexo do que coletar a 3a. lágrima da Deusa-Loba dos Campos Elíseos, ou algo assim..
Enquanto a indústria de recarga viceja, vemos HP, Epson, Canon e Lexmark jurando que a tinta deles é melhor e que você não deve recarregar Para piorar, de uns tempos para cá passaram a diminuir a quantidade de tinta (mantendo o preço)...
Um Cartucho HP, com míseros 10ml de tinta custa R$55,99. Isso dá R$5,99 por mililitro.
Só para comparação, Champagne Veuve Clicquot City Travelle custa R$1,29 por mililitro.
QUASE SEIS MIL REAIS POR UM LITRO DE TINTA !
Parece brincadeira, NÉ????
MAS É A TRÁGICA REALIDADE, O PREÇO EXTORSIVO QUE PAGAMOS. UM ESPANTO !!!
Só acrescentando. ..
As impressoras HP1410, 3920 que usam os cartuchos HP 21 e 22, estão vindo somente com 5 ml de tinta!!! Mas não é só HP. Com a Lexmark é a mesma coisa.
Isso deve ser combinado, CARTELIZADO! É UM ABUSO!

Mensagem Enviada por Tatá

Carteira de Advogado - Rigor redobrado

O novo presidente da seccional Rio da Ordem dos Advogados do Brasil, Wadih Damous, manda avisar: Vai endurecer a prova para tirar carteira de advogado. A média de reprovação atual é de 80% e, mesmo assim, o Rio de Janeiro tem quase 100 mil advogados. Se depender de Damous, quem quiser entrar para o time vai ter que estudar muito. Ainda bem que é no Rio, né Dener Kroger?

Ciro candidato presidencial para 2010???


Reproduzido do blog do Josias de Sousa


Desde dezembro do ano passado, Lula vem afirmando, em privado, que deseja reconduzir Ciro Gomes (PSB-CE) à Esplanada dos Ministérios. Na reunião que terá com o presidente, nesta quinta-feira (22), às 11h30, o governador de Pernambuco e presidente do PSB, Eduardo Campos, dirá que Ciro não quer mais voltar a ser ministro. Além de Lula, o próprio Eduardo Campos gostaria que Ciro retornasse ao primeiro escalão do governo. O governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), irmão de Ciro, pensa do mesmo modo. Porém, contra a opinião de todos, Ciro bate o pé. Prefere exercer o recém-conquistado mandato de deputado a retornar ao ministério. A relutância de Ciro em admitir que seu nome volte à roda de negociações ministeriais embute um cálculo político. Tornou-se, fora do PT, a principal alternativa presidencial do consórcio governista para 2010. E avalia que, na Câmara, terá mais mobilidade para viabilizar-se como candidato.
Será que ficaram mágoas da disputa na Câmara? PSB, PCdoB e PDT formarão bloco alternativo de Poder? Haverá racha na Base Aliada do presidente Lula?

Jornalistas ficam triste com Karina e polícia tucana


As redações dos jornalões estavam agitadissímas nesta manhã. Conspiração e advinhações. Alguns preparavam suas pautas com suposições, e disse-me-disse. Outros como o estadão saiu com a notícia "Pai de Fernanda Karina Somaggio, a ex-secretária e testemunha chave contra Marcos Valério, foi assassinado" Ohhh ai tem coisa do PT diziam jornalistas. Loucos por um escândalo, babando para dar a notícia a sua maneira, ligaram para a amante e secretária de Marcos Valério, Fernanda Karina Somaggio, que disse." Não acredito em crime político", jornais e jornalistas viram a conspiração cair com a pauta. O G1 - da Globo- saiu na frente" A polícia(tucana) descarta conotação política para o crime". Karina acredita que a morte de seu pai foi uma fatalidade.

Uhhh! sorriso amerelo na redação ... Helena Sthephanowitz

22 de fev de 2007

FRASE

“Às vezes, a única coisa verdadeira num jornal é a data”
Luís Fernando Veríssimo

Virou mania

“A Agência Nacional de Telecomunicações registrou em janeiro 798.520 novas habilitações de telefones celulares. Com isso, o Brasil superou a marca de 100 milhões de telefones celulares em operação. Foram 100.717.141 assinaturas do Serviço Móvel Pessoal (SMP), com 80,58% de aparelhos pré-pago e 19,42% com planos de conta ao final do mês.
Segundo a Anatel, de 1997 até agora, a telefonia móvel cresceu 22 vezes ao chegar a mais de 96,2 milhões de assinantes. Hoje, o país possui 2,8 telefones celulares para cada grupo de 100 habitantes. O Distrito Federal é o estado com o maior número de aparelhos (1,1 para cada habitante), seguido pelo Rio Grande do Sul (0,69 telefone para cada pessoa).”

Estudo afirma que Brasil restringe jornalismo

De acordo com estudo divulgado pela Agência Efe, Brasil, Cuba, México, Venezuela, Bolívia e Chile são considerados os piores países da América Latina para jornalistas em 2006.
O Brasil está em quinto lugar no ranking, e é descrito como uma área onde existem 'leis-mordaça', que controlam o exercício jornalístico com ameaças de prisão. O estudo foi elaborado pela ONG Cadal (Centro para Abertura e Desenvolvimento da América Latina) no relatório 'Indicadores de Jornalismo e Democracia em Nível Local na América Latina', divulgado no dia 7.O relatório lembra que, no último ano, o Iraque foi a única região do mundo que superou a América Latina em assassinatos de jornalistas. Em termos de repórteres presos, apenas a China consegue ter um número maior do que a região. A Venezuela e Bolívia são consideradas países em que o Estado usa a imprensa para ampliar seu poder político.

O estudo diz que o pior país para profissionais da imprensa é Cuba, com uma grande presença do Estado, forte restrição da mídia e sérias dificuldades para a entrada e trabalho de correspondentes. O relatório lembra que existe uma demora de 21 dias para o fornecimento do visto e que o jornalista é obrigado a submeter a entrevista que quiser fazer à supervisão das autoridades cubanas.
A Argentina foi considerada o país menos restritivo para o trabalho jornalístico, apesar de ter critérios políticos para a publicidade governamental, licenças de rádio e TV. O país possui um sistema para que jornalistas apresentem suas queixas por telefone.
Fonte: Coletiva net

Deputado pode trocar o PFL pelo PT


Muniz admite disputar a Prefeitura pelo partido de Lula
O Jornal de Notícias de hoje, aqui informa que o deputado Ruy Muniz, do PFL, eleito para o primeiro mandato em outubro do ano passado, pretende viabilizar a candidatura à Prefeitura pelo partido a que pertence atualmente. Contudo, não descarta a possibilidade de mudar de sigla e, se necessário, filiar-se ao PT, novamente, para concorrer à sucessão do prefeito Athos Avelino, do PPS. O parlamentar deixou isso claro nesse sábado, ao participar do programa “Na Corda Bamba” da TV Geraes, apresentado ao vivo, das 11 às 12 horas, pelos jornalistas Girleno Alencar e Hélio Machado. O pefelista confirmou, também, que tem diversas alternativas e já mantém contatos com outras legendas, citando o PL e o PSB. Ele confirma que será candidato de qualquer jeito e espera êxito nas urnas, mesmo que seja no segundo turno.
Prefiro não comentar para evitar mais problemas. Mas com certeza será mais um Juvenil na vida do PT. Ladrão condesso, só falta o Banco do Brasil lhe prestar uma homenagem, colocando o nome do Banco do Brasil de Janaúba, como Bando do Ruy. Acabei comentando...
Leia abaixo para saber quem é culpado pela impunidade neste país.

Não adianta. Se não abrir a caixa preta do judiciário a impunidade continuará


O mandato parlamentar é garantia quase certa de uma vida sem complicações penais com a Justiça. É o que indicam os julgamentos dos últimos dez anos de processos criminais envolvendo políticos no Supremo Tribunal Federal (STF) - instância máxima do Judiciário brasileiro que tem a competência de julgar ações penais contra presidentes da República, senadores, deputados e ministros. De 1996 até 2006 o STF julgou definitivamente 29 processos penais contra políticos que têm direito a foro privilegiado. Nenhum foi condenado.
Dos 29 processos criminais, 13 prescreveram - deixaram de existir, porque acabou o prazo em que a pessoa acusada podia ser punida pelo crime. Em outros dez casos, a ação foi encaminhada pelo STF para instâncias inferiores. Nas 6 restantes, os acusados foram absolvidos. São casos de desvio do dinheiro público, formação de quadrilha, gestão fraudulenta, lesão corporal, crime contra a honra, crime eleitoral, danos ao patrimônio, sonegação fiscal e até uma acusação por furto de água em São Paulo.O último caso de que se tem notícia de condenação no Supremo é de 1994. O ex-tesoureiro de campanha do ex-presidente Fernando Collor, Paulo César Farias, o PC Farias, recebeu pena de sete anos do STF. Mas PC Farias foi morto em 1996.EstruturaEspecialistas afirmam que o problema é que o tribunal não tem estrutura nem foi criado para atuar como uma corte de primeira instância. O STF pondera que as ações penais são mal instruídas em seu início. Para o vice-presidente do Supremo, ministro Gilmar Mendes, essa conta só deve valer a partir de 2001, quando o Congresso deixou de ter de ser consultado para abertura dos processos contra parlamentares. Mendes acha preocupante o foro privilegiado, mas em decorrência do número elevado de ações.
Para o ministro, não há garantia de que, se os processos contra políticos fossem instruídos em primeira instância, haveria maior celeridade nos julgamentos. "Não haveria com isso um grande combate à impunidade. Porque estamos vendo exemplos de ações mal propostas nas primeiras instâncias que chegam ao STF e são trancadas."

Além disso, é crescente o volume de ações penais contra políticos nos últimos anos. Só o escândalo do mensalão despejou 40 denúncias contra parlamentares. Como se não bastasse, o esquema dos sanguessugas, denunciado pelo procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, no fim do ano passado, atinge um número ainda maior de pessoas: 84 suspeitos.

Para o ministro do STF Antonio Cézar Peluso, é preciso critério para o uso do foro privilegiado. "Sou a favor do foro para algumas causas. Acho que certas autoridades realmente devem ter, para garantia delas e garantia de maior imparcialidade, inclusive nas ações de improbidade. Não é possível e não me parece admissível que o presidente da República, por exemplo, fique sujeito a uma decisão de juiz singular, que pode eventualmente destituí-lo numa medida qualquer."
Prescrição
O caso mais recente de prescrição foi o do processo contra o deputado José Fuscaldi Cesílio, o Tatico, reeleito pelo PTB de Goiás. Empresário, em 1994 ele foi acusado por crime de sonegação tributária. Seu processo foi levado ao Supremo em 2002, quando Tatico foi eleito deputado federal pela primeira vez. Em 7 de novembro do ano passado, os ministros do STF decretaram a prescrição da pena - depois de 12 anos da denúncia, ele não poderia mais ser punido pelo suposto crime.

Avanço de sindicalistas no poder mostra sua força

Clique na figura para ampliar


“Saiba, companheiro Evo, que toda vez que me encontro contigo, eu não esqueço que somos chefes de Estado de países soberanos, que precisamos agir como chefes de Estado, cada um em defesa do seu país. Mas antes de ser presidente da República, você na Bolívia e eu aqui no Brasil, nós éramos companheiros do movimento sindical e não podemos permitir que essa nossa primeira relação seja diminuída porque hoje somos presidentes”. A declaração, feita aos presidente da Bolívia, Evo Morales, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante a solenidade de assinatura do acordo para compra do gás boliviano pela Petrobras, revela o poder real que os sindicatos exercem hoje na América Latina, e particularmente no Brasil.
A exemplo de Lula, que começou sua carreira política como dirigente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo, no ABC paulista, há sindicalistas à frente de ministérios, em cargos importantes nas principais estatais, fundos de pensão de empresas e bancos públicos, dirigindo o Sebrae e o Sesi. Mas é no Legislativo que o poder dos sindicatos mostra-se mais forte. Nas últimas eleições, 60 parlamentares (55 deputados e cinco senadores) chegaram ao Congresso e ocupam postos-chave nas comissões permanentes. O presidente da Câmara, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), foi dirigente estadual da CUT paulista (veja quadro).
Chinaglia é uma prova de que sindicatos, federações, confederações e centrais sindicais são uma espécie de trampolim para a carreira política dos seus dirigentes. Os 55 deputados de origem sindical espalhados por sete partidos formam a quinta bancada na Câmara, atrás apenas de siglas tradicionais — o PMDB (91 deputados), o PT (82 parlamentares), o PSDB (63 tucanos) e o PFL (62 congressistas). O grupo de sindicalistas é maior que as bancadas dos dois partidos de origem trabalhistas juntos: o PDT — cujo ícone é o ex-governador Leonel Brizola, afilhado do ex-presidente Getúlio Vargas, fundador do PTB.
Composição
Do total da bancada de “peões”, 39 foram reeleitos e 16 são novatos. Um levantamento feito pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) revela que a composição do grupo sindical é majoritariamente petista. Dos 60 congressistas, 45 são filiados ao PT. Os outros partidos com esse tipo de representação na bancada sindicalista são o PCdoB (7), PDT (3), PPS (1), PMDB (1), PV (1) e PSol (2). Na eleição de 1998, foram eleitos 44 sindicalistas ou candidatos ligados ao movimento sindical.
A bancada de sindicalistas sofreu uma pequena redução no Congresso em comparação com as eleições de 2002, quando 74 deles foram eleitos na onda Lula. Mas ganhou força ao ocupar, nesta legislatura, postos-chave em todo o Congresso, além de fortalecer o grupo no Senado. A queda foi o reflexo da aprovação da reforma na Previdência que provocou desgastes entre os trabalhadores da chamada “base”. Para compensar a redução de parlamentares, o poder sindical se espalhou pelo Executivo, em autarquias, fundações e no segundo e terceiro escalões dos ministérios.
O ex-presidente da CUT Jair Meneguelli desistiu de continuar no Congresso e garantiu a presidência do Serviço Social da Indústria (Sesi), tradicionalmente ocupada por empresários. Outro exemplo do poder dos sindicalistas no Brasil é o do ex-deputado Luiz Antônio Medeiros (PR-SP). Fundador da Força Sindical, não conseguiu se reeleger em outubro, mas está cotado para a Secretaria de Relações do Trabalho, uma das mais importantes no ministério dirigido por pelo sindicalista Luiz Marinho, ex-presidente da CUT.
Partidão
Medeiros é um exemplo da antiga “correia de transmissão”, expressão que definia os sindicalistas obedientes às orientações do antigo Partido Comunista Brasileiro (PCB). Filiado ao Partidão, ele chegou a fazer curso na antiga União Soviética e depois presidiu o Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo. Ele foi um dos ideólogos do chamado “sindicalismo de resultados”, em oposição a uma atuação mais ideológica da CUT com hegemonia petista.O exemplo mais recente do poder dos sindicatos é o do deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP). Presidente e fundador da Força Sindical, ele usou até a marca da central como sobrenome eleitoral e, mesmo com todas as atribuições da Câmara, permanece à frente da entidade. Paulinho, como é conhecido, exigiu ser o líder do bloco parlamentar formado pelo PDT, PSDB e PCdoB, como compensação por ter desistido de ser o líder da bancada do seu partido, o PDT, ocupada pelo deputado Miro Teixeira (RJ). “Não fui líder da bancada porque não quis”, comentou Paulinho.
A Força Sindical tem maior estrutura, mais filiados, orçamento mais gordo e um número muito maior de escritórios espalhados pelo país que o seu partido, o PDT, não tem. Paulinho da Força, antigo assessor de Medeiros, já foi PCdoB, PT e agora é um dos pilares de sustentação do PDT. É o vigor sindical.

Quem você indicaria?

Carnaval tem dessas coisas. Uma funerária de Beberibe alugava uns quartos para quem quisesse passar o carnaval por lá. Para quais políticos você indicaria o "Caminho do Céu"?

Coluna Em Cima da Notícia - Jornal de Notícias de Montes Claros

*Luís Carlos Gusmão 18/02/2007
Direitos de respostas coletivo – 1) Carlos Pereira, o popular Gama, disse que não importou com o comentário da coluna sobre o seu consumismo de Tabletes Santo Antônio, para tingir seus cabelos. Mas seu amor roxo... 2) Um representante da quadrilha do bb disse por um intermediário da baixada, que, com família ninguém brinca. As formigas podem fazer a festa. 3) Os Correios também repudiaram, mas não falou nada com nada, muito menos da inercia de seus diretores e gerentes, com as questões sociais, com o povo de Montes Claros, ou da falta de apoio na segurança. Mas alegou que o selo do aniversário do cesquicentenário de Montes Claros não será feito porque não foi comunicado a tempo e, mesmo assim, os Correios só podem patrocinar o selo no tricentenário da cidade. Ou seja, daqui a cento e cinquenta anos. 4) Rudá Ricci, disse que a coluna deu barrigada ao dizer que o Instituto Cultiva assessora do governo Aécio e o Sind-Ute . Segundo ele, o Instituto não tem nenhum contrato com o governo Aécio. Seu comentário na íntegra tá no blog (www.luiscarlosgusmao.blogspot.com). 5) A turma do birô eleitoral da fantasminha camarada e de sua chefa, confudiram tudo. Atiraram para todos os lados para encontrar os culpados. Deu com os burros n’água. 6) Hilário, de BH, presidente do Sind-Ute, ligou apenas para saber quem é a fonte desta coluna.- Deve ser seu cabelo de pinchain. 7) Os stalinistas continuam fazendo terrorismo e chamando de fogo-amigo, quem faz qualquer tipo de críticas.é Vero!

NEO LIBERALISMO - Passaram as eleições. A direita perdeu. A esquerda ganhou? O PT não luta mais contra o neoliberalismo? Esse risco existe e é grave. A observação é do sociólogo, Emir Sader.

CHEGA! - A violência é um fenômeno multifacetado. Dos pequenos furtos ao atroz assassinato do pequeno João Hélio. Se a classe política é responsável por isso, todos nós também somos. Furar o sinal vermelho, desrespeitar a vaga destinada ao portador de necessidades especiais, molhar a mão do guarda, tudo isso é sinal de violência. Entretanto, assassinar Farley e sua filha, Igo Xavier, Rosalvo e Daniela ou arrastar o corpo de uma criança por sete quilômetros é mais que violência, é a ratificação da barbárie. Entre uma morte e outra, já estamos perguntando: “E aí, vai viajar no Carnaval?”

ÁGUA - Segundo um estudo da ONU, divulgado pela BBC, dentro de 20 anos 60% da população do mundo deve enfrentar escassez de água. Hoje, pouco mais de um bilhão de pessoas já não têm acesso a água limpa e mais de 2,5 bilhões não têm saneamento básico adequado. Muitos ambientalistas alardeiam há anos que depois do petróleo, que hoje gera guerras por seu controle, a água será o principal fator de conflitos ao redor do planeta. Se assim for, estaremos no epicentro desta guerra. O Brasil poderá se tornar uma grande potência ou um Iraque. Façam suas apostas. TRANSPOSIÇÃO - Somente neste ano, serão investidos R$ 483 milhões, em investimentos na interligação do rio São Francisco com as bacias hidrográficas de Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco. Outros R$ 247 milhões estão previstos para revitalização. Até 2010, são previstos R$ 4,5 bilhões para a conclusão do projeto - o maior do governo Lula.

ROUBO OU SUGESTA – Fazer uma ocorrência policial é muito simples. Basta ligar para o número 190 ou chamar uma rádio-patrulha nas proximidades para alegar o ocorrido e ponto final. De posse da ocorrência, ninguém vai duvidar que o dinheiro desaparecido fosse realmente um roubo.

MONTALVÂNIA ILHADA - Os 16 mil habitantes do município de Montalvânia, distante 750 Km de Belo Horizonte, vivem numa situação dramática. Os 65 Km de estrada que ligam Manga a Montalvânia ficaram praticamente intransitáveis. Os ônibus da Transnorte, mesmo constando no itinerário Montes Claros-Coribe/BA, não passam de Manga. Só para lembrar, este trecho faz parte da BR 135. Mas lamentavelmente, ninguém olha este detalhe, pensam que a 135 é só de Montes Claros a Belo Horizonte. Talvez seja porque Montes Claros é bairrista e só quer o bônus. Só sabe reclamar das ambulâncias que chegam diariamente nesta cidade, mas não aceita que os governos façam qualquer investimento nos hospitais de outras cidades norte-mineiras. É comum escutar por aqui as frases: “Montes Claros e o interior”, “Montes Claros e o Norte de Minas” etc, como se aqui fosse uma capital e não pertencesse a este norte gigante e rico, mas também cheio de problemas. E é preciso a união de todos para reverter este quadro, sem demagogia e politicagem.

GLBT - Enquanto movimentos GLBT pressionam o governo federal por ações mais efetivas contra a questão homofóbica, a prefeitura de Palmas, capital do Tocantins, que é administrada pelo PT, resolveu inovar. Neste Carnaval, em parceria com a Ong Giama, a prefeitura vai patrocinar a instalação de um camarote para gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais (GLBT) no circuito da folia naquela cidade. Hilário disse que vai baixar pra lá. (Foto: Amor roxo)
Varizes - A lei que proíbe o usuário bancário ficar mais de 15 minutos na fila, não é nem de longe aplicada no Itaú. Com 12 caixas, na agência da Carlos Gomes, nunca funcionam mais que cinco. Uma hora é pouco na fila daquela agência.

TORNEIO - O desportista Denart inova a cada dia. Agora, ele vai promover um tornei de integração com as polícias. Sem continência nem arma.

FRACA – A bancada do governo municipal, com raríssima exceção, não consegue convencer ninguém nos debates da tribuna da Câmara. Só ficam com suas verborréias de sempre e o prefeito levando cacetada. Se o comunista sair então. Acabou.

BAR - Os tradicionais baião de dois e o churrasco com o espeto enfiado no cepo em cima da mesa, são as atrações no bar de Hildeu, que agora funciona em frente à Câmara Municipal, naquele restaurante do posto de combustível. O restaurante Novo Dia Peixaria, é o vigésimo terceiro na vida de Hildeu.

BICUDA - Isso não tem Gláucia nenhuma. Paulo Guedes nomeou Cláudia Regina num dia e teve que desnomear no outro, porque fez a sua revelia. E a professora Cláudia preferiu continuar na chefia de departamento de ciências sociais da Unimontes. Gláucia foi a substituta.

CAMPANHAS – A turma de Tião Sibéria continua com a campanha “Volta Cascão”, e ele de birra com Sonca, nem thum. Já o pessoal da “integração” continua clamando “Apareça gerente”. Chega de ser gost.

GREVE - Os defensores públicos que têm um papel social importante na defesa dos mais necessitados, cruzaram os braços exigindo melhores salários e melhores condições de trabalho. Já o governo estadual por sua vez, finge que não é com ele, pois não tem nenhum compromisso com a população carente do estado.

QUADRILHA - Os ladrões do BB fizeram um arraso. Calma! Tô falando daqueles que continuam fugidos pelas bandas de Unaí.

CARNAVAL – Januária ignora a enchente e promoverá seu carnaval. Com isso, a campanha de solidariedade para arrecadar donativos para aquela gente desabrigada, pode minar.

21 de fev de 2007

Um aborto da natureza


Dando uma girada pelos blogs, encontrei uma entrevista do Colodovil dada ao Duilio Ferronato.

Dentre cinco mil palavrões, xingamentos à torta e à direita, o Klo, disse: "Eu odeio vulgaridade. Odeio esse operário, que é presidente, quero que ele tenha uma morte horrorosa para aprender a tratar bem os pobres. "Eu posso afirmar que nunca assisti um programa do Klo, mas sei que ele é adorado pela classe pobre brasileira.

Ãdmiro-me que ele, com tanto sucesso, possa ser uma pessoa tão amarga. Ele deve ser muito infeliz.
Deve ser vontade de ser macho.

Tudo novo. Vida Nova. Inclusive direção nova



PFL "refundado

"MUITO BOA ESSA! (Para quem ainda não sabe, o PFL, antigo PDS, antigo ARENA, antigo UDN, agora vai mudar de nome: PD - Partido Democrata... )
Quando a pessoa adere ao PT diz oPTei.
Quando adere ao PD, diz o quê?
P.S. A foto da esquerda mostra o novíssimo presidente nacional. A foto da direita, o "novo" cacique das bandas do norte do país. Como se vê... tudo novo!