Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

25 de fev de 2007

Coluna Em Cima da Notícia 25/02/2007

O CASO DO TATU - Durante quase nove anos, num processo de 215 folhas, foram expedidos 13 mandados, 12 correspondências e uma carta precatória. O Diário da Justiça foi utilizado duas vezes; foram proferidos dez despachos e cinco decisões. Foram ainda designadas quatro audiências e mais de 160 atos foram praticados pelos servidores do Poder Judiciário. Além do autor, foram acionadas uma autarquia federal e o Poder Judiciário Federal a decidirem recurso sobre a competência para julgar o caso de Ruidelvan Gomes Souza alegando, que ele foi preso no posto da PRF de Gurupi – TO, transportando um tatu, que segundo o acusado, fora atropelado. Depois de quase uma década o Juiz Federal Substituto, Ademar Aires Pimenta da Silva, sentenciou: “o pedido não merece ser acolhido. Lamento pelo dispêndio inútil de tempo e recursos públicos no curso do presente processo”.

IMPUNIDADE – O mandato parlamentar é garantia quase certa de uma vida sem complicações penais com a Justiça. É o que indicam os julgamentos dos últimos dez anos de processos criminais envolvendo políticos no Supremo Tribunal Federal – STF, instância máxima do judiciário brasileiro que tem a competência de julgar ações penais contra presidentes da República, senadores, deputados e ministros. Neste período, ninguém foi condenado. Precisa falar mais alguma coisa?

PT – Ruy Muniz pretende disputar a prefeitura em 2008, pelo partido do presidente Lula. Um substituto a altura do deputado Juvenil, que pediu desfiliação do PT para não ser expulso. Só para lembrar, Ruy foi expulso do PT por infidelidade partidária, no início dos anos 80 e corre o risco de ser expulso novamente, caso concretize esta sua intenção. Agora por outros motivos, porque o PT não expulsa ninguém mais por infidelidade partidária. Basta lembrar dos prefeitos “petistas” do norte de Minas que viraram as costas para o candidato ao governo de Minas Nilmário Miranda, na eleição passada.

FALANDO NISSO... O PT vai encaminha fefedo para comissão de ética, quando mesmo Cláudia?

HISTÓRIA - A Vallee é uma exceção na cidade. Volta e meia ela contribui para a nossa cultura. Agora mesmo, ela acaba de publicar 30 livros de 29 autores consagrados desta terra, para doar para as bibliotecas, no aniversário do sesquicentenário de Montes Claros. Os bancos, Correios, Ville Fort, Casas Bahia, Eletrosema, Ricardo Eletro, Eletrosom, Ponto Frio... e tantos outros, também poderiam seguir o exemplo e fazer alguma coisa. Mas só pensam no lucro fácil para mandar para suas matrizes.

PEIDO – Para quem ainda não sabe, o PFL, antigo PDS, antiga Arena, Antiga UDN... vai mudar de nome: PD – Partido Democrata. Quando uma pessoa adere ao PT diz oPTei. Quando adere ao PD, diz o quê?

GHOST – A fantasminha camarada apareceu. Mas sua chefe continua sumida há meses à custa do erário. Dizem que ela tá aguardando uma promoção. Alguém arrisca pedir ressarcimento? Eu só não faço porque tenho medo de ser excomungado pelos seus tios. Padre nosso... Amém!

PTB - Com a independência que os atuais dirigentes do PTB querem impor ao partido, principalmente junto ao governo federal, e com a entrada do ex-presidente e hoje senador Fernando Collor de Melo (PTB-AL), pouco espaço restou para os políticos que usavam a legenda apenas para permanecer no cenário político, ocupando cargos e sem qualquer linha programática. Não será apenas o governo federal que terá que enfrentar a independência do PTB. Em diversos Estados, assim como em Minas Gerais, a atual direção promete surpresa. O ministro do Turismo dos Walfrido Mares Guia afirmou que deseja sair do PTB e manter seu apoio ao governo do presidente Lula. Mares Guia disse que sua vontade de sair da legenda é motivada pela "crise interna vivida" pelo PTB. “O partido não apóia o governo, não explicita o apoio ao presidente”. É o "to be or not to be".

MORDAÇA - Na sombra de uma Lei Delegada, o governador Aécio Neves projeta-se nacionalmente de forma negativa como o primeiro governante a restabelecer o Serviço de Informação do Estado. Ressalte-se que a Lei Delegada utilizada por ele com esta finalidade é semelhante aos Decretos Lei, editados no período da Ditadura pelos golpistas de 1964. Até hoje, os arquivos das “investigações” da época são motivos de polêmica e temor.

ASSESSORIA - O jornalista Pedro Ricardo deve assumir nos próximos dias a assessoria jornalística do deputado peemedebista da cidade, Luiz Tadeu Leite. Pedro, como diz Peré, é daqueles jornalistas que agente pede um texto sobre qualquer coisa e, ele pergunta: “É pra criticar ou elogiar?”. Com a mesma competência.

BANCOS - O PROCON de Montes Claros informou ao Promotor de Justiça de Defesa do Consumidor, Dr. Felipe Gustavo Gonçalves Caíres, das inúmeras reclamações registradas naquele órgão, em desfavor de várias instituições financeiras, em especial o Banco Itaú, que possui uma quantidade superior aos demais. Segundo o Procon, do total das reclamações registradas, 90% referem-se à retenção indevida e dolosa do salário recebido pelo consumidor em sua conta salário, promovida pelo banco.
QUEDA – Por causa da subserviência do PT a cada dia ele escorrega mais da garupa da gangorra. Quando ele tentar aprumar já vai ser tarde.

Nenhum comentário: