Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

8 de fev de 2007

“Parte da nossa imprensa é usada para atender aos interesses dos seus donos”, diz prefeito de Montes Claros


Athos detecta má vontade da mídia com o seu governo e avisa que a reforma administrativa de 2006 foi só uma avant premier do que ainda está por vir
Athos fala à repórter Jussara Ribeiro: aposta em dias melhores para Montes Claros
Entrevista a Jussara Ribeiro/Edição de texto e consultoria Luís Cláudio Guedes (aqui)
O prefeito Athos Avelino (PPS), 55 anos, diz nesta entrevista ao Médio São Francisco que o pior momento da sua administração ficou para trás. O prefeito de Montes Claros rebate críticas dos seus adversários, em especial do ex-prefeito e deputado estadual Luiz Tadeu Leite (PMDB), que bateu forte na atual administração em entrevista à Revista TEMPO do mês de dezembro. “Acho que todo mundo tem direito de espernear. Infelizmente, há pessoas que, por desvio de personalidade, não conseguem metabolizar e superar as feridas de uma derrota que até hoje parece não terem sido cicatrizadas”, devolve Athos.
O prefeito conta que não voltou ao consultório que ainda mantém na cidade desde que assumiu o cargo de prefeito. Especializado em medicina clínica pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Athos atuou como diretor regional de Saúde Pública entre os anos de 1983 até 1989, parte deles no governo Tancredo Neves. Foi desse período o conhecimento que ele diz ter de cada município da área mineira da Sudene. Athos foi ainda vice-prefeito de Montes Claros no período de 1993 a 1996, quando atuou nas áreas de Saúde e Educação. Eleito em 2002 para o cargo de deputado federal, trocou a rotina do Congresso Nacional pelo comando de uma das cidades mais problemáticas de Minas Gerais.
Casado, pai de três filhos, ele garante que não se arrependeu dessa decisão. “Do ponto de vista pessoal, familiar, profissional e até mesmo financeiro, fiz um péssimo negócio, mas não me arrependo. Não busquei vantagens pessoas quando decidi ser prefeito de Montes Claros. O objetivo maior era o de servir a cidade onde nasci e aos meus conterrâneos. Na medida do possível, tenho honrado esse compromisso”, discursa. Confira a seguir os principais trechos da entrevista.

Athos Avelino: “Nosso jeito de governar incomoda os adversários”

PARA VER TODA A ENTREVISTA CLIQUE AQUI

Fonte: http://luisclaudioguedes.zip.net

Nenhum comentário: