Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

13 de fev de 2007

Os urubus da barbárie

Sinto raiva de ver veículos de comunicação e coleguinhas se comportando como urubus. Usando o corpo de uma criança para vender sua ideologia sanguinária, racista e discricionária.
O assassinato do menino João Hélio, 6 anos, revolta pelo sadismo da ação e traz à tona os nossos mais desqualificados sentimentos de reação. Agora, fazer de uma barbaridade como esta um show midiático e torná-la bandeira de debates que deveriam se dar com seriedade e serenidade é deprimente.
Crimes com esse tipo de componente repetem-se a cada tempo. Podem acontecer na Zona Norte do Rio de Janeiro ou numa cidade rica dos EUA. Às vezes têm jovens pobres envolvidos, outras têm filhos de famílias ricas de Brasília. Em alguns momentos são pretos ou mulatos os que os praticam, em outros só ricos brancos.
Se fosse pai de João Hélio, talvez também clamasse por vingança. E se tivesse a oportunidade de matar cada um dos canalhas que participaram da ação, não perderia a chance.
Os assassinos de João Hélio são os responsáveis diretos por um ato de barbárie. Mas os que lucram com esse tipo de barbárie são outros.

Nenhum comentário: