Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

19 de dez de 2008

Política de Buteco corrige barrigada deste blog

Segundo o blog Política de Buteco os “pseudo-jornalistas” de Montes Claros erraram feio.
Caso o Senado consiga garantir a promulgação da PEC dos vereadores através do Supremo Tribunal Federal (STF) - leia Aqui, os vereadores Guila, que teve mais de 2000 votos e Aldair do PT, que teve quase 2.500 votos, ficarão chupando os dedos com a nova lei. Rosemberg Medeiros e Maria Helena Lopes serão os felizardos.
Neste caso, a composição da Câmara ficaria da seguinte forma: Alfredo Ramos, Marcos Nem, Pastor Elair, Athos Mameluque, Frank Cabelereiro, Idelfonso, Raimundo do INSS, Rita Vieira, Rosemberg Medeiros, Pastor Altemar, Ildeu Maia, Edwan do Detran, Júnior de Samambaia, Tone Câmara, João de Deus, Dr Silveira, Claudim, Aurindo Ribeiro, Damazio, Valcir da Ademoc, Luciana Caribé, Maria Helena Lopes e Jenival (Jê).
E se o vereador Ildeu Maia for mesmo cassado e não assumir, assume o suplente Cabo Novaes, que teve 1216 votos.
Ademar Bicalho, Lipa Xavier e Fátima Pereira seriam os únicos Pombos-Correios que ficariam de fora, caso seja aprovada a PEC dos vereadores.
Isto é, se o blogueiro Quem é que sabe estiver com razão. Como estou com preguiça de pesquisar, prefiro levar outra barrigada.

4 comentários:

Anônimo disse...

No mesmo blog tem uma notícia interessante: Que tal uma matéria ligando os "pseudo-jornalistas" aos seus "pais", os "pseudo-políticos"?

Sei que Arthur Leite é filho de Ana Maria e de Jairo. Que Artur Amorim, o Karoba, é filho de Valmir Morais, da Amams. Que Valdemar Soares é filho de Arlen Santiago. Arlen que também era pai de Edmilson Xuxa, que depois foi adotado por Ruy Muniz e agora é filho legítimo de Tadeu Leite. Arlen que é pai de PC Júnior, de Manoel de Freitas e de Sidão. Eduardo Brasil é filho de Ruy Muniz. E por aí vai. Vocês com certeza sabem mais que eu sobre isso…

Será que Athos Avelino ainda tem algum filho, ele que tinha um monte deles sentado à sua mesa recebendo mesada?

Jorge

Pirula "Lan Haus" direto do Telecentro do Cintra

http://politicadebuteco.wordpress.com/

Anônimo disse...

E TOME BARRIGADA!!
ÊTA PESSOAL PREGIÇOSO...
E SO TIRAR UM TEMPINHO, PEGAR A LISTA COM O TOTAL DE VOTOS DAS COLIGAÇÕES E LISTA DOS CANDIDATOS VOTADOS, FAZER AS CONTAS E VER QUE OS VEREADORES SÃO: ALADIR - PT, IR. CARLINHOS - PSC, AURINDO - PPS, ILDEFONSO - PMDB, JÚNIOR - PV, GUILA - PR, JENIVAL - PHS, LUCIANA CARIBÉ - PSDB.
TATÁ FAZER DE CALCULO DE PLANTÃO HOJE...

Eduardo Madureira disse...

Eu também errei um nome na minha primeira conta. Dessa vez quem errou feio foi o "política de buteco"! Como ele diz que Cabo Novais seria eleito, se Tone Câmara é da mesma coligação e conseguiu 2410 votos e o Cabo Novais 1216? Quando existe coligação entre partido o cálculo é feito considerando a coligação como um único partido, se fosse diferente não justificaria a coligação.

Os novos eleitos seriam:

AURINDO RIBEIRO (PPS)
JÚNIOR DE SAMAMBAIA (PV)
LUCIANA CARIBÉ (PTB)
ALDAIR FAGUNDES (PT)
IRMÃO CARLINHOS (PSC)
GUILA RAMOS (PR)
JENIVAL (PHS)
IDELFONSO (PMDB)

No meu blog coloquei a tabela com a votação das coligações e a base de cálculo utilizada pela Justiça Eleitoral.

www.eduardomadureira.blogspot.com

Álbano Silveira Machado disse...

Não sei quais os (falsos) jornalistas citados. O cálculo é claro segundo a letislação eleitoral.
Fiz uma memóra de cálculo e nomeei os prováveis aleitos. Minha lista divergiu de Dudu Madureira que colocou Guilherme do PHS no lugar de Idelfonso, do PMDB. O Cabo Novais não entra aqui.
Mudando de assunto e ficando no mesmo, é muito estranho o Senado querer promuilgar guela abaixo uma PEC aprovada, depois de alterada. Osa ritos do Congresso Nacional são claros. Depois de aprovada uma proposta de lei em uma casa ele vai pra outra. Se houve alguma alteração deve retornar à casa de origem. Portanto, a PEC dos Vereadores, que sofreu alteração quanto aos artigos que se referem á gastos com a Cãmara Municipal, deve retornar à Câmra dos Deputados para anova apreciação.