Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

11 de mar de 2009

Marcos Valério foi espancado na penitenciária

No período em que esteve encarcerado na Penitenciária de Tremembé, em São Paulo, o empresário mineiro "amigo" de Virgílio Guimarães, Marcos Valério Fernandes de Souza, disse que foi espancado e que precisou recorrer ao Primeiro Comando da Capital (PCC) para sair da cadeia com vida.
Nos 98 dias em que esteve preso, Valério passou dez dias num regime especial de reclusão, numa cela que foi aberta quatro vezes por detentos que o agrediram em busca de informações sobre o paradeiro de um DVD, "supostamente contendo revelações capazes de derrubar a República".
Depoimentos
No processo do mensalão, a Justiça Federal em Belo Horizonte começou a ouvir esta semana testemunhas arroladas pelos réus que residem na cidade. Nos últimos dois dias foram ouvidas testemunhas de defesa da ex-diretora administrativa e financeira da SMPB Comunicação, Simone Vasconcellos. Está marcado para quinta-feira, 12, o depoimento do ex-ministro do Turismo, Walfrido dos Mares Guia, arrolado como testemunha por Valério e Emerson Palmieri, ex-tesoureiro informal do PTB. Mares Guia também foi arrolado como testemunha pelo deputado cassado Roberto Jefferson, cujo depoimento está marcado para o próximo dia 27. O advogado de Valério reclamou ontem terça-feira, 10, que os depoimentos estão ocorrendo sem que todos os réus e advogados dos acusados que não residem na capital mineira fossem intimados para acompanhamento das audiências. "Entendemos que houve uma falha processual, porque era indispensável intimar os defensores de todos", afirmou Leonardo.
Leia a matéria completa AQUI no Novo Jornal

3 comentários:

Anônimo disse...

Eta bandidagem, o país não aguenta mais tanta putaria.

Anônimo disse...

Lunga,
Enfim alguem com poder aquisitivo conheceu o sistema penitenciario brasileiro,lá é onde manda quem pode e obedece quem tiver juizo.Eu ouvia falar que a pior cadeia do mundo era a Turquia,o filme Expresso da meia noite nos deu uma pequena amostra do que era aquele inferno.Mas,na mesma materia escrita pelo Lindenberg o que ficou patente foi o jornalista querer desqualificar o Valério,esse jornalista não esconde seu lado petista de ser,quem acompanha sua coluna veem claramente essa postura.Ele deveria puramente respeitar os leitores,afinal quem lê jornal não é nenhum analfabeto.

Anônimo disse...

Lunga,
Censura? Meu comentário não pooooode? Será verdade que o grande empresario que anda nomeando a vontade na prefeitura comprou a metade do jornal lider de moc?