Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

7 de abr de 2007

Em cima da notícia

FIM DA PEIXARIA DO NELSON - O empresário Denílson Arruda, adquiriu o imóvel da tradicional Peixaria do Nelson. Vai fazer naquele local, um grande empreendimento imobiliário. Já o tradicional Nelson, mudará para São Paulo. De mala e cuia.

ARTIGO – O filósofo da vida, Haroldo Tourinho Costa Filho, o Cabaré, volta a escrever no jornal O Norte.

RONALDINHO GAÚCHO - De Barcelona, na Espanha, Eustáquio Correia, meu amigo Anão, da Gotas Produções, vibra com este blog. Disse que andava preocupado com as notícias horríveis no site montesclaros.com, que só enfoca violência. “Parabéns Luis, espero que sempre me mande noticias boas da cultura, dos artistas e da política e da Moc, que vivi muito tempo ai. Hoje estou morando na Espanha, na cidade de Barcelona. E a saudade é demais das noites dos bares edas musicas de Montes Claros. Antes eu só acessava as noticias horríveis da minha Montes Claros, através do site Radiomoc, que só enfoca violência”.
ADUNIMONTES – O professor Gy Reis, perdeu a eleição na Associação dos Docentes da Unimontes. Segundo ele, foi o esquema pesado da medicina que funcionou novamente naquela autarquia.

CANDIDATURA – O coordenador do SIND-UTE no Norte de Minas, José Gomes da Silva, convidou parentes e amigos para uma feijoada em sua casa, para o lançamento de sua candidatura a vereador. E fez um desafio: “se o PT conseguir mais de uma cadeira no legislativo local, os meus concorrentes devem preocupar somente com a segunda cadeira pra frente, pois a primeira já é minha”.

BOCA DE SIRI - Nenhuma repercussão na imprensa blindada daqui e do resto das Minas Gerais, sobre o envolvimento do ministro Walfrido dos Mares Guia com Marcos Valério, no mundo do financiamento ilegal de campanhas políticas. Só para lembrar, Walfrido é dono da Faculdade Pitágoras de Montes Claros, que fez doação para a campanha política do Deputado federal do PSDB, Atila Freitas Lira, do Piauí. Enquanto os daqui ficaram chupando os dedos. Lira é um dos nove parlamentares suspeitos de praticarem lavagem de dinheiro e práticas fraudulentas através de saques milionários do Banco Rural, considerado pela Procuradoria-Geral da República como "núcleo financeiro e operacional" da organização criminosa que comandou o mensalão. Sua família controla a Faculdade Santo Agostinho, em Teresina/PI.
PRECATÓRIOS - O seqüestro de 530 mil reais da Prefeitura de Montes Claros, para quitar precatórios, feito pelo Tribunal de Justiça, deixa novamente a prefeitura em situação delicada, para saldar os compromissos com fornecedores, servidores e com a população de um modo geral, através de obras. Porém, o Tribunal só conseguiu fazer o seqüestro de 360 mil reais, valor que havia na conta do município. O procurador municipal, Otávio Augusto Melo Franco, anunciou que impetrará ação para derrubar o bloqueio, como nas vezes anteriores. No ano passado, também houve outros seqüestros determinados pelo Tribunal de Justiça para pagamentos de precatórios. As dívidas, quase todas, são relativas a desapropriações de administrações passadas, não pagas. Inclusive os prédios da Prefeitura e da Câmara, que foram construídos pelo ex-prefeito Luiz Tadeu Leite. Só para lembrar, além de não pagar as desapropriações, o ex-prefeito construiu aqueles prédios, no meio da Avenida Luiz de Almeida. Isso ele não fala em seu programa “As mentiras do Tadeu”.

CASARÃO - O CAA – Centro de Agricultura Alternativa, bateu o martelo e deu um xeque-mate nas pretensões de Ruy Muniz. Comprou o prédio Solar dos Oliveiras, por uma bagatela de 270 mil reais.

2 comentários:

Anônimo disse...

Infelizmente Gy Reis perdeu a eleição da Adunimontes. Não foi apenas por um "esquema da medicina", passa também por uma falta de articulação do próprio professor, que não se empenhou em apresentar um projeto caro pras forças políticas.

Everaldo disse...

Gy Reis tinha que perder mesmo. Já pensou ele na presidência da Adunimontes aliado com aquela turma... Eu hein!