Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

11 de abr de 2007

Museu Clube da Esquina promove Museu Vivo de 2007 em Comemoração aos 150 Anos de Montes Claros

Dentro da comemoração continuada dos 150 anos de Montes Claros, a Prefeitura, através da Secretaria de Cultura estará trazendo o Museu Clube da Esquina para uma grande apresentação gratuita no dia 26 de abril de 2007 em Montes Claros, na Praça da Matriz, às 21:00 h. com Márcio Borges, Murilo Antunes, Lô Borges e Bhanda, ao Vivo.
O Museu Vivo é uma atividade promovida pelo Museu Clube da Esquina com o objetivo de divulgar e preservar a produção artística do Clube da Esquina. Periodicamente, são realizadas palestras e apresentações musicais de artistas que integram esse importante movimento musical. Ainda em 2007, estão programadas outros encontros em diversas cidades de Minas e do Brasil.

Nessa edição, Márcio Borges irá conversar com o público sobre a história do Clube e apresentará um vídeo elaborado a partir do acervo do Museu.
Murilo Antunes lerá alguns poemas de sua autoria e Lô Borges apresentará as músicas de seu recém-lançado álbum de inéditas: Bhanda. O disco, que tem 10 faixas, traz parcerias com o irmão Márcio Borges, com o músico, poeta e principal letrista do Skank, Chico Amaral, e com César Maurício, vocalista e letrista da banda Radar Tantã. O nome Bhanda significa felicidade, em sânscrito. Lô Borges se apresentará acompanhado pelos músicos Giuliano Fernandes (guitarra), Barral (teclados), Renato Valente (baixo) e Robinson Matos (bateria

Nenhum comentário: