Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

26 de abr de 2007

Policiais de MG se mobilizam na capital e interior em preparação para a grande Assembléia Geral da categoria nesta sexta, 27/04

Os representantes do Gabinete Integrado das Entidades de Classe das Forças de Segurança de Minas Gerais (Giforseg/MG) visitaram nesta semana as cidades de Montes Claros, Juiz de Fora, Barbacena, Conselheiro Lafaiete, Ipatinga e Governador Valadares, além de rodarem com carro de som em Belo Horizonte e região metropolitana, objetivando mobilizar as Polícias Civil e Militar do interior e capital para participarem da grande Assembléia Geral, no dia 27 de abril, próxima sexta-feira, às 13h, na Praça da Liberdade, onde será votada a proposta salarial oferecida pelo governo.
Uma manifestação realizada ontem em Montes Claros por policiais militares, bombeiros e civis, para reivindicar melhores salários para a categoria, terminou com um ato simbólico em frente à prefeitura municipal, quando queimaram um caixão representando os mais de 140 policiais mortos em Minas Gerais nos últimos cinco anos.
O presidente do Sindipol – Sindicado dos servidores da polícia civil de Minas Gerais, Antônio Marcos Pereira, disse a O Norte (
www.onorte.net) que as manifestações de repúdio ao reajuste dado pelo governo, de 30% dividido nos próximos três anos, acontece em todo o estado e será fechado nesta sexta-feira, 27, em assembléia geral das policiais militar, civil e corpo de bombeiros.

Nenhum comentário: