Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

26 de abr de 2007

STJ manda instalar CPI do Apagão Aéreo na Câmara e minoria arcaica vibra


O Supremo Tribunal Federal ordenou ao presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), a instalação da CPI do Apagão Aéreo, depois que o plenário da Câmara dos Deputados aprovou o recurso do PT que suspendeu a instalação desta CPI, com 308 votos favoráveis à suspensão, 141 contrários e duas abstenções. Confira abaixo como votou cada deputado mineiro, por partido:
PCdoB - Jô Moraes – Sim - PFL- Carlos Melles - Não, Edmar Moreira - Não, Jairo Ataide - Não, - João Bittar - Sim, Lael Varella - Sim, Marcos Montes - Não e Vitor Penido - Não. PMDB- Antônio Andrade -Sim, Fernando Diniz - Sim, João Magalhães - Sim, Leonardo Quintão - Sim, Maria Lúcia Cardoso - Sim, Paulo Piau - Sim e Saraiva Felipe - Sim. PP - George Hilton - Sim, Luiz Fernando Faria - Sim e Márcio Reinaldo Moreira - Sim. PPS - Alexandre Silveira - Sim, Geraldo - Não e Humberto Souto - Não. PR- Aelton - Sim, Jaime Martins - Não e Lincoln Portela - Sim. PSB- Júlio Delgado - Não. PSC- Mário de Oliveira - Sim. PSDB- Eduardo Barbosa - Não , Narcio Rodrigues - Não, Paulo Abi-Ackel - Não, Rafael Guerra - Não e Rodrigo de Castro - Não. PT- Elismar Prado - Sim, Gilmar Machado - Sim, Leonardo Monteiro - Sim, Maria do Carmo Lara - Sim, Miguel Corrêa Jr. - Sim, Odair Cunha - Sim, Reginaldo Lopes - Sim e Virgílio Guimarães - Sim. PTC - Carlos Willian - Sim. PV- Antônio Roberto - Não, Ciro Pedrosa - Não e Fábio Ramalho - Sim. SEM PARTIDO - Juvenil Alves - Sim
Humberto Souto criticou postura de presidente da CCJ
O presidente da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), deputado Leonardo Picciani (PMDB-RJ), provocou a irritação de deputados opositores ao governo ao declarar que a tática da oposição de recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) seria uma tentativa de implantar uma "ditadura da minoria". Durante audiência pública da comissão, Picciani atribuiu esse tipo de recurso a uma "pseudominoria".
O deputado Humberto Souto (PPS-MG) reagiu. "Os seus comentários são impróprios e desmerecedores da presidência da comissão. Esse debate não comporta esses termos chulos e rasteiros", disse. Já o deputado Zenaldo Coutinho (PSDB-PA) afirmou que a oposição, ao recorrer ao Supremo, quer impedir que as maiorias eventuais desvirtuem os princípios constitucionais.
Só para lembrar, Humberto Souto que foi eleito com o apoio do prefeito Athos Avelino (PPS), aliado do presidente Lula, e do presidente do Previmoc e secretário do PT de Montes Claros, Alfredo Ramos, faz oposição ao governo federal e aos trabalhadores, votando inclusive, na emenda 3, que é uma invenção de um grupo de deputados e senadores para favorecer os patrões que não gostam de pagar os direitos dos trabalhadores. Esses deputados enfiaram a emenda no projeto de lei que cria a Super Receita.

Nenhum comentário: