Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

1 de mar de 2007

Patrus cobra responsabilidade dos governos estaduais na área social

"A maioria dos estados ainda não definiu o nível da sua responsabilidade e o aporte de recursos efetivos para a área social", disse.
De acordo com ele, a maioria dos governadores não está destinando os recursos necessários para os programas sociais do Sistema Único de Assistência Social (Suas), para as políticas de segurança alimentar e nutricional e para outras ações que promovem a distribuição de renda.
"O que caracteriza essa ação integrada é a co-responsabilidade, o co-financiamento. No caso do Suas, por exemplo, as decisões são compartilhadas. Se estamos compartilhando as decisões, é fundamental também que compartilhemos as responsabilidades e os recursos. Nesse momento, o governo federal está assegurando os recursos do Suas com mais de 70%", afirmou o ministro.
Segundo ele, o governo federal define as políticas sociais de acordo com as diretrizes do pacto federativo estabelecido na Constituição brasileira. "É importante também que os governos estaduais e municipais priorizem o social e coloquem a questão social no centro das suas ações concretas, como está fazendo o governo federal", destacou Patrus.

Nenhum comentário: