Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

22 de mar de 2007

Homenagem a trabalhador assassinado por seguranças privados da V&M

No dia 26 de março será realizada uma missa de 30º dia em honra de Antônio Joaquim dos Santos, na comunidade Canabrava, município de Bocaiúva, no Norte de Minas. A Rede Alerta contra o Deserto Verde denuncia que Antônio, lavrador e extrativista, 32 anos, casado, pai de quatro filhos, foi assassinado covardemente, no dia 26 de fevereiro, por um guarda armado da V&M - Vallourec Mannesmann - empresa que vem plantando milhares de hectares de monocultura do eucalipto no Norte de Minas Gerais.

"Este assassinato é um desdobramento de um violento processo de expropriação das populações tradicionais do Norte de Minas em virtude da expansão da monocultura do eucalipto na região. Este fato aconteceu em uma das plantações de monocultura do eucalipto certificada pelo FSC - Conselho de Manejo Florestal - que teoricamente garante um manejo ecológico e responsabilidade social. Denúncias vão ser encaminhadas ao FSC Brasil e FSC Internacional para uma cassação imediata do Selo Verde que foi outorgado à VM mesmo sabedores dos impactos ambientais e das condições desumanas que esta empresa vem tratando a comunidade", consta trecho do documento assinado pela Rede Alerta contra o Deserto Verde e outras organizações, como a CPT, o MST, o CAA, a ASA e o Fórum Regional de Desenvolvimento Sustentável do Norte de Minas.
Fonte: Deputada Elisa Costa
Veja matéria publicada neste blog, dia 09/03
Violência e morte no Norte de Minas Gerais

Nenhum comentário: