Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

19 de mar de 2007

FORA HÉLIO COSTA!

Por Frente Democrática de TV Digital-
www.frenteradiotvdigitaldemocratica.org

A gestão de Hélio Costa no Ministério das Comunicações tem sido um desastre. Hélio Costa não se porta com a isenção exigida de um ministro, mas de um criador de confusões. E o faz com a clara intenção de atrair para si os holofotes da imprensa. E é assim que manda e desmanda no setor, interferindo de forma premeditadamente desastrada, para arrepio da sociedade e das empresas do setor.
Ao anunciar prematuramente sua preferência pelo padrão japonês de TV Digital, logo após sua posse no ministério e antes mesmo das pesquisas (realizadas com verbas públicas) terem sido concluídas, prejudicou severamente qualquer conclusão racional - seja do ponto de vista de negociação de contrapartidas com os padrões estrangeiros, seja do ponto de vista do aproveitamento do potencial tecnológico nacional. Colocou seus interesses acima dos interesses na nação! Para o rádio digital, promete adotar o padrão norte-americano IBOC, sem que os resultados dos testes tenham sido divulgados, demonstrando - ou não - que esse sistema não irá provocar o caos no espectro congestionado das cidades brasileiras. Sem considerar que o IBOC promove uma usurpação do espectro, inviabilizando a sua democratização. E sem considerar, também, que os custos do licenciamento e equipamentos são proibitivos para as pequenas rádios, sejam elas comerciais ou
No setor de telecomunicações, as interferências do ministério causam polvorosa no setor e desanimam até mesmo a atuação da Anatel. Enquanto isso, os consumidores ficam a mercê de preços abusivos e mau atendimento, sem nenhum tipo de proteção. E a despeito de todos os factóides que o ministro já plantou na imprensa, o fato é que os recursos do FUST continuam parados. E a população mais pobre permanece sem acesso aos serviços de telecomunicações.
Na Era da Informação, a comunicação é uma das espinhas dorsais da sociedade. Como é possível a economia crescer de forma harmônica, com tamanho desandar? Como é possível aos agentes econômicos terem um mínimo de tranqüilidade de um ministro que se mostra, sem nenhum pudor, ser lobbista de uma única empresa? E como é possível à sociedade aspirar pela democratização das comunicações, se não somos ouvidos em questões fundamentais como a digitalização da televisão e do rádio? Se rádios comunitárias que prestam serviços de notória utilidade pública são truculentamente fechadas pela polícia a mando desse ministério?
Presidente Lula, em nome do povo brasileiro, afirmamos que só existe apenas uma palavra para toda essa situação: BASTA! Basta desse desministro.
Basta dessa falta de diálogo que desonra o teu mandado, basta desse cale-se!
Assinam as entidades que integram a Frente Nacional por um Sistema Democrático de Rádio e Televisão Digital.

Nenhum comentário: