Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

22 de mar de 2007

Manutenção da BR-135 entre Manga e Montalvânia começa na segunda-feira, 26

Luís Cláudio Guedes
As lideranças de Montalvânia responsáveis pelo movimento que propôs recuperar por conta própria a BR-135 no que trecho que separa aquele município de Manga, praticamente intransitável desde meados do último mês de dezembro, têm agora um bom motivo comemorar a reação diante do descaso oficial com a situação daquela rodovia federal. A empresa Conserva Ltda acaba de chegar à região e deve começar já na segunda-feira, 26, os trabalhos de manutenção da rodovia federal, que atende à população dos municípios de Montalvânia, Miravânia e Juvenília.
Com o início dos trabalhos de recuperação da estrada, os integrantes do grupo auto-denominado Pró-Estradas II já pode dar por vitoriosa a iniciativa de “consertar” a BR-135 por conta própria, numa demonstração incontestável da falência da ação governamental na região. Armados de uma boa dose de voluntarismo, além de picaretas, enxadas, enxadões e alguns tratores cedidos por fazendeiros da região, o grupo fez mais um gesto político e de marketing do que exatamente oferecer uma solução de fato para o caos enfrentado por aquele extremo das nossas Minas Gerais. A situação da rodovia é tão caótica que dificilmente seria revertida apenas na base da bao vontade. O ato valeu boa publicidade na mídia mineira, inclusive aqui neste blog - um dos primeiros a noticiar o fato.
A chegada da empreteira Conserva Ltda não é ainda o tão sonhado asfalto, mas é uma promessa concreta de devolver a trafegabilidade da rodovia e garantir à população a oferta de serviços essenciais como a circulação de ônibus intermunicipais ou dos Correios, suspensos devido ao péssimo estado da BR-135. A garantia de que os serviços serão iniciados na próxima semana é do superintendente do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (DNIT) em Minas Gerais, Sebastião Abreu e foi transmitida por telefone ao deputado estadual Paulo Guedes (PT), durante audiência com técnicos daquele Departamento na tarde da quarta-feira, 21, aqui em Brasília.
Leia a matéria completa AQUI

Nenhum comentário: