Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

29 de nov de 2006

Um encontro inadiável

Foi só o ministro Tarso Genro anunciar que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva quer se encontrar com os governadores Aécio Neves, de Minas, e José Serra, de São Paulo, para o ninho tucano ficar alvoroçado. E começar, desde logo, uma guerra de nervos para, quem sabe, evitar o encontro. O argumento é de que não tem sentido um encontro entre o presidente Lula e apenas dois dos governadores eleitos pelo PSDB, menos ainda se essa conversa não for precedida pela formulação de uma pauta mínima que possa gerar o início de uma discussão. Nada parecido com uma agenda pronta e acabada. O que os tucanos querem dizer com isso é que não irão comer na mão do presidente da República.
Leia a coluna completa de Carlos Lindenberg AQUI

Nenhum comentário: