Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

4 de nov de 2006

Réquiem para fhc


Dom fernando, o Cafetão - ou, "aquele imensíssimo filho de uma puta", enlouqueceu dias desses, dizendo:- "Nós é que somos povo. Nós somos é povão!!"Dizem uns que "surtou"; outros, que está senil, desconsiderando que velhice não é defeito, sobretudo de caráter. Na minha modesta opinião, nada é que não mais uma expressão de seu cinismo crônico, de sua doentia necessidade de aprovação (típica dos cabotinos cuja vaidade é sempre infinitamente superior ao talento), além de expressão última de seu desespero por saber que, geraldinho foi derrotado - como quis a vontade POPULAR - não terá lugar nem mais à sombra de medíocres como geraldinho, ou de GOLPISTAS decadentes como jereissati, bornhausen, césar maia, roberto freire e acm, sombra à qual foi relegado de modo que a sua execrável imagem não comprometesse ainda mais a já naturalmente capenga (porque oca, circunscrita a ataques e mentiras) campanha do candidato de seu partido.
Seria cômica se não fosse ridícula, esta sua abjeta tentativa de, agora, implorar por sorrisos banguelas, por acenos de mãos destruídas por trabalhos servis e desumanos, enfim, por um mínimo de caridade humana por parte daqueles a quem sempre desprezou, quando não massacrou pela fome e por outros torturantes instrumentos do descaso.
Esqueça, Dom fernando, o Cafetão. Você ignorou a mais óbvia "lei" das relações humanas: a gente recebe precisamente aquilo que inspira.
Quer um conselho? Morra! seu filho da puta.

Nenhum comentário: