Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

2 de dez de 2006

ENTREVISTA DE CIRO GOMES

No site do Globo, o ministro Tarso Genro tentou minimizar as declarações do deputado eleito Ciro Gomes na entrevista a Guálter George, Fábio Campos e Arthur Ferraz na Rádio O POVO/CBN, cujos trechos foram publicados no O POVO.
"É o fogo fraterno de Ciro", diz Genro. A entrevista ganhou destaque também no O Globo, que destacou os aspectos mais nacionais da entrevista, como as críticas de Ciro à atual política econômica. "O Brasil vai crescer mediocremente", disse o ex-ministro, fazendo questão de separar cada uma das sílabas. O Globo também chamou a atenção para as declarações do ministro de que, até então, sentia pouco apoio nessas críticas, e que vê avanços consideráveis com a entrada da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) e Guido Mantega (Fazenda).
Tarso Genro, certamente, não discorda muito dessa avaliação.

Nenhum comentário: