Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

2 de mai de 2007

FHC foi furtado na Espanha

Ladrão que rouba...
O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso foi furtado na Espanha na primeira semana deste mês, quando viajava acompanhado por dona Ruth e Júlia, a neta adolescente filha de Beatriz. Só ontem o assunto foi notícia na imprensa internacional. FHC voltou com 3 mil euros e 1.200 dólares a menos. O dinheiro estava dentro de uma pasta de mão colocada no porta-malas do carro alugado que levaria o grupo para uma viagem de cinco dias pelo interior da Espanha. Duas horas e meia depois de ter deixado Madrid, o carro parou a pedido de dona Ruth que queria visitar uma igreja. Foi quando o ex-presidente pediu ao motorista para abrir o porta-malas porque precisava sacar algum dinheiro da pasta. Esta, porém, sumira entre o momento em que - à frente de um hotel em Madrid - foi colocada no porta-malas e os instantes seguintes, quando o motorista saiu do carro para fechar o compartimento. Com a pasta sumiram também os passaportes dos três viajantes e talões de cheques. FHC preferiu não prestar queixa à polícia. Acionou sua secretária no Brasil para que cancelasse os talões de cheques. E a embaixada do Brasil em Madrid providenciou novos passaportes. Segundo a Folha de S. Paulo, "o prejuízo será sanado nos próximos dias quando FHC embarcar para os Estados Unidos, onde fará uma palestra por 75 mil dólares livres de quaisquer despesas". Não é caro. O ex-primeiro-ministro espanhol Felipe Gonzalez cobra 100 mil dólares por palestra. O ex-presidente Bill Clinton, 150 mil.

Nenhum comentário: