Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

15 de mai de 2007

Jornalista Carlos Lindenberg lança livro em Montes Claros

No próximo dia 25, o jornalista Carlos Lindenberg , lança em Montes Claros, o seu livro de crônicas, "Quase História".
O livro, é uma compilação de crônicas escritas, entre 1990 e 2007, e poderia, segundo o escritor Manoel Hygino, membro da Academia Mineira de Letras, se chamar "Verdadeira História", pois com sua costumeira modéstia, própria de toda gente mineira, Lindenberg chegou a mudar o rumo da política em seu estado, através das observações inteligentes e perspicazes. Essa, e outras estórias, estão incluídas num livro de 600 páginas. Carlos Lindenberg Spínola de Castro, nasceu em Espinosa-MG. Logo cedo veio para Montes Claros onde iniciou uma bem sucedida carreira jornalística. Começou no extinto "O Jornal de Montes Claros", passou pela "Gazeta do Norte" e foi editor da "Revista Encontro", que marcou a história da imprensa de Montes Claros. Formou-se em jornalismo pela UFMG, e atuou como editor do jornal "Estado de Minas", chefe de redação do jornal "O Globo", chefe de sucursal da revista "Veja", entre outros veículos conceituados, onde exerceu brilhantemente o seu ofício. Foi ainda, secretário de imprensa do Governo do Estado. Entre as muitas homenagens recebidas pela atuação na imprensa mineira, Carlos Lindenberg foi agraciado com a Medalha da Inconfidência e mais recentemente, em Brasília, com a Comenda da Ordem do Rio Branco, honraria reservada aos profissionais que contribuem, sobremaneira, para o desenvolvimento do país.
Desde 1990, é Diretor de Redação do Jornal "Hoje em Dia", onde também assina uma coluna diária, em que trata dos bastidores da política. Dessa experiência, nasceu o livro, lançado recentemente em Belo Horizonte, Araxá e Brasília.

Um comentário:

Márcia Vieira disse...

Boa tarde, Luís Carlos.Então nos encontraremos lá, para registrar mais um capítulo da história de quem nos brinda diariamente com os fatos da interessante e peculiar política mineira.Só para reforçar, o lançamento está marcado para o dia 25 de maio, no Portal de Eventos, a partir das 20h. E o "nosso" - digo nosso, pq é declarado o amor que o grande Carlos Lindenberg,dedica à nossa Montes Claros, sempre ressaltando que foi aqui que tudo começou -jornalista passou também pela Rádio Sociedade, em Moc,e foi chefe de Redação da Globo-Minas.

Abraço e parabéns pelo blog.

Márcia Vieira