Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

2 de mai de 2007

Clínica de obstetrícia de Minas Gerais deverá pagar R$ 200 mil por erro médico em parto

Um erro médico ocorrido em uma clínica de Minas Gerais durante os procedimentos de parto gerou uma indenização de R$ 200 mil e pagamento de uma pensão de um salário mínimo mensal à vítima, E. N. B. A decisão é do ministro Humberto Gomes de Barros, relator do processo, decidido por unanimidade pela 3ª Turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça). Segundo o STJ, a paciente alegou que se queixou desde o início dos procedimentos ambulatoriais, de fortes dores. O fato não teria sido levado em consideração pela enfermeira, que disse que os procedimentos executados eram normais. A paciente foi levada até um médico que teria declarado: “vamos tentar salvar pelo menos a criança”. O parto foi feito, mas, segundo ela, não teria havido uma tentativa imediata de reverter os efeitos das queimaduras causadas por formol utilizado indevidamente. A clínica nega essa versão, afirmando que, assim que o erro foi detectado, todas as medidas necessárias foram tomadas.
Se fosse aqui nesta terra de Lena Doida, também conhecida por Montes Claros, nada teria acontecido. Volta e meia alguém corta uma perna no lugar da outra, castra um sujeito com dor de ouvido, ranca a próstata ao invés de tratar dos rins...

Nenhum comentário: