Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

6 de mai de 2007

Fala Sônia

Clique AQUI para assistir ao vídeo

Com mais de 2,5 milhões de acessos a seus vídeos (incluindo o "oficial"), a faxineira Maria Sônia de Souza - protagonista do "Fala, Sônia" (vídeo no qual aparece tentanto, sem sucesso, falar "www.youtube.com") - tornou-se uma estrela na internet. Milhares de internautas replicaram o arquivo em suas páginas, criaram músicas, comentaram a divulgação do conteúdo e até fizeram paródias sobre o vídeo.
O sucesso é tanto que Sônia partiu para o comércio com a recém-criada Loja da Sônia (uma loja virtual, é claro!). A loja - cujo slogan é "você não precisa saber de tudo para ser feliz" - foi criada por uma empresa de Indaiatuba (interior de São Paulo) onde Sônia trabalha. "Não sei se vou ganhar dinheiro com isso. Eu deixo tudo na mão de Deus e olha o que está acontecendo na minha vida: eu fiquei famosa, já sai em jornal, ganhei a loja e até dou autógrafos na rua", afirmou, lembrando que adora assistir a seu próprio vídeo.
Antes da fama, Sônia não fazia a menor idéia do que era a web: "não conhecia isso não, nem sabia o que era", contou. Por isso, ela conta com a ajuda dos colegas para gerenciar sua loja. "Eu mostro todos os produtos para ela, que escolhe o que será vendido no site. Com base nessas vendas ela ganha uma comissão", afirmou Micael Lima, 19, que filmou o vídeo e o colocou no YouTube.
O jovem ainda está surpreso com o sucesso que seu vídeo faz no universo virtual. "Eu coloquei no YouTube para poder mostrar para meus amigos do Orkut. Numa sexta-feira, o vídeo tinha 40 acessos. Na segunda, quando voltei ao trabalho, tinha 200 mil", conta, explicando que o crescimento está ligado à chamada que o arquivo teve no site humorístico Kibe Loco.

fonte: Blog Desabafo País

Nenhum comentário: