Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

27 de out de 2008

60% perderam eleição. 40% elegem Tadeu Leite

Dos aproximadamente 226 mil eleitores de Montes Claros, 95 mil, cerca de 40% do eleitorado, escolheram Luís Tadeu Leite para governar a cidade pelos próximos 4 anos. Os outros, 130 mil, em números redondos, perderam o pleito, escolhendo entre Athos Avelino, 86 mil, e o restante, quase 40 mil, preferiram a omissão, deixando para o acaso.
O grande vencedor, além do candidato eleito, é o Instituto Aprove, genuinamente montes-clarense, o único a acertar as previsões, contrariando totalmente os grandes institutos brasileiros, o Ibope e o Vox Populi. Por esses institutos, a diferença pró-Tadeu ficaria entre 25 a 30 mil votos, mas ficou apenas em torno de 8 mil votos, uma diferença mínima, assim como aquela entre os candidatos, cerca de 5% dos votos.
Os números dos dois candidatos foram praticamente divididos em quase todas as urnas da cidade, com um ou outro obtendo vantagens em uma ou outra seção, ficando o desequilíbrio em favor de Luis Tadeu em parte da Zona Rural.
Embora tenha perdido o pleito, também Athos Avelino saiu vencedor. Primeiro por administrar a cidade por 4 anos e, depois de vários anos, pela primeira vez sem transformar-se em manchetes por irregularidades. Ao contrário, nestes quase 4 anos a cidade destacou-se pelos vários prêmios que ganhou, inclusive internacionalmente, pela excelência na administração em vários setores, sobretudo sociais. Athos também demonstrou força eleitoral, de vez que, praticamente sozinho enfrentou, durante todo o pleito, cinco grupos que se uniram em torno do adversário de Athos, Tadeu Leite.
Leia a matéria completa AQUI

11 comentários:

Agnaldo disse...

Como cristão, devo interceder junto a Deus em favor do futuro líder deste município. Não para que ele se engrandeça, mas para que montes claros seja abençoada por Deus!! Como cidadão, sentí um grande impácto pois a diferença de caráter entre os dois candidatos ficou bastante evidente, contudo, vejo que não é suficiente; acredito que o atual prefeito cometeu falhas na questão do trânsito político nas camadas de baixa renda ao não captar apôios de lideranças junto às periferias, ao contrário do seu adversário que até se ajoelhava junto daqueles suplicando o voto. Resultado: "O POVO DA PERIFERIA", somando os votos daqueles de classe média- alta que esperam vantagens do erário público, elegem um político de trajetória questionável. O que me indigna, é o fato das pesquisas serem usadas como um instrumento do coronelismo que corropeu diversas esferas do poder. É inadimissível que juízes tão despreparados estejam a frente de decisões de tamanha importância.
Autorizar pesquizas com aqueles demonstrativos, enseja algo estranho e alheio ao senso de democracia. espero dias melhores para nossa querida Montes Claros.

Álbano disse...

Athos não enfrentou sozinho 5 grupos políticos. O PT é um grupo político que sempre esteve ao lado do Athos. Sua militância se manteve coesa, com raríssimas excessões, trabalhando em defesa de um projeto político que transformou a cidade. Nenhum grupo político foi tão defensor do Athos quanto o PT. Nem mesmo o PPS, partido do Athos, foi tão fiel e combativo quanto os petistas.

Anônimo disse...

hehehehehehehehehe tomou papudos hehehehehehe

Alex disse...

Podem falar bastante! Esqueceram? Quem manda é o povo! Só me resta rir de vocês que agora estão jogando pragas. Vocês tinham dinheiro na mão, a máquina a seu favor e foram incompetentes ao máximo. Como o próprio Athos disse, Tadeu é um mito! Engulam essa!

Alex disse...

Luis Carlos! Está ai??? Pois bem, pq vc não muda de cidade? Eu acho melhor vc mudar viu! Abraço

Fred Araújo Alckmin disse...

Prezado Lunga;

Algumas "pessoas" continuam sem mostrar a cara de "serragem" em seu blog quando fazem seus tristes e verborrágicos comentários. Deve ser de vergonha por votar em canditado ficha suja. É laméntável que os juizes de Montes Claros tenham proibido que os leigos da igreja fizessem o abaixo assinado contra candidatos corruptos no dia das eleições como havia sido divulgado pela TV, mesmo depois que a Associação Brasileira de Magistrados se posicionou contra a corrupução. Deve ser tudo da boca pra fora!!! Ainda temos magistrados coniventes com a corrupção. Sâo uns hipócritas quem proibiu o abaixo assinado. Quanto ao PT, este sim foi fiel a Athos, ao contrário de outros "traíras" e "incompetentes" de sua administração. Para Vossas Excelências o nosso desprezo e que Deus lhes perdoe na hora de rezarem perante a Cristo!

Um abraço lunga e que Deus tenha piedade do grande povo de Montes Claros, afinal, 60% não votaram no que "venceu". Apesar da derrota anunciada, também perderam a liberdade, a justiça e a honestidade. Agora tem muito "peixe graúdo" pra mamar nas tetas do erário público. Gente que não precisa, gente que tem curso superior, mas mesmo assim, venderam o futuro de Montes Claros a preço vil, pensando em si mesmos! Que Deus também perdoe estas pessoas, pois não sabem o que fazem.

Xingoaoi disse...

O que mais me decepcionou nestas eleições foi a classe jornalística montesclarense. Uma parte, ou grande parte desta classe, durante um bom tempo foi alugada pela atual administração municipal, quebrando um dos pilares, assim eu acredito, do jornalismo, a imparcialidade.
Mostrar a verdade, de ambos os lados, é dever do jornalista, criar fantasias, é de escritor.
Sobre o voto, a única coisa que eu tenho a declarar, é que todo voto é motivado por interesse, particular, ou coletivo ou passional.
Eu espero candidato eleito honre a confiança nele depositada, primeiro para parte do povo que o elegeu, e depois para aqueles que participaram do processo eleitoral.
Que Deus ilumine a todos, do atual ao futuro prefeito, e principalmente ao povo de Montes Claros.

Obs. Pra atiçar um pouco: Instituto Aprove foi o outro grande vencedor? Errou o principal, o nome do candidato eleito.

Anônimo disse...

Hoje passei em frente da rodoviaria e vi pessoas vendendo camisas vermelhas com o seguinte dizeres: " 15 eu já sabia". Quem diria o Pc do B e o PT perderam a cor vermelhar para o PMDB! Como bom Flamengistqa, amanhã mesmo vou comprar uma, pois durante a administração de Tadeu quando começar a surgir escândalos vou acrescentar na camisa: Corrupção, improbidade administrativa ..." 15 eu já sabia"! kkkkkkkkkkkk

leonardo disse...

meu nome é leonardo sou estudante de direito por sempre acreditar que a justiça e razão libertam o homem da opressão trazendo lhe diginidade hoje no dia 27 de outubro me desliquei do curso de direito por sentir que a justiça não vale a pena fiquei indignado com o direito de um homem com tantos processos de improbidade administrativa como o candidato e agora prefeito eleito de montes claros LUIZ TADEU LEITE possa ser eleito e representar a população de montes claros formada em sua maioria por cidadãos de bem pesso que a justica no Brasil so existe para os poderosos .hoje tenho vergonha de pertencer a esta patria chamada BRASIL . Hoje grandes homens da nossa terra como Darcy Ribeiro deve lamentar junto a Deus a incompetencia e o despreso da justiça com a coisa piblica e com o cidadão de bem .se tenho o nome sujo na praça não posso ter posse em um concurso publico ,mas se assalto os cofres piblicos posso ser eleito para uma prefeitura por estas e muitas tenho tristeza em dizer

O BRASIL NÃO TEM JEITO

Anônimo disse...

Resultado das eleições em Montes Claros...
Venceu a DE-MO-CRA-CI-A. Mas democracia de quem? Será a do povo da favela e da zona rural, que foi quem decidiu essas eleições? Ou será a do velho e já conhecido poder dominante neste Brasil sem jeito: a democracia dos manipuladores? Sim, porque há somente dois tipos de eleitores do Sr. Luiz Tadeu Leite: o povo humilde sem acesso à informação verídica dos fatos e, justamente por ser a parte mais fraca nesta relação de poder, que é a política, é mais fácil de ser manipulado, e o outro tipo em que se enquadram os interesseiros e, por isso mesmo, o pior tipo, pois têm acesso à informação e sabem de que matéria é feito seu candidato, e mesmo assim agem de extrema e declarada má fé. Visam apenas a seu próprio umbigo e a cidade que se dane. Esse tipo quer apenas é receber os favores prometidos pelo candidato ficha suja: um emprego na prefeitura, uma secretaria, um cargo para o afilhado, o sobrinho, o irmão, ou seja, um incompetente que não foi capaz de se arranjar sozinho e acha que pode sugar o dinheiro do povo e que isso não é nem um pouco imoral.
E enchemos a boca para dizer “O Brasil é um país democrático”. Sim, é democrático para os poderosos que sempre ganham mais poder, mas não é democrático para o pobre que é cada vez mais manipulado, tolhido em seus direitos, condenado à miséria e mais miséria e ainda acha que vai governar (“Com Tadeu na prefeitura, o povo é quem vai governar”). É o princípio constitucional da democracia, mas não devemos nos esquecer de que quem integra o poder legislativo é uma grande quadrilha de gravata, que legisla em benefício próprio; então nunca essa democracia vai, de fato, ser posta em prática. Ou por acaso é democracia o pobre continuar mais pobre e o rico continuar mais rico?
Viva a democracia, dos ricos, é claro!

Kátia Fraga
Estudante de Direito

"Seja a mudança que você quer no mundo."
Gandhi

Álbano Silveira Machado disse...

Ô Alex, em uma coisa você está certo. Athos e o grupo político não souberam usar a máquina como você disse que deveria. Athos baixou normas, baseados na lei eleitoral, limitando as ações de servidores e indicando punições caso isso acontecesse. Ele mostoru ser ético e sério administrador.
Em segundo lugar, quem tinha muito dinheiro era o seu candidato Tadeu. Muitos candidatos a vereador e lideranças foram literalmente comprados para apoiar Tadeu no 2º turno. Alguns não se dobraram a tal acinte. Três candidatos de partidos de apoio a Athos tiveram propostas e não quiseram gravar e denunciar o crime eleitoral. Sabe por que? Tiveram medo de morrer, dado a muitas ameaças que vinham do lado do seu "mito".
Em terceiro lugar, o Lungha deve continuar na cidade que ele escolheu para morar que é Montes Claros. Grande parte dos apoiadores do Tadeu achamn que eles são donos da cidade e nin´guém tem direito de nada. Nem mesmo de morar na cidade.
Isto pode virar ditadura, violência, assassinatos e baixa qualidade de vida.
Cuidado pela sua escolha!