Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

5 de ago de 2007

Lula dá um banho nos golpistas

Imagina a decepção da Folha em divulgar essa pesquisa. Agora, imaginem a decepção que essa pesquisa causou nos cansados! Inclusive aquele boçal metido a intelectual da Bahia do bode, que escreve dominicalmente no jornal que vive a serviço dos cansados em Montes Claros. Pesquisa nacional do Datafolha realizada nos dias 1 e 2 de agosto, duas semanas após o acidente da TAM mostra que 48% dos brasileiros acham que o governo Lula continua ótimo ou bom. O percentual é idêntico ao registrado em março e praticamente igual ao que Lula tinha no início de outubro de 2006 (49%). Entre março e agora, a taxa de ruim/péssimo do governo apenas oscilou, de 14% para 15%.
A explicações encontrada pela Folha para a não-alteração da popularidade do Presidente no período estão o fato de que a grande maioria dos brasileiros é pobre (59,5% têm renda familiar mensal de só até três salários mínimos por mês, ou R$ 1.050) e a constatação de que apenas uma minoria viaja de avião (8%). a Folha também diz em tom de lamentação que, a situação econômica do país permanece boa, com estimativa de crescimento em torno de 4,5% em 2007.
O programa Bolsa Família, que atende cerca de 11,1 milhões de famílias, também ajuda a entender a manutenção da alta popularidade de Lula.Entre os 8% que costumam andar de avião, o percentual dos que consideram o presidente ótimo ou bom é de 29%, ou seja, 19 pontos inferior à media nacional. Os que definem o governo como ruim ou péssimo chegam a 30%, o dobro da média nacional (15%).
Renda e escolaridade
E continua a lamentação da Folha; Entre os mais ricos, com renda familiar mensal acima de dez mínimos (R$ 3.500), a avaliação do presidente Lula despencou sete pontos entre março e agora.Mas entre os que ganham só até cinco mínimos (R$ 1.750), ela oscilou positivamente dois pontos -dentro da margem de erro do levantamento.Olha a discriminação do jornal tucano!!. Como a maioria dos brasileiros é pobre, a queda da avaliação entre os ricos (a minoria), não chega a afetar os resultados gerais. No Brasil, segundo a pesquisa, apenas 7,5% da população tem renda familiar mensal maior do que R$ 3.500. Ahhh! então deve ser esse o motivo de que a passeata reuniu apenas 3 mil pessoas( segundo conta a Folha) no páis inteiro?A variação mais significativa na avaliação de Lula ocorreu entre os brasileiros com renda familiar mensal acima dos dez salários mínimos (R$ 3.500), segmento no qual 39% costumam viajar de avião, taxa cinco vezes maior do que a verificada entre o total dos entrevistados.Comportamento semelhante ocorreu entre os pesquisados quando se leva em conta o grau de escolaridade.
Enquanto o índice de ruim/ péssimo atribuído ao Presidente Lula subiu cinco pontos entre os que têm nível superior, ele oscilou negativamente dois pontos entre os que têm apenas o fundamental.
Segundo o Datafolha, apenas 11,2% da população brasileira cursou o ensino superior; 48,5%, só o fundamental; e 40,3%, o médio.
Entre os que têm nível superior, a variação mais expressiva foi registrada no percentual dos que acham o governo regular, que caiu de 42% para 34%. Já o índice de ruim e péssimo subiu de 24% para 29%.
Enquanto a nota média (de 0 a 10) atribuída ao presidente pelos entrevistados ficou em 6,7 (idêntica à de março), ela cai para 5,4 entre os que costumam andar de avião.
Para o levantamento, o Datafolha ouviu 2.095 pessoas em 211 municípios em todas as regiões do país.Eta chororô!!, Eles choram. Nós rimos!. Para quem quer ler na folha e for assinante, o link é aqui

Nenhum comentário: