Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

11 de ago de 2007

Governo combate álcool na TV

Começa a ser veiculada hoje, 11/08, nas TVs, uma campanha publicitária do governo federal cujo tema é "Bebidas alcoólicas. Conheça os riscos, seja responsável". Os filmes ficam no ar até 22 de agosto e passarão a mensagem do mau exemplo que os pais podem dar aos seus filhos. O objetivo é alertar a sociedade para as consequências negativas do consumo de álcool. Violência doméstica e acidentes de trânsito são os destaques.
O objetivo de restringir pesadamente a publicidade de bebidas alcoólicas, por parte das fabricantes, ainda depende de uma decisão do Presidente Lula. Antes de iniciar sua viagem ao México e países da América Central, ele não estava convencido da necessidade de publicar medida provisória que proibisse a veiculação em rádio e TV entre 8h e 20h para produtos com mais de 0,5 grau de teor alcoólico (cervejas, "coolers" e "ices"). No governo há quem defenda essa opção. A alternativa menos polêmica, também considerada, é o envio de um projeto de lei ao Congresso. Ontem, em longa reunião entre os ministros José Gomes Temporão (Saúde) e Dilma Rousseff (Casa Civil) esse foi um dos temas discutidos.
A possibilidade de restringir a publicidade por meio de resolução da Anvisa foi descartada depois que a Advocacia-Geral da União deu parecer contrário. Enquanto o governo decide entre MP ou projeto de lei, a campanha publicitária será veiculada para alertar as pessoas sobre "O que a propaganda de bebidas não mostra".

Nenhum comentário: