Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

28 de jan de 2008

A Igreja está equivocada em querer proibir a pílulas do dia seguinte

A Arquidiocese do Recife, anunciou que vai entrar na Justiça para proibir a distribuição de anticoncepcionais de emergência, conhecidos como pílulas do dia seguinte, pela prefeitura da capital pernambucana."A prefeitura está certa e a Igreja está equivocada", afirmou o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, em entrevista após o lançamento da campanha de prevenção à Aids, que vai distribuir quase 20 milhões de preservativos durante o carnaval."É uma questão de saúde pública, não uma questão religiosa. Lamentavelmente a Igreja, cada vez mais, se afasta dos jovens com esse tipo de postura", comentou Temporão


Um comentário:

Marcelo Passos disse...

O que a Igreja Catolica esta querendo? voltar a idade medieval onde domina a vida das pessoas mandava matar, colocar na fogueira possiveis bruxas, as pirulas do dia seguinte tem que ser distribudas sim, isso é um caso de saúde publica,não uma questão religiosa. E outra o Brasil existem diversas culturas religiosas, o catolicismo pode ser maioria no País, mas tem que respeitar a cultura do semelhante e não querer impor uma opinião arbitraria e medieval.