Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

3 de jan de 2008

Em cima da notícia

VAZOU - Tramita no Fórum de Montes Claros, em segredo de Justiça, uma ação de investigação de paternidade contra o deputado do DEMO, Ruy Muniz. A representante legal dos autores, Dra. Juliana Gontijo, que atua em Belo Horizonte, é filha de Segismundo Gontijo, que foi o causídico defensor do ex-prefeito Mário Ribeiro. Coincidentemente, no mesmo tipo de processo. Advinha quem era o autor da ação de investigação de paternidade contra Mário Ribeiro? Ele mesmo, o senhor Ruy Muniz.

VICE - Falando em
Ruy, parece que o deputado do Demo jogou a toalha na disputa pela Prefeitura de Montes Claros. Na formatura das turmas do grupo Soebras, sua esposa Raquel Muniz teceu duras críticas a atual administração municipal por esta não ter construído nenhum local para os graduados receberem seus diplomas, e pediu para o marido construir um centro de convenções quando ele for prefeito. O deputado desconversou e pediu para ela mesma assumir tal tarefa, já que para ele “a coisa anda meio complicada”. Para bom entendedor, e de acordo com a rádio peão, Raquel é forte candidata a vice na chapa de Tadeu Leite.

ESCUDEIROS - O desanimo de Ruy faz sentido. Foi publicado no Jornal de Notícias de ontem (02/01) anúncio da executiva do
DEMO de Montes Claros, desejando um Feliz 2008 para os montes-clarenses. E sem nenhum medo de errar, 90% dos membros da direção local do DEMO são fieis escudeiros do suplente de deputado Jairo Ataíde. E dificilmente serão “comprados”.

PINÓQUIO - Dureza da nota é a mentirada. Afirmar que os
democratas são transparentes, honestos e sérios é, no mínimo, uma brincadeira de mau gosto e não merece comentários.

DIREITONA - Os defensores da maçonaria apelaram feio com o comentário deste blogueiro sobre a guinada à direita da administração, acolhendo a maçonaria e a TFP, via siglas partidárias afinadas com o conservadorismo. Engraçado é que as apelações foram apenas em relação à terminologia e não ao fato. Reafirmo que o espaço foi conquistado pelos partidos e não pelas entidades.

BIS - Tudo indica que o vice Sued deverá formar novamente chapa com o prefeito Athos Avelino. Ele é sério e carismático, só não pode ser ventríloquo de ninguém. Precisa atender o partido como um todo e não servir de papagaio do que diz uma tendência.

TIRO - Setores da imprensa vibraram para cada assassinato que ocorreu em 2007 em Montes Claros. Queriam colar, cafajestadamente, a pecha no prefeito. Mas, quem ficou realmente desacreditada foi a nossa polícia. Mostrou, novamente, despreparo para investigar. Ou será que o problema é o caroço no angu?

SANGUE - O presidente do PT de Montes Claros, Zé Helber, garante que vai responder todas as críticas ao partido do presidente Lula na imprensa montes-clarense. Mesmo quem se esconde atrás de pseudônimo.

MOSCA - O pátio da prefeitura anda solitário. De duas uma: ou a maioria dos servidores está de férias ou estão aproveitando as férias do alcaide.

3 comentários:

Anônimo disse...

Zé Helber não ganhou a eleição no PT... Ou vc não sabe?

Anônimo disse...

Gusmão, pode deixar a turma de Gilmar Ribeiro chorar a vontade, porque o choro é livre. Nem com o apoio do PPS eles conseguiram ganhar, mesmo tendo conseguido de última hora, o apoio ($) de setores da igreja.

Anônimo disse...

Gilmar Ribeiro não tem cacife para presidir o PT, numa cidade do porte de Montes Claros. Além de falso é ditador que nem Fidel Castro e Hugo Chaves.