Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

4 de jan de 2008

Fora do ar

O jornalista Fredi Mendes, recentemente galgado a editor-chefe do MG Intertv 1ª Edição, foi demitido pela retransmissora da Globo em Montes Claros. O motivo foi a resistência de Mendes em se desvincular da revista Tempo, onde assina matérias. Com a atitude, ele contrariou ordem expressa de Luiz Veigas, mandante-mor de toda rede Intertv. Fredi Mendes é mais um a não se adaptar à forma de comandar de Veigas. Ricardo Freitas, que era responsável pela coordenação do jornalismo da emissora, também foi defenestrado de suas funções, por não concordar com as posições do chefe, invariavelmente arbitrárias e desprovidas de ética. Informações dão conta de que deve haver, a partir de agora, uma debandada voluntária do pessoal que permaneceu. Alguns dos melhores profissionais do jornalismo já estariam de malas prontas.

Nenhum comentário: