Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

17 de jan de 2007

Juiz condena revista: “Veja não é o STF”

A revista semanal Veja deverá publicar, na edição de 28 de janeiro, a cópia da sentença que a condenou a pagar R$ 17,5 mil de indenização por danos morais ao jornalista Leonardo Attuch, da revista IstoÉ Dinheiro. A determinação, divulgada ontem no site de notícias jurídicas Conjur(leia aqui), é do juiz Régis Rodrigues Bonvicino, de São Paulo. Em 22 de fevereiro de 2006, a revista publicou texto afirmando que Attuch era “negociante de notícias”, “pessoa fraudulenta”, “autor de um livro indecoroso” e “quadrilheiro”.Para o juiz, a publicação da sentença “tem um caráter pedagógico: o de revelar aos leitores da revista seus defeitos e o de chamar a atenção de seus diretores para a prática de jornalismo menos adjetivo e mais substantivo”. E completou: “A revista Veja, com todo o respeito, não é o Supremo Tribunal Federal do País e tampouco tem qualquer jurisdição”. A defesa da Veja vai recorrer da decisão. “Estamos otimistas na reversão da sentença”, disse o advogado da revista.

Nenhum comentário: