Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

14 de jan de 2007

Hugo Chávez manda a ALCA "pro caralho"


O presidente venezuelano Hugo Chávez mandou neste domingo a Área de Livre Comércio das Américas (ALCA, promovida pelos Estados Unidos) "pro caralho" e convidou o Equador a se unir a sua iniciativa da Alternativa Bolivariana das Américas (ALBA).
"A ALCA pro caralho! Abaixo o império norte-americano, viva a união dos povos da América Latina", afirmou Chávez na localidade andina de Zumbahua, centro do Equador, onde acompanhou o presidente eleito Rafael Correa em sua posse simbólica em um ato indígena.
"Chegou a hora da libertação dos povos da América Latina", afirmou Chávez na cerimônia em que Correa recebeu um bastão (de madeira e prata) por parte dos dirigentes aborígenes um dia antes de sua posse oficial.
"Isso é uma ressurreição, o povo latino-americano ressuscitou", declarou ainda, classificando Correa como um "novo líder da nova esquerda da América Latina".
"A Venezuela se coloca às ordens do povo equatoriano", assinalou, enfatizando que vão ser assinados acordos de integração entre os dois países.
Na colorida manifestação deste domingo, Chávez incentivou os participantes a cantar "Correa, amigo, o povo está contigo".

Nenhum comentário: