Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

13 de jan de 2007

Ainda não perdi a esperança...



A Qualidade de Empresas de Construção Rodo-ferroviária no Brasil
O ACIDENTE? que coloca São Paulo do PSDB no centro das atenções, com certeza, NÃO FOI UM ACIDENTE, como tentará nos fazer crer alguns ditos formadores de opinião. As características das empresas que atuam no ramo da CONSTRUÇÃO RODOFERROVIÁRIA no Brasil, favorecem acontecimento dessa natureza, não obstante perpetuar um ciclo vicioso, a fonte de favorecimento de 7 famílias que atuam nesse segmento, e o loteamento do país. As estradas sucateadas são um exemplo disso.
Vários estudos apontam nesse sentido, e um esboço de uma pesquisa de Maria de Fátima Resende, da UFPB, em 1986, concluiu que a cultura da qualidade das empresas no ramo de construção rodo-ferroviária nacional encontra-se incipiente, assim como é o sistema atual de gestão das empresas, tradicional e que não comporta a maioria dos elementos do modelo desenvolvido pela pesquisadora.
Constata-se que, a adoção de sistemas de gestão da qualidade nessas empresas passa por medidas que vão desde a mudança de postura dos órgãos contratantes, exigindo no processo licitatório uma comprovação do sistema de garantia da qualidade, até o desenvolvimento de futuras pesquisas que demonstrem os benefícios da implementação de sistemas de gestão da qualidade.
Faz-se necessário, também, atuar na formação de engenheiros e técnicos, visando a prática de uma nova consciência, buscando eliminar os desperdícios e retrabalhos, motivando o desenvolvimento de estratégias de gestão que promovam soluções simples, como as apontadas neste trabalho.
E a consequência disso tudo, é a utilização de métodos nada convencionais para a aceleração de obras, visando o ganho político e sustentação do esquema que favorece a determinadas empresas.
Prédio da EDITORA ABRIL fica do outro lado da avenida do desmoronamento
O prédio da Editora Abril, que edita a Veja, órgão direitista que comandou uma das mais violentas campanhas midiáticas contra um presidente (LULA, em 2006), quase teve suas instalações atingidas pelo desmoronamento do BURACO DO KASSAB.
Na hora, cerca de 3000 funcionários estavam trabalhando no local e tudo não passou de um susto. Dá o que pensar. Nenhuma vítima fatal.
E o prédio da REVISTA VEJA que quase foi atingido pelo BURACO DO KASSAB...
DEUS É BRASILEIRO ou não é?
Barragem de um Estado comandado por um Governador do Aécio Neves do PSDB de Minas transborda pela 3ª vez em 2 anos, inundando várias cidade e deixando MILHARES DE DESABRIGADOS ( a mineradora está na lista das que CONTRIBUÍRAM PARA A CAMPANHA DO GOVERNADOR). Essa mineradora pela terceira vez provoca um DESASTRE ECOLÓGICO, crime inafiançável e nunca teve o registro cassado. Empreiteiras no BURACO DA LINHA 4 DO METRÔ DE SÃO PAULO ( BURACO DO KASSAB), também estão na lista de doadoras de CAMPANHA e tem em seus históricos, registros de obras inacabadas e sem qualidade técnica.
Fonte: Oni Presente

Nenhum comentário: