Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

3 de nov de 2007

“Padre Júlio pode ter sido vítima do crime organizado”


“O advogado Luiz Eduardo Greenhalgh diz que pode haver mais gente por trás da extorsão contra Lancelotti.
Leia trechos da entrevista concedida por ele a ÉPOCA na quinta-feira, 1º de novembro
ÉPOCA - O padre Júlio Lancelotti denunciou formalmente Anderson Batista em agosto. Por que ele decidiu fazer o boletim de ocorrência naquele momento?
Luiz Eduardo Greenhalgh - Houve um assalto na casa do padre e puseram um revólver na cabeça da mãe dele. Enquanto a chantagem acontecia apenas com o padre, era uma coisa. O assalto foi, inclusive, um dos argumentos que a polícia usou para convencê-lo a formalizar a queixa. Disseram a ele: “amanhã ou depois dão um tiro na sua mãe”. E ele se desesperou.
ÉPOCA - O Anderson chegou a dizer que revelaria detalhes do corpo do padre para comprovar que eles tiveram relações sexuais...
Greenhalgh - Um dia quando Anderson queria dinheiro, o padre estava nervoso e chegou a levantar a perna da calça para mostrar o que estavam fazendo com ele. O padre mostrou a psoríase na perna. E eles agora dizem que isso é um detalhe do corpo dele. Isso é de uma maldade, de uma perversidade. Essas pessoas são do mal.”
Andréa Leal, Época
Entrevista Completa, ::Aqui::

Nenhum comentário: