Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

18 de nov de 2007

Cara de bulldog do DEMO pode perder o mandato

Em Dezembro, Heráclito poderá ser cassado

Após o Procurador Eleitoral Carlos Wagner pedir a cassação do Mandato do Senador Heráclito Fortes, quatro testemunhas do caso de "crucificação" do Prefeito Felipe Santolia ocorrido em 2002, antes das eleições estaduais. Entre as testemunhas estão o vice-prefeito de Bom Jesus e candidato à presidência regional do PT, Fábio Novo, Gregório Mendes que era o piloto do avião que transportou Santolia na época, um agente da Polícia Federal e uma quarta pessoa não identificada.
Fábio Novo foi convocado pelo fato de ter escrito uma matéria na época em que denunciava que Heráclito teria prometido a distribuição de lotes em troca de votos para ele e Hugo Napoleão. Outra denúncia que pesa contra o Senador é o fato de no cenário da crucificação de Felipe Santolia que foi tida com uma farsa para beneficia-lo nas eleições, terem sido encontrados 'santinhos' de Heráclito.
Heráclito Fortes também depôs hoje e disse estar tranqüilo de que vai ser inocentado na Ação de Impugnação de Mandato Eletivo movida pelo Ministério Público Eleitoral, tanto que dispensou as testemunhas de defesa. O Senador será o último a ser julgado neste processo que também envolveu o deputado Júlio César e Ciro Filho que já foram arquivados.
O relator do processo, juiz Sebastião Ribeiro Martins informou ao Portal AZ que o processo corre em segredo de justiça segundo determina a lei e que deve ser concluído para que o julgamento ocorra ainda no mês que vem, dezembro.
Heráclito Fortes que foi eleito para uma das duas vagas oferecidas para o Piauí em 2002 com uma votação estrondosa atribuída à rica propaganda eleitoral vista no Estado, se condenado poderá perder os 3 anos restantes do mandato de Senador da República. (Portal AZ)

Nenhum comentário: