Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

23 de set de 2007

Policiais não assistiram o filme “Tropa de Elite” que conta a corrupção na POLICIA

Policiais integrantes do Bope (Batalhão de Operações Policiais) não assistiram à pré-estréia do filme “Tropa de Elite”, na sessão de gala que foi exclusiva para convidados no Cine Odeon, no Centro do Rio. A decisão foi da juíza Flávia Viveiros de Castro, da 1ª Vara Cível do Rio, que já havia negado outro pedido dos mesmos autores para impedir a exibição do longa-metragem. Segundo eles, o filme ataca a corporação e viola a honra, a dignidade e até mesmo a integridade física dos policiais. “Malgrado os autores estejam ansiosos e curiosos para conhecerem a versão final do filme "Tropa de Elite", no qual se dizem retratados de forma equivocada, a sessão de pré-estréia é para convidados e eles, certamente por lapso da produção, não foram chamados para a festa (que a rigor não existiria se não fossem seus personagens centrais)”, afirmou.

A exibição do longa "Tropa de Elite" na última quinta-feira (20), deu início à maratona de filmes do Festival do Rio 2007 . Além do elenco e da produção do filme, estarão presentes convidados internacionais da Europa, Estados Unidos e América Latina. A previsão é de que o longa, que conta com atores como Wagner Moura chegue aos cinemas no dia 12 de outubro, mas uma versão já é vendida em cópias piratas em diversas capitais brasileiras desde agosto. O filme retrata corrupção e tortura em um grupo de oficiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais da PM do Rio de Janeiro, que é acionado para invadir de favelas no combate ao tráfico de drogas. (uma verdade que tem que ser vista pelo povo) DISSERAM OS ENTENDIDOS.

Nenhum comentário: