Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

28 de set de 2007

Barragem de Congonhas começa ano que vem

A construção da Barragem de Congonhas, que beneficiará uma população de cerca de 350 mil habitantes, através da geração de energia e abastecimento d'água sairá do papel em 2008. O investimento já tem garantia do PAC
O sistema Congonhas poderá permitir a transposição de 60.000.000 m3 d'água para a bacia do Rio Verde Grande, suprindo o abastecimento da cidade de Montes Claros e alimentando o rio com cerca de 50% do volume transposto. Segundo o diretor do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs), César Emílio Lopes Oliveira, os municípios diretamente beneficiados são: Montes Claros, Juramento, Cristália, Botumirim, Francisco Sá, Itacambira e Grão-Mogol. Ele acredita que as obras serão iniciadas até meados do ano que vem.
O valor estimado da obra é de 255.000.000,00
Apenas uma perguntinha: Cadê os picaretas "ambientalistas" do PSDB, PP, DEM? E aí Gil Pereira?

Compensação ambiental
A compensação ambiental é um mecanismo em que o empreendedor deve destinar um percentual dos investimentos em ações de caráter ambiental. Neste caso, Montes Claros será o município beneficiado e deverá se utilizar desta compensação para investir no Parque Lapa Grande, o maior parque urbano do mundo.
Conheça o Parque Lapa Grande
AQUI, ou no link abaixo:

2 comentários:

RAMON disse...

ola pessoal so espero que esta construção tenha alguns critério no reassentamento desta população como de acordo o mab (movimento atingidos pelas barragem “Assegure a participação popular no planejamento, decisão e execução. Priorize as questões sociais e ambientais antes da implementação de qualquer barragem, considerando sempre a bacia hidrográfica.

Corrija as distorções existentes no Setor Elétrico, acabando com desperdícios na transmissão, execução e consumo de energia, bem como o fim dos subsídios aos grandes consumidores.Invista em pesquisa na busca de novas fontes energéticas.Priorize o desenvolvimento de fontes alternativas energéticas, por exemplo: energia solar, eólica, pequenas barragens em local adequado com critérios estabelecidos pela população.Garanta o acesso à energia a todas as famílias e, principalmente, àquelas atingidas.” obrigado pela atenção.

Katia disse...

Realmente, a população ribeirinha precisa ser respeitada. Os avanços tecnologicos e as necessidades urbanas justificam o projeto. No entanto, não se pode admitir que a população seja oprimida em seus direitos.