Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

27 de ago de 2008

População de Montalvânia se encanta com a magia do cinema

Um caminhão diferente, com a logomarca do Governo Federal, passa pelas ruas da cidade e o povo fica curioso. Muitos ainda sem entender o que está acontecendo. Dá uma volta por algumas ruas anunciando que "vai ter cinema na praça. De graça". O povo começa a comentar. O caminhão pára e homens descem equipamentos e cadeiras na praça Cristo Rei. Agora quase todos já sabem do que se trata. É a visita do caminhão itinerante do projeto Revelando os Brasis que está na cidade com exibição gratuita de vídeos.
O Circuito passa por 40 municípios com até 20 mil habitantes e por 21 capitais. Todas as sessões têm entrada franca, e contarão com uma tela de cinema medindo cinco metros de altura por oito metros de largura. Duzentas cadeiras serão disponibilizadas para acomodar a platéia. As cidades assistirão a uma programação com o vídeo realizado no município e mais três produções do projeto. Cada vídeo tem cerca de 15 minutos
O que é o Revelando os Brasis
É um projeto do Governo Federal/ Ministério da Cultura e tem por objetivo promover a inclusão e a formação audiovisuais por meio do estímulo à produção de vídeos digitais. Dirigido a moradores de municípios brasileiros com até 20 mil habitantes, o projeto contribui para a formação de receptores críticos e para a produção de obras que registrem a memória e a diversidade cultural do País, revelando novos olhares sobre o Brasil.
"... E agora Deixa-Vim"
Em sua segunda edição, no ano de 2006, Montalvânia participou do projeto com o conto "... E agora Deixa-Vim" de Antônio Horácio Salles, que, selecionado entre os 40 melhores do país, foi transformado em filme, realizado na própria cidade, com atores locais. O curta metragem de 15 minutos foi um dos quatro representantes do estado de Minas Gerais e foi exibido em rede nacional através do canal Futura. Agora, toda a população tem a oportunidade de apreciar o filme representante do município em uma tela de cinema e de graça.
Encantamento
E a cidade parou para assistir a história do cavalinho que virou lenda. Timidamente as pessoas começam a chegar. Logo as cadeiras estão todas lotadas. Começam apresentações culturais que representam a identidade do município. Muitos aplausos. Chega a hora mais esperada. O telão desperta os mais inusitados olhares. Começa a ser projetado o primeiro filme realizado em Montalvânia. Um momento histórico. Todos se emocionam. Ao9 final muitos apalusos e gritos de bis. Outros filmes são exibidos e todos ficam de olhos arregalados diante da imensa tela. É a magia do cinema que encanta a todos.
Montalvânia sai mais rica depois dessa exibição. Muitos que nunca entraram em um cinema tiveram a oportunidade do contato com a sétima arte. E o município ficará marcado para sempre. Dia 26 de agosto foi o dia que o cinema veio até a cidade, oferecer aos moradores cultura, diversão, beleza, encantamento. Tudo de graça. E o melhor, numa produção da própria cidade, escrita por um morador e realizada pela comunidade. Um dia que jamais será esquecido pela população.
Fonte: ASCOM – PREFEITURA DE MONTALVÂNIA

Nenhum comentário: