Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

17 de mar de 2008

Justiça cega - 6 anos de impunidade. Os mandantes das execuções de Rosalvo e Daniela, Dalmar Ferraz e seu filho Dalmar Júnior, continuam livres

Desde o dia 4 de maio de 2002, quando pistoleiros de aluguel do Estado da Bahia vieram a Montes Claros e executaram o jornalista Rosalvo Bastos e sua noiva, Daniela Oliveira, com tiros e facadas, em frente à sua residência, localizada na Rua Dom Pedro II, Centro da cidade, a família, amigos e a classe de jornalistas clamavam por justiça.
Mas diante das brechas da lei, que permite aos criminosos impetrar recursos e mais recursos para retardamento do julgamento, os mandantes das execuções, Dalmar Ferraz de Melo e seu filho Dalmar Júnior, ficaram em liberdade.
Leia + AQUI

Um comentário:

Anônimo disse...

Ô Gusmão,
Sabia desse seu radicalismo,entretanto,nesse post você se superou cara.Quem são os criminosos? foi o Dalmar?.Ora,evidencias são uma coisa e provas que foram o Dalmar e capangas é outra.Não defendo e não pretendo defender quem quer que seja.
Sempre passo por aqui,gostei.
sds-Pedro Pedreiro