Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

13 de mar de 2008

ITACARAMBI-PROFESSORES DA REDE MUNICIPAL EM GREVE

Temendo corte, nos seus vencimentos, já anunciado, através da suspensão do pagamento do adicional, os professores da rede municipal de Itacarambi decretam greve de 24 horas e deixam as creches e escolas municipais sem atividades.
Precedida de várias negociações, a paralisação foi considerada uma alternativa a falta de uma ação efetiva do poder executivo no sentido de atender as reivindicações dos servidores que tinham como principal ponto da pauta a manutenção do adicional, que é de fato, o que melhora os seus vencimentos.
Munidos de apitos, faixas e cartazes e trajando roupas pretas os servidores, com muita disposição para a lutar, provocaram uma memorável passeata e marcaram um momento na história dos servidores municipais, por melhores salários e condições de trabalho.
Considerando que em Itacarambi, esse tipo de atitude por parte de servidores municipais é uma novidade e pegou todo mundo de surpresa, os servidores, com apitos fizeram muito barulho e não deixaram nada a desejar, com exceção a falta de um bom som. Esse caso, entretanto, mesmo procurado para realizar o serviço, o som não apareceu. Essa atitude de Fernando de Patrocínio, proprietário do som, é interpretada pelos servidores como resultado de pressão exercida pelo executivo, sobre o mesmo, que temendo retaliação teria se submetido à pressão e deixado os servidores na mão.
Convocada pelos próprios servidores, a passeata contou com a participação do professor Junior, coordenador do Sind-UTE (rede estadual), percorreu um trajeto da praça em frente ao CAIC em direção a Prefeitura, onde realizaram um apitaço e daí para a Secretaria Municipal da Educação, onde uma comissão de professores foi recebida por Maria Jose e Zonilda. Após essa reunião, os servidores saíram em caminhada para uma reunião na prefeitura com representantes do executivo, que se comprometeram a pagar normalmente este mês e para os próximos meses avaliar os recursos destinados à educação do município e só assim tomar uma decisão definitiva. Comprometeram-se ainda a não praticar retaliação aos servidores, dentre outros pontos da pauta.

2 comentários:

Anônimo disse...

Senhor Luiz Carlos Gusmão referente a greve dos professores de Itacarambi, a foto condiz com a atualidade, mas a reportagem se refere a paralisação do ano passado.
Nesta greve, deste ano reinvindicamos o piso salarial nacional,a eleição da associação dos professores que já está vencida o mandato da diretoria atual a mais ou menos dois anos, dentre outras reivindicações. Atualmente recebemos um piso salarial de 450,00 reais que com o disconto de 11% da previdencia (IPREMI) ficamos com um valor menor que o salário mínimo, ou seja salário miséria.
Sem mais a dizer muito obrigada.

Anônimo disse...

Sr. Luís Carlos Gusmão nós professores municipais de Itacarambi primeiramente pedimos desculpa pelo erro de digitação contido no comentário anterior( ao ler disconto entenda desconto) e ressaltamos que seria de grande importância que o Sr divulgasse no seu blog as informações atuais da paralisação que hoje completa quatorze dias. Obrigada.