Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

24 de out de 2006

O RELÓGIO DO GOLPE


Artigo de Nirlando Beirão, na Carta Capital:
“O jornal O Globo, que como se sabe aderiu ao golpe, publicou foto em sua seção Eleições 2006 mostrando Lula e sua “nova jóia”, um relógio Cartier. A patrulha dos badulaques jamais se interessou em checar a origem das abotoaduras de Fernando Henrique Cardoso ou em verificar se os ternos de Geraldo Alckmin procedem, como parece, da Daslu.
Os tucanos são homens de reconhecido bom gosto. Mas um operário a bordo de um Cartier, aí já é um insulto, um desaforo. Tem gente que até hoje ridiculariza o fato de o presidente-metalúrgico usar gravata. Não há nada de mau em possuir um Cartier. De todo modo, o jornal errou. A marca do relógio de Lula é Amsterdam Sauer, nacional, e o modelo é um Notlim preto. Dá para comprar em seis prestações de 265 reais. O mais baratinho dos Cartier, 20 vezes o que custa o Notlim, deve caber no orçamento de quem editou a página, funcionário prestativo, mas não cabe no de um ex-peão de fábrica. Uma funcionária da Amsterdan Sauder pediu ao jornal o justo crédito. Por ora, nada. O Globo, em recaída golpista, precisava dizer que Lula tem um Cartier, mesmo que não tenha.” Fonte: Trincheira de Jens

Nenhum comentário: