Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

26 de jul de 2009

Aécio discrimina as regiões mais pobres de Minas

O relatório da audiência de monitoramento do PPAG – Plano Plurianual de Ação Governamental, apresentado pelas comissões de Participação Popular e de Fiscalização Financeira e Orçamentária na quinta, 16/7, revelou que a execução financeira de 361 ações, pelo governo Aécio, foi zero em 51,2% delas. As ações integram os programas estruturadores do PPAG em 11 áreas de resultados e a inexistência de investimento foi justamente nos programas sociais e de desenvolvimento regional.
Jequitinhonha e norte mais afetados
Os exemplos mais afetados são as áreas de resultados Desenvolvimento do Norte de Minas, Jequitinhonha/Mucuri e Rio Doce, em que 70,6% das ações não tiveram nenhuma execução financeira; Rede de Cidades e Serviços e Redução da Pobreza e Inclusão Produtiva, em que não existe execução em 61,7% e em 65,8% das ações de seus programas, respectivamente.
Clique aqui e continue lendo...

Nenhum comentário: